História Changes aren't bad (Jenlisa) - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Blackpink, Chaelisa, Chaeyoung, Jenlisa, Jennie, Jensoo, Jisoo, Lisa, Orange, Romance, Rose, Twice, Tzuyu, Yuri
Visualizações 67
Palavras 1.635
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Orange, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Capítulo meio fraquinho.
Mas espero que gostem, boa leitura! ❤

Capítulo 6 - New home


Fanfic / Fanfiction Changes aren't bad (Jenlisa) - Capítulo 6 - New home


-----*-----*-----*-----*------*-----*

Pov Jennie

Um silêncio se instalou na porta da sala, ficamos eu e a garota, que agora sei identificar como Lisa, nos encarando, não sabia como me portar diante da situação, eu queria cumprimenta la educadamente e fingir que a um dia atrás não tinha visto ela semi nua agarrada com outra garota e a estava chamando de "Gostosa da franjinha",  mas eu só conseguia ficar ali parada, pensando o quanto o destino era idiota, assim como eu a garota só ficou ali de cabeça baixa por uns minutos.

- Oi, senhorita... Jennie? -Uma senhora saiu por de tras da garota, deduzi ser Seulgi, mãe dela.

- JENNIE! ALGUM PROBLEMA AI? -Irene gritou da cozinha preocupada com a demora  para que eu entrasse com Lisa e Seulgi.

- Jennie é meio lenta Irene unnie, eu vou ajudar ela a receber as visitas e... -Rose se levantou indo ate a porta, assim que viu de quem se travava, quem estava na porta, ela ficou tão perplexa que eu.

Porém Rosé lidava bem com situações complicadas, e se esforçou para tirar a gente daquela.

- OIII! Senhora Seulgi, não é? Venha, entre, meu nome e Roseanne - Rosé disse puxando Seulgi pelas mão.

- Venha também Lisa, vou levar vocês até Irene unnie, ela esta ansiosa.

Elas entraram pela sala, e eu fechei a porta, seguindo as, logo sentaram no sofá.

- Desculpa senhora Seulgi, eu não a cumprimentei lá na porta. -Disse me curvando para ela em respeito.

- Tudo bem senhorita Jennie, deve ser estranho alguem diferente em sua casa, ainda mais para substituir sua Irene Unnie. -Ela disse educadamente​.

- Lisa cumprimente as meninas.

Percebia se de longe o quanto a garota de franginha estava corada, acho que se ela pudesse correr dali com certeza faria.

- Prazer Jennie Kim, e... -Disse levantando e dando uma leve curvada em sua cabeça, tentando lembrar o nome de Rosé que ela acabou de dizer na porta, mas a garota nem se quer ouviu.

- Roseanne, ou Rosé, como preferir. -Roseanne disse calmamente, pegando em sua mão, realmente ela lidava muito bem com situações assim, eu não conseguia nem sequer olhar pra garota e Rosé a tratava com total normalidade, e talvez fosse o certo.

- O prazer é nosso Lisa. -Eu disse timidamente.

- Aeee, acho que minhas meninas estão se conhecendo!

Irene veio em direção a sala, toda sorridente, com dois grandes baldes grandes de pipoca. Deixou os baldes de pipoca sobre a mesa e foi de encontro a Seulgi para um abraço.

- Meu Deus Seulgi, que saudades de você! -Ela a apertava fortemente.

Seulgi e Irene nasceram na mesma cidade, quando a omma de Irene veio  trabalhar com a gente as duas eram amiguinhas de escola, normalmente as pessoas pensariam que nunca mais se veriam, mas foi diferente, a omma de Irene Unnie levava ela mensalmente para visitar a cidade natal delas, e mesma depois da morte de sua omma Irene unnie continuou fazendo as visitas e indo passar todas as ferias la, elas se amavam como duas irmãs, um dos motivos para Seulgi escolher Irene como madrinha de Lisa.

- Minha bebezinha ta tão grande. -Ela largou a mais velha e grudou em Lisa. - Você ta enorme Lalisa, cada dia mais linda.

Lalisa sorriu fraco, dava perceber de longe suas bochechas rosadas de vergonha, chegava a ser fofo.

- Põe linda nisso, socorro! -Rosé sussurrou em meu ouvido, me fazendo rir fraco e dar um tapa em seu braço logo em seguida.

- Então Jennie, o que achou das novas moradoras? -Irene passou a mao pelo meu ombro, enquanto ainda segurava na cintura de Lisa.

- Parece que vou gostar. -Disse corando e dando um sorriso, olhando diretamente para Lalisa, que continuava de cabeça baixa.

- Vai um tempo até ela se acostumar com vocês, normalmente ela não é tão introvertida. -Minha Unnie disse rindo.

- Vou chamar Seokjin para levar as malas para cima, já que as meninas chegaram na hora do filme elas vão ver com a gente, o que acham?

Lisa continuava falando só quando necessário.

- Espero que ela se solte um pouco Jennie, ela ta muito acanhada, a gente já viu ela semi nua, acho que conversar é o de menos. -Rose cochichou.

- Cala a boca Roseanne. -Dei outro tapa fraco em seu braço.

Jin logo chegou e levou as malas das novas moradoras para o quarto delas, que no caso ia ser o antigo quarto de Irene. Logo estavamos todas na sala com o filme prestes a começar, como Irene estava animada com as visitas escolheu o filme preferido dela e de Seulgi, algo antigo que eu não me recordo o nome e não faço muita questão de lembrar.

Pov Lisa

Omma e Madrinha Irene riam feito doidas do tal filme, depois da situação de quando cheguei na casa dos Kim eu realmente não estava pra filme, eu estava com tanta vergonha que queria sair correndo dali, a garota morena, Rose, tentou disfarçar e ser educada já a mais baixinha do sorriso fofo não fez nem um esforço, ela estava totalmente sem jeito com minha presença.
Justo as  garotas de ontem, se eu contasse a Dahyun ela acharia que era piada.

- Ai Deus! -Falei baixinho para mim mesmo, enquanto estava sentada ao lado da garota, que mal se movia, Rosé estava um pouco mais distante sentada ao lado de minha mãe no outro sofá.

- Que foi Lisa? -Irene disse olhando pra cima , já que ela se sentava em umas almofadas logo abaixo de mim.

- A pipoca ta no finalzinho, que pena! Aish. -Disse fugindo do assunto.

- Só fazer mais bebe, quer que eu faca pra você? -Irene disse se levantando.

- Nãaaao madrinha... quer saber eu faço, aliás seria ótimo que já vou me acostumando. -Disse um tanto eufórica, colocando minha tia sentada novamente, segurando a pelo ombro.

Eu queria de todas as maneiras sair daquele lugar, fui em direção a cozinha, primeiramente aliviada, estava sozinha, graças ao bom Deus, aquela casa era enorme eu posso tentar me manter longe dessa menina, ai meu Senhor por que aqui, justo aqui, mas não é o fim do mundo Lisa, não é, eu repetia pra minha mesma.

Procurei em varias portas a pipoca para que pudesse fazer, aquela cozinha era quase do tamanha da minha casa, como eu iria achar isso sozinha, continuei abrindo tudo tentando não derrubar nada e fazer uma bagunça.

- Ta na terceira porta a esquerda, do lado do microondas. -Uma voz tímida disse logo atrás de mim, mesmo que fraca, ainda sim me assustei pelo silêncio que se encontrava o ambiente o que me dez derrubar o resto da pipoca no pote no chão da cozinha.

- DROGA! -Eu disse me agachando pra limpar a sujeira no chão.

- Me desculpe eu não queria te assustar. -Ela disse num tom doce.

Me virei e era Jennie, a garota estava com dois copos e me olhava envergonhada.

- Tudo bem, não foi nada, eu sou meio lerda. - Disse enquanto limpava a bagunça tentando não olhar fixamente para a garota na minha frente.

- Eu vim buscar mais refrigerante. - A pequena disse colocando os copos sobre o balcão enorme da cozinha, e indo em minha direção para me ajudar.

- Não se preocupe senhorita Jennie, eu me viro sozinha.

Ela se levantou e começou a encher os
copos, enquanto eu voltei a limpar a sujeira no chão, logo que encheu os dois copos e ia sair ela se virou pra mim.

- Acho que "senhorita" é meio pesado demais pra você se referir a mim, temos a mesma idade. -Ela disse dando ênfase ao "senhorita", e sorrindo depois.

- Eu não conheço você, e automaticamente eu trabalho aqui agora, aliás minha mãe, mas sou a filha da empregada. -Disse de cabeça baixa olhando pro chão.

- E eu automaticamente já conheço você Lisa, aliás, boa parte de você...

Ela se assustou com o que mesmo disse.

- Quero dizer, eu não conheço boa parte de você... eu só...  boa parte do seu corpo... não, não.... meu Deus...

- É melhor parar, ta se complicando. -Disse a interrompendo e dando um sorriso fraco.

- Quero dizer, só não me chame de senhorita, me chame de Jennie, só Jennie. -Ela saiu em passos largos quase derrubando os copos em suas mais, devo assumir que era uma cena adorável.

Quando acabamos o filme já era noite, eu estava exausta da viagem, de tudo, mas ainda tinha a pior parte, despedir de minha madrinha, fomos junto com Jennie e Rosé ate o aeroporto, os planos da mais velha eram passar alguns dias em Paris ajudando a mãe de Jennie que se encontrava la agora, e quando ela voltasse Irene ficaria por la cursando fotografia que sempre foi seu sonho, acho que foi Irene Unnie que me fez amar tanto fotografia, minha primeira câmera foi ela quem me deu.

Logo que chegamos todos nós a abraçamos, uma por vez, mas me doeu muito quando chegou na vez de Jennie, eu mal conhecia a garota, mas estava mal pela cena que estava a minha frente, a garota se debulhava em lágrimas, agarrada a cintura de minha madrinha como uma criança de 5 anos, aquilo era de se cortar o coração.

- Elas se adoram muito né? -Sussurrei para a Rosé que estava ao meu lado.

- Você não faz ideia. -Ela disse com um tom triste.

- Eu sinto muito, espero que ela goste de minha Omma, ela é uma pessoa extremamente cuidadosa, vai se esforçar.

- Eu sei que vai Lisa. -A morena disse indo ate Jennie e abraçando pelo ombro.

Assim que chegamos na casa, fui direto ao quarto enquanto minha omma fazia o jantar para Jennie, Rosé já tinha ido embora, cheguei a achar que ela fazia parte da familia Kim, mas era só a melhor amiga de Jennie.

Tentei varias vezes ligar para Dahyun, mas sempre dava na caixa postal.\par

- Droga Dubu! Por que não me atende. -Disse olhando para o celular com os olhos marejados.

Não tinha como ficar tudo mais confuso que agora.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...