História Big Little Lies - Capítulo 52


Escrita por: ~

Postado
Categorias Camila Cabello, Fifth Harmony
Tags Bebê, Bebes, Camren, Camren G!p, Gravidez, Lauren G!p
Visualizações 476
Palavras 1.025
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem!

Capítulo 52 - Promete?


Fanfic / Fanfiction Big Little Lies - Capítulo 52 - Promete?

                      Pov Lauren 

"Dizem que o tempo cura todas as feridas. Mas quanto maior é a perda, mais profundo é o corte. E mais difícil é o processo para ficar inteiro novamente. A dor pode desaparecer, mas as cicatrizes servem como lembrete do sofrimento. E o deixam preparado para nunca mais ser ferido. Enquanto o tempo passa… Nós nos perdemos em meio à distrações. Agimos por frustração, reagimos agressivamente, nos entregamos à ira. Durante todo o tempo tramamos, planejamos e esperamos ficar mais fortes. E sem que percebamos, o tempo passa. E estamos curados, prontos para começar de novo.”

Estavamos na casa do meu pai para o tal do jantar que ele nos convidou e tudo ia bem até a campainha tocar. 

Meu pai se levantou para ir atender a porta. E olhando para a Camila, percebi que ela já sabia quem era. E não demorou muito para que eu também descobrisse.

_ Boa noite, meninas! - Iara, a antiga vizinha da Camila diz ao lado do Meu pai e de início eu nao entendi muito bem porque, mas de repente tudo pareceu se ligar quando vi as mãos do meu pai na cintura dela.

_ Boa noite, Iara. Quanto tempo. - Camila a cumprimenta, mas antes mesmo da Iara responder eu começo a falar.

_ Pai, é isso mesmo o que eu estou pensando? - pergunto sem me importar se estava constrangendo alguém. 

_ Depende. Se você está pensando que eu e a Iara estamos juntos, sim é isso mesmo. - meu pai diz e eu fiquei sem reação. Eu não estava acreditando que aquilo estava acontecendo. 

Sai da sala sem dizer mais nada e subi até o meu antigo quarto, me jogando na cama e deixando minhas lágrimas caírem. Eu não sabia o que eu mesma estava sentindo com tudo isso. Meus pensamentos estavam todos bagunçados. E eu só queria que nada disso precisasse acontecer. Eu queria a minha mãe aqui. E entre a confusão dos meus pensamentos, a porta do meu antigo quarto foi aberta pela Camila. 

_ Amor...

_ Você já sabia, não é? - pergunto a interrompendo.

_ A algumas semanas. Seu pai me chamou aqui e contou. Mas pediu pra não falar nada que ele mesmo queria te dar a notícia. - Camila diz sentando do meu lado. Eu sabia que ela não tem culpa, mas ela podia pelo menos ter me avisado.

_ Você podia ter me avisado. Assim nem viríamos até aqui.

_ Lauren, eu sei que você queria que a sua mãe estivesse aqui, mas ela não está. Seu pai a respeitou enquanto os dois ficaram juntos, mas agora ele achou outra pessoa. E ele está feliz com a Iara. 

_ Desde quando eles estão juntos? - pergunto ignorando o que ela acabou de falar.

_ Tem uns dois meses, eu acho. Parece que eles mantiveram contato depois de tudo aquilo. Mas só a pouco meses que se deram uma chance. - Camila diz e não falo mais nada. 

_ Dá uma chance pra ela também. A Iara não é mau pessoa. - Camila diz fazendo carinho em minha mão. 

_ Não é que eu não goste dela. Nem a conheço direito. Eu só não queria que me pai arrumasse outra. 

_ A gente não manda no nosso coração, lembra? 

_ Eu pensei que ele amava a minha mãe. 

_ Não é porque a Clara morreu, que o Mike deixou de ama - la. Com certeza ela sempre vai ter um lugar especial no coração dele. E ele não precisa passar o resto da vida sozinho para comprovar isso.

_ Eu queria a minha mãe aqui. - digo e ficamos em lei silêncio. Até que a Camila voltou a falar. 

_ Eu também queria a minha, amor. A minha mãe e meu pai. Você não sabe o quanto eu queria. Eu não pude conviver com os meus pais o tanto de tempo que você conviveu com sua mãe. Eu era pequena quando os perdi, mas a dor sempre foi grande. Dói muito não ter eles por perto. E eu tenho certeza que se eu tivesse um deles aqui comigo, eu iria torcer para serem felizes e iria aproveitar cada segundo ao lado deles. - Camila diz emocionada, e lhe dou um beijo. 

_ Eu te amo! - digo finalizando o beijo com alguns selinhos e depois faço carinho em sua bochecha.

_ Eu também te amo. - ela diz sorrindo e nos abraçamos.

_ Não vai ser fácil pra mim, ver meu pai com outra mulher. Mas eu posso tentar me acostumar. - digo e Camila sorri.

_ Você vai conseguir meu amor. - Camila me dá um selinho, e em seguida, alguém bateu na porta.

_ Licença meninas. Camila, o Gabriel tá chamando por você. - meu pai diz e Camila se levanta indo em direção a porta.

_ Deixa eu ir lá ver meu pequeno. Você vem, amor? 

_ Daqui a pouco. - digo olhando para meu pai, e então Camila se retira do quarto nos deixando a sós.

_ Lauren... - meu pai começa a falar mas o interrompo. 

_ Desculpa minha reação. Eu realmente não esperava por isso. - digo e me aproximo do meu pai.

_ Foi impossível controlar. Quando eu vi, já estava apaixonado por ela. E eu acho que a maneira que eu disse também não foi muito legal, então eu também te peço desculpas. - ele diz e solto um longo suspiro. 

_ Ainda é difícil lidar com a ausência da mamãe. E não será fácil ver outra mulher do seu lado. Mas, eu acho que posso trabalhar nisso. - digo e meu pai me abraça. 

_ Obrigada filha. A Iara é uma boa pessoa. Você vai gostar dela quando a conhecer melhor.

_ Eu só quero que ela te faça feliz. - digo e ele sorri.

_ Ela me faz. Junto com você, os meus netos e a Camila. E eu também só quero te ver feliz, filha. Eu te amo. E ter você por perto é muito importante para mim.

_ Também te amo, pai. E eu não vou sair do seu lado.

_ Promete?

_ Prometo!  


Notas Finais


Desculpem qualquer erro!
Bjs!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...