História Caçadores de Eidolon - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Warframe
Visualizações 5
Palavras 1.050
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção Científica, Luta, Romance e Novela, Survival, Violência
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Segundo cap do dia ai. :p

Capítulo 8 - O abismo das provações


Fanfic / Fanfiction Caçadores de Eidolon - Capítulo 8 - O abismo das provações

-Chroma on-

Acordei com uma dor imensa, acho que quebrei os meus braços na luta contra aquele cara, mas ela estava bem quando ele desapareceu, é isso que importa, tentei usar as minhas chamas para me curar mas não parecia funcionar em ferimentos tão grandes. Bom só tenho 2 lados para ir, comecei a ir para a direita parecia que o caminho começou a ficar mais quente e quanto mais eu ia mais quente ficava chegando a um ponto que eu não aguentava, tive que voltar ao início. Como eu não consegui aguentar a intensidade de um dos meus elementos? Esse lugar é estranho. Decidi ir a esquerda e dessa vez o frio estava intenso de maneira que meus pés estavam começando a grudar no gelo que se formava no chão, acho que não vou nem conseguir andar por esse lado. De volta a estaca zero. Parece que não tenho para onde ir, talvez ficar aqui e ter logo o meu fim não seria uma ideia ruim, foi quando veio em minha mente a Mesa parada esperando pelo Limbo, não posso deixar ela daquele jeito. Me levantei mais uma vez, eu consegui andar melhor pelo calor, acho que vou por lá comecei a correr enquanto cobria meu corpo com gelo que parecia derreter no instante que eu criava até que do nada.

Chroma-Parou?

Aquela intensidade de temperatura havia sumido cai de joelhos exausto.

???-Parece que conseguiu passar pelo meu calor, voce tem potencial garoto.

Meditando estava uma warframe com uma chama em sua cabeça, toda preta com ornamentos dourados pelo corpo, com certaza era prime. Mas quem era? Logo ela fez uma postura como se estivesse conjurando uma grande magia.

???-Usuária da warframe pyromancer, Ember.

Me apresentei também.

Ember-Voce parece saber usar as chamas me mostre do que é capaz.

Chroma-Acho que não vou conseguir muito nessas condições.

Ember-Bobagem, então voce deveria usar o fogo para curar voce.

Chroma-Eu já tentei fogo não cura feridas tão profundas.

Ember-È o que voce acha?

Logo um grande pilar de fogo surge dela e ela sai dele ilesa parecendo ainda mais forte.

Ember-Os tennos possuem uma energia imensa, essa energia se potencializa ainda mais pela força da sua mente, se acreditar que as chamas vão te curar, voce vai conseguir.

Chroma-Acreditar...

Após um tempo me concentrando um intenso fogo se gerou em torno de mim reagindo aos meus braços que agora conseguiam se mover, por mais que eu não me queimasse aquelas chamas eram muito mais intensas do que eu jamais tinha conseguido fazer.

Ember-Impressionante!Parece que eu estava certa, realmente tem um grande potencial.

Chroma-Por que está aqui?

Ember-Eu e meu parceiro decidimos meditar para ficarmos mais fortes mas se voce consegui passar parece que as minhas chamas não estão fortes o suficiente...

Chroma-Na realidade eu só consegui chegar aqui cobrindo meu corpo com gelo...

Ember-Também tem controle sobre o gelo?-ela disse impressionada-

Chroma-Sim, mas parece que não é forte o suficiente.

Ember-Entendo, talvez o que eu te diga agora seja suicídio. Mas se conseguir chegar ao outro lado encontrará meu parceiro, se passar pelo gelo dele com certeza ele pode te ensinar algo e assim voce terá uma saída desse lugar.

Chroma-Entendo, obrigado!

Comecei a andar na outra direção dessa vez comecei a andar pelo gelo usando as chamas que Ember havia me ensinado. Era extremamente complicado andar ali, e aquelas estacas de gelo também dificultavam meu movimento, quando dei de cara com uma enorme parede de gelo, ela emanava um frio muito mais intenso do que antes, mas eu preciso sair daqui, coloquei minhas mãos na parede e aprendi o verdadeiro sentido do que é uma queimadura de gelo estava parando de sentir minhas mãos quando as chamas começaram a perfurar a estrutura, eu vou passar por isso definitivamente.

Chroma-Veremos o que quebra primeiro voce ou eu!

As chamas se tornaram ainda mais intensas abrindo caminho me fazendo chegar ao outro lado. Aquilo não era uma parede, mas sim um globo e dentro dele se encontrava um grande warframe meditando. Ele também era preto com ornamentos dourados diferente da Ember ele parecia mais calmo e frio.

???-Então existe alguém capaz de atravessar minha barreira de gelo.

Chroma-Ember me enviou aqui.

???-E o que ela queria?

Chroma-Ela disse que seu eu chegasse até aqui, voce iria poder me treinar.

???-Entendo.

Ele se levantou tirando sua reaper prime das costas e apoiando ela no ombro parecendo um guerreiro com muita experiência.

???-Usuário do warframe de gelo, Frost.

Também me apresentei.

Frost-Então acha que pode aguentar o meu treinamento?

Chroma-Sim.

Preciso fazer isso e ter certeza se ela está bem.

Frost-Conjure seu gelo.

Cobri meu corpo de gelo, após analisar por uns 2 segundos ele me deu um soco na barriga que me fez bater com as costas no globo, quebrando todo o meu gelo. Com dificuldade na respiração eu disse.

Chroma-O que voc...

Frost-Se veio até mim usando esse gelo nunca deveria ter conseguido usar esse elemento. Novamente!

Passei horas tomando vários golpes dele que quebravam facilmente meu gelo.

Chroma-É impossível não tem como gelo aguentar tanto assim.

Ele abriu os braços.

Frost-Me acerta.

Com vontade dei um soco nele, ele nem se mexeu, pelo contrário minha mão estava se congelando. A tirei rapidamente.

Frost-Se o fogo é usado pelos seus sentimentos fortes o gelo precisa de calma e força de vontade. Mais uma vez!

Respirei profundamente e me acalmei, crie algo impenetrável, uma armadura de gelo que nunca quebra, uma armadura de zero absoluto! Com um forte soco eu nem me movi, e a armadura estava intacta.

Frost-Muito bem garoto, seu treinamento aqui está completo, tenho a impressão de que voce precisa encontar alguem agora.

Chroma-Como sabe disso?

Frost-Voce apenas me lembra um velho amigo que uma vez foi atacado por um assassino.

Chroma-Que coincidência não é? E o que ele fez depois?

Frost-Decidiu meditar para ficar mais forte e proteger aquela que ele ama.

Chroma-Entendo...

Mesmo sendo assim, ele é uma boa pessoa.

Voltei ao início de onda eu havia caído, se realmente tem uma maneira de sair daqui tem que ser assim. Primeiro usei o gelo para grudar minhas mãos e pés na parede, então usei o fogo para soltar uma mão, coloquei ela mais alto e fui repetindo processo, escalando aquela imensidão.

Chroma- Fique bem, eu já estou chegando.


Notas Finais


Acho que próximo cap. vai ser sobre o que a Valkyr fez durante esse tempo.
Espero que tenham gostado.
Aceito críticas e sugestões.
Cya.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...