História Caitlin Frost - Capítulo 32


Escrita por: ~

Postado
Categorias Arrow, Supergirl, The Flash
Personagens Barry Allen (Flash), Cisco Ramon, Dra. Caitlin Snow, Felicity Smoak, Kara Zor-El (Supergirl), Personagens Originais, Wally West (Kid Flash)
Tags Caitlinfrost, Caitlinsnow, Flashfrost, Frostar, Killerfrost, Savifrost, Savisnow, Snowbarry
Visualizações 118
Palavras 2.172
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Certo, eu demorei bastante, espero ter mais tempo para fazer o próximo cap...

Desculpem os erros e até as notas finais 😉

Capítulo 32 - Saindo da Força de Aceleração


Fanfic / Fanfiction Caitlin Frost - Capítulo 32 - Saindo da Força de Aceleração


No outro dia...

- Bom, aqui estamos de volta ao lugar onde fizemos o primeiro treinamento do Barry. - Falo ao chegar olhando a pista por onde ele correu e só parou quando esbarrou ao final. Logo vejo Cisco, Felicity, Joe e Wally. - Joe eu sei que não posso te compensar pelo que te fiz passar... Mas espero que algum dia você possa me perdoar. - Falo ao me aproximar.

- Vamos focar em trazer o Barry para casa, certo? E segundo o Cisco, só conseguiremos isso com a sua ajuda, então fico feliz que esteja conosco. - Joe diz me abraçando.

- Okay. - Falo para Joe com um pequeno sorriso ao nos separarmos. - Qual é mesmo o seu plano Cisco? - me viro perguntado para Cisco.

- Boa pergunta, como vão trazer o Barry de volta sem abrir um buraco no mundo? - Wally pergunta.

- Todos os equipamentos já estão aqui, inclusive a bazuca da força de aceleração, na qual fiz algumas modificações, e que vai ser fundamental. - Cisco diz.

- O que essa bazuca vai fazer mesmo? Quero deixar bem claro que só vim ver vocês trazendo nosso amigo de volta e que o meu negócio são apenas computadores. - Felicity fala dando de ombros.

- A bazuca vai abrir um portal ligando nossa Terra á força de aceleração mas ela não conseguiria manter o portal aberto ou sequer guiar o Barry para a saída, é aí que você entra no plano Caitlin. - Cisco diz olhando para mim.

- O que quer que eu faça? - Pergunto arqueando a sobrancelha.

- Seus poderes são de gelo, que claramente, como sabemos, afetam a velocidade. Eu modifiquei o núcleo da bazuca para que você pudesse recarregá-lo com seus poderes, o que vai manter o portal aberto por mais tempo graças a eles. - Cisco explica. - Mas acho que isso pode exigir um pouco de você.

- Tudo bem, eu posso fazer isso. - Falo

- Tem certeza Cait? - Felicity pergunta para mim.

- Absoluta! Vamos tirar o Barry de lá! - Digo confiante. - Pode trazer a bazuca Cisco.

- Okay. - Cisco pega a bazuca e me entrega. - Agora só precisa usar seus poderes como se fosse congelá-la que ela irá absorver o frio. Dê o seu melhor. - Ele fala e concordo balançando a cabeça.

Eu então começo a usar meus poderes na arma, levando meus poderes ao máximo que posso. Nessa altura meu cabelo já estava totalmente mudado e tenho certeza que meus olhos também.

- Só mais um pouco Caitlin. - Cisco diz enquanto tento continuar com que estava fazendo. - Eee, pronto! Acho que já está bom. - Ele fala ao verificar o estado do núcleo da bazuca pelo tablet que estava na mão dele, para monitorar a arma.

- Você está bem Caitlin? - Felicity me pergunta.

- Tudo bem, daqui alguns segundo estarei recuperada. - Falo soando um pouco cansada, voltando meus cabelos e olhos ao normal.

- Certo, agora quando eu ligar a bazuca para abrir o portal para tirarmos o Barry de lá, o desparo que a arma irá fazer para abrí-lo, também estará depositando a marca genética dele lá dentro e enganará a força de aceleração a fazendo achar que ele ainda está lá. - Cisco explica.

- Vou para os monitores rastrear a marca genetica unica de Barry, mais especificamente o DNA dele, usando a corrente elétrica da força de aceleração. - Falo indo até os equipamentos com Felicity.

- Agora Cisco! - Falo em sinal para Cisco usar a bazuca para abrir o portal. Joe e Wally estavam um pouco atrás de mim e Felicity, apenas observando.

O portal estava aberto mas nem sinal do Barry...

- Scaneado a corrente elétrica!
Triangulando a localização dele... Rastreei algo! - Falo.

- É isso aí, agora vem pra casa amigão! - Cisco fala mas nada parece acontecer.

- Vamos Barry... - Sussurro para mim mesma atrás da tela do laptop por onde eu monitorava qualquer sinal que indicasse que ele estava voltando. - Você consegue, volta pra casa, precisamos de você aqui. - Eu continuava a falar em baixo tom apenas para mim mesma. Mas mais parecia que ele podia me ouvir pois ao terminar aquelas palavras um feixe de luz passou rápido saindo do portal e deixando para trás aquele vento que eu já conhecia bem, só que mais forte. O vento causado deixou bagunça nos equipamentos, derrubou Cisco que estava mais próximo do portal e balançou meus cabelos, assim também como os de Felicity, que estava ao meu lado, era ele, eu tinha certeza.

- É ele Cisco! - Falo sorrindo em plena certeza.

- Como você tem tanta certeza disso? Nós não conseguimos ver nada. - Cisco fala se ponto de pé ajeitando os cabelos pois ele tinha caído com a força que o vento havia deixado. - O que os equipamentos falam sobre os sinais vitais e DNA? São os mesmo do Barry?

- Só estão um pouco diferentes, mas tenho certeza de que era ele! - Respondo.

- Caitlin... Nós não temos como ter certeza então. Você lembra que o Savitar estava atualmente preso lá também antes e nós não sabíamos, pode ter sido outra coisa, outro ser que saiu de lá. Além do mais, se fosse o Barry, porquê ele não parou aqui? - Cisco continua.

- Eu não sei Cisco... Eu... - Não completo por não saber o quer falar.

- Tá certo gente, os equipamentos gravaram o sinais "disso" que saiu da força de aceleração certo? - Felicity pergunta.

- Sim. - Respondo.

- Então só precisamos procurar por esses sinais pela cidade e vamos achar quem quer que seja "isso". - Felicity diz alternando o olhar entre mim e Cisco.

- Certo, mas acho melhor fazermos isso dos Star Labs. - Cisco fala e apenas concordo com a cabeça.

...

• Star Labs

Ao estarmos de volta aos laboratórios, mas precisamente ao córtex. Estava tudo bagunçado, parece que a mesma pessoa que saiu da força de aceleração havia passado por lá e feito aquilo. Começamos ligando os equipamentos para começar a rastrear o raio de luz...

- Acho que nem precisamos procurar pelo "raio". Olhem... - Felicity fala após ligar a tv.

Um raio de luz está sendo notado por todos os cantos da cidade. Se fosse há messes atrás diríamos que é o nosso herói Flash passando pela cidade para ajudar a combater o crime, mas não tem nenhum sinal que realmente corfirme que é o nosso herói. São apenas borrões de algo ou alguém em alta velocidade, uma velocidade surpreendente até para o nosso Flash. Apenas um detalhe: O raio não para! Foi visto rapidamente em uma parte da cidade e logo visto em outra, agora em alguns lugares ao mesmo tempo. - Na tv passava várias imagens e videos que chegavam ao noticiário, enviados por cidadãos da cidade, mas nenhum com foque que desse para ver quem ou o que era.

*O celular de Joe toca:
- Sim, já estou indo! - Joe simplesmente responde. - Estou sendo chamado pela polícia e pela força tarefa, graças ao nosso amigo, espero que seja mesmo o Barry, e que não cause nenhum dano a cidade ou a força tarefa também tentará ficar na cola dele, ele diz ao desligar o celular e logo saindo.

- É mais de uma pessoa? - Wally pergunta olhando o noticiário.

- Não, olhem a cor deixada pelo raio, é a mesma. A não ser que sejam gêmeos. - Cisco diz.

- Mas é como se ele estivesse em vários lugares ao mesmo tempo. - Wally fala surpreso.

- Aquela velocidade é mesmo incrível! Se for mesmo o Barry... - Cisco fala animado um sorriso.

- O Barry nunca foi tão rápido daquele jeito, mas eu sinto que é ele, não sei como explicar, eu apenas sinto. - Falo olhando as imagens na tv.

- Bom eu vou tentar localizar ele nas câmeras da cidade, mas é muito rápido e difícil de saber onde ele possa estar como ele não para em lugar algum, um segundo sequer e parece está em vários lugares ao mesmo tempo. - Cisco diz.

- Eu posso pegar todos os vídeos que as pessoas estão fazendo e fotos postadas e ver por quais lugares ele está passando. - Felicity diz já usando os computadores.

- Podemos usar tudo isso para tentar descobrir antecipadamente por onde ele vai passar. - Cisco fala se juntando a ela.

Os dois então trabalham juntos tentando o localizar...
...

Depois de muito tempo ainda tentando o localizar mas até então sem resultado...

- Isso está demorando demais! - Cisco fala se sentindo sem esperanças.

- Está sendo bem mais difícil do que eu achava. - Felicity diz já um pouco cansada.

- Olhem, parece que ele está vasculhando a cidade, como se estivese escaneando os prédios à procura de algo. - Digo estreitando os olhos olhando as imagens que Cisco e Felicity usavam tentando triangular uma provável localização.

- Ele não para mesmo! Assim fica bem, bem difícil mesmo. - Felicity diz. - Mas e se o localizarmos, o que vocês vão fazer para parar ele?

- Boa pergunta. - Cisco fala parando para pensar em uma possível solução.

- Meus poderes... - Falo

- Claro, como eu não lembrei, o frio pode desacelerar ele. - Cisco diz sorrindo.

- Mas pra isso você ia precisar chegar até ele mas... Como vai fazer isso? - Felicity continua a perguntar.

- Acho que posso tentar alcansá-lo, se pudermos prever onde ele vai passar, posso te levar até ele Caitlin. - Wally diz.

- Ainda assim, ele estará se movendo em uma velocidade absurda, até para você usar seus poderes nele Caitlin. - Cisco fala pensativo.


- Como você vai fazer isso, como vai conseguir usar seus poderes para parar ele então? - Felicity me pergunta.

- Eu não sei, mas se precisar eu dou um jeito. - Falo séria.

- Ta certo, já entendi. - Felicity fala ao notar que eu faria tudo que estivesse ao meu alcance.

- Se primeiro nos conseguirmos localizar onde ele vai aparecer, nos podemos tentar calcular a velocidade dele e então o próximos passos dele, daí você pode usar seus poderes no lugar onde ele vai estar, na hora certa. - Cisco diz mais animado.

- As teorias são boa, mas a pratica... - Felicity solta.

...

*Já era noite e nada da tal localização apesar do empenho do meus amigos.

- Espera, olha, ele está sempre aumentando a distância de por onde ele está correndo, ele está saindo da cidade, e indo cada vez mais longe. - Felicity diz.

- Mas espera, ele não só aumentou o raio de alcance do que quer que seja que parece que ele está a procura mas como também sempre volta a passar por um mesmo lugar toda vez que vai mais longe, quando volta. - Cisco fala.

- Que lugar é esse? - Pergunto.

- Espera, acho que ele parou. Não tem mais vídeos, fotos ou gravações de câmeras pegando movimentação dele. - Felicity fala.

- Então talvez agora dê certo, só precisamos pegar as ultimas gravações das câmeras de segurança das ruas e ver por onde ele passou por último e... Espera esse bairro... - Cisco fala e eu me aproximo das telas dos computadores para olhar.

- Essa rua é onde fica... - Não termino de falar e saio correndo.

- Caitlin espera, eu vou com você! Ou pelo menos leva o Wally contigo. - Cisco fala mas não o espero.

Ao sair dos laboratórios crio uma pista de gelo deslizando por ela até o lugar.

- Pelo menos ela voltou a usar os poderes pela cidade. - Felicity diz com um sorriso desconfiado. - Mas o que tem essa rua? - Ela pergunta para Cisco ainda nos Star Labs

- É a rua onde fica o antigo apartamento dela. - Cisco fala.

- Será que ele foi pra lá? - Felicity pergunta.

- Não sei mas ela não devia ter ido sozinha. - Cisco fala preocupado.

- Querem que eu vá atrás dela? - Wally pergunta.

- Não, deixem ela ir, ela tinha toda convicção de que era ele e pelo lugar onde ele foi parar, só pode ser ele. - Felicity diz compreensiva. - E além do mais parece que ela levou o comunicador se acontecer alguma coisa vocês vão para lá imediatamente. - Ela diz olhando os sistema de comunicações ligando a escuta do comunicador que estava comigo enquanto os dois concordam com ela balançando a cabeça.


• Chego ao prédio, subo até o andar onde ficava meu antigo apartamento e vou abrindo a porta, tudo estava do jeito que eu havia deixado... Vou entrando em meu quarto e para minha surpresa e alívio ele estava realmente lá, ele não estava mais correndo, mas estava vibrando olhando cada canto do quarto, quando derrepente ele percebe que eu estava ali.

Continua...


Notas Finais


O que vocês acharam do lugar que escolhi para o Barry parar? 🙄🙄

Proximo cap finalmente tem reencontro #Snowbarry 💕

Como vocês acham que será?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...