História Castanhos Profundos (Camren,Kelena) - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony, The Vampire Diaries
Personagens Alaric Saltzman, Ally Brooke, Bonnie Bennett, Camila Cabello, Caroline Forbes, Damon Salvatore, Dinah Jane Hansen, Elena Gilbert, Jeremy Gilbert, Julian (bruxo), Julian (vampiro), Katherine Pierce, Klaus Mikaelson, Lauren Jauregui, Matt Donovan, Normani Hamilton, Stefan Salvatore
Tags Allybrooke, Camila Cabello, Camren, Damonsalvatore, Dinahjane, Elenagilbert, Katherinepierce, Kelena, Lauren Jauregui, Normanikordei, Stefansalvatore
Visualizações 245
Palavras 1.821
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Festa, Ficção, Lemon, Romance e Novela, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa Leitura,Babys🌸

NOTAS FINAIS!

Capítulo 19 - -19


Point Of View:Elena Gilbert.

Estava terminando de fazer minha prova,quando o alto-falante,passou a voz da diretora:

-É com pesar que venho avisar à todos vocês, que nossa aluna Júlia Merckson,foi morta ontem à noite.

Ouço murmuros,enquanto a professora pedia silêncio. Eu não era amiga da menina em questão, mas já havia estudado com ela no primeiro ano. Saber que alguém conhecido,por mais que não tivesse vínculo, era horrível, pois você não veria mais a pessoa e sabe o motivo.

Entrego a prova e arrumo minhas coisas,saindo rapidamente. Olho os avisos e vejo que por conta do falecimento da menina,não haverá aula depois da prova que todos os ensinos médios estavam fazendo. 

-Elena.-Olho vendo Dinah chegar com Bonnie.

-Você está bem?-Pergunto para Bonnie,que tinha os olhos fechados e soava frio.

-Elena...Elena,você poderia me dar carona?-Ela pergunta ainda com os olhos fechados.

-Claro.-Passo meus braços por sua cintura e olho para Dinah.-Você vem?

-Eu ainda não fiz a prova. Cuida dela.-Ela pede e eu assento beijando seu rosto.

Assim eu saio com Bonnie para o estacionamento do Colégio.  Coloco a mesma sentada no banco do passageiro e dou a volta.

-Oque você está sentindo?-Pergunto olhando para ela que estava com os lábios tremendo.

-A Júlia...Ela foi assassinada.-Ela diz e eu desvio meu olhar da rua e olho Bonnie sussurrar coisas desconexas.-Uma mulher...

-Bonnie?

Eu não estava entendendo nada e seus sussurros sem conexão alguma,estavam me assustando. Alguém havia matado Júlia? 

Chego em sua casa e abro a porta do carro,tirando Bonnie. Entro em sua casa,vendo que estava vazia e à coloco no sofá.  Bonnie era bruxa,assim como sua família. Ela tinha pressentimentos e sempre que podia ajudava alguém com eles. Sabia usar magia como ninguém e defendia suas origens.

-Quer que eu faça algo para você beber?-Pergunto acariciando seu joelho.

Ela suspira e encosta a cabeça no sofá,respirando fundo. Finalmente ela abre os olhos e me encara.

-Eu estou bem.-Ela diz e sorri fraco.-Só preciso descansar.

Assento e me levanto. Depois de ajudar Bonnie à ir para o quarto e tratar de deixar um recado para sua avó, saio e parto para à  casa. 

Chego e vejo minha tia olhando a TV. Ela se levanta e me abraça apertado.  Sorrio e a abraço,cansada. Com os estudos e provas,a rotina acabava ficando cansativa.

-Você tem que tomar mais cuidado,Elena.-Tia Jenna diz e eu me sento no sofá ao seu lado.-Falaram de uma menina do seu Colégio e ela foi atacada por uma animal. Ela era tão nova...

Lamenta tia Jenna e eu suspiro assentindo lembrando das palavras de Bonnie:Ela foi assassinada. 

-Isso poderia acontecer com você ou Jeremy.-Ela diz,quando eu deito em seu colo.-Eu não saberia oque fazer.

-Está tudo bem,tia.-Digo esfregando seu joelho numa forma de tranquilizar. 

-Se cuide,por favor.

Assento e vejo um filme começar.  Estava emocionalmente abalada com essa história e com as palavras de Bonnie. 

Point Of View:Veronica Iglesias.

Tinha acabado de terminar as provas,quando resolvi andar pelo Colégio. Dinah e Camila ainda estavam fazendo,oque não me permitia ir embora.

-Já terminou?-Bob,um garoto gordinho de Boné e correntes de Ouro pergunta.

-Cara,foi um sacrifício.-Digo e ele ri.

-Pra te dar sorte da próxima vez.-Ele tira seu boné e coloca em minha cabeça.

-Chave.-Digo piscando e ele pisca de volta indo para o grupinho dele.

Ando pelos corredores e paro ao ver Professora Vives conversando no telefone com alguém.  Eu não sabia se me aproximava ou se ficava parada. A mesma se vira e me olha.

-Olá,Vero.-Ela sorri triste e eu suspiro.

-A senhora está bem?-Pergunto e ela nega.

-A menina que faleceu era minha prima. Júlia Merckson Vives.-Ela fala e eu tiro o boné.

-Poxa...Cara,isso é horrível. -Digo e percebo à mesma sorrir com o jeito que eu falo.

-Eu vou indo.-Fala,mas eu a impeço.

-Professorra Vives,aceitaria lanchar comigo? Deixe eu tentar alivar um pouco.-Ela parece pensar por alguns instantes e suspira concordando.

Vocês precisavam ver a Senhorita Vives de perto. Ela era Linda! Seus cabelos loiros,lisos e sedosos,o corpo magro digno de uma modelo. Ela andava igual à uma! Seu cheiro lembrava à minha casa...EU AMO A MINHA CASA!

Saímos da escola e paramos na lanchonete que tinha de frente. Não poderíamos lanchar na escola,porque com certeza iriam falar.  Nos sentamos à mesa e fizemos nossos pedidos.

-Eu não sabia que a Júlia era sua prima.-Digo com cuidado vendo ela sorrir triste.

-Ela não gostava muito de mim.

Eu não poderia imaginar o porquê. Lucy era a pessoa mais fofa que eu conhecia. Não conseguia imaginar o motivo da garota não gostar daquele anjo.

-Aposto que ela não conhecia você direito.-Falo e ela bebe o seu café expresso.

-Muito gentil da sua parte.-Ela fala e eu fico em silêncio. -Aconteceu do nada e ela era tão jovem...Ela tinha sonhos e...

A mesma ja estava chorando e eu corri para abraça-lá. A mesma me abraçou colocando o rosto em meu pescoço,enquanto eu passava minhas mãos em seu sobretudo à amparando.

-Me Desculpe.-Ela sussurra se afastando do meu pescoço e ficando próxima ao meu rosto.

Sentia sua respiração bater contra meu rosto e seus olhos e traços finos me perfurarem. Lucy era colombiana e veio para cá com os pais e o irmão. Ela me contou isso em uma das nossas conversas. Toquei em seu cabelo e o arrumei em seu rosto,me deixando ver o mesmo sem seus cabelos atrapalhando. 

-Você é linda.-Falo beijando seu rosto e ela suspira assentindo.

-Eu acho que tenho que ir.-Ela diz tomando um último gole de seu café.-Até mais,Vero.

Sorrio e aceno com a cabeça me sentando na cadeira. 

-Até mais,Senhorita Vives.


Point Of View:Katherine Pierce.

-Finalmente acabei meu diário. -Ela diz me jogando o diário que agora tinha todas as folhas repleta de confissões. 

Estava sentada no cômodo de sua janela e olho para a mesma pegar um livro com um grande rubi no meio. Me levanto e vou até ela,pegando o rubi.

-Comprou?-Pergunto olhando o livro e acariciando sua cintura com a outra mão. 

-Na verdade,eu ganhei.-Ela fala e eu a olho.-Do Stefan.

-Ele está te dando presentinhos?-Pergunto e ela suspira tomando o livro de mim.

-Ele só me deu isso.

-Querendo amizade,não é?-Pergunto irônica e ela,que folheava o seu antigo diário ,olha para mim.-Por que não me pediu?

-Eu não vou depender de ninguém, Katherine.-Ela fala e eu franzo o cenho.

-Mas você aceitou o presente dele?-Pergunto e ela cruza os braços.

-Queria que eu fizesse oque?Mandasse ele ir embora e jogasse o diário novo no lixo?-Ela pergunta e ri com desdém. 

-Gosto mais do,queimar o diário e Stefan juntos. -Digo amarga e ela suspira entrando no banheiro.

Fico um tempo encarando a penteadeira,ouvindo os resmungos de Elena. Me levanto e paro na porta do banheiro vendo a mesma com um pé em cima da grande pia, passando creme em sua perna,que estava desnuda por causa do short colado e curto de malha. 

-Merda.-Murmuro olhando ela me olhar irritada.

-Eu odeio quando você fica assim.-Ela diz ainda passando as mãos com creme pela sua perna bronzeada.

Chego passando meus braços por sua cintura,à abraçando por trás,à olhando pelo espelho. Ela vai para descer a perna,mas eu a paro. 

-Não, deixa assim.

Levo minhas mãos até sua perna,acariciando e apertando. Elena olhava meus movimentos pelo espelho,me fazendo sorrir por sua atenção.  Levo minha mão em sua virilha e vejo ela apertar a borda da pia. 

-Você está quente.-Sussurro em seu ouvido,beijando atrás de sua orelha.

-Hum...

Toco em seu centro latejante e aperto ouvindo Elena gemer. Eu ja podia sentir a mesma molhada. Depois de apertar novamente,infiltro seu short e calcinha,finalmente tocando o lugar húmido.

-Katherine.-Elena sussurra meu nome apoiando em mim.

Desço meus dedos até a sua entrada e volto para o clitóris,começando a massagea-lo. Elena estava com uma mão em meu cabelo,apertando os fios, gemendo baixinho. 

-Está gostoso?-Ela assente rebolando,me fazendo gemer pela sua bunda ter relado em meu centro.

O coque de Elena,antes firme,agora se encontrava com uns fios soltos. Aperto sua cintura com a outra mão e desço meus dedos até sua entrada deixando só a pontinha do dedo entrar e com isso a mesma aperta mais meus cabelos gozando. 

-Katherine...Ah!

Ela ja rebolava lentamente,respirando com dificuldade. Sua cabeça estava encostada em meu ombro,enquanto minhas mãos ainda estavam em seu centro.

-Tudo bem?-Perguntei e ela sorri assentindo.

Tiro finalmente minhas mãos de Deus shorts e levo até minha boca,chupando o liquido. Elena se vira pra mim e me beija.

-Eu vou ter que tomar outro banho.-Ela diz,me fazendo rir.

-Quer companhia?-Pergunto e ela coloca o rosto na curva do meu pescoço.

-Para.-Ela sussurra beijando meu pescoço.-Estou com fome.

Olho para ela sugestiva e ela me empurra rindo. Agarro sua cintura novamente e colo nossos lábios. Minhas mãos apertavam sua bunda,enquanto a mesma arranhava minha nuca.  

---------Algum tempo Depois-----

-Você é realmente estranha.-Digo quando Elena se senta em um túmulo. 

A mesma queria ir ao cemitério, como ela era costumada à ir e não ia a um tempo. Ela se senta e abre o novo diário. Olho ao redor,vendo o lugar nublado.

-Sim,eu estou com você. -Ela diz e eu levanto a sombrancelha.-Vem,senta aqui.

Me sento ao seu lado e à abraço pelos ombros. Ela suspira e abre o diário e as primeiras coisa que eu vi,foi uma foto de seus pais. Estava colado na página do diário e nela estava escrito os nomes dos mesmos.John Gilbert e Isobel Flemming.

-Eu nem me lembro deles.-Ela fala e eu fico em silêncio. -Quando os meus pais morreram,eu fiquei com meus tios,os pais do Jeremy e aí eles também se foram...Tenho medo da tia Jenna ir e deixar eu e Jeremy sozinhos.

-Vocês não estariam sozinhos.

Elena me olhava e sorriu triste me abraçando. Elena era forte,passou por tudo e ainda tinha que cuidar do Jeremy. Ela era muito forte.

Point Of View:Camila Cabello.

Lauren estava me ignorando esses dias. Eu ligava,ela não atendia ou até mesmo rejeitava,ia para falar com ela,mas a mesma não dava espaço. Ela se cansou?Eu fiz algo errado? Acho que sim,pois Lauren estava agarrada com a irmã do Klaus. Eu via ela de longe,mas podia ver com clareza os sorrisos e os toques mais íntimos. 

Me aproximo fingindo não ver elas e peço para levar, um bolo. Sinto um olhar me queimando e tenho certeza de que era Lauren. Me viro e comprovo vendo a mesma se aproximar,sem Rebekah por perto.

-Não sabia que estava com Rebekah?Ela é seu novo brinquedo?

Ela sorri e acena com a cabeça para mim. 

-Gostou de brincar com os dois Jauregui?-Ela pergunta fria e eu fito seus olhos  né olhando com desdém. 

-Eu não entendi.-Murmuro e ela ri amarga.

-Não? -Ela quase esfrega o celular em meu rosto. -Agora se lembra?

O celular reluzia uma foto minha e Christopher se beijando. Encarava a foto sem entender nada. 

-Oque?Isso não é um beijo!-Exclamo e ela fecha a cara ainda mais.-A foto foi tirada de uma maneira que pareça,mas estávamos conversando e somente isso.

Lauren olha para o celular por um tempo.Então era por isso que ela estava me evitando? Lauren volta a me olhar e suspira assentindo.

-Até mais.

A mulher se senta onde está e logo vejo Rebekah saindo do banheiro. Lauren tinha uma expressão séria no rosto e encara Rebekah,que ria de algo. O meu bolo fica pronto eu o pego saindo dali.

Cheguei em casa e deixei o bolo na mesa e subi as escadas correndo,me trancando no quarto para chorar.

Lauren se cansou de mim!



Notas Finais


Oque acharam Do hot de Kelena?

(A)Foi bom
(B)Achei estranho
(C)Não gostei!

**Oque vocês acham que vai acontecer quando a Elena souber que quem matou a Júlia,foi a Katherine?

**Vocês gostam de Vercy não é?

**Vocês gostam quando eu coloco a vida de outros personagens??


RESPONDAM PRA MIM SABER?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...