História Bittersweet memories before a real love. - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, Jinyoung, Mark, Youngjae, Yugyeom
Tags Abo, Destino, Jingyeom, Pepygyeom, Reencarnação, Vampiros
Visualizações 17
Palavras 443
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Lemon, Misticismo, Romance e Novela, Sobrenatural, Yaoi
Avisos: Cross-dresser, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olaaaaaá! Meu Deus, eu tô bem nervosa, uhun. ;;
Tô a bastante tempo querendo postar por aqui, mas nunca tive coragem. Sem contar que minha outra história estava bem ruim, e no futuro pretendo melhora-la.

Bom, primeiramente eu queria dizer que essa é minha primeira história, tirei ela de um sonho que eu tive! Esse capítulo não vai ser tão extenso, é apenas uma introdução para o desenrolar da história. Me desculpem por não ter nenhuma foto para ilustrar, eu realmente não sou boa com edição.. :<

Já quero agradecer quem se interessou pelo contexto e ficou curiosx para ler.
Espero realmente que gostem, de verdade. Estou um pouco insegura e adoraria ver o apoio de vocês, sendo ele construtivo ou não.

Enfim, chega de enrolação. rs
Tenham uma boa leitura e perdoem os erros!

Capítulo 1 - Prólogo.


 

Era uma manhã ensolarada e agradável ao ver de Yugyeom. Havia se divertido bastante aquele dia, juntamente de seu filho e marido.

Estavam arrumando as coisas para irem para a casa, mas desde que voltavam ao acampamento o mais novo percebeu movimentos atrás de si e sua família. 

Jinyoung também.

Os passos se intensificaram na metade do caminho e ambos se entreolharam. Em fração de segundos, Yugyeom viu o caçador apontar a arma para Mark, não hesitando em pular na frente deste e ser atingido em seu lugar.

O castanho urrou de dor, sentindo o impacto de seu corpo se chocando no chão e ao mesmo tempo estando aliviado apenas por saber que seu filhote estava a salvo.
Jinyoung arregalou os olhos, ficando mais pálido do que o normal após se dar conta do que havia acontecido. Aproximou-se de seu amado um tanto trêmulo e levou destra ao local onde o sangue não parava de jorrar, o pressionando enquanto tentava segurar as lágrimas.

-Meu amor..

Disse baixo, apenas para que Yugyeom ouvisse, logo vendo o caçador surgir novamente entre as árvores.
Saiu de perto do castanho, chegando em segundos a frente do caçador, este que atirou contra Mark assim que fora atacado. Jinyoung pôde ouvir o uivo esganiçado de dor que seu pequeno soltara, quebrando o pescoço do bandido que atacara sua família em seguida.

-Não, não!

Disse desesperado, vendo as pessoas que mais amava sofrendo a sua frente. Não tinha o que fazer.
Não conseguiu conter as lágrimas, sabendo que perderia os dois.

Yugyeom havia sido atingido no peito e Mark na cabeça; já sem vida.

Jinyoung socou o chão, ajoelhando-se ao mesmo tempo que deitou a cabeça de Yugyeom em seu colo, acariciando seus fios castanhos com cuidado e percebendo seu amor respirar com dificuldade.

-Eu te amo.

O mais novo disse em um tom quase inaudível, acariciando o rosto de seu hyung com dificuldade. Pela última vez.

-Eu também te amo.

Park deixou um selar demorado na testa do menor, vendo a vida se esvair deste aos poucos. Seus olhos brilhantes e em um tom lilás agora se encontravam escuros e sem vida. 

Seu grande amor havia morrido em seus braços.

Após horas chorando, Jinyoung passou a abrir duas covas; onde enterrou ambos.
Ficou algum tempo olhando para a terra úmida, tanto por suas lágrimas quando pela chuva rala que insistia em cair.
Sentiu seu coração apertar, o que lhe era quase impossível, afinal ele era metade vampiro. 

Amaldiçoou-se ao lembrar de tal característica, sabendo que viveria a eternidade com a dor da perda. 

Suspirou pesado, saindo daquele lugar o mais rápido que conseguia e predestinado a nunca mais voltar.


Notas Finais


Confesso que sofri bastante escrevendo.;;
Bom, nenês, eu espero que realmente gostem da história!
Tentarei não demorar para atualizar; por mim postaria hoje mesmo.q
Em breve vou estipular os dias das postagens e deixarei nas notas do próximo capítulo.

Até mais e se cuidem direitinho.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...