História Bring me to life - Capítulo 33


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Namjin, Vhope, Yoonmin
Visualizações 12
Palavras 715
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Escolar, Festa, Ficção, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi, tá curtinho mas foi feito com muito carinho tá.

Desculpe os erros e boa leitura
Espero que gostem 😄💜

Capítulo 33 - Mais um dia "normal" ..


~ Se esse imbecil tentar alguma coisa com s/n, eu vou fazer ele se arrepender de ter nascido.

* P.v s/n *

Hoje contei ao kook o por que do meu abalo, tadeo fez coisas horríveis pra mim e as vezes eu me sinto mal até hoje. Não queria preocupa nem nada do tipo, mas achei que Jeon merecia saber, só espero que ele não faça nada do qual possa se arrepender ...

* Quebra de tempo *

Acordo mais um dia com um leve sol batendo no meu rosto e o despertador gritando ao meu lado, desligo o mesmo e vou checar as minhas redes sociais.

Vejo que tem uma solicitação de amizade ali e de quem seria ... isso mesmo, tadeo. Não respondi aquilo, não me sentia bem ainda. Hoje é sábado, então vou aproveitar pra me distrair e quem sabe ver o kook mais tarde.

Me levanto e vou para o banheiro fazer minha higiene matinal, tomo um banho e coloco uma roupa descente pra sair. No caso, uma calça jeans rasgada, camisa verde musgo, blazer preto e tênis preto também, prendo um rabo de cavalo, pego minha bolsa e desço as escadas encontrando meu pai dormindo na mesa de jantar em cima do notebook.

~ Eu mereço ...

Eu: Pai, acorda ... pai ... EEEEEEEEIII ACORDAA!!!

Ele acordou assustado com meus gritos e eu dou risada ao ver que as teclas do computador ficaram marcadas em seu rosto.

Pai: Isso é jeito de acordar seu pai menina? Eu podia ter tido um infarto sabia. Disse pondo uma mão no peito e a outra na testa.

Eu: Nunca tem pai, e eu acho que você ficaria muito mais bravo se visse a babação que você estava em cima desse notebook. Vou até a geladeira pegando um copo d'água e uma barra de cereal.

Pai: Ta tanto faz, duas coisas. Primeira, onde vai tão arrumada? E segunda, tome um café descente antes de sair de casa garota, vai ficar passando fome agora? Essas loucuras de adolescentes acabam com a minha saúde. Começou a arrumar a bagunça de papéis que ele mesmo tinha feito.

Eu: Eu não estou "tão arrumada", eu só vou dar uma volta e não é loucura, só não estou com muita fome, como alguma coisa na rua se der fome tá, beijo ... amo você. Digo saindo escutando um "eu também te amo" do meu pai.

Vou andando meio sem rumo pelas ruas de Seul até que encontro uma cafeteria toda decorada com corações, ursinhos e outras coisas broxantes. E como eu não sou de ferro fui comprar umas coisinhas pro Jeon. Montei uma cesta com várias coisas legais pra ele e fui a caminho de sua casa.

Assim que chego deixo a cesta em frente a porta, toco a campainha e me escondo esperando o mesmo vir abrir. Quando ele abre e se depara com a cesta fica com um sorriso de orelha à orelha que eu sinceramente achei a coisa mais fofa do mundo.

Jeon: Já pode sair do esconderijo amor. Disse pegando a cesta do chão.

Eu: Bom dia vida. Dei um selinho demorado.

Jeon: Bom dia, oque devo a honra da sua visita logo cedo? Com um presente desse ainda?. Deu espaço para eu entrar em casa.

Eu: Só um mimo pro melhor namorado do mundo. Abracei-o.

Ficamos abraçados ali uma bom tempinho e logo subimos pro quarto dele pra ver um filme ou série na TV.

Como estava fazendo um pouco frio ele tinha ligado o aquecedor, PORÉM, estava somente de calça de moletom. E eu não sou de ferro né, fiquei encarando descaradamente aquele abs maravilhoso e totalmente meu.

Nós não fizemos sexo muitas vezes depois do pedido, acho que só umas duas ou três vezes, e vamos confessar que ... já estava ficando com saudade daquele pedaço de mal caminho que é o meu namorado.

Jeon: O que vamos assistir?. Se deitou e bateu do lado da cama para que eu deitasse também.

Eu: Que tal cinquenta tons mais escuros?. O olhei maliciosa e ele riu.

Jeon: Tudo bem, mas eu não me responsabilizo pelos meus atos. Levantou as mãos em rendição.

Fizemos pipoca e ele logo colocou o filme pra rolar e gente, sério ...

~ Isso vai dar uma merda ...

CONTINUA?


Notas Finais


~ Até 🌼❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...