História Cativeiro - Min Yoongi ( BTS ) - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Bangtan, Bts, Min Yoongi, Suga
Visualizações 23
Palavras 1.124
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Famí­lia, Luta, Mistério, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Heeeeyyyy volteiiiii depois de 84 anos...kkkkkk

Capítulo 11 - Desespero


Fanfic / Fanfiction Cativeiro - Min Yoongi ( BTS ) - Capítulo 11 - Desespero

      [Quando menos você espera as coisas acontece...]

[ Lee Sue ]

Acordei com os raios de sol batendo em meu rosto o que de fato me incomodou bastante, tentei me levantar mas fui impedida por um peso sobre minha cintura, me virei com uma certa dificuldade, Deitei minha cabeça sobre meu braço e fiquei observando Yoongi que dormia serenamente, levei minha mão até seus cabelos que caiam sobre sua testa na tentativa de arrumalos...

Não sei lhes dizer o quê sentirá naquele momento, nunca pensei que um dia sairia daquela casa, nunca pensei que um dia iria me deitar com um homem, muito menos que um homem iria me olhar da forma da qual Yoongi me olha, nunca pensei que um dia iria sentir o que eu sinto por ele, que me coração batesse cada vez mais por apenas um sorriso o qual Yoongi me proporciona, hoje eu posso dizer que Min Yoongi me livrou daquele maldito inverno o qual vivi todo esse tempo, hoje eu posso dizer que Min Yoongi é a minha primavera, Min Yoongi é a lua que ilumina a minha escuridão, é a brisa que sopra, levando para longe a tempestade que tanto me assombra...

_ Yoongi? - o chamei em meio a um sussuro enquanto mexendo em seus cabelos, o mesmo apenas reamungou algo que não consegui identificar e se virou para o outro lado, um sorriso escapou de meus lábios, apenas me levantei e tratei de levar o lençol até a altura de seus ombros me apoiei um pouco para frente e depósito um selar em sua nuca, ouvindo um resmungo por meus lábios gelicos encontar sua pele quente,Sorri com o ato do mais velho e logo tratei de sair de lá, mas fui impedida por uma mão que me puxou me fazendo cair novamente na cama...

_ Bom dia meu senhor - Sussurrei olhando em seus olhos minúsculos

_ Bom dia querida - retrucou selando nossos lábios o que me fez corar instantaneamente, fazendo Yoongi rir com o ato

_ temos que voltar para casa - disse o olhando

_ fiquemos assim por mais alguns minutos e depois iremos - Rebateu me puxando pela cintura fazendo nossos corpos colarem, estava tão próxima a ele que sentia sua respiração descompasada bater em meu rosto, me aconcheguei em seus braços e assim ficamos por Alguns minutos...

_ Sue?- disse o mais velho

_ Hum... - respondi de olhos fechados

_ Se eu lhe pedisse que se torne a futura Senhora Min, o que tú dirias? - questionou me fazendo abrir os olhos rapidamente e se sentar na cama vislumbrando a figura de Suga deitado de lado com a cabeça apoiada em seu braço enquanto a outra mão se encontrava entrelaçada a minha mão.

_ Yoongi...- o olhei confusa

_ Sue, não podemos continuar assim, por mais que somos um do outro é errado e sabe disso, me deitei com você e não possuímos nenhum tipo de compromisso, e eu não quero que nenhum desses mexiriqueiros saia falando da minha mulher, podemos ter falado aquela noite sobre aquele noivado mas tenha certeza que nenhum deles iram aceitar ou se calar com isso, e a última coisa que quero e que saia rumores sobre minha mulher - disse Yoongi segurando minhas mãos e olhando em meus olhos - Eu realmente sei o que sinto por você e sei muito bem que demorei demais para aceitar tais sentimentos mas eu quero pedir lhe que seja minha para o resto da minha vida, que seja a mulher a qual eu quero acordar todas as manhãs e que quero me deleitar todas as noites, aceita ser a minha esposa Sue ? - proferiu olhando aos olhos da mais nova, os quais já transbordavam em lágrimas

Sue apenas se aproximou do mais velho e lhe depositou um singelo selar em seus lábios

_ eu aceito ser sua e apenas sua até o findar de minha vida - disse em meio a um abraço...

[ Kim NamJoon ]

Fazia 2 horas que Hoseok estava examinando o TaeHyung, esses dois sempre foram mais chegados, não me espantaria se Tae estivesse desabafando para o amigo... Mas não sei o porque mas eu sinto que não teremos um sossêgo por um bom tempo...

_ Hyung, Yoongi-Hyung vai lhe matar por ter trazido-o para cá - proferiu Jungkook se sentando ao meu lado

_ Fique você sabendo que o próprio Yoongi pediu que o trouxesse para cá, então não se meta nos assuntos de adultos pirralho - Rebateu colocando a mão no ombro do mais novo

_ NamJoon - esbravejou Jin fazendo todos rirem, quando uma garotinha adentrou na sala chamando a atenção de todos

_ O que ouve pequena Hanna? - Questionou Jimin vendo a garota assustada

_ Senhor Park, a um mensageiro a procura do Coronel Yoongi - disse a garota

Os garotos se olharam e só aí perceberam que Yoongi e Sue anida não haviam voltado...

_ Jungkook leve Hanna daqui por favor - disse Jimin indo em direção a porta

Jungkook pegou a menina nos braços e a levou para o quarto onde Tae estava juntamente com HHoseok, Me levantei e fui em de encontro com Jimin e Jin que se encontravam na varanda da porta..

_ Meu senhor, ateram fogo na fazendo do Coronel Yoongi, alguns trabalhadores conseguiram fugir, e outros não e um deles foi o Senhor Min e um garoto de uns 7 anos - Informou o mais velho fazendo nos entrar em desespero

_ DongDong - sussurrou Jin nos olhando

Todos nós sabíamos o quão Suga era apegado ao DongMan e ao Ben, o desespero tomou conta de nos, Jimin mal deixou o velho terminar de falar e já foi em direção ao estábulo, eu e Jin fizemos a mesma coisa,não sabiamos o que nos aguardava mas eu tinha uma leve impressão de que a nossa noite séria longa...

O casacasarão se encontrava em chamas, os empregados e escravos da casa estavam tentando amenizar o fogo, mas nada adiantava a chamas já havia tomado conta de todo o local, a única coisa que me vinha a cabeça era...Será que Suga está lá dentro?... Sai de meus devaneios quando alguns gritos tomaram conta do local....

_ Socorro...estou preso - gritou um rapaz

Corremos em direção ao local quando vimos Íris com o pequeno DongDong nos braços aos prantos...

_ Senhorzinho o menino Ben está lá dentro - disse a mais velha

Jin se colocou ao lado da.senhora e começou a examinar o garoto, quando olhei para o lado Jimin já corria em direção a porta assim que ele adentrou no local o casarão desmoronou....

_ JIMINNNNN - foi a única coisa que saiu de minha boca aquela noite.

[ A morte pode ser boa para quem vai, mas a dor é muito pior em quem fica ]

            [ Kim NamJoon ]


Notas Finais


Me desculpem os erros não revisei o capítulo....


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...