História Blame Me - New Version - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber, Taylor Momsen
Tags Drama, Romance
Visualizações 16
Palavras 6.229
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Nova versão de Blame Me
Espero que gostem
Leiam as notas finais


Comentem, favoritem e divulguem

Capítulo 1 - First Chapter


P.O.V Jill

- Anda logo Jill - Escutei falarem um pouco mais alto 

O clarão em meu rosto me fez abrir os olhos, eu ainda estava sonolenta, porém pude ver a Sherry arrumada e um pouco nervosa pelo meu atraso

- O que foi hein? - Perguntei sentando na cama

- Quer fazer o favor de levantar - Ela disse colocando as mãos na cintura - Temos aula e eu não quero me atrasar

- Pode ir na frente - Falei levantando 

- Não, você é minha carona - Ela disse

- Pegasse um uber, um táxi. Sei lá - Falei nervosa

- Ai garota, só se arruma e anda logo - Ela disse

Revirei meus olhos e entrei no banheiro batendo a porta atrás de mim. Eu me despi e liguei o chuveiro, assim que a água esquentou pude tomar meu banho. 

Desliguei o chuveiro, enrolei a toalha no meu corpo e assim que sai do banheiro, vi minha roupa na cama. Eu me sequei, vesti minha lingerie, coloquei um cropped que Sherry tinha escolhido, vesti a sweatpants vermelha que ela pegou e um tênis branco da Nike.

Peguei minha mochila com meu material, eu peguei meu celular, apaguei a luz do meu quarto e desci

- Aleluia - Ela disse batendo as mãos nas pernas

- Garota não me enche - Falei - Vou tomar café ainda 

- Não, eu trouxe isso pra você - Ela me entregou um sanduíche natural e um suco 

- Mas é insuportável - Falei colocando minha mochila em meus ombros

- É por isso que somos amigas - Ela disse sorrindo 

Peguei as chaves do meu carro, ela saiu na frente, quando eu saí tranquei a porta pois meus pais ainda dormiam e meu irmão também. Entramos no meu carro, joguei minha mochila no banco de trás e peguei o sanduíche, tirei o plástico que cobria o lanche e dei uma mordida no mesmo 

- Você que fez? - Eu perguntei

- Minha mãe que fez - Ela disse

- Por isso está gostoso - Falei e ela revirou os olhos

Dei partida no carro e sai.

- Será que Derek ja chegou? - Perguntei dando outra mordida no meu sanduíche 

- Não sei, é provável - Ela disse

Quando terminei meu sanduíche, tomei o suco que ela trouxe.

Quando chegamos na escola, estacionei meu carro, peguei minha mochila e desci do carro, quando Sherry desceu, fechamos as portas e ativei o alarme. De longe vimos Derek falando com alguma menina, obviamente era alguém da equipe de líder de torcida

Estávamos indo na direção dele quando um ser humano esbarrou em mim, eu olhei e lá estava o demônio da minha vida

P.O.V Justin

Acordei antes do meu despertador, e por esse motivo eu já estava pronto para escola

- Bom dia meu filho - Minha mãe disse adentrando a cozinha 

- Bom dia - Falei enquanto tomava meu café 

- Caiu da cama? - Ela perguntou - Você não costuma acordar esse horário 

- Também não sei o que aconteceu - Falei levantando - Mas já estou indo 

Dei um beijo na testa da minha mãe, peguei minha mochila, as chaves do meu carro e sai de casa. Entrei no veículo, dei partida e sai.

Cheguei na escola e estacionei o carro, peguei minha mochila, desci do mesmo e ativei o alarme assim que fechei a porta, estava guardando as chaves na mochila quando esbarrei em alguém, iria pedir desculpas, mas quando vi quem era, desisti

- É algum tipo de magia negra? - Ela disse

- Pra eu ter encontrado com você, só pode - Falei 

- Garoto você que esbarra em mim e eu sou a culpada? - Ela perguntou 

- Obviamente - Falei 

- Eu vou acabar com você - Ela disse

Quando ela veio para me dar um soco, sua amiga a segurou.

- Eu ainda acabo com você - Jill disse antes de sair

Eu apenas ri, fui não direção dos meninos que estavam conversando 

- Já chegou arrumando encrenca? - Ryan perguntou enquanto fazíamos nosso toque

- Não, ela que é estressada demais - Falei 

- O nome disse é amor - Christian disse

- Está maluco? - Eu perguntei 

- Ela é gostosa, confessa - Chaz falou

- Gostosa ela é, porém não existe amor aqui e nem ali - Falei 

P.O.V Jill

- Esse garoto me irrita - Falei enquanto entrávamos não escola

- A gente percebeu - Derek disse

- E isso não é de hoje - Sherry falou 

- Ainda bem que sabem - Falei 

Peguei alguns materiais no meu armário e ficamos ali conversando até que meu querido ex namorado entra com a nova namorada, que no caso era a capitã do da equipe de líderes de torcida

- Já chegaram soltando o veneno - Falei 

- Eles se merecem - Sherry disse

- Até um tempo atrás você babava para ser que nem ela - Derek disse 

- Isso foi antes de eu descobrir que ela estava ficando com o Austin - Sherry disse

- Enfim gente, vamos para a sala - Falei 

Passamos por eles e eu fiz questão de esbarrar no braço dele, quando ele me olhou, mandei um beijo no ar e comecei a rir junto com a Sherry 

Entramos na sala e fomos para o nosso lugar, infelizmente Bieber, seus rabos e Austin eram da minha sala. Passaram dez minutos e eles entraram

Austin, Bieber e a maioria dos meninos da minha sala eram do time de basquete, então eles sempre estavam juntos conversando ou fazendo algo inútil

- Aquele garoto é maravilhoso - Sherry disse

- Que garoto? - Derek perguntou 

- É Mike o nome dele? Não sei - Ela disse

- Ai garota, tanta gente pra pegar e você quer justo ele - Falei e ela riu

- E qual o problema? Ele é bonito - Ela disse e nós rimos 

Austin se levantou do lugar dele e veio até o nosso

- Jill eu preciso falar com você - Ele disse

- Já está falando - Falei apoiando os braços na mesa

- Quero entender qual o seu jogo comigo e com a Ashley - Ele disse

- Não tem jogo nenhum meu querido - Eu falei

- Você ainda está brava? - Ele perguntou 

- Pelo chifre que você me deu? Não, isso eu já superei - Eu disse e vi o professor entrar 

- Austin sem querer interromper a sua conversa, mas preciso começar a aula - O professor de história disse

- Ainda não terminamos nossa conversa - Ele disse indo para o lugar dele 

O professor separou os materiais necessários para a aula e começou a distribuir uma folhinha para cada aluno

- Hoje a aula vai ser diferente - Ele disse - Espero que gostem desse novo método.

Eu revirei os meus olhos, peguei meu caderno e comecei a desenhar coisas aleatórias.

..

Era a terceira aula antes do intervalo, era aula de matemática com o professor gato, ele também entregou uma folhinha para cada aluno e lá tinha as atividades que deveríamos fazer 

Não posso negar que nós dois já nos pegamos na sala do zelador antes das aulas começarem, tanto com o professor de matemática, quanto o de química e física. Não posso negar, eles são gatos demais

Derek nos ajudou em alguns exercícios, terminamos e mostramos para o professor, ele deu a nossa nota e nós sentamos 

- O sinal não vai bater não? - Derek perguntou 

- A aula nem começou direito - Falei 

- Quem é que gosta de matemática? - Sherry perguntou 

- Eu gosto do professor - Falei olhando para ele e mordendo meus lábios logo em seguida

- Não vai me dizer que já ficou com o professor também? - Derek disse

- Não sabia? Achei que tinha te contado - Falei 

- Contou só pra mim - Sherry disse

- Garota não tem medo de te pegarem não? - Ele perguntou 

- Não - Falei - E se pegarem, qual o problema? Sexo não mata ninguém 

Escutamos o sinal, levantamos, peguei minha carteira e saímos da sala, fiz questão de empurrar o Bieber quando estava saindo, escutei o mesmo bufar em reprovação, fingi que nem era comigo

Quanso chegamos no refeitório, fomos naquelas máquinas que vendem salgadinhos e refrigerantes/sucos, comprei uma batata e um suco de laranja

Sherry, Derek e eu sentamos numa mesa, abri o pacotinho da batata e comecei a comer

- O que será que eu preciso para pegar o Mike? - Sherry perguntou

- Puta é a primeira opção - Eu disse 

- Por que puta? - Derek perguntou 

- É do que vocês homens gostam - Falei e ele revirou os olhos

- Você e o Bieber vão continuar nessa guerra até quando? - Derek perguntou 

- Eternamente querido - Falei - Não suporto aquele garoto 

Vi o professor de matemática passar, ele me encarou, piscou e logo depois entrou na sala dos professores

- Com licença - Falei sorrindo 

- Cuidado para não te pegarem - Sherry disse e eu pisquei para ela

Sai do refeitório, estava quando chegando na sala do zelador, senti alguém puxar meu braço, olhei e vi Austin 

- O que é hein garoto? - Falei me soltando 

- Pode me explicar qual o seu ódio? - Ele perguntou 

- Austin você me botou chifres, queria que eu ficasse como? Feliz? Com certeza - Falei cruzando os braços

- Eu não fiz por mal - Ele disse e eu não pude deixar de rir

- Não fez por mal e hoje está com ela - Falei - Olha, você deveria ter superado isso tudo Okay!

Vi Ashley pelo vidro do refeitório, porém ele não tinha visto 

- Você sabe que eu gosto de você - Ele disse

- E o que você quer que eu faça? - Perguntei 

- Que me perdoe - Ele disse

- Vai ter que fazer muito mais para ter meu perdão - Falei olhando disfarçadamente para ela 

- O que quer que eu faça? - Ele perguntou

- Você que deveria saber - Eu disse olhando em seus olhos 

Ele colocou as mãos na minha nuca e logo seus lábios tocaram os meus, abri meus olhos e vi uma Ashley furiosa, coloquei minhas mãos em sua nuca e ele aprofundou nosso beijo. Ele me empurrou na parede e apertou minha cintura. Olhei para a porta e ela ainda estava lá, pisquei para ela e vi ela sair dali, o empurrei e comecei a rir 

- O que foi? - Ele perguntou 

- Agora vá lidar com sua namorada - Eu disse

- Por que? - Perguntou um pouco confuso 

- Não reparou nela assistindo a sua cena? - Eu perguntei e ele olhou para trás 

- Ashley estava ali? - Ele perguntou 

- Com toda certeza - Falei ainda rindo

- Por que não me avisou? - Ele falou 

- Estou aqui para causar a discórdia, afinal, chifre trocado não dói - Falei 

Ele respirou fundo e voltou correndo para o refeitório, eu ri e voltei para lá também, Austin tentava conversar com a Ashley mas ela não dava ouvidos, voltei para a minha mesa e abri meu suco 

- Desistiu do professor - Ela perguntou 

- Não, mas já plantei a plantinha da discórdia hoje - Falei

O sinal tocou, joguei as coisas no lixo, peguei minha carteira, meu celular, levantei e sai dali junto com todos.

Entramos na sala e novamente senti meu braço ser puxado 

- Puta merda que hoje todo mundo está com tesão no meu braço - Falei me virando e vendo Bieber um pouco furioso - O que foi?

- O que você fez? - Ele perguntou

- Como assim? - Eu perguntei me soltando 

- Austin e Ashley - Ele disse

- Desde quando você se interessa por eles? - Eu perguntei 

- Me responde garota - Ele disse

- Abaixa o tom ao falar comigo, não sou sua mãe e muito menos suas vadias - Falei nervosa 

- Só... Me responde - Ele disse

Vi os amigos dele chegarem logo atrás e ficarem me encarando, eles me olharam dos pés à cabeça e depois pararam em meus seios

- Apenas causei o problema que eu tanto amo, agora se me dão licença - Falei e fui para o meu lugar

P.O.V Justin

- Essa garota é gostosa demais - Charles soltou 

- Realmente - Ryan concordou 

- Ela me irrita - Falei sentando no meu lugar 

- Não deveria, pois ela é gata - Chaz disse 

- Isso não impede nada - Falei

Olhei para ela que ria com os amigos, eu ainda vou descobrir qual é a dela com o Austin.

...

P.O.V Jill

O sinal da saída tocou, pegamos nossas coisas e saímos da sala, dessa vez Bieber que esbarrou em mim. Respirei fundo, contei até dez e fui para o meu armário 

- Você e o Bieber são duas comédias - Sherry disse

- Queria matá-lo - Falei colocando alguns livros dentro do meu armário 

- Tenho a sensação de que isso vai dar em namoro - Derek disse e eu o fuzilei - Não está mais aqui quem falou 

- Eu e o Bieber? Juntos? N u n c a - Falei 

- Se você diz - Ele disse

Saímos da escola e vi Austin conversando com o pessoal do basquete, fui até meu carro e logo meu braço é puxado novamente 

- Puta que pariu, meu braço não é porta de guarda roupa para ser puxado várias vezes não - Falei nervosa 

- Por que beijou meu namorado? - A voz irritante da Ashley ecoou em meus ouvidos

- E por que não vai perguntar pra ele? - Eu perguntei 

- Ele disse que você o beijou - Ela disse e eu ri

- Engraçado, ele me beija, coloca a culpa em mim - Falei rindo - Querida você deveria tomar cuidado com quem namora

Meu rosto ardeu, eu ri e olhei para ela, ela estava nervosa, vi algumas pessoas olharem para nós duas 

- Acha mesmo que vou me rebaixar? - Falei - Ashley pelo amor, teu namorado não aguenta mais e quer voltar para a melhor pessoa que ele já teve.

- Eu vou te matar garota - Ela disse

- Não vai, vaso ruim não quebra tão fácil - Falei

Eu entrei no meu carro, dei partida e abri o vidro 

- Outra coisa Ashley - Falei e ela me encarou - Chifre trocado não dói 

Sherry entrou no carro, eu dei ré e sai dali.

- Achei que iria sair na porrada com ela, já estava esperando - Ela disse e eu ri

- Hoje não - Falei.

..

Tinha deixado a Sherry na casa dela e já estava a caminho da minha. Quando cheguei, vi um carro diferente, papai não compraria um carro sem avisar, talvez alguém veio para almoço sem reunião

Estacionei meu carro, peguei minhas coisas e desci, ativei o alarme e quando cheguei na porta de casa pude escutar uma voz conhecida

- Não é possível - Falei 

Abri a porta e dei de cara com meu irmão conversando com quem? Ele mesmo, Justin Bieber

- Só pode ser brincadeira - Falei 

P.O.V Justin

Depois que cheguei em casa, minha mãe falou que iríamos almoçar na casa de uma amiga dela, e eu teria que ir junto.

Quando chegamos na casa dessa amiga dela, não tinha noção de onde eu estava. Quando a pessoa abriu a porta, pude ver que estava na casa da Jill

Obviamente fui educado com todos (meu problema era com ela e não com a família), aliás sou amigo do irmão dela

Estávamos nós dois conversando quando ela entrou na sala

- Só pode ser brincadeira - Ela disse assim que me viu 

- O que foi Jill? - Luke, o irmão dela perguntou 

- O que esse garoto está fazendo aqui? - Ela perguntou 

- Não sei se você sabe mas nossas mães são amigas - Falei 

- Karma o nome né Jill - Ela disse antes de subir

- Qual o problema de vocês dois? - Luke perguntou 

- Longa história - Falei

P.O.V Jill

Entrei no meu quarto e logo me joguei na cama, respirei fundo e peguei meu caderno se matemática, comecei a fazer as atividades que não terminei, era pouca coisa 

- Maninha - Escutei

Olhei para a porta e Luke estava pendurado nela 

- O que foi? 

- Almoço - Ele disse

Peguei meu celular e sai do quarto junto com ele 

- Hoje à noite tenho uma festa pra ir? Quer ir comigo? - Ele perguntou passando os braços sobre meu ombro 

- Que horas? - Perguntei enquanto descíamos as escadas

- Ele disse para chegarmos entre 20:30 ou 21:00 - Ele disse

- Pode ser - Falei

Peguei meu prato, me servi e sentei, estava de frente para o Justin, o que estava me deixando irritada. Eu praticamente engoli minha comida

- Com licença - Falei levantando 

- Filha não vai querer a sobremesa? - Minha mãe perguntou 

- Não mãe, obrigada - Falei sorrindo e saindo dali

Subi e fui direto para o meu quarto, fechei a porta e tranquei a mesma. Fui até meu banheiro, escovei meus dentes e sentei na cama novamente

Meu celular começou a tocar, era ligação da Sherry, atendi e deixei o celular em pé apoiado no meu estojo já que era facetime

- O que está fazendo? - Ela perguntou 

- Lição de matemática - Falei olhando para a câmera 

- Garota você já está com nota boa - Ela falou 

- Eu sei... Ah, mudando de assunto, preciso de ajuda para escolher uma roupa - Falei pegando o celular e levantando indo direto para o closet

- Vai sair e não me chama? - Ela disse

- Luke me chamou - Falei deixando o celular apoiado

- Caralho e por que não me avisou? Quero ir também - Ela disse triste 

- Vou falar com ele - Eu falei 

- Obrigada - Ela disse

- Agora me ajuda - Falei saparando algumas roupas 

- Você tem que abalar essa festa - Ela disse - Então vá com algo chamativo 

- Vestido ou saia? - Perguntei

- Veremos qual combina - Ela disse 

Comecei a separar algumas roupas e alguns sapatos também.

- Você tem um sutiã, que no caso não parece um sutiã, vermelho - Ela disse

- Esse aqui? - Perguntei mostrando 

- Esse mesmo - Ela disse - Se você usar uma saia preta e um salto vai ficar lindo 

- E eu vou com o que por cima bonita? - Perguntei cruzando os braços

- Aquele seu casaco preto de couro maravilhoso - Ela disse

Montei o look que ela disse, realmente tinha ficado lindo 

- O que seria de mim sem você - Falei e ela sorriu 

- Agora eu quero saber se eu posso ir também né - Ela disse

- Espera - Falei pegando o celular e indo até minha porta

Abri a porta do Luke e ele estava indo deitar 

- Maninho? - O chamei 

- Fale - Ele perguntou sentando na cama 

- Sherry por ir para a festa também? 

- Pra fazer companhia - Ela disse e ele riu 

- Pode, mas é pra ela chegar aqui 20:30 - Ele disse

- Agradecida estou Luke - Ela disse e nós dois rimos 

Fechei a porta do quarto dele e voltei para o meu, sentei na cama e continuei conversando com a Sherry

- Adivinha quem veio na minha casa hoje - Falei me arrumando na cama

- Quem? - Ela perguntou 

- Se eu falei para adivinhar Sherry - Eu disse e ela revirou os olhos 

- Bieber? - Ela falou

- Bingo - Eu disse

- MENTIRA? - Ela gritou arregalando os olhos - Eu fui no chute, o que ele foi fazer ai?

- Meus pais são amigos da mãe dele.. E pra piorar meu irmão é amigo dele também - Disse

- Que bosta, vocês brigaram? - Ela perguntou 

- Quase - Falei suspirando fundo - Me controlei pois respeito muito a mãe dele

- Será que Luke chamou ele para a festa também? - Ela perguntou 

- Ele é louco mas não tanto - Falei 

P.O.V Justin

Nem cheguei em casa direito e os meninos já estavam aqui. Estávamos no meu quarto jogando video game

- E como vai ser essa festa? - Chris perguntou

- Eu não sei, só sei que ele mandou levar meus amigos - Eu disse prestando atenção no jogo 

- A irmã dele vai? - Ryan perguntou 

- Pergunta pra ela cara, você sabe que não nos falamos - Eu disse

- Vai saber se você não ouviu uma conversa dos dois - Chaz disse

- Gente qual o problema de vocês hein? Se querem pegar a Jill tomem iniciativa - Falei rindo logo em seguida 

- Se ela for nessa festa, eu falo com ela - Ryan disse 

- Duvido - Falei 

- Duvido você conseguir ficar com ela - Chris disse

- Essa missão é minha - Chaz falou 

- Vocês são podres - Falei rindo

[...]

P.O.V Jill

Eu tinha acabado de tomar meu banho, olhei no relógio e o mesmo marcava 19:53, eu ainda estava no horário. Fui até minha penteadeira, comecei a me maquiar. Deixei meus olhos azuis se destacarem na maquiagem escura que tinha feito, passei um batom vinho matte também

Meus cabelos eram na altura do cotovelo, então era rápido para arrumar. Começou a tocar uma música no celular, enquanto arrumava meu cabelo, eu comecei a dançar

- Cheguei - Falaram assim que abriram a porta do meu quarto 

Olhei para trás e vi Sherry sorrindo 

- Uau - Falei 

- Gostou? - Ela perguntou 

- Você sempre arrasa nas roupas - Falei 

- Claro meu amor - Ela falou sentando na minha cama 

- Bom, a minha roupa está ai, só falta eu me trocar - Falei 

- Passei pelo seu irmão, ele está um gostoso - Ela disse e eu a fuzilei pelo reflexo do espelho - A qual é, não posso elogiar seu irmão?

- Claro que pode, com limites - Falei e ela riu

Levantei do puf e fui até minha cama, vesti minha calcinha e vesti o sutiã que tinha escolhido, vesti a saia, coloquei o salto e o casaco de couro. Joguei o cabelo tirando o mesmo de dentro da roupa e estava pronta

- O que tal? - Perguntei 

- Caralho garota, quero esse corpo - Ela disse e eu sorri 

- Então estou gostosa - Falei pegando meu celular 

- Com certeza - Ela disse

Peguei minha bolsa e tirei uma bala de menta de dentro 

- Quer? - Perguntei quando coloquei uma dentro da minha boca

- Sim, não vou falar com os garotos com um urubu morto na boca - Ela disse e eu ri 

Saímos do meu quarto, apaguei a luz e descemos. Meu irmão estava apoiado no sofá conversando com Bieber e amigos

- Não me diz que eles vão também - Falei assim que terminamos de descer as escadas

- Vão - Luke disse - E onde pensa que vai assim?

- Tenho que garantir meu peixe de hoje - Falei 

- Essa roupa está muito curta - Ele disse

- Relaxa maninho - Falei 

- Já estão saindo? - Papai perguntou e assentimos - E essa roupa Jill?

- Não vou trocar - Falei 

- Ela sabe se comportar querido - Mamãe disse

- Vamos gente, preciso dançar - Sherry disse

- Cuidado - Minha mãe disse

Sherry, Justin e amigos saíram, eu e meu irmão fomos dar um beijo em nossos pais

- Fica de olho nela Luke - Meu pai disse e eu ri 

- Vou ter que ficar mesmo - Ele disse

- Vamos logo - Falei puxando a mão dele

O pessoal estava esperando do lado de fora, era o carro do nosso pai, era quase uma van e usávamos sempre quando íamos viajar

Luke abriu a porta e eles entraram, eu entrei no banco da frente e Luke entrou também.

- Regras, nada de beber dentro desse carro, nada de vomitar dentro desse carro - Luke disse olhando para trás 

- Okay - Sherry disse

- Entendeu né Jill - Luke disse

- Não implica comigo não - Falei 

- Nada de pegação dentro do carro, e nada de dar em cima da minha irmã - Luke disse

- Você sempre fala isso Luke - Eu disse revirando os olhos 

- Dirige logo garoto - Sherry disse

Ele ligou o carro e saiu. Liguei o rádio e começou a tocar uma música agitada. Eu comecei a cantarolar, alguém cutucou meu braço, eu olhei e vi um dos amigos do Justin 

- O que foi? - Perguntei 

- Está muito linda - O menino disse 

- Obrigada - Falei fazendo careta e virando para frente

 

Chegamos na casa desse amigo dele e era uma mansão, ele estacionou e descemos

- Uau - Falei 

Luke abriu a porta e o pessoa desceu, quando estava tudo fechado ele ativou o alarme. Era possível escutar a música do lado de fora, as luzes piscavam horrores 

Sherry segurou em meu braço fomos andando logo atrás do Luke, passamos pelo segurança e vimos várias pessoas no jardim da frente 

- Vamos Jill - Sherry disse me puxando e entramos correndo na festa

P.O.V Justin

- Seguinte, encontro vocês quando a festa estiver acabando - Luke disse

- Cara, sabe que eu e os meninos temos aula amanhã - Falei 

- 03:00 é um horário bom? - Ele perguntou 

- Sim - Chris disse

- 03:00 aqui fora - Ele disse

Assentimos e entramos, a música tocava e as meninas rebolavam 

- Olha ela lá - Ryan disse apontando para a Jill que rebolava junto com a amiga 

- Gente, tanta gostosa aqui e vocês querem se importar com ela? - Eu falei 

- É questão de honra - Ryan disse indo para o bar 

- Vou procurar alguma garota por ai - Chris disse

- Vou beber - Falei e Chaz veio atrás

Chegamos no bar e pedimos uma cerveja, Chaz e Ryan não tiravam os olhos da Jill

- Quem vai primeiro? - Perguntei 

- Não sabemos - Chaz disse

- Dou cem pratas pra quem conseguir ficar com ela - Falei e os dois me encararam 

- E se ficarmos com ela? - Ryan perguntou cruzando os braços 

- Dou duzentas pratas - Falei 

Ryan deu um gole em sua cerveja e entrou no meio do povo 

- Vocês são idiotas demais - Falei rindo

Vi uma morena me olhando e sorrindo

- Essa é minha deixa - Falei 

Bebi um gole da cerveja e fui na direção dela

P.O.V Jill 

Eu e Sherry estávamos dançando no ritmo da música que tocava, alguém colocou o braço em volta do meu pescoço, olhei e vi o ruivo que veio com a gente

- O que quer? - Perguntei parando de dançar 

- Conversar - Ele disse

- Não obrigada - Falei

Ele tirou o braço e logo meu braço foi puxado, tropecei um pouco no meu pé, olhei e vi Luke me abraçando de lado 

- Essa é minha irmã, Jill.. Maninha, esse é Oliver, meu amigo e dono da festa - Luke disse

- Prazer - Falei esticando a mão e o mesmo apertou 

- Você é muito linda - Ele disse e eu sorri 

- Obrigada - Falei 

- Sem gracinhas vocês dois - Luke disse saindo de perto e eu revirei os olhos

- Quer dançar? - Ele perguntou

- Eu estava dançando com minha amiga... - Olhei para trás e Sherry dançava com um garoto gato - Porém ela está ocupada agora... Vamos dançar 

Ele segurou minha mão e me levou para o meio da pista, ele colocou a mão em minha cintura e começou a tocar outra música

Nós dois cantávamos e dançávamos juntos, eu envolvi meus braços em seu pescoço e nos aproximamos, ele sorriu e me beijou. Um beijo rápido, aposto que ele também está procurando seu peixe da noite 

- Vem comigo - Ele disse

Ele segurou minha mão e saímos do meio da multidão, passamos por um corredor e ele abriu a porta, era o banheiro, entramos e assim que ele trancou, voltamos a nos beijar 

P.O.V Justin

- Parece que perderam a vez - Falei voltando para perto dos meninos

- Luke apresentou os dois, eles se beijaram e saíram - Chaz disse

- Ela não me deu nem a chance de conversar com ela - Ryan disse e eu ri 

- Eai galera - Chris disse voltando - Do que estão falando?

- Eles estão chateados já que Jill não deu atenção para os dois - Falei 

- E cadê ela? - Chris perguntou 

- Foi para aquele corredor com um cara - Chaz disse

- Aposto cinquenta pratas que eles foram transar - Chris disss

- Mas está óbvio isso, aquela garota é uma vagabunda - Falei 

- Alguém viu minha digníssima amiga? - A garota que veio com a gente perguntou 

- Naquele corredor - Falei 

- Ela estava sozinha? - Ela perguntou 

- Não - Ryan disse 

- Ela já fisgou - Ela disse e logo saiu para dançar 

- Vou tentar a sorte com ela - Chris disse saindo atrás da menina 

- E eu vou ficar por ai - Falei 

P.O.V Ryan

- Temos que dar um jeito de fazer ela nos dar atenção - Falei 

- Como? - Perguntou Chaz 

- Eu sei lá, só quero ficar com ela e pronto - Falei 

- Vamos planejar algo - Chaz disse

- E sem fazer o irmão dela nos odiar - Falei e ele assentiu 

P.O.V Jill

Oliver estava sentado na privada quanto eu cavalgava nele, minhas mãos estavam apoiadas na parede e além da música, nossos gemidos eram o que saíam dali

Oliver me fez levantar e ficou se masturbando com seu membro perto do meu rosto já que tinha me ajoelhado 

- Espero que não se importe - Ele disse e eu sorri 

- Já fiz coisas piores - Falei 

Segurei seu membro e coloquei dentro da minha boca, fazia movimentos de vai e vem até que ele gozou em minha boca, engoli tudo sem reclamar. Parece nojento... É nojento, mas eu não me importo

Ele puxou meu braço, segurou minha cintura e me colocou sentada na pia, apoiei uma das minhas pernas na pia e ele logo abaixou um pouco, senti sua respiração quente em minha intimidade, ele começou a me chupar enquanto eu gemia, senti seus dedos dentro de mim

Ele começou a me estimular, minha respiração voltou a ficar ofegante, eu segurei em em seus cabelos e ele me beijou, eu parei o beijo e gemi alto quando ele me fez gozar

Eu estava ofegante mas ele não deixou de me beijar, ele ficou no meio das minhas pernas e senti seus dedos em minha intimidade novamente, ele tirou e os colocou em minha boca, chupei seus dedos e ele sorriu

- Sem sentimentos? - Ele perguntou e eu neguei

Desci da pia, coloquei minha roupa e ele a dele 

- Posso pegar outras meninas e você não vai se importar? - Ele perguntou 

- Por que eu me importaria? - Perguntei me olhando no espelho e arrumando o cabelo

- As últimas com quem transei ficaram constrangidas - Ele disse rindo e eu ri também 

- Não temos nada, pode pegar quantas meninas você quiser - Falei 

Ele me puxou e me beijou novamente, ele mordeu meus lábios e eu o encarei

- Obrigada pelo ótimo sexo - Falei me soltando dele

Peguei minha bolsa e sai primeiro, Sherry estava apoiada na parede, assim que me viu ela veio na minha direção 

- O que estava fazendo lá dentro? - Ela perguntou andando comigo 

- Estava com meu peixe da noite - Falei

- E quem era? - Ela perguntou 

Oliver passou do nosso lado, piscou pra mim e foi ao lado do meu irmão 

- O dono da festa - Falei

- Porra ele é gostoso demais - Ela disse

- E fode bem - Falei 

- Jill - Escutei aquela voz conhecida

- Caralho viu. O que é? - Falei olhando para o Bieber

- Sabe o Chaz e o Ryan? - Ele perguntou 

- Quem? - Perguntei

- Os meninos que vieram junto - Ele disse

- Sei.. O que tem? - Eu perguntei 

- Querem ficar com você - Ele disse

- Vão ter que se esforçar, não fico com qualquer um - Falei

- Até parece que não acabou de transar com um estranho - Ele disse - Depois não gosta quando te chamo de vagabunda 

- Garoto não me enche - Falei e sendo puxada logo em seguida pela Sherry - O que? 

- O amiguinho dele, Chaz.. Até que é gatinho para você - Ela disse

- Até tu? - Falei me encostando no bar

- Ele está do seu lado - Ela disse

Tinha dois, um ruivo e um com cabelos pretos

- Qual de vocês é o Chaz? É isso? - Perguntei 

- Sou eu... - Ele disse um pouco confuso

Puxei sua nuca e colei nossos lábios, ele se assustou porém não se afastou, eu achei que ele beijava mal, porém estava M U I T O enganada

Ele segurou minha cintura e eu envolvi meus braços em seu pescoço, ele me encostou na bancada do bar e logo senti suas mãos começarem a descer, parei o beijo e o encarei 

- A mão sobe - Falei e ele assentiu rindo

- Desculpa - Ele disse

Me soltei dele e pedi uma bebida, o carinha foi preparar

- Está de parabéns, achei que era um bosta igual o Bieber - Falei 

- Obrigado? - Ele disse

- Sinta-se elogiado, Justin é um merda - Falei 

- Sou tão merda que já peguei mais pessoas do que você - Justin disse vindo do nosso lado 

- Está se gabando do que? - Eu perguntei 

- Não estou - Ele disse - Mas peguei mais meninas do que você 

- Sabe que eu posso pegar os dois se eu quiser certo? - Falei nervosa

- Duvido - Ele disse

- Sua bebida senhora - O cara disse

Peguei a mesma e dei um gole 

- Então vamos apostar, seus amigos contam quantas meninas você pega, e Sherry conta os meninos que eu pego - Falei e ele assentiu 

Sai esbarrando nele e Sherry veio atrás

- Aproveita também amiga - Falei e ela assentiu

Achei a primeira isca, fui rebolando para perto do menino e percebi que ele olhava, eu sorri e fui para perto dele, assim que ele colocou a mão na minha cintura puxei o garoto para o beijo, ele apertou minha cintura e quando paramos, empurrei o mesmo e sumi no meio da multidão

...

Estávamos saindo da festa, até um pouco mais cedo do que o combinado.

Luke estava com a boca vermelha, provavelmente beijou metade da festa 

- E então gente, como foi a aposta? - Chaz perguntou 

- Que aposta? - Luke perguntou quando chegamos no carro

- Ela e o Justin apostaram quem ficava com mais pessoas na festa - Sherry disse

- Vou contar para os nossos pais - Ele disse e eu ri

- Falou o santo que não pegou ninguém com esaa boca vermelha de batom - Falei passando a mão em seu rosto e ele tirou a mesma me fazendo rir

- Então, quem ganhou? - Ryan perguntou 

- Contei 14 do Bieber - Chris disse 

- E você? - Bieber perguntou 

- Eu contei 15 - Sherry disse

- Soma com o Oliver, 16 - Falei sorrindo 

- Ela ganhou por dois - Ryan disse

- Parece que você não está com nada hein Bieber - Falei - Isso porque te consideram o galã da escola

Eles estaram no carro e Luke fechou a porta

- Pegou o Oliver? - Ele perguntou segurando meu braço antes de eu entrar no carro

- Com certeza - Falei - Aliás ele beija muito bem, e faz um ótimo sexo 

Entrei no carro e vi ele entrar correndo, assim que ele fechou a porta, me encarou 

- Você transou com o Oliver? - Ele perguntou indignado 

- Sim, qual o problema? - Perguntei 

- O problema é que vou ter que aturar ele falando de você - Ele disse - E meus amigos também vão saber

- Aproveita e vê se eles falarão bem de mim - Falei e ele bufou

Ele ligou o carro e começou a dirigir

.

Luke deixou cada um em sua casa, quando chegamos na nossa, ele estacionou e eu desci primeiro

Entrei em casa no maior silêncio já que meus pais dormiam. Subi para o meu quarto e fechei a porta, tirei minha roupa e fui até o banheiro, liguei o chuveiro e entrei debaixo do mesmo.

Me enrolei na toalha, vesti uma lingerie limpa e deitei, eu soltei o ar, fechei os olhos e dormi

Ou pelo menos tentei já que teria que acordar 05:40. 


Notas Finais


Amores, voltei

Porém com uma nova versão para Blame Me. Vou começar novamente e mudar algumas coisas da história antiga.
Não exclui a fanfic, ela vai ficar na minha página, porém irei atualizar essa aqui apenas!

Me perdoem se tiver algum erro de português!
Espero que gostem
Favoritem, comentem e divulguem!
Um grande beijo!
Obrigada!
Amo vocês!

Até o próximo!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...