História Blood Sweat & Tears - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags J-hope, Jimin, Junkook, Kim Taehyung, Min Yoongi, Rap Monster, Seookjin
Visualizações 182
Palavras 1.611
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Survival
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oiee, estou inspirada, desculpem os erros de digitação e boa leitura!:)

Obs: leiam as notas finais pfv!

Capítulo 1 - Você quer que eu fique?


Fanfic / Fanfiction Blood Sweat & Tears - Capítulo 1 - Você quer que eu fique?

Lá estava eu em mais um dia normal da minha vidinha comum, quem sou? Alika  tenho  17  anos  e  no momento estou sentada observando o Grupinho dos populares da minha sala, que basicamente é o time de futebol e suas líderes de torcida, o que eu acho de todos eles? São todos  hipócritas que só vêem eles mesmos.

Mas um deles me chama atenção, seu nome Min Yoongi, o filho do presidente da Coreia e o capitão do time. Na frente de seus amigos agia como um completo idiota, sinceramente sei que tem algo de diferente nele mesmo que o propío não demonstre.

Senti  o  olhar  de  todos  sobre  mim, me sentia incomodada as vezes pois me  chamavam  de  muitas  coisas nunca entendi o real motivo que os leva a fazer isso, já que eu não me socializo muito a não ser com o meu amigo que por coincidência não veio hoje, pensando bem acho que esse é o motivo mais não me importo, pois não estou afim de fingir ser o que eu não sou.

— Ei estranha! — falou comigo a pior delas na qual eu denominava a rainha da colméia: Kity. 

Ela é apaixonada pelo Yoongi o que não é nada clichê, pois a mesma é capitã das líderes de torcida, sendo quem é, o mais óbvio é ela ser a namorada dele. Apenas ignorei o seu chamado e continuei escrevendo.

— Não está ouvindo eu te chamar?— gritou e eu a olhei

— Venha até aqui — falou sorrindo amigável.

Me levantei com receio e fui até a mesma, que estava sentada em cima da  sua  mesa  junto  com  seus "amigos". As meninas me olhavam tapando a boca com as mãos para conter  o  riso, já os meninos estavam conversando entre si, mas pararam para me fitar.

— Você vai fazer o meu trabalho! — falou sorridente me entregando uma folha. 

— Por que eu faria isso?— perguntei lhe entregando de volta o papel, a mesma me olhou incrédula.

— Porque eu estou mandando! — e todos riram menos Yoongi que me fitava sério.

— Desculpe mas não sou mais uma das suas suas "criadas submissas" que você chama de amigas.— Falei calma já estava cansada de todos os apelidos e xingamentos delas, e ainda queria isso, mas eu não vou fazer mesmo.

No mesmo momento seu sorriso se transformou em  uma  expressão de raiva e seus "amigos" fizeram cara de nojo com exceção de Yoongi, que eu podia  jurar  que  havia  sorrido. Apenas voltei para o meu lugar.

Estava  no  meio  da  aula  de história quando a diretora entra desesperada pela porta, a mesma cochichou no ouvido do professor e depois virou em nossa direção, ela estava séria e soava sem parar.

— Prestem atenção alunos, o país está altamente infectado com um vírus, e não sabemos ainda a gravidade da situação. Então no momento recomendo que todos  vão  para  as  suas  casas  e esperem as ordens do governo.

Ela falou e todos ficaram com uma cara confusa, a mesma se retirou mas escutamos um grito do corredor, e aparentemente era dela. Em  questão  de segundos  a sala estava cheia  de criaturas que atacaram algumas pessoas. Eu estava em estado de choque, mas não me intimidei com isso, pois corri sem parar, já estava do lado de fora da escola mas tudo que enxergava era pessoas no chão sendo devoradas por aqueles seres sedentos por sangue, carne humana, quem era mordido  logo  virava  um  deles.

Eu morava com meu pai que é policial, mas nesse momento tudo que eu queria era sair dali pois já avistava um bando deles correndo em minha direção .

Tentei correr mas escorreguei em frente a um carro vermelho luxuoso que eu sei bem a quem pertence, do meu  lado  estava  Kity  no  chão. Yoongi saiu para fora da escola e nos fitou.

— YOONGI POR FAVOR ME AJUDA!— ela gritava desesperada, ele parecia indeciso já que tinha pouco tempo.

O mesmo olhou para mim e me puxou do chão ignorando os gritos da garota, ele abriu a porta do seu carro que estava a nossa frente e eu entre. Ele correu para o outro lado e entrou, deu partida e saiu cantando pneu, não se importava com velocidade mesmo se fosse fora de emergência.

No momento estamos passando por a saída da cidade, estavamos em uma fila pois os  polícias tinham  que examinar nossa retina  para se certificar  que  não  estamos infectados com o vírus.

Chegou nossa vez e o homem fardado aproximou sua maquina do olho de Yoongi, o mesmo apertou um botãozinho que escaneou o olho dele. 

— Negativo, você pode passar. —Falou o homem se refirindo ao exame, dando a volta ficou de frente para mim e aproximou sua maquina do meu olho.

— Positivo, sinto muito mais...você vai ter que ficar.— O homem falou abrindo a porta do carro. 

— Não, por favor não estou infectada veja! — falei aos prantos mostrando meu corpo que não foi mordido, mas o mesmo ignorou e puxou o meu braço.

— Refaça! — Yoongi  falou alto  e  o homem o olhou.

— Não posso! — falou fitando o mesmo.

— REFAÇA ESSA PORRA AGORA!EU ESTOU MANDANDO! — Yoongi gritou.

— Quem você acha que é para falar assim comigo rapaz? — ele perguntou com indiferença.


— Eu sou Min Yoongi, filho do presidente deste país.— Falou mostrando sua identidade e o homem arregalou os olhos, seu medo era visível.

— Sim senhor, eu vou refazer...— o homem falou  acionando a maquina. 

— Negativo, pode passar. — Falou e eu entrei no carro novamente.

Yoongi bateu a porta do carro e deu  partida,  dirigiu  com  toda velocidade para fora da cidade já estava anoitecendo, o sol estava se pondô me sentia mais segura. Estavamos na estrada a horas e  não trocamos uma palavra, sem querer quebrei o silêncio.

— Por que me salvou? — perguntei fitando o horizonte.

— Eu não sei...só não sou tão ruim quanto pensa que sou. — Falou calmo fitando a estrada.

— Você poderia ter salvo a sua namorada. Por quê não fez? — perguntei com receio da resposta. 


— Isso não importa agora.— Falou me olhando de soslaio, tremi de frio.

— Pega o meu casaco no banco de trás. — Falou gesticulando com a cabeça para o banco.

Retirei o sinto de segurança e estiquei meu braço para pegar, puxei o mesmo do banco e senti que algo tinha caído no piso do carro, apanhei de imediato, mas me assustei com tal objeto. Um revólver.

_Y-Yoongi...-gaguejei, ele me olhou e percebeu o objeto que estava em minha mão.

— Me da isso. — falou pegando da minha mão, colou no cós de sua calça.

Voltei para o meu lugar, coloquei meu sinto de segurança. Estava quase dormindo,  senti meus olhos pesarem e encostei minha cabeça no banco.

(...)



Abri meus olhos lentamente, o sol estava nascendo. Olhei para o banco e notei que estava deitada sobre o ombro de Yoongi o mesmo dirigia atento, mas tenho certeza que ele está morrendo de sono. Me recompus rapidamente voltando para o meu lugar,  o mesmo me olhou notando que tinha acordado.

— Oi...— Falei com medo do mesmo me ignorar.

— Oi. — Respondeu fitando a estrada.  

Estou com fome. — Falei acariciando minha barriga, já não aguentava mais.

— Já estamos chegando na minha casa de campo, lá tem comida e como está vendo é afastada de qualquer cidade. — Falou me olhando. Assenti.


(...)



Yoongi estacionou o carro embaixo de uma árvore com uma sombra bem Grande, desceu e abriu a porta para mim, foi até o porta malas tirou algumas coisas de lá e acionou o alarme do mesmo.

Ele destrancou a casa  e entrou rápido, fiz o mesmo e ele trancou a porta. O lugar era enorme tinha uma bela sala com uma linda lareira. Yoongi  subiu as escadas e eu o segui.

— Seu quarto é esse.Falou apontando para a porta a frente do que parececia ser o quarto do mesmo, pois ele entrou com suas coisas me dando a visão de uma minie cesta de basquete.

Entrei no "meu quarto". o lugar era lindo parecia ter saído de um livro, Já era de se esperar Yoongi é extremamente rico, mas não é isso que me facina nele. Abri o closet, o mesmo estava cheio de peças femininas, com certeza eram da mãe dele. Entrei no banheiro e deixei que a água caísse  sobre o meu corpo.


Já Tinha tomado banho então optei por um vestido de algodão, me deitei na cama e comecei a chora desesperada, só de lembrar do meu  pai  me da  uma  grande angústia, imaginar se está bem é tudo que me resta. Ainda estava de tarde mas senti meus olhos pesarem logo adormeci.

Sonho on

— Filha eu te amo!

— Eu também te amo mamãe!

Sonho Off

Acordei desesperada, sem ar, estava com muito medo de tudo. Comecei a chorar novamente, alto sem me importar com nada, tudo que eu queria era pôr a minha dor para fora. 

Me encolhi em cima da cama deixando minhas lágrimas rolarem sobre meus joelhos, a ficha estava caindo "eu estou sozinha".

Yoongi  abriu  a  porta  do  quarto bruscamente, nervoso, o mesmo estava sem camisa deixando o seu tronco pálido amostra estava com uma cara amassada provávelmente dormia profundamente antes de eu o acordar, ele me olhou assustado.

— O que foi? — perguntou melhorando a sua expressão, seu tom de voz era doce, ele nunca tinha usado antes.

— Eu...eu tive um pesadelo. — Falei  limpando as lágrimas que insistiam em cair.

— Você quer que eu fique aqui?


Notas Finais


Então é isso... por favor ignorem os erros(não revisei)

Essa fic foi baseada em um "pesadelo" que tive, então resolvi transformar em fic. Se possível comente, amo saber a opinião dos leitores.

bjs💖


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...