História Between Us - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jungkook
Tags Hoseok, Jackson Wang, Jimin, Jin, Jungkook, Namjoon, Revelaçoes, Romance, Taehyung, Violencia, Yoongi
Visualizações 5
Palavras 2.344
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Sim, eu sou uma merda pra escolher nomes de capítulos, não me julguem

Então, espero que aproveitem o capítulo kkkkkk, grandes revelações no próximo capítulo hein (okay, talvez nem tão grandes assim)


Boa leitura <3

Capítulo 3 - Treinos


Fanfic / Fanfiction Between Us - Capítulo 3 - Treinos

Capítulo 3- Treinos 

 

Avistei Jisoo, com um grupo de meninas, me aproximei e quando ela me viu, me puxou pelo braço me juntando á elas.

 

-Onde está o tão lindo e cobiçado professor de boxe que você falou?- Perguntei, debochando dela, que fez um bico e logo depois abriu a boca, olhando para alguém atrás de mim. Me virei e vi...Jungkook?

 

-Ele ali, de cabelo castanho escuro e blusa regata.- Jisoo apontou pra ele. Ele estava lindo, como sempre, Jungkook era um homem muito bonito. Ele estava ao lado da Senhorita Mo Yoheon, adentraram a escola e Jungkook não percebeu. Suspirei de alivio.- Ele não é lindo?

 

-É sim, respondi de braços cruzados.

 

(...)

 

Entrei na sala de aula e vi Hoseok beijando uma garota, dei risada e fui ao seu encontro. Cutuquei seu ombro e ele logo virou, abrindo um sorriso enorme ao me ver.

 

-Está melhor?- Ele perguntou e eu assenti. Mesmo que não fosse verdade, não queria vê-lo preocupado comigo. Ele saiu de um relacionamento complicado á pouco tempo, não vou ficar o enchendo com os meus problemas.-JiNah, essa é Jihyun, minha namorada.

 

Ela estendeu a mão pra mim e eu retribui, sorrindo.

 

-Então você é a ex namorada do Jackson?- Perguntou, soltei nossas mãos e a encarei sem graça.

 

-S-Sou sim.- Eu olhava pra baixo e percebi o peso do olhar de Hoseok sobre mim. Me virei e fui até minha carteira. Peguei o celular e voltei a olhar a foto de Jackson com sua ex. Uma lágrima escorreu de meu olho esquerdo, revirei os olhos, limpei a lágrima e exclui a foto. Chega, chega de sofrer por ele, chega de me humilhar, eu sou muito mais forte do que isso. O Jackson foi um babaca comigo, não merece sequer uma lágrima que venha de mim.

 

A aula começou, o dia foi normal, até o horário do intervalo, depois do mesmo, todos nós nos dirigimos até o Ginásio do colégio, eu tentei sentar o mais atrás possível, não queria que Jungkook percebesse que eu estava ali.

 

-Silêncio alunos.- A diretora pediu, com o microfone na mão.- Como vocês sabem, esse ano teremos o evento de esportes. Porém, esse ano, apenas o ensino médio participará. Os treinadores de cada esporte se posicionarão aqui na frente e chamarão os nomes, então, ao serem chamados, peço que formem uma fila atrás de seu treinador, okay?- Todos assentiram, dizendo ‘’ok’’ em coro.

 

Eu balançava minhas pernas enquanto conversava com Jisoo, que a cada palavra que dizia me fazia soltar uma gargalhada atrás da outra.

 

Jungkook foi o 3° a chamar seus alunos. Ao ler meu nome, ele arqueou a sobrancelha e deu um sorriso de lado.

 

-JiNah- Ele chamou, me procurando pelo ginásio. Respirei fundo, me despedi de Jisoo e fui em direção a Jungkook, que me olhou de canto e deu uma risada baixa. Mordi os lábios, comprimindo uma risada.

 

(...)

 

Eu estava no vestiário, colocando meu shorts, meu top e uma blusa de frio, levando sua manga até o cotovelo, já que tenho vergonha de ficar apenas de top. Coloquei as luvas ‘’sem dedo’’ e amarrei meu cabelo num rabo de cavalo. Eu nunca lutei boxe antes, estava meio nervosa, com medo de pagar algum mico.

 

Sai do vestiário ajeitando meu cabelo e olhando pra baixo, quando me esbarrei no peito de alguém, olhei pra cima e vi Jungkook me olhando, devo ter ficado vermelha como um pimentão.

 

-Desculpe, eu estava distraída.- Falei meio sem graça, ele abaixou levemente a cabeça, levando sua boca perto de minha orelha.

 

-Não tem problema.- Sussurrou com uma voz meio rouca, me fazendo arrepiar dos pés á cabeça. Dei uma risada baixa e ele sorriu satisfeito. O que será que esse cara tinha? Me desviei dele, indo até uma sala,vi que grande parte do pessoal já estava sentado no tatame, então fiz o mesmo.

 

Um tempo depois, mais pessoas chegaram e Jungkook fechou a porta ficando no meio do tatame.

 

-Então pessoal, é a minha primeira vez dando aula de boxe, então eu gostaria que vocês se apresentassem, já que teremos 3 horas de treino. Começando por você.-Ele apontou pra uma garota ruiva.

 

-Meu nome é Ah Na,sou daqui da Coréia mesmo e tenho 16 anos, danço e luto boxe desde meus 12 anos.- Ela se sentou. Assim foi indo até chegar minha vez. Ele me olhou sorrindo discretamente, quero dizer, não estava nada discreto, considerando que todas as pessoas olhavam pra ele de maneira estranha.

 

-Meu nome JiNah, tenho 17 anos,nasci no Brasil, porém meus pais são coreanos, nunca lutei boxe. Canto e escrevo musicas desde meus 9 anos de idade. –Eu percebi que eu era a unica dali que nunca havia treinado boxe, o que me deixou mais nervosa ainda. Jungkook sorriu me encorajando. Eu não entendia porque eu estava me sentindo tão atraída por esse garoto, sorri e me sentei.

 

-Bom, acho que é minha vez. Me chamo Jungkook, tenho 20 anos. Luto boxe desde meus 11 anos, mas também danço, canto e componho musicas. Acho que já podemos começar a aula.- Ele sorriu, se levantando. Pude ver seu tanquinho por debaixo da blusa, já que ela era transparente, eu sorri sem perceber e ele olhou em minha direção, piscou e depois abaixou a cabeça sorrindo, eu devo ter ficado tão vermelha, que vergonha!

 

(...)

Jungkook estava com aquelas luvas que são grandes na frente enquanto uma das alunas dava chutes nela, ele levava ela para o alto, abaixava, atacava e assim foi indo. Todos ali eram tão bons, que eu quase desisti de lutar.

 

-Sua vez.- Ele sorriu me olhando, fiquei um pouco insegura, e por 1 segundo hesitei, mas era tarde demais pra desistir. Fui até sua frente e ele começou. Quando fui dar o primeiro chute, acabei caindo de bunda no chão, fazendo todos da sala rirem. Ele se posicionou novamente, mas eu falhava todas as vezes em que eu tentava dar ao menos 1 golpe; quando fui ver, a aula já tinha acabado.

 

Eu cheguei á conclusão de 3 coisas:

1° boxe realmente não é pra mim

2° minha perna vai ficar toda roxa por conta dos tombos que eu levei

3° Jeon Jungkook era gostoso demais pra ser de verdade

 

Coloquei a roupa que eu estava antes e sai do vestiário. No momento em que eu estava saindo da escola, me lembrei que havia esquecido minha blusa de frio, corri para a sala onde estávamos treinando boxe, quando a adentrei, vi Jungkook a segurando na mão. Ele se virou pra mim.

 

-É seu? – Perguntou e eu assenti com a cabeça. Quando fui pegar, ele colocou a mão no alto.- Vem pegar- Me desafiou, o olhei séria e comecei a dar pulos pra tentar pegar a blusa.

 

-Jungkook, devolve.- Eu pedia, ainda dando pulos, quando finalmente consegui a pegar, ele foi dando passos em minha direção enquanto eu andava pra trás, acabei me chocando com a parede, levando um pequeno susto. Ele colocou uma de suas mãos ao lado de minha cabeça, a espalmando na parede e a outra no meu cabelo.

 

-Por que está me evitando? Eu te ajudo e é assim que você retribui?- Perguntou sério, eu cruzei os braços, mordendo o lábio.

 

-Eu não estou te evitando.- Ele continuava com as mãos no mesmo lugar, meu coração começou a acelerar quando ele se aproximou de meu ouvido.

 

-Saia comigo, então. – Sugeriu e eu ri baixo.

 

-Sem chance.- Cerrei os olhos e ele deu uma pequena risada,olhando pro lado. Pude ver seus lindos dentes brancos, pareciam os de um coelho, sorri abaixando a cabeça.

 

-Namorado?- Perguntou com a língua por debaixo da bochecha.

 

-É...Mais ou menos. É mais complicado do que parece.- Falei com um tom de voz triste. Ele se sentou no tatame, cruzando as pernas como um índio.

 

-Eu tenho a noite toda pra ouvir o motivo.- Ele me olhava, puxou minha mão, me fazendo sentar também.

 

-Eu não vou encher sua cabeça com os meus problemas pessoais Jungkook.- Tentei levantar, mas ele me impediu.

 

-JiNah, eu quero ouvir. Pare de achar que está sempre me enchendo.- Ele sorriu e eu sentei novamente.

 

-Eu namorava um garoto chamado Jackson há um tempo, mas ele vivia viajando, muitas vezes nem me avisava pra onde ia, ficava semanas sem aparecer, quando voltava agia como se não tivesse acontecido nada.- Respirei fundo.- Mas há alguns dias ele me mandou uma mensagem, pedindo pra me encontrar. Achei que iriamos sair, algo assim, mas quando cheguei, ele me disse que iria embora e que não iria mais voltar. E foi mesmo.- Soltei uma risada abafada.- Mandei ele me esquecer se entrasse no carro, mas não adiantou. Quando estávamos na lanchonete, e você me perguntou se o motivo de eu ter ficado tão mal quando vi meu celular era algum namorado, eu havia recebido uma foto de Jackson beijando Miri, ex namorada dele.- Jungkook parecia entender tudo.

 

-E você não está pronta pra sair com outros caras.- Ele respondeu por mim, mordi o lábio e abaixei a cabeça.- Então vamos sair apenas como amigos, pra você se distrair. Eu juro que não vou tentar nada.- Ele uniu as mãos e eu soltei uma risada.

 

-Quando?- Perguntei e ele colocou a mão no queixo.

 

-Hoje.- Ele disse e eu revirei os olhos sorrindo.

 

-Jungkook!- Bati em seu ombro e ele abriu um sorriso enorme.

 

-Amanhã então.- Ele pediu, pensei um pouco e assenti com a cabeça. Me levantei pra ir embora e ele segurou meu pulso, se levantando também. Me puxou pra perto dele, me dando um abraço forte, senti um frio imenso na barriga. A sensação que ele causava em mim era estranha, eu ficava com vontade de o conhecer cada vez mais, entender o motivo de tanto carinho que ele tem por mim. Me reconfortei em seus braços- Vai com cuidado.

 

Assenti e sai da escola. Não tinha certeza se eu deveria sair com ele amanhã, por mais que ele tenha dito que seria apenas como amigos, eu não tenho tanta certeza assim, com certeza não será apenas como amigos. Mas, de certa forma, eu queria sair com ele, queria conhecê-lo. Todas as vezes em que ele me tocava durante o treino me causavam arrepios, seja pra arrumar minha postura ou pra segurar minha mão. Quando ele me abraçou então...nossa, minha vontade era de ficar ali durante minutos, horas...

 

Quem é você, Jeon Jungkook, e por que me causa esse tipo de sentimento?

 

Cheguei em casa e não cumprimentei ninguém, pra falar a verdade, eu estava um pouco chateada com a minha mãe, ela agia como se o que aconteceu comigo fosse minha culpa. Nunca pensei que ela fosse capaz de me tratar daquele jeito, poxa, eu precisava de seu apoio, de seu abraço, e agora tudo o que ela faz é me olhar com nojo. Bufei e fui para o banheiro, me despindo e logo depois entrando no box, relaxando com aquela água morna caindo sobre minhas costas.

 

Coloquei um moletom e uma calça jeans e me joguei na cama, pegando meu violão novamente tentando compor algo, mas não dava, a inspiração não fluía desde que o Jackson foi embora. Levantei da cama e calcei meu tênis, eu precisava esfriar a cabeça, caso contrário eu iria explodir. Fui pra fora da casa, pegando minha bicicleta e montando na mesma. Dei algumas voltas pelo bairro, ah, eu amava a Coréia. Parei e me sentei num balanço de um parque que eu costumava ir quando era mais nova. Algumas lembranças passaram em minha cabeça, todas envolviam o Jackson, sorri meio de canto, mas logo me assustei quando senti uma mão em meu ombro. Me virei rapidamente e vi Jungkook me olhando confuso.

 

-Aish, você me assustou!- Eu disse, com a mão no peito.

 

-Desculpe.- Ele disse dando risada.- O que faz nesse parque a essa hora da noite? É perigoso, sabia?- Ele disse, se sentando no balanço ao lado do meu.

 

-Eu só quero...tomar um pouco de ar.- Suspirei fechando os olhos. Ouvi ele se levantar e logo senti um peso em minhas costas, ele estava empurrando o balanço pra mim.

 

-Aconteceu alguma coisa?- Perguntou, claramente interessado.

 

-Ah... aconteceram muitas coisas na minha vida de uns tempos pra cá.- Soltei um riso nasalado e abaixei a cabeça.

 

-Somos dois...- ele deu uma risada baixa. Parei o balanço e levantei, pegando minha bicicleta.

 

-Vem, vamos dar uma volta.- Disse, o chamando com a cabeça, o mesmo sorriu e veio.

 

Andávamos em silêncio, mas não era constrangedor, era um silêncio bom, de vez em quando passavam algumas meninas e começavam a rir baixinho olhando para Jungkook, mas ele não reparava. Comecei a pensar como alguém conseguia ser tão distraído.

 

-Então Jungkook- Comecei a puxar assunto.- Tem namorada?- Perguntei mas me arrependi rapidamente depois que ele deu um sorriso de lado e me encarou.

 

-Por que está interessada nisso, JiNah?- No momento em que ele disse isso, senti minhas bochechas queimarem e coloquei as duas mãos em meu rosto, escondendo-o nelas. Ele riu de minha vergonha.

 

-Aigo, não estou interessada, só estou puxando assunto.- Respondi, ainda com as mãos no rosto, senti suas mãos em meu pulso, abaixando o mesmo e revelando meu rosto vermelho.

 

-Eu estou brincando.- Respondeu com um sorriso brincalhão no rosto, tombei a cabeça e franzi o cenho. Eu esperava por sua resposta, eu já contei uma coisa importante pra ele sobre mim, queria que ele compartilhasse algo comigo também. Não, nós não tinhamos intimidade nenhuma, mas algo em mim queria ir a fundo e descobrir mais sobre esse garoto.- Bom, é mais complicado do que parece.- Soltou meus pulsos e virou de costas para mim. Pude ver que sua respiração estava rápida.

 

-Bom, minha história também era complicada... – Ele virou a cabeça e me olhou sério, era um olhar...raivoso? Respirei fundo.- Olha, se não quiser me contar não conta. Eu entendo.- Quando fui dar meia volta, senti uma mão em meu pulso me impedir. Jungkook estava com a expressão serena, como se lembrasse de alguém muito importante, seus olhos brilhavam e sua respiração estava acelerada.

 

-Mas eu quero contar.


Notas Finais


Já to shippando a Jinah e o Kookie scr

gente, se vocês puderem, sempre comentem o que acharam, sério, dá uma motivação enorme ver que vocês gostam da fanfic, então por favorzinho, comentem o que acharam e o que acham que aconteceu com a namorada do Kookie.

É isso, até o próximo capítulo

Me perdoem por qualquer erro


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...