História Cala boca mundo - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias South Park
Personagens Butters Stotch, Clyde Donovan, Craig Tucker, Kenny McCormick, Kyle Broflovski, Stan Marsh, Tweek Tweak
Tags Bunny, Romane, Staly, Yaoi
Visualizações 39
Palavras 2.839
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Suspense, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


OOOIIEE. Decidi que vou postar os capítulos um dia sim um dia não, ok? Obg e boa leitura 💖💘💖

Capítulo 7 - Agora Você É Meu


*P.O.V Kenny*

Estou em casa sem fazer nada. Kyle esta com Stan então eu estou completamente sozinho... o que eu faço? Talvez eu chame alguém pra ficar comigo...Clyde óbvio

*Ligação On*

Clyde - O que é... eu estou naquele momento #ele fala pausadamente, entre os gemidos de uma garota e o som do saco dele batendo na bunda da mina

- É a do shopping? #pergunto e ele faz um haram - Esquece ela e vem ficar comigo tio... to muito alone aqui

Clyde - Pera deixa ela só pagar um boquete #meu Deus do céu por que tão idiota - Isso sua putinha... Já apareço ai

*Ligação Off*

ele fala e desliga e eu fico no sofá esperando ele chegar, até ouvir alguém bater na porta

Clyde - Nossa cara aquela garota parecia uma vampira de piroca #ele fala entrando

- Iai parente de nazista #falo e abraço ele /Quem entender essa piada vai ganhar um desejo, sério/

Clyde - Iai Zé droguinha #ele me abraça de volta - Vamos sair pra beber alguma coisa #ele oferece com um sorriso

- Bora e você paga riquinho #falo e pego meu celular que está encima do sofá e vamos - E ela era gostosa me conta

Clyde - Não sei se eu devo, afinal você pode bater uma imaginando #ele fala e nos entramos no carro dele

- Nem imagino quantas garotas você ja fudeu nesse carro #falo com um certo nojo de sentar ali

Clyde - Você pode ser a próxima, delicinha #ele fala e coloca a mão na minha coxa

- Não acho que você iria aguentar meus 20 centímetros #falo rindo com ele - Vamos logo pro bar caralho

Ele liga o carro e vamos para o bar e no caminho ficamos falando de pornô. Peço uma Vodca e o Clyde um cerveja

Clyde - Não acha que deveria esperar ficar de noite pra você pegar algo mais forte #ele fala e eu viro o copo

- Hoje e ontem foram o melhor dia da minha vida #falo com um sorriso no rosto

Clyde - Por que? Você ganhou na loteria? #ele pergunta e eu faço não com a cabeça

- Eu fiquei com a pessoa que eu mais amo... que bundinha, jesus #falo lembrando das melhores partes - mas já tem namorado

Clyde - Se fudeu... mas sério como uma pessoa pode te deixar tão feliz? #ele faz a pergunta mais difícil da minha vida

- Sei la cara... só... só é #falo e pego um cigarro e acendo

Clyde - Ah última vez que eu te vi assim foi quando você ganhou um desejo de aniversário e fez o Kyle de escravo #ele me lembra o eu começo a rir

Cartman - Iai galera #Ai la vem o gordo

- O que você quer Cartman? #falo olhando pra ele esperando ele soltar a bomba

Cartman - Eu vim falar com o Clyde, Kenny... Você poderia dar licença para gente? #ele fala e eu cruzo os braços e olho pra ele com raiva

- Cara eu já estou aqui antes de você #ele me interrompe

Cartman - Eu te dou 10 dólares #ele tira o dinheiro do bolso e eu puxo da mão dele

- Gordo filho da puta #saio e deixo os dois conversando

Vou para o lado de fora fumar, está tão frio que coloco minhas luvas para me esquentar até ouvir algo estranho na lata de lixo, vou até lá ver o que é

Butters -... É... ola? Tem alguém ai? #ele pergunta de dentro da lata de lixo, pqp

Abro a lata e vejo o loiro com cara de medo e depois que ele me ve ele cora

- Buttets, Que porra você está fazendo dentro da lata de lixo? #tiro ele de la como se tira um bebê do berço

Butters - Foram os garotos da faculdade... acontece sempre que eu estou sozinho #ele fala como se fosse a coisa mais normal do mundo

- Porra Butters, por que você não me disse? #falo com raiva e ele começa com aquela mania de mexer nas mãos

Butters - Você nunca me perguntou #tinha que ser o Butters

- Você esta bem? #pergunto olhando ele dos pés a cabeça

Butters - Estou sim eu só estou cheirando a lixo #ele fala e eu o abraço

- Porra Butters... você me assustou#falo com o queixo apoiado na cabeça dele

Butters - Eu estou bem eu juro.... que cheiro é esse? #Ele pergunta se separando de mim

- O que? O meu cigarro? #falo e mostro a ele

Butters - AAAAH cuidado Kenny #ele bate na minha mão me fazendo jogar o cigarro no chão e ele começa a pisar - Morre câncer morre

- Pra que isso? #falo puxando o Butters pra longe do cigarro nos meus braços

Butters - Pronto Kenny te salvei #ele fala sorrindo

- Salvou? Do que? #pergunto e ele faz uma cara de "Não é óbvio"

Butters - Do câncer ue #ele volta a sorri e eu entendo o que ele quer dizer

- Ah sim, nossa Butters você é o meu herói do lixo #falo acariciando seus cabelos macios - mas voltando ao assunto principal, quem fez isso com você? #pergunto e ele começa a pensar

Butters - Não sei o nome deles... mas eles fazem isso sempre #ele fala com medo da minha reação

- E cadê a porra do Stan? #falo procurando envolta - Ele é seu namorado não era pra estar junto a você? #pergunto com raiva

Butters - Bem eu... eu acho que ele deve esta cuidando do Kyle, certo? #ele pergunta em dúvida tadinho mau sabe o que eles devem estar fazendo

- Já chega #pego na mão dele - Que se foda, você apartir de agora é meu namorado, entendeu? #perguntei e ele me olhava assuntado e corado

Butters - B-Bem eu... eu não sei mas já que insiste tudo bem, não é? #ele fala e eu o abraço

- Ótimo vamos fazer coisas de namorado... depois de uma cerveja claro #pego na mão dele e entro no bar com o Butters

Butters - Nossa que lugar estranho... assutador #ele fala olhando em volta

- Relaxa, você está comigo e eu vou te proteger #falo e sento a mesa

Clyde - Oi Butters #ele sorri de um jeito estranho para o Butters, não gosto nada disso

Cartman - Não sabia que deixam frutinhas entrarem aqui #ele fala depois de revirar os olhos

- Cala a boca Cartman, seu bundão #falo apontando o dedo pra ele como um aviso

Cartman - Primeiro os pobres agora os frutinhas? O mundo vai acabar mesmo #ele fala e eu explodo

- Eu mandei você calar a boca #Me levanto da cadeira e dou um soco na cara do gordo e ele cai

Cartman - Ei Kenny eu só estava brincando, sabe? #não escuto o que ele diz e dou outro soco fazendo o nariz dele sangrar

Quando ia dar o próximo soco alguém segura meu braço e empurro essa pessoa fazendo ela cair no chão, quando vejo quem é meu mundo caiu... Era o Butters. Largo o Cartman e eu correndo até Butters que está tentando se levantar

- Butters... eu... não sabia que... vo-você está bem? Machucou? Consegue se mexer? Porra foi sem querer eu juro... me desculpa #eu falo e ele começa a rir - O-O que foi?

Butters - É a primeira vez que alguém briga por mim #ele fala e me abraça - Obrigado Kenny

Cartman - Aaaooh... aaaaaoh #ele geme se levantando - Você vai se ver comigo Kenny #ele vai embora

Clyde - Que gay... porra vamu embora e fazer isso na sua casa #ele fala se referindo a beber até cair - Vou comprar umas bebidas e nos vamos

- Você esta machucado Butters? #levanto ele e beijo seu rosto como pedido de desculpas

Butters - Estou ótimo Kenny graças a você #ele fala em meus braços um tanto manhoso, mas eu gosto assim

- Ok lindeza... porra minha casa não vai dar pra ir fudeu #falo e Clyde chega e eu falo pra ele - Na sua casa não da não? #pergunto e ele faz não com a cabeça

Clyde - Ta em faxina #ele fala e nos ficamos quietos pensando em uma solução

Butters - Bem... por que não fazem essa festinha na minha casa? #ee oferece

- Até que não é má ideia... Eu fico com o Butters enquanto estou bêbado, o que pode dar errado? #decidimos então fomos em direção ao carro do Clyde

Butters - Isso é bom? Parece gosmento #ele fala girando a garrafa de pinga

- Você não vai beber essas coisas pequeno #falo e entramos no carro, eu e Butters atrás e Clyde dirigindo - Pra você nada além de água, leite e suco de maça #falo e puxo ele pro meu colo

Butters - Corta essa, se vocês vão beber coisas ruins eu vou também #ele fala fazendo bico - Minha casa minhas regras

- Mas Butters... #tento explicar pra ele mas Clyde me interrompe

Clyde - Deixa ele, se ele quer beber deixa ele beber

Butters - Isso deixa eu beber #ele pede e me rendo

- Ta bem ... só não diga que eu não avisei #falo e cruzo os braços, se ele quer tanto assim quem sou eu para impedir

Chegamos na casa de Butters e obviamente o Stan não estava lá, babaca. Sentamos no sofá do Butters com as coisas enquanto eu e o Clyde conversávamos

Butters - Aah... por qual eu começo? #ele pergunta confuso e eu não respondo

Clyde - Tenta essa #Ele pega a Pinga Gay, acho que ele fez a ironia propositalmente

Butters - Bem... Ok #ele pega a garrafa e tenta abrir mais não consegue então ele olha pra mim - Kenny... você pode... abrir pra mim? #ele pergunta e eu faço não com a cabeça - Por que não?

- Eu não quero ter envolvimento quando você ficar tão mal que vamos ter que levar você para o Hospital #falo avisando a ele assim como explicando

Clyde - Eu abro #ele fala e faz - Vai devagar Butters #ele fala e Butters ignora dando um gole e meio

Butters - Eca... NOSSA COMO QUEIMA #ele fala e deixa e da a garrafa pro Clyde

-... #fico olhando ele coçando a garganta e ele olha pra mim perguntando o que é pra fazer - Não olha pra mim não ue, olha pro Clyde #sim eu tô de cu doce

Butters - Está queimando... Minha mãe do céu #ele fala meio roco

Clyde - Tenta esse vai ajudar #ele da um copinho de Vodca e Butters bebe achando que é água, ele quase cospe porém eu acho que ele quer provar pra mim que é forte e engole

Butters - Ooh... minha garganta tá queimando... por que a sala está? É o senhor ursinho Douglas? #ele fala e abraça o Clyde - Nossa você tem um cheiro tão bom #ele fala deitando nos braços do Clyde - Huum Kenny? É você? Achei que você estava no Raisins bebendo acido da Barbra Streisand com a Lexus

- Meu deus Butters #vou até ele e tiro ele dos braços de Clyde que está rindo dele bêbado

Butters - Por que o ursinho Douglas está rindo ? Nos nem fizemos aquilo, eu, ele e Stan #ele fala com a cabeça encostada no meu peitoral e assim que ele fala aquilo o Clyde cala a boca

- O que vocês fizeram? Quer saber você esta muito bêbado vai tomar um banho de água fria que você vai melhorar #falo mas vejo que ele está dormindo, parece que amanhã ele vai acordar cedo, ainda bem já que temos aula amanhã - Deixa ele dormir e vamos voltar ao Whiskey

Falo e ele e eu voltamos ao assunto de gente que nos transamos, enquanto bebiamos. Depois de umas horas estavamos tão bêbados que estavanos rindo até dos carros passando

Clyde - Meu deus cara... tu é lindao seu gay #ele fala entre as risadas

- Você que é lindao e gay seu gay #falo e nos rimos

Clyde - Vem ca falar na minha cara se você for eu e você for eu também #fico muito confuso mas acho que ele me ofendeu

- Vou mesmo #falo e vou engatinhando até ele que está do outro lado do sofá - Você vai ver só #falo e caio encima dele deixando nossos rostos bem perto um do outro - Você que é lindo seu gay #falo e ele ri e nós nos beijamos varias vezes e rimos varias vezes

Clyde - Vem vamos transar #ele fala passando a mão no meu pacote - igual na quarta #ele lembra e nós rimos

- Claro, vou te fuder igual o Token #falo lembrando das vezes que eles transaram na minha frente

Clyde - Foi só 6 vezes #ele fala entre as risadas - Vem vamos transar vamos #ele fala tirando a blusa e eu faço o mesmo

- Vira a bundinha pra mim #falo e nos rimos e ele obedece - Isso delicinha #falo passando a mão e apertando por cima da roupa mesmo - Balança o rabinho cachorra #falo e ele balança e eu coloco meu membro ereto ainda vestido na separação da sua bunda e ele desce e sobe

Clyde - Vai logo que demora #ele manda e eu tiro a calça e cueca dele e faço ele lamber meus dedos

- Lambe cadela lambe #falo e ele baba muito meus dedos e eu os tiro de sua boca e beijo ela praticamente chupando toda saliva da boca dele

Clyde - Vai Kenny me fode seu gay #falo e coloco meu dedo do meio na abertura dele - Ah porra isso #ele começa a rebola no dedo então descido colocar outro e fazer movimentos de vai e vem junto com a tesoura enquanto bato na bunda dele - Caralho Token enfia essa sua piroca enorme em mim #ele me confunde com o Token acho que ele deve estar com sede daquele moreno caliente

- Pode deixar #falo como o Token e coloco tiro minha calça e cueca e coloco meu membro dentro dele e ele geme alto

Clyde - Seu pau parece menor #ele fala entre os gemidos ese vira pra mim - Ata... me fode logo Kenny #ele fala e eu deito minha barriga na dele e começo a estoca-lo e ele vai mexendo nas minhas bolas - Aaah... mais rapido porra #ele fala e aperta minhas bolas de leve e eu o obedeço

- Você é delicioso por dentro e por fora #falo no ouvido dele e começo a masturba-lo

Clyde - Porra... Isso... assim que eu gosto #ele fala entre os gemidos altos e inverte as posições e começa a subir e descer na velocidade que ele quer o que me faz acabar gozando - Já? Minha vez então ele fala e sai do meu membro gemendo e me surpreende colocando seu membro nem tão pequeno na minha boca - Chupa sua vadia imunda

- Clyde #tento falar mas ele puxa meus cabelos fazendo eu voltar a chupar e lamber seu membro na velocidade que ele controla puxando meus cabelos. Depois de uns 15 minutos de gemidos dele ele goza na minha garganta que faz descer direto - Aaah... agora sim #ele fala pulsando seu membro na minha boca enquanto o resto do seu gozo saia e eu engulia

- Aah... caralho Clyde... sabia que você era mais gay que eu #falo rindo

Clyde - Você pagou um boquete pra mim #ele ri - Você é bem mais gay que eu #ele fala e sai de cima de mim e nós colocamos a roupa rindo

- Acho que você está com a minha cueca #falo morrendo de ri

Clyde - Usa minha ou vai balançando #caímos no chão de tanto rir e o Stan entra na sala

Stan - MAS QUE DIABOS #ele fala surpreso - Mas que porra é essa #ele pegou eu subindo a cueca e o Clyde sem camisa - É a 3 vez esse mês seus gay

Clyde - O Kenny é mais gay que eu #ele fala rindo cansado - Você perdeu Stan, você poderia entrar no meio ai a gente podia fazer outro ménage só que com o Kenny no lugar do Butters

Stan - Clyde.... cala boca cara #ele fala com os dedos entre os olhos em sinal de 'por que comigo?'

- Vem seu gay eu te levo pra casa e você me leva pra casa #falo e coloco a roupa e vamos embora mas antes eu chego no ouvido do Stan e falo - Se você deixar o Butters pra ficar transando com o Kyle, eu vou da tanto soco na sua cara que sua cabeça vai virar 360 graus, entendeu? #pergunto apertando o ombro dele de leve - Tchau Stan boa noite #dou um tapa na bunda dele e saio da casa dele com o Clyde

Levo ele de pé pra enorme casa dele já que ele decidiu pegar o carro amanhã depois da escola. Subimos até o quarto dele, tiramos nossas roupas e dormimos igual duas pedras largada. 


Notas Finais


Só pra vim dizer que o Kenny e o Clyde não se amam só se pegam


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...