História Bikegirl - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Tags Bikegirl, Sasusaku
Visualizações 48
Palavras 1.547
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Hentai, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá.

Trouxe um two-shot (eu acho) para vocês. Estava com vontade de escrever algo diferente, sabe? Que eu nunca vi. Aí fiz isso aí kkk
Espero que gostem.
Opiniões são importantes, hein! u.u

Capítulo 1 - Capítulo um


     Pedalava rapidamente entre as ruas da cidade, costurando entre os carros parados no trânsito caótico da cidade com a entrega segura dentro da bolsa que carregava atravessada no corpo. Enquanto descia uma ladeira deu uma rápida olhada no pequeno relógio que carregava no pulso.

    14:35.

    Comemorou internamente ao ver que a entrega aconteceria no prazo estipulado. Faturaria uma grana boa com isso; pela entrega rápida, que foi pedida com urgência pela empresa, e pela aposta feita com os colegas de trabalho: entregar a encomenda no prazo. Era quase impossível, já que primeiro ela teria de pegar a encomenda e depois atravessar boa parte do grande bairro para entregar na empresa. Mas ela era boa, uma das melhores, se não a melhor.

    Freou sua bicicleta, parando em frente a um grande prédio com vidraças que reluziam a luz solar. Acorrentou sua bike em uma árvore próxima, e entrou na empresa procurando o local de atendimento. Se aproximou de uma balcão mais a frente, próximo a entrada dos elevadores, aguardando a secretária terminar a ligação.

    - Olá, boa tarde, em que posso ajudá-la? - A mulher morena sorriu, seguindo o protocolo de atendimento.

    - Ei, Sakura Haruno, da Fast wheels. - Abriu a bolsa transversal retirando um pacote marrom, o pondo em cima do balcão. - Vocês ligaram pedindo uma encomenda.

    - Ah, sim. - Pegou o pacote conferindo o conteúdo, deixou a encomenda de lado e pegou o dinheiro, entregando a ela. - Estou surpresa, foi rápida. E de acordo a circunstâncias um bônus será oferecido, era realmente urgente a entrega desses documentos.

    Sakura pegou o dinheiro com as notas há mais pela entrega rápida. Despediu da secretária e saiu do prédio com o celular em mãos discando o número de Gaara.

    - E aê, adivinha quem acabou de entregar a encomenda? - Sakura perguntou zombeteira com um sorriso de vitória no rosto, que aumentou ainda mais ao escutar os resmungos do outro lado.

    - Que filha da puta, mano. - Gaara xingou, mas não estava irritado. Em momento algum duvidou que a Haruno fosse mesmo capaz de fazer essa entrega, mas, uma aposta sempre rolava entre eles. - 'Cês ouviram, né, seus viados? - Gritou para os rapazes jogados no sofá de couro desgastado, que ouviam a conversa no viva-voz. - Perdemos 100 pila pra novinha filha da puta aqui.

     - Porra, Haruno! - Naruto manifestou sua irritação, que apenas fez a mulher sorrir mais. - Então cê vai pagar o lanche pra nós, né?

    - Porra nenhuma que vou! - Esbravejou, enquanto levantava o dedo do meio para um motorista que desrespeitou o sinal, quase acertando sua bike com o carro. Concertou os fones de ouvido, e o celular que quase caiu do sutiã, então voltou a pedalar. - Vou guardar esses trezentinhos para dar uma geral boa na bike, pô.

     - Haha, qual é Naruto, até parece que não conhece a Sakura. - Suigetsu disse relaxado, rindo da cara do loiro. - Vai me devolver esses 100 ainda, beleza? Uma hora você perde.

    - Ihhh, haha, só não espera sentado, para bunda não ficar quadrada, otário!

    - É que ele não supera sempre perder para você, Sá. - Naruto disse tirando sarro de Suigetsu.

    - EPA, DESCOLEM AS BUNDINHAS LINDAS DESSE SOFÁ E VAMOS TRABALHAR, VAGABUNDOS. - Sakura fez uma careta ao ouvir a voz berrante de Deidara soar alto nos fones. Sorriu com a cena formada na cabeça: Deidara com seu jeito gay orgulhoso e assumido, segurando sua inseparável lixa de unha, enquanto expulsava os três machões do sofá.

    - Escutou, né, rosada? General arco-irís na área.

    - GAARA, SAI DESSE CELULAR, TEM ENTREGAS PARA FAZER, QUERIDINHO.

    - Tenho que desligar... Ai porra, precisa bater? - Ouviu Gaara resmungar da mão pesada de Deidara antes dele desligar.

     ...

    Deixou a bicicleta presa no estacionamento em grelha e entrou no estabelecimento da Fast wheels. Estranhou não ver a algazarra dos caras no lugar.

   - Ei, Dei, cadê os caras? - Perguntou se sentando na cadeira frente a mesa onde Deidara atendia os telefonemas dos clientes. Ele lixava as unhas impecáveis e bem maiores que a sua.

    - Hunf, aqueles vagabundos? Gaara e Suigetsu estão fazendo entregas, e Naruto foi ajudar a namoradinha a fazer fazer a mudança. E cadê dinheiro?

    - Eita, quanta avareza, é pecado hein. - Pegou o dinheiro dentro da bolsa, retirando o bônus que recebeu e dando o restante a Deidara.

    - Transar antes de casar também é, nem por isso vejo ninguém parando de dar as rabas por aí, né, Haruno?

    - Credo, Deidara!

    - Ué, alguma mentira? - Pegou o dinheiro, não sem antes reparar as notas na mão de Sakura. - Queridinha, tá querendo me roubar é? Que dinheiro é esse?

     - Qual é, Dei? Tira o olho gordo! Isso aqui é um bônus pela entrega rápida, lembra que ligaram pedindo com urgência? Então, fiz meu trabalho, e essa é a recompensa. - Se levantou, deixando Deidara com sua avareza para trás.

     Se sentou nos bancos que ficavam em frente ao estabelecimento, balançando a cabeça em negação e sorrindo. Apesar das loucuras dos seus colegas de trabalho, era feliz por trabalhar ali. Se orgulhava muito do que fazia, apesar de não receber apoio nenhum dos familiares, que sempre a quiseram no rumo da advocacia, seguindo os passos da família, mas não fora feita para ficar em um escritório fechado, usando terninho, se privando de ver o mundo tão grande que vivia. Sua paixão pela bicicleta veio desde cedo, enquanto as meninas brincavam de boneca, ela estava andando, aprendendo tudo que sabe hoje. E graças a Fast wheels pode realizar o sonho de viver do que gostava. Andar pela cidade fazendo as entregas, vendo as pessoas, lugares, sentindo o vento, o sol - muitas vezes, chuva - em seu rosto, era mais que maravilhoso. Mas não foi fácil chegar ali, já que era uma área dominada por homens - Deidara não conta, né, ele não é ciclista -, mas mostrou sua capacidade, sua habilidade em cima das rodas, e batia no peito para dizer que superava muitos que se achavam os bonzões. Ela era pequena e realmente muito bonita, mas provou para todos que não era apenas isso, "um rostinho bonito".

    - SAKURAAAA!

    Se assustou ao ouvir o grito escandaloso de Deidara. Se levantou indo até  o loiro, que estava com o telefone entre o ombro e a orelha, anotando algo em um papel.

    - Tá okay, senhor. Obrigado por escolher a Fast wheels. - Ele colocou o telefone de volta no lugar, e estendeu o papel para a rosada. - Então, meu bem, sei que deve estar cansada, mas é a única por aqui, você  vai né? 

    Sakura pegou o papel, achando graça que nessas horas Deidara sabia ser bem gentil.

    - Vou sim, relaxa.

    Estava um pouco cansada, mas nada que afetasse sua competência, fora que não era muito longe. Tinha que pegar uma encomenda perto daqui e entregar em Manhattan, próximo ao Central Park.

    ...

    Olhou o prédio de arquitetura moderna, com uns trinta andares. Deixou a bike acorrentada no U-invertido próximo dali e se aproximou do portão chamando o porteiro.

   - Sim, posso ajudar? - Percebeu a avaliada que ele deu em suas roupas, algo que a incomodou.

    Muitas vezes as pessoas julgavam de malandra apenas pelo seu modo de vestir, inclusive seus parentes. Ela usava uma blusa regata apertada no corpo curvilíneo, uma bermuda jeans folgada com alguns rasgos, os tênis velhos nos pés e quando estava sem o capacete, usava um boné azul com o nome do seu time favorito: NY Giants - apesar do time ter perdido a temporada para o 49ers, ainda era seu time do coração.

    - Entrega no apartamento 105. Sou Sakura Haruno da Fast wheels.

    - Só um minuto. - Saiu por alguns minutos, fazendo a Haruno se irritar, odiava esperar. Voltou já abrindo o portão. - Tudo bem, o senhor Uchiha autorizou sua entrada, pode subir.

    - E porquê eu tenho que subir? O senhor não pode entregar?!

    - O senhor Uchiha pediu que levasse pessoalmente.

     Bufou impaciente. Que merda esse otário quer comigo?!

     Entrou pelo portão, passou pelo saguão sem dar muita atenção ao ambiente luxuoso. Estava com pressa. Apertou o botão do andar desejado e aguardou impaciente.

    Uchiha, Uchiha... De onde conheço esse sobrenome?
   
    Quando as portas se abriram, foi logo até a porta 105, batendo sem paciência.

    - Você não muda, né? Continua impaciente.

    - Sasuke?!

    Sua boca foi ao chão ao ver a figura do moreno encostada no batente da porta. O sorriso ladino, que sempre fez seu coração bater mais rápido, os cabelos negros sempre bagunçados - charme único dele -, a porra do abdômen sarado descoberto, seguindo o vale da perdição mostrado pela calça moletom que pendia no quadril estreito.

    Tentou respirar mais devagar para não demonstrar que que a presença monumental do ex ainda ainda a afetava. O tempo só fez bem para aquele maldito, estava mais gostoso do que nunca.

   - Vejo que ainda trabalha de bikegirl.

   Não conseguiu falar, continuou parada olhando o moreno parado na porta com aquele maldito sorriso. Passaram minutos naquela troca intensa de olhares.

    - Babaca.

     Sakura jogou a encomenda com força contra Sasuke e saiu furiosa, sem dar atenção ao chamados do moreno. 


Notas Finais


Bike Courier - Ciclista mensageiro.
Estacionamento em grelha - Suporte com vários compartimentos para bicicletas.
Fast wheels - Rodas velozes.
NY Giants, 49ers - Times de futebol americano.
U-invertido - Suporte para prender bicicletas.

Até o próximo!
Bye!
(Olha a hora que fico postando as coisas)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...