História Blank Space - Third season - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Chaz Somers, Christian Beadles, Daniel Sharman, Hailee Steinfeld, Justin Bieber, Kaya Scodelario, Kendall Jenner, Kristen Stewart, Miley Cyrus, Ryan Butler
Personagens Chaz Somers, Christian Beadles, Daniel Sharman, Hailee Steinfeld, Jeremy Bieber, Justin Bieber, Kaya Scodelario, Kendall Jenner, Kristen Stewart, Miley Cyrus, Personagens Originais, Ryan Butler
Tags Avab, Bieber, Blablabla, Cansei, Dylan, Justin, Luna
Visualizações 42
Palavras 906
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Romance e Novela, Violência
Avisos: Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Aeeeeeeeeee finalmente saiu...
Leiam as notas finais, pelo amoooooor de G-zuis.
Espero que gostem.

Créditos da capa na imagem.

Capítulo 1 - Prólogo


Prólogo.

 


"Você já se perguntou o que ele está fazendo?

Como tudo virou mentiras?

Às vezes acho que é melhor

Nunca perguntar por quê. – Try."

 

 

Ava Bieber – Pont of view.

 

 

 

Corro o mais rápido que posso. Meus joelhos estão começando a doer, não sei pra onde estou indo, mas sei que se parar mesmo que seja por dois segundos, eles vão me alcançar. Meu coração está quase para rasgar meu peito e sair, meus pulmões estão ardendo e minha cabeça gira. Estou perdida.

Corro mais um pouco.

Não quero olhar para trás, sei que estão logo atrás de mim. Quero gritar pendido ajuda, quero ligar para minha mãe, mas não posso, meu celular ficou no esconderijo e as pessoas podem achar que sou uma louca que escapou do manicômio. Meu corpo inteiro está suado e treme com o contato do vento. Já está escuro o que dificulta pra enxergar o que está ao meu redor.

Droga Dylan!

De certo modo é culpa sua, se eu não estivesse com tanta raiva dele e do que me falou, jamais teria me afastado tanto do bairro de casa e agora não estaria sendo perseguida.

Viro a esquina entrando em um beco correndo, mas o que vem a frente me faz minhas pernas ficarem bambas de medo. Não, não, não, não. Por favor, tem que haver outra saída. Beco sem saída. Nisso que eu me meti, muros muito altos e com cercas. É o meu fim!

Ainda estou ofegante, olho para trás e não vejo ninguém, talvez tenha os despistados, talvez ainda de tempo de escapar daqui. Então corro ignorando todos os sinais que meu corpo me alerta. Estou cansada, esgotada, não posso desistir de correr.

Saio do beco em disparada, sem nem olhar para os lados. Esse foi meu erro. Sinto algo contra minha cabeça, o chão cheio de areia se aproximando muito rápido de mim e depois sou envolvida pela escuridão.

 

 

Justin Bieber – Pont of view.

 

Chris e Chaz aparecem com duas mulheres gostosas, mas sei que amanhã ambos não se lembrarão dos nomes delas. Olho para o lado e vejo Dayse tomando seu vinho branco, ela se diverte com as bobagens que meus amigos contam.

Tive a sorte grande de conhecê-la. Dayse é uma mulher refinada, sorridente e muito esperta. Desde que a conheci viramos amigos. Ela trabalha em uma empresa muito grande de comerciais que é de seu pai. Quem os vê pensa que eles são apenas isso e que os rios de dinheiro que tem são graças à empresa, mas quem os conhece a fundo, como eu e os meninos, sabemos que é bem mais do que isso. Dayse é uma das melhores Hackers que já conheci, tão boa quanto Chaz.

Começamos a namorar há alguns anos, no início fiquei preocupado com Ava não gostar da Dayse ou visse e versa, mas quando as duas se encontraram foi como amor a primeira vista, viraram amigas e as duas até tem segredos de mim.

Nunca deixei de trabalhar no mundo do crime. Já estava envolvido desde cedo e sair dele é bem mais difícil do que se imagina. Chris e Chaz também não saíram até mesmo meu pai. Ele nunca saiu, mas é bem mais discreto do que antes. Sempre estamos em contato um com o outro pra saber de algo. Dayse sempre soube desse meu lado, não que eu quisesse contar, mas ela fez o favor de pesquisar tudo sobre mim. Tudo mesmo. Sei que chega a ser estranho, porém com o tempo não parece ser tão maluco e possessivo quanto antes.

Consegui novos membros para construir uma nova equipe. Não é nada comparado a que eu tinha há muito tempo, não temos a mesma ligação de família que tínhamos, contudo criamos amizades e isso já é o suficiente pra mim. Estamos comemorando mais um ano de vida da Dayse, por mais que o aniversário dela seja apenas amanhã. Seu pai quer dar uma festa e ela nunca gostou disso então para distrair viemos para um clube reservado e o cara que vai preparar nossa comida começa a falar, não dou à mínima e no final quem diz o que vamos comer é a aniversariante.

Depois de alguns segundos com conversas paralelas, Reece se levanta e começa a falar algumas coisas que pensava dela desde o início, não ligo porque são coisas idiotas e todos na roda começam a rir, eles estendem as taças e brindam.

— Parabéns meu amor. — digo em seu ouvido dando um beijo em seu pescoço sentindo que ela se arrepiou.

— Com lincença, senhor Bieber. Telefone para o senhor. — o cara que eu não faço a mínima ideia quem seja deixa o telefone fixo encima da mesa e vai embora.

Estranhando isso e decido atender, observo os meninos que todos estão distraídos de mais para me perceberem.

— Papai... — a voz que ouço me faz estremecer, rouca e fraca. — Papai, ele quer que você venha me buscar. Pai? Quem são eles?

— Ava... — murmuro. — Meu amor, você sabe onde está? Eles fizeram alguma coisa contra você? Ava me responde! — grito atraindo a atenção do pessoal.

— Você sabe o que quero e onde me encontrar... Sua filha é linda, tem um rosto angelical...

— Seu desgraçado não encosta nela...!

— O que foi Justin? — Chris pergunta apreensivo, quando coloco o telefone no gancho de qualquer jeito. Estou furioso.

— Pegaram a Ava...


Notas Finais


Depois de que?
Quase três anos? Eu não lembro mais, desculpem.

Mas então, depois de tanta gente pedindo pra fazer uma continuação, eu vos trago, a third season de BS.

Então vamos falar de BS 3.

Na verdade eu só tenho um capítulo preparado desde que BS 2 terminou, eu realmente pensava em fazer mais uma temporada, porém eu parei nesse capítulo 1 e não escrevi mais. É um projeto meu fazer a terceira temporada, sim, mas não sei se realmente funcionaria na prática é por isso que venho a vocês apreciadores de minha escrita (Eu juro que melhorei muito desde a primeira temporada de BS e só venho aprimorando para dar o melhor a vocês.) Após lerem o prólogo, irei postar o primeiro capítulo no sábado e peço a sua opinião: quer que eu continue?

Muito obrigada pela atenção de quem leu este aviso e a quem responder ♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...