História Borboleta azul - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Diabolik Lovers, Originais
Visualizações 24
Palavras 694
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ficção, Harem, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Linguagem Imprópria, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Sorry pela demora
Eu estava com um bloqueio mas passou e ai esta o novo cap
Bjs •3•

Capítulo 6 - Capitulo 6


Fanfic / Fanfiction Borboleta azul - Capítulo 6 - Capitulo 6

~~CAPITULO 6~~

Estava no meu quarto, deitada na cama, olhando pro teto-não tem nada pra fazer-então me levantei e fui andar pela casa.

Era uma casa realmente grande, tinha medo de acabar perdida, ouvi vozes ao passar na frente de uma porta.

-então...para que nos chamou aqui? Raramente temos uma reunião dessas-parecia a voz de subaru-sabem bem o motivo dessa reunião...precisamos falar sobre a garota que diz ser filha de nosso pai-parecia a voz de reiji, eles tavam falando sobre mim?....Eu sei que não se deve ouvir as conversas dos outros e sempre respeitei isso, mas essa conversa era sobre mim..então terei que ouvir.

Me escondi atrás da porta tentando ouvir a conversa-que eles por favor não me notem-

~~ayato on~~

Reiji havia nos chamado para conversar sobre a canmy, era realmente raro falarmos normalmente com os outros já que nos odiavamos, e o motivo disso tudo...foi uma garota.

-você acha que ela é realmente nossa "irmã" ela não é vampira-perguntou kanato-é bem provável, fiz uma pesquisa e...diz que se um vampiro de sangue puro tiver filhos com um humano o filho tem 80% de chance de ser humano, é raro nascerem vampiros, mas como consequência terá o pior sangue de todos, diz que se bebe-lo sera morto no mesmo minuto-respondeu reiji.

-o que não comprova a teoria de ela ser filha do nosso pai ou o laito já estaria morto-falo-tem razão.....mas talvez tenha uma chance de ela não ser humana ou vampira-

-o que quer dizer que ela seria....-subaru se espantou-NÃO TEM COMO!!!-gritou-ou já saberíamos só pelo cheiro

-hibridos cheiram a humanos, não a vampiros-comentou shuu-então....ela é uma hibrida...isso esta ficando interessante-laito sorri de lado.

-uma hibrida?! Não pode ser!! Sempre achei que eram lendas-estava chocado...ninguém nunca havia visto um hibrido dizem que são raros-e não ė só isso-complementou laito-vocês sabem com quem ela se parece não é?-todos se calaram imediatamente e um silêncio invadiu a sala-ela pode ate ter a aparência dela....mas não significa que seja igual a ela...-falo indo em direção a porta-você até pode mentir pra si mesmo, mas não conseguira me enganar ayato-disse laito.

O que ele falou me deu uma profunda raiva, odiava lembrar do passado, principalmente dela...Adeline....ao me aproximar da porta sinto o cheiro da canmy, ela estava ali ha uns dois minutos..acho.

~~ayato off~~

~~canmy on~~

Ao ouvi-los falarem que sou uma hibrida de vampiro e humano, não aguentei mais ouvir aquela conversa e corri para meu quarto, chegando lá, me jogo na cama, tentando processar essas informações, até ouvir uma voz.

-você ouviu a conversa?-era ayato-isso não parece muito obvio!!-falei quase gritando, estava com muita raiva-eu não sou uma hibrida!!-falo alto-não dissemos que você era uma hibrida, só temos suspeitas-ele falou calmo-suspeitas?!! SUSPEITAS?!!-grito-eu passei minha vida inteira sendo TORTURADA pelo meu pai e minha mãe me ABADONOU!! Nunca soube porque mas agora sei...eu sou uma aberração da natureza!!-estava com muita raiva.

-não, você não é-falou ayato calmamente-você não tem culpa disso, seu pai tem, veja o lado bom...ele esta morto, o que significa que queimara no inferno eternamente e sofrera todos os dias da sua morte-ele se senta do meu lado-eh....tem razão.....você esta estranho..-olho pra ele-ãh? Estranho? Como assim?-levanta uma sobrancelha-esta....gentil-ayato sorri-não estou, só estou assim porque quero uma coisa-fiquei confusa-o que quer?ele aproxima seu rosto do meu, estou nervosa...pera que? Eu nunca fiquei nervosa antes!! Que esta acontecendo cominho?!...ele da um sorriso antes de velar nossos lábios em um beijo.

Era um beijo feroz e selvagem...e por alguma razão desconhecida eu retribui e ainda estava gostando!! Isso era estranho...nunca me senti assim antes.

Sinto um liquido com gosto de ferro percorrer pela minha boca, era sangue, havia cortado minha lingua nas suas presas, o gosto do sangue me acordou do meu transe e o empurrei separando nosso beijo.

- e-ei o que você e-esta fazendo?!-pergunto me afastando- te beijando ué -ele se levanta- agora eu já vou...tenho mais coisas pra fazer, mas foi ótimo até a próxima

- e-ei você não pode beijar alguem e sa...-ele se foi- IDIOTA!!- fico dando voltas pelo meu quarto pensando no que aconteceu e no porque eu gostei, ARG!!! Que ódio!! Espero que ele morra queimado no fogo do inferno!! 

Depois tomo um banho, isso sempre ajuda a esfriar a cabeça, depoisdo banho coloco meu pijama e vou dormir.


Notas Finais


Pronto foi isso e.....e nada tchau
Kissus ;)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...