História Clans Made By Hibrids.- YoonSeok. - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jungkook, Suga
Tags Bangtan Boys, Bts, J-hope, Jikook, Namjin, Shipps, Sope, Suga, Yoonseok
Visualizações 10
Palavras 3.697
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Hentai, Lemon, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Survival, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


OIEEE!!! Desculpa a demora!!! Mas estou me mudando para o interior... Entaummm sinto muito... Mas ai está um capítulo prontinho :3

Capítulo 2 - "Meu Mentor Me Odeia".


Capítulo 2:

“Meu mentor me odeia”.

A caminhada parecia não ter mais fim, o silencio havia se instalado desde o começo da trilha, não sabia ao certo se podia confiar naqueles ali presentes, mas sentia em seu peito que havia feito a decisão certa, por mais que seu cérebro lhe dissesse o contrário.

-Garra De Tigre, tu te importas de levar Hoseok e Jungkook até o acampamento sem mim? Tenho assuntos inacabados a resolver. -Estrela De Tule se pronunciou parando de caminhar junto a nós.

-Eu irei com você. -Ele disse rapidamente, encarando-me de soslaio.

-Você precisa leva-los ao acampamento, eu ficarei bem sozinha, sei me defender muito bem. -Após terminar de falar se virou e sumiu dentre as plantações, deixando o gato extremamente enfurecido para trás.

Voltamos a andar em silencio, o desconforto crescera quando visualizou a carranca que havia se formado no rosto do mais velho, parecia estar descontente com sua presença.

-Hm, Garra De Tigre... Eu posso levar Hoseok até o acampamento sozinho, pode ir atrás de Estrela De Tule. -Jungkook se pronunciara pela primeira vez desde que vira Garra De Tigre.

-Obrigado, Jeon. -Ele disse somente antes de desaparecer dentre as vinhas, assim seguindo o caminho antes traçado por Estrela De Tule.

Após alguns segundos Jungkook suspirou aliviado, curioso do por que o mais novo ter feito tal ato o encarei confuso.

-Eu não consigo entender o porquê Estrela De Tule confiar nele... Eu tenho medo daquele animal! -Ele disse ainda com sua expressão de alivio, provocando boas risadas de minha parte.

-Concordo plenamente! -Me pronunciei, fazendo o mesmo sorrir.

-Ei... Que tal voltarmos à nossa forma humana? Essas quatro pernas estão me matando! -Ele disse de repente, assim lendo meus pensamentos.

Assenti de imediato, assim o fazendo, logo senti minhas pernas se firmarem no chão, minha pelagem laranja se tornara meu cabelo ruivo, mas minhas orelhas e cauda ainda permaneceram.

-Uau, Hoseok Hyung! Você é muito bonito! -Jeon disse ao fitar-me, não poderia dizer ao contrário, mais parecia um anjo com suas orelhinhas branquinhas e seus dentinhos de coelho, seu cabelo tinha a coloração castanha, parecia ser tão macio quanto sua cauda felpuda.

-Digo o mesmo, Jungkookie! -Disse sorrindo tímido, o mesmo não parava de fitar-me de cima a baixo, agradeci mentalmente por estar usando uma calça jeans e uma regata que seu dono lhe dera, ao contrário de Jungkook, que usava somente uma bermuda preta que parecia um tanto desgasta. -Hãn... vamos?

Após minha fala o garoto percebe que estava a olhar-me demais, assim afirmou de imediato e voltara a mostrar-me o caminho para o tão esperado acampamento.

-X-

 

-Chegamos! -O garoto disse quase que em um grito ao visualizarmos uma entrada feita de tojo, quando passamos por o que parecia um túnel eu tive a mais bela visão que já poderia ter visto.

Uma clareira que mais parecia ser um vilarejo devido às construções, haviam diversas “casinhas” em um canto do acampamento, no centro havia uma grande pedra que se emendava para trás, possivelmente uma toca havia no interior da rocha, mais para o fundo haviam mais construções, parecia um grande salão, de lá saiam diversas garotas cobertas por vestidos possivelmente feitos por folhas e outros materiais encontrados na floresta, também visualizara gatos correndo por dentre o acampamento, alguns carregavam com sigo presas, ou seja, camundongos, peixes, esquilos e somente um levava consigo um galho carregado de frutos desconhecidos por si.

-É lindo, não é? -Jungkookie retirou-me de meus devaneios ao falar ao meu ouvido.

Envergonhado com seu ato assenti, o garoto não possuía noção de espaço pessoal?!

-Venha, irei lhe apresentar meus amigos. -Ele disse novamente, desta vez se dirigindo ao local que possuía diversas casas construídas com madeira entre outros materiais.

Quando chegamos ao local haviam três Híbridos ali presentes, porém, um deles dormia profundamente, então talvez não o fosse conhecer naquele momento.

-Ei, galera! Temos um novo aprendiz! -Jungkook anunciou animado, pondo-se ao lado de um de seus amigos, que por sua vez possuía cabelos rosados e um sorriso simpático.

-Olá! -Ele dissera, mas logo sua expressão mudara drasticamente. -Ei... Que cheiro é esse...?

Assim que ele se pronunciara questionei-me sobre o que o mesmo dissera, mas logo fora explicado por Jungkook.

-Ah... E-Ele é um...

-Gatinho-De-Gente! -Para nossa surpresa a frase fora completada pelo hibrido que antes estava a dormir, sua voz estava embargada devido ao sono, mas a repulsa era forte em sua voz.

-Oi Suga! -Jungkook se pronunciou, mas ao perceber a expressão de desgosto do mesmo se calara imediatamente;

-O que este Gatinho-De-Gente está fazendo aqui?! -O tom de sua voz aumentara drasticamente, fazendo com que eu me encolhesse para perto do de cabelos rosados.

-Calma ai Suga! Jungkook disse que foi Estrela de Tule que o convidou para o Clã! -O rosado pôs-se a minha frente em posição de defesa, como se estivesse a me proteger.

-Então Estrela De Tule está aceitando Gatinhos-De-Gente?! Era só o que me faltava! -Sua voz possuía tanto ódio que pensei que o mesmo fosse pular pelo rosado e matar-me rapidamente, mas não o fez.

-Vamos esperar Estrela De Tule chegar da missão, e aí você tirar satisfações com ela! Por enquanto, vá se perder em algum lugar e o deixe em paz! -O rapaz parecia realmente preocupado com seu bem-estar, já que estava a ameaçar o garoto que possuía praticamente o dobro de sua força a julgar pelos músculos.

Para minha surpresa o garoto virou-se e fez o que o rosado lhe havia sugerido, surgindo dentre as árvores que embelezavam o local.

-Não se preocupe com Suga, só está de mau humor por que acordou... -Ele disse após virar-se para mim, sorrindo gentilmente. -Qual seu nome?

-J-Jung Hoseok... -Disse em um fio de voz, mas fora o suficiente para que o mesmo escutasse.

-Meu nome é Jimin, se ele voltar a te perturbar pode me chamar, eu sou guerreiro há mais tempo que ele, então ele tem respeito a mim, mesmo que seja pouco... -Ele disse sorridente, pondo-se ao lado de Jungkook, que somente observava a situação.

-Guerreiro? -Perguntei confuso.

-Ainda não explicaram nada a ele? -Jimin desta vez se direcionou a Jungkook, que por sua vez abaixara a cabeça envergonhado. -Tem sorte que gosto de você moleque, se não te dava umas palmadas! -Após dizer isto Jungkook riu anasalado, pressionando seu corpo no do mais velho, que ronronou com o carinho.

-O que vocês são um do outro? -Perguntei um tanto envergonhado com as caricias.

-Sou o mentor dele. -Jimin disse simples, enquanto fazia cafuné no mesmo.

-N-Nada mais que isso! -Jungkook completou quase que de imediato, ficando um tanto avermelhado.

-Ah okay... -Respondi, mas antes que eu pudesse dizer algo à mais sou interrompido por miados vindos do lado de fora, rapidamente sou puxado por Jimin e Jungkook para fora, assim vendo Estrela De Tule sobre a grande rocha no centro do acampamento.

-Tenho um anuncio a fazer! -Estrela De Tule usava um tom autoritário, sem dúvidas ela era a líder daquele Clã. -Hoje estamos recebendo um novo aprendiz!

-Mas os filhotes ainda não completaram 6 luas, Estrela De Tule! -Alguém gritara em meio ao aglomerado em volta da rocha.

-Não se trata de um aprendiz nascido no clã! -Ela anunciara firme, recebendo gritos de desaprovação, que logo foram cessados com um olhar reprovador da mesma, que parecia não ter terminado sua fala. -Eu e Garra De Tigre estávamos em uma missão de vigilância dentre as fronteiras devido à luta que ocorrera algumas luas atrás, então encontramos um Gatinho-De-Gente, que aceitou se juntar ao clã. -Após sua fala os mesmos murmúrios irritados surgiram na multidão, Estrela De Tule me encarou por um tempo, até que entendi o que a mesma desejava.

Caminhei lentamente até ficar bem à frente da grande rocha, assim sendo o único ali na frente, todos os olhares foram direcionados a mim, fazendo com que minhas bochechas queimassem de imediato.

-Eu, Estrela De Tule, líder do Clã Das Sombras declaro que a partir desse momento, você será conhecido como Hope, a esperança.

 

Suga, será você que irá mentorear Hope nesta jornada de entender o código dos guerreiros e tornar-se digno de ser um guerreiro deste Clã. -Assim que a gata pronunciou o nome já conhecido por mim encontro-o no meio da multidão, o ódio queimava em seu olhar, mas não ousara dizer qualquer coisa para Estrela De Tule. -Você está pronto para receber seu próprio aprendiz.

Suga, você se mostrou um guerreiro forte e habilidoso, faça tudo o possível para passar o que sabe a Hope. -Ao terminar estas palavras miados de insatisfação e protestos surgiram no meio da multidão, Suga fuzilava-me com os olhos, mas não se atrevia a mexer sequer um musculo, talvez por medo de Estrela De Tule o repreender, ou até pior.

-JÁ CHEGA! -Desta vez a calmaria não existia na voz da jovem gata, que estava enfurecida. -EU SOU A LIDER DESTE CLÃ! PORTANTO EU DECIDO QUEM IRÁ ENTRAR OU SAIR DESTE CLÃ! SUGIRO QUE TRATEM HOSEOK COM O RESPEITO QUE TRATAM UNS AOS OUTROS, OU TEREI DE TOMAR MEDIDAS DRÁSTICAS AO QUAL NÃO DESEJO TOMAR!

E assim fora o dia em que se tornara o mais novo aprendiz do tão subestimado Clã Das Sombras, ou seja, o dia mais desastroso de sua vida.

-X-

-Não se preocupe, Hope, não vou deixar ele fazer nada com você. -Jimin dizia enquanto guiava-me para meu novo dormitório.

-É fácil dizer, Jiminie! Você viu o jeito que ele me olhou?! Achei que fosse pular no meu pescoço no meio da cerimônia! -Disse quase aos prantos, após saber que teria de dormir com Suga todos os dias não conseguira mais tirar os olhos cheios de ódio do mais velho.

-Ele não pode te fazer mal, Hope... É seu mentor. E não irei te deixar sozinho com ele, quando ele for te levar para o treinamento irei junto com Jungkook, ele não pode te fazer mal comigo por perto. -Jimin tentava me reconfortar, mas sabia que não era exatamente a verdade, mas queria de alguma forma tranquilizar-me.

-Tudo bem... -Disse já cansado daquela conversa, teria de deixar de ser mimado, ou era possível ser expulso por Estrela De Tule.

-Agora vá, Suga está o esperando lá dentro, se ele te ameaçar grite, estarei aqui por perto com Jungkook. -Jimin disse enquanto empurrava-me suavemente em direção à porta de madeira.

Assenti nervoso, adentrando minha nova toca, olhei para os lados à procura de Suga, que para minha surpresa, estava estirado na cama de palha e musgo, encarando o teto pensativo.

-Já está aqui Gatinho-De-Gente. -Ele se deu ao trabalho de enfatizar a última palavra, assim deixando bem claro que não aceitava minha origem.

-S-Sim, Suga... -Disse baixinho, trêmulo e suado devido ao medo crescente.

-A partir de agora você irá me chamar de Min Yoongi, não quero que meu nome de guerreiro seja pronunciado por um mero Gatinho-De-Gente. -Ele disse ríspido, levantando em seguida da cama, encarando-me com ódio.

-S-Sim, Min Yoongi. -Disse cabisbaixo, não sabia o porquê daquele ódio por si, o que havia feito de tão errado?

-Vamos logo antes que eu perca minha paciência. -Ele disse somente antes de sumir pela porta de madeira, assim se dirigindo até a floresta.

Corri para acompanhar seus passos rápidos, mas o mesmo parara e olhara-me com reprovação.

-Caminhe por pelo menos um metro de distância, não quero sentir esse cheiro de Gatinho-De-Gente. -Sua voz soara ameaçadora, mas suas palavras não saíram da forma de Yoongi esperava.

-T-Tudo bem... -Respondo cabisbaixo, esperando Yoongi se distanciar consideravelmente assim, pondo-se a andar atrás de si, curioso para saber o que viria em seguida.

-X-

-Transforme-se. -Yoongi disse um tanto entediado, enquanto esperava eu fazer o que pedira, assim revelando meu pelo alaranjado e felpudo.

-Yoongi Hyung, o que vamos aprender? -Perguntei após minha forma felina ser revelada.

-As coisas básicas que um Gatinho-De-Gente não sabe fazer. -Ele disse ríspido, mas ao menos não estava tão mal-humorado quanto antes. -Tudo bem, agora, ponha-se em posição de ataque, vamos aprender como caçar, algo que você nunca fez na vida já que sua comida vem de bom grado no seu prato.

-Okay. -Disse ignorando sua ignorância, fazendo o que havia sido pedido.

-Chama isso de posição de ataque?! Parece que está comendo grama! -Sua voz se elevou em um tom quase que ameaçador, o mesmo logo assumira sua forma felina.

Ficara encantado com sua pelagem branca feito neve, seus olhos eram esverdeados meio acastanhados, se assemelhavam ao mel, igualmente saborosos.

-Veja como um verdadeiro guerreiro faz, Gatinho-De-Gente. -Ele disse logo fazendo o que me foi pedido, deixando-me de boca aberta.

Percebi que o que eu havia feito era extremamente o contrário do que deveria ter sido executado, suas patas estavam exageradamente postas para frente, enquanto suas patas traseiras estavam demasiadas para frente, arrumou sua posição tentando imitar Yoongi, e para seu alivio conseguira fazer tal coisa.

-Assim mesmo. -Ele disse surpreendendo Hope, que finalmente conseguira agradar o mais velho. -Agora use seu olfato e tente localizar alguma presa.

Ergui meu focinho para cima, tentando de alguma forma distinguir os cheiros da floresta, mas estava confuso, eram tantos cheiros misturados que não sabia qual pertencia à qual.

-Se concentre, abra um pouco os lábios para distinguir melhor, visualize a presa e ache-a. -Yoongi disse calmo, vendo que eu estava com dificuldades.

Fiz o que lhe fora dito, assim entreabrindo meus lábios, visualizei um belo camundongo, e assim, sentira seu cheiro. Abri os olhos rapidamente, assim avistando a criatura nas raízes de um salgueiro.

-Ali, Yoongi Hyung! -Disse eufórico, mas mantive o tom baixo para não assustar a criatura.

-Agora se aproxime devagar na posição de ataque, não faça ruídos, ou irá denunciar sua posição. Camundongos possuem uma audição muito boa, sem contar seus reflexos, uma vez que ele lhe ver estará perdido, ele irá correr como se sua vida dependesse disso, e realmente depende. -Yoongi explicava enquanto voltava a sua forma humana, enquanto falava apanhara uma maçã caída no chão, sentando-se ao pé de uma árvore e se deliciando com a fruta madura.

Assim que o mesmo absorvera as informações pôs-se em posição de ataque, aproximou-se sorrateiramente, olhava fixamente para o pequeno animal, que por sua vez estava a mastigar uma semente que encontrara nas raízes do salgueiro, quando estava a um passo da criaturinha a mesma percebeu sua presença, mas já era tarde demais, antes que a mesma pudesse reagir Hope lhe acertara com a pata direita, atordoando o animal, rapidamente pusera suas garras para fora, acertando a cabeça do animal, matando-a em segundos. Pegou o animal delicadamente com a boca, assim a carregando até Yoongi, que estava a lhe assistir atentamente, por mais que no momento que Hope se virara para si tentara disfarçar olhando para as árvores.

-Olha só, o Gatinho-De-Gente sabe fazer alguma coisa! -Ele disse sarcástico enquanto mordia novamente sua fruta.

Hope apenas o ignorou, largou sua presa ao lado da arvore onde Yoongi estava escorado, rapidamente usara suas patas dianteiras para jogar um pouco de terra por cima de sua presa, para afastar outros animais que pudessem a levar.

-O que devo fazer agora, Yoongi Hyung?

-X-

 

O resto do dia fora baseado em caçar, caçar e caçar, Yoongi havia adormecido encostado na mesma arvore, Hope ficara com medo de lhe acordar e receber bronca, então apenas tentou juntar o máximo de presas possível, para quando Yoongi acordasse se surpreendesse com Hope e lhe desse valor, mas não era tão fácil quanto Hope pensava ser.

Após pegar o que achava ser necessário voltou até a arvore onde havia deixado as presas anteriores, se surpreendera ao ver a pilha que havia juntado, orgulhando-se de seu trabalho, após depositar sua última presa na pilha tratou de encontrar uma folha de arvore grande o suficiente para usar como uma bolsa para carregar o tanto de presas que ali havia.

Após achar o que queria colocou o que coubera na folha, mas para sua decepção haviam faltado algumas, o que lhe dificultaria o trabalho, mas fora surpreendido por um bocejo vinde de Yoongi, que havia acordado finalmente.

-O que está fazendo, Gatinho-De-Gente? -Ele perguntou com os olhos inchados devido ao sono recente.

-Estou tentando levar as presas que peguei para o acampamento, mas não consigo levar todas... -Disse envergonhado, não queria que Yoongi o visse com dificuldades em executar uma tarefa simples.

-Eu ajudo. -Ele disse para sua surpresa, logo assumindo sua forma felina e pegando o resto das presas com a boca.

-Nossa! Você pegou tudo isso sozinho?! -Ele perguntou com a boca cheia de presas, mas Hope entendera sua fala.

-S-Sim..., Mas foi por que você me ensinou direitinho! Obrigada Yoongi Hyung! -Hope exclamou, surpreendendo Yoongi, que não esperava tamanha consideração por si, mas logo voltara à sua expressão irritada, precisava se lembrar que Hope era um Gatinho-De-Gente, não poderia, em hipótese alguma se deixar levar por aquele animal repugnante, não novamente.

-X-

Assim que chegaram ao acampamento após muita caminhada, foram recebidos com miados surpresos e agradecidos, todos estavam surpresos com o tanto de presas que haviam conseguido apanhar, já que estavam passando por escassez de fome naqueles dias.

-Aposto que foi o Suga que pegou tudo aquilo! Aquele Gatinho-De-Gente não conseguiria matar um camundongo nem se ele se deitasse nas suas patas! -Algumas garotas comentavam risonhas perto dali, onde Hope e Yoongi depositavam as presas, mas para o azar delas, Yoongi havia escutado.

-Querem calar a maldita boca? Foi ele que pegou isso sozinho, então parem de falar o que não sabem e vão fazer alguma coisa que preste! Por que até o Gatinho-De-Gente que vocês tanto falam foi prestativo! -Yoongi usava um tom elevado para as mesmas, que arregalaram os olhos de surpresa, mas não estavam tão surpresas quanto Hope, que estava ao lado de Yoongi quando o mesmo dissera aquilo.

-O-Obrigado, Yoongi Hyung. -Hope disse sorrindo pequeno, mas logo se arrependera de tê-lo agradecido, esquecera que Yoongi era um completo idiota, e não faria nada que não fosse por ele mesmo.

-Não disse aquilo para te defender. Foi por que eu sou seu mentor, se você fizer alguma merda eu vou ser responsável. Então apenas faça o que tenha que ser feito e cale a boca. -Após dizer estas palavras com ferocidade Yoongi se dirigiu ao dormitório, já estava a anoitecer, e sabendo o quanto o mesmo era preguiçoso, sabia que ele já iria dormir.

Ficou alguns minutos encarando o nada, ainda tentando entender o ódio de Yoongi, mas não recebera uma resposta, mas fora retirado de seus devaneios por Jimin, que estava a lhe encarar por um certo tempo.

-Olá, Jiminie. -Disse somente, pondo-se ao lado do mais velho, que depositara uma lambida no centro de sua cabeça felpuda.

-Olá, pequeno. O que houve? Por que está triste? -Jimin perguntou enquanto me guiava para sua toca, enquanto Jungkook estava o esperando lá.

-O Yoongi... Ele é tão malvado comigo... -Disse segurando as lágrimas que queriam rolar, estava chateado, havia feito tudo direitinho, mas ele não o havia nem mesmo lhe parabenizado.

-Não se preocupe com isso, ele deve ter seus motivos... -Jimin tentou me confortar.

-Oi Hope! -Jungkook me saudou, indo de encontro com Jimin, que lambera a bochecha do mesmo, o fazendo ronronar.

Apenas ignorei as caricias trocadas por ambos enquanto fitava o nada, estava pensativo naquele momento, queria descobrir o porquê de Yoongi ser tão ignorante consigo, mas não obtivera sucesso.

-Jimin-Hyung... Hope está aqui... -Sai de meus devaneios imediatamente quando ouvi tal frase, minhas bochechas esquentaram incrivelmente, meu rosto estava um verdadeiro tomate.

-J-Já e-e-estou de s-saída! -Disse sem me virar para ver o que ambos estavam a fazer, assim correndo para meu dormitório.

Pude ouvir as risadas de Jimin quando sai de lá praticamente correndo, talvez estivesse entendido errado, esperava ter entendido errado, pois não queria imaginar aquela cena nojenta. Ao adentrar seu dormitório logo visualizara Yoongi dormindo profundamente, estava em sua forma humana, logo vira sua cauda extremamente felpuda se mexer levemente, observava aquela cena fofa ainda na entrada, sem coragem de se aproximar mais, porém, a voz de Yoongi lhe despertara de seus pensamentos.

-Vai ficar aí na porta me olhando, Gatinho-De-Gente? -Yoongi dissera com a voz embargada devido ao sono, mas não deixara de soar ríspida e seca.

-N-Não quero que sinta meu cheiro ruim. -Disse rapidamente enquanto se virava para sair, mas fora interrompido pelo Min.

-Se você dormir lá fora Estrela De Tule irá me repreender, as regras são claras, os aprendizes devem dormir junto com seus mentores. -Desta vez sua voz não possuía maldade ou agressividade, estava calma, o que surpreendera Hope.

-M-Mas... -Tentou encontrar algo para sair daquela situação, mas não havia o que dizer, era simples, teria de dormir com Min Yoongi. -Tudo bem.

Aproximou-se lentamente do garoto, o mesmo ainda estava de olhos fechados, o que facilitou para Hope, o mesmo escorou-se na parede ao contrário da cama, assim aconchegando-se no chão gélido, tentando não irritar o Min, mas não obtivera sucesso.

-Francamente! É tão difícil de entender?! -Yoongi assustara Hope com sua voz elevada e zangada, rapidamente Yoongi se levantara da cama indo na direção de Hope, que se encolhera contra a parede, temendo o que estava por vir, mas para sua surpresa os atos de Yoongi foram totalmente contraditórios com o esperado, ao invés de suas mãos irem de encontro com seu rosto desferindo ali um tapa, foram de encontro com as coxas do menor, as elevando, assim pondo Hope em seu colo, o levou até a cama, o deitando na mesma, assim se deitando ao seu lado, Hope não sabia o que pensar, esperava receber tapas e broncas do maior, ao invés de ser colocado em sua cama.

-Essa cama é muito pequena para nós dois. -Ele disse encarando-me fixamente. -Venha cá.

Após dizer isso Min me ajeitou em seu peito, uma de minhas pernas ficou sobre a sua, ajeitei-me praticamente grudado ao maior, que suspirou pesadamente ao nos ajeitarmos.

-Boa noite, Yoongi. -Disse baixinho.

-Boa noite, Hobi. -Ele disse surpreendendo Hope completamente, e para sua surpresa Yoongi depositou um selar em sua testa, assim fechando os olhos, adormecendo juntamente à Hope, que tivera uma das noites mais tranquilas e confortáveis de sua vida.


Notas Finais


Desculpe qualquer erro, espero que gostem, irei explicar esses... comportamentos bipolares logo, então não se preocupem com o relacionamento ser rápido demais sem história, particularmente não gosto de histórias assim, então não se preocupem <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...