História Coleção De Fotos - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Kai, Sehun, Xiumin
Tags Chanbaek
Visualizações 56
Palavras 2.544
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá pessoinhas!
Essa fic será bem curtinha, terá três capítulos apenas...

Boa leitura ❤️

Capítulo 1 - A Viagem


Fanfic / Fanfiction Coleção De Fotos - Capítulo 1 - A Viagem

Por mais que o empresário bem sucedido já esteja em seus plenos trinta anos, nada o impede de ter alguns passatempos. Pode ser um tanto quanto estranho para algumas pessoas, mas Chanyeol tem um vício, esse que não é em drogas, bebidas alcoólicas ou em jogos. 

Seus amigos e familiares para quem confessa seu "hobby predileto", dizem que isso é uma coisa que apenas adolescentes fariam, que o grandão tem que amadurecer, ser o adulto que ele aparenta.

Mas poxa vida!

Chanyeol simplesmente tem uma tara imensa pela bunda de seu namorado, onde as pessoas conseguem enxergar algum problema nisso? 

A vida é dele, se ele quiser ter vários pôsteres das nádegas perfeitas de seu namorado colados nas paredes de seu quarto, o problema é dele! Desde que Baekhyun não se sinta constrangido ou incomodado, ele irá continuar com isso. 

Até porque, quando se tem uma bunda que foi escupida pelos deuses — inclusive os mínimos detalhes —, não se pode perder a grandiosa chance de enaltece-la. Coisa que o moreno faz muito bem, além dos posteres espalhados pelo quarto, Chanyeol tem sua coleção de fotos exclusiva, chamada "glúteos dos deuses".

 

— Chanyeol? Acorda seu folgado! Não se esqueça que você ainda está no trabalho, deixe para sonhar com o Baekhyun depois. — Sehun sacode seu melhor amigo babão e também cunhado, que está dormindo despreocupadamente na mesa do escritório. Para o platinado, muitas vezes parece que seu amigo é uma criança ainda, apesar da idade.

 

— Ahn? O que? Baek? — Chanyeol acorda perdido, logo percebendo a situação, se compostura rapidamente.

 

— Vai logo para casa, ao contrário, perderá seu voo. Já deu a hora. — Sehun revira os olhos.

 

— Até que em fim, não estava mais aguentando! Obrigado Sehun, até semana que vem, não esquece de mandar um abraço para o Luhan. 

 

— Ta, ta, vai logo! Ou você quer perder o voo? — O loiro pergunta, já perdendo o único pingo de paciência que o restava.

 

— Ui seu amargo, estou indo! — O empresário fala, abrindo a porta e saindo de seu escritório.

 

— Boa viagem, cuide bem do meu irmão, se não eu corto seu pau fora! — Sehun grita, já tendo consciência que seu cunhado escutaria. 

Por mais que Chanyeol seja uma pessoa extremamente brincalhona e infantil, ele sabe separar muito bem os feitos. Por isso, na maioria das vezes, obtém sucesso em seu trabalho e consequentemente — informalmente falando — ele nada no dinheiro.

Amanhã será o grande dia, em que Chanyeol e seu pequeno completaram três felizes anos de namoro. Por isso, o moreno mais alto planejou uma viagem de uma semana, para Bahamas, no Caribe. Eles embarcaram no avião hoje e chegaram amanhã logo depois do almoço no destino.

Chanyeol conseguiu tirar uma semana de folga no trabalho, sem problema algum, pois além de ser dono do próprio negócio, ele deixou seu fiel escudeiro, Sehun, no comando e a única coisa que o mesmo deseja, é boa sorte para os funcionários.

O sonho de seu baixinho sempre foi visitar as lindas praias em Bahamas, porém, o empresário nunca teve tempo para levá-lo e agora com a comemoração, seria a oportunidade perfeita!

O grandão não poderia estar feliz, ademais de poder contemplar o sorriso retangular perfeito de seu namorado, poderá aproveitar a situação para encher sua galeria com mais fotos dos "glúteos dos deuses".

 

 

*  *  *  *  *  *  *  *  *  * 

 

 

Atrasado como sempre, Baekhyun aperta o passo para encontrar seu namorado no aeroporto. O combinado seria eles se encontrarem no terminal número três, para embarcarem juntos, contudo, como sempre, o baixinho está atrasado.

Ao contrário do que muitos pensam, não é fácil ser um universitário de dezoito anos que mora sozinho, trabalha a tarde inteira e vai para faculdade de manhã. Sucessivamente Chanyeol se oferece para pagar sua mensalidade e o hospedar permanentemente em sua casa, mas obviamente, Byun sempre recusa.

Muitas vezes já aconteceu do universitário ir pagar sua mensalidade e para sua surpresa, a mesma já estar paga. Sem pensar duas vezes foi atrás de Chanyeol  e o devolveu todo o dinheiro devidamente, depois de muita insistência é claro.

Não está em seus planos depender de seu namorado rico, afinal, Baekhyun não está com Chanyeol por interesse em dinheiro, e sim por simplesmente amar o grandão com todas suas forças.

Usando muito esforço para correr com a mala pesada pelo aeroporto e com a passagem já comprada por Chanyeol — depois de muita teimosia do mesmo —, Baekhyun encontra Chanyeol, esse que vem — também — correndo em sua direção.

 

— Oi meu amor. — O mais baixo fica na ponta dos pés e sela carinhosamente os lábios de seu namorado, que envolve seus braços — nem tantos — musculosos em torno da cintura do pequeno, seguidamente apertando as nádegas do mesmo.

 

— Oi Baek, meu bebê está ansioso? 

 

— Channie não faz isso em público, é vergonhoso. — Baekhyun tenta afastar as mãos de seu namorado tarado daquele lugar que o mesmo tanto ama, quando consegue, cora direcionando seu olhar para os sapatos. 

 

— Desculpa meu amor, eu não consegui resistir. — Chanyeol solta uma risadinha e beija o nariz de seu amado, logo após, entrelaça sua mão com a do mesmo, caminhando até o próximo rumo.

Chegando lá, o casal entrega as malas a moça que recolheu-as educadamente, para elas seguirem em direção a cabine do avião. 

Agora aguardando o comissário de bordo anunciar o horário de embarque, o casal se encontra sentado nas cadeiras de espera. Como as passagens são de primeira classe, serão chamados primeiro.

 Pensando em como será perfeita essa viagem, Baekhyun, além de que irá visitar um lugar diferente, que sempre sonhou, terá a companhia de seu namorado. Não poderia ser mais perfeito. Tudo estava tranquilo, até o  baixinho perceber que Chanyeol está acariciando sua coxa, despudoradamente e descaradamente. 

 

— Channie! Aqui não.

 

— Ninguém está vendo Baek. — Realmente, ninguém está prestando atenção, porém, tem crianças aqui, Baekhyun está morrendo de saudades de seu namorado, mas não pode arriscar. Quando tentou dizer isso a Chanyeol, o mesmo começou uma trilha de beijos em seu pescoço, enquanto ainda acariciava sua coxa.

 

— C-Chan para aqui não, ahn p-por favor.

 

— Tudo bem então.

O mais novo até estranharia se não estivesse acostumado , seu namorado é insistente, ele não pararia agora, principalmente sabendo que Baekhyun também quer tirar uma casquinha.

Chanyeol levanta puxando o menor junto, com as mãos entrelaçadas, eles andam apressadamente até o banheiro, quando adentram o mesmo, o empresário rapidamente entra em uma das cabines, levando Baekhyun consigo e seguidamente prensando o mesmo contra a parede.

O maior não perde tempo em atacar os lábios que tanto ama, ao mesmo tempo em que suas mãos passeiam pelo corpo, também amado.

Chanyeol simplesmente ama tudo em seu namorado.

Pela imensa saudade que estava do grandão, Baekhyun nem se importou com o lugar em que se encontravam, agora ele só quer aproveitar os lábios de Chanyeol.

 

— Vira e empina essa bundinha deliciosa para mim, Baek. — O moreno mais alto pede sussurrando e logo após morde o lóbulo da orelha esquerda de seu namorado.

Chanyeol adentra suas grandes mãos na camisa de Baekhyun e começa a explorar o peitoral lisinho — já bem familiar — do mesmo, que estremece e se arrepia até o último fio de cabelo.

Depois de passear por toda aquela região, o empresário começa a descer suas mãos carinhosamente, escutando alguns murmúrios de Baekhyun quando chega na virilha, Chanyeol a arranha levemente e posteriormente, não demora em abrir os botões da calça de Byun, quando finaliza, desce a mesma até os pés do baixinho.

 

— Channie o que voc- ahn. — Baekhyun não consegue terminar sua fala por conta do susto que levou quando Chanyeol começou a apertar seu membro por cima da cueca branca.

 

— Baek você tem que ficar bem quietinho, vai que alguém escuta? — Park conhece seu namorado e sabe como é difícil para ele, reprimir os gemidos, contudo, ele estava se saindo muito bem agora.

Baekhyun estava louco e duro e Chanyeol não fazia nada para ajudá-lo, só continuava apertando levemente seu membro, sendo que o mesmo que o deixou assim! Que absurdo!

 

— A-amor. — O universitário suplicou quando Chanyeol abaixou sua cueca, agora dando a visão preferida do maior.

Não aguentando mais olhar e apreciar, o empresário rapidamente abaixa sua calça, ficando só com uma boxer vermelha. Chanyeol começa a apertar a bunda cheinha e durinha do menor com força moderada, seguidamente se aproxima mais ainda e encosta seu membro duro, nos "glúteos dos deuses", começando uma esfregação, ainda massageando o membro de Byun.

O maior separa as nádegas de Baekhyun , tendo a visão da entradinha vermelhinha e apertada. Isso fez o membro de Chanyeol pulsar em excitação, que sem conseguir se conter, retirou sua boxer, revelando o membro grande e  duro.

 

— Ah bebê, você é tão gostoso! E tão delicioso.

 

— A-ahn Channie. — Baekhyun quase grita quando Chanyeol com uma mão começa a masturbar seu membro, nem muito rápido nem muito devagar, mas numa velocidade que da para o gasto.

Com a mão livre, o mair aperta uma das nádegas de Byun, separando-a da outra. Vendo a entrada pulsante, Chanyeol tenta se conter para não enfiar seu membro todo de uma vez e apenas pressiona seu membro na vertical, logo depois, começando a esfregar o mesmo, como uma masturbação entre as nádegas do pequeno.

 

— Quando chegarmos no hotel, vou te foder até você não conseguir andar no outro dia, Baek. Pensa no meu pênis entrando e saindo bem rápido da sua entradinha apertada. 

 

— N-não fala essas coisas Channie. 

 

— Por que? Parece que aqui embaixo ninguém reclamou. — Chanyeol começa a apertar a glande do menor em uma massagem gostosa. O empresário sabe que a glande, é exatamente a parte mais sensível do membro do menor, como um segredo para o mesmo gozar. 

 

— A-ahn e-eu vou- ah.

 

— Isso goza para mim bebê. 

Sem conseguir conter, Baekhyun sente seu corpo todo estremecer, suas pernas fraquejam, que se não fosse por Chanyeol o segurando pela cintura, iria ter um encontro com o chão. Sua entrada se contrai seguidamente, enquanto aproveita uma das melhores sensações do mundo. Chanyeol ainda aperta sua glande, para o prazer se prolongar. 

O menor direciona seu olhar para baixo e enxerga perfeitamente a mão de seu namorado toda suja com seu gozo. Baekhyun se vira de frente para Chanyeol e encontra aqueles olhos o fitando com amor e carinho.

 

— Foi bom meu amor?

 

— Foi muito bom Channie.

 

— Fico feliz. — Chanyeol beija carinhosamente a testa de seu pequeno e começa a se vestir, porém, logo é impedido. 

 

— Por que está se vestindo? Agora é sua vez Channie.

 

— Baek você tem que entender que vendo você satisfeito, eu já fico satisfeito. 

Chanyeol não queria forçar seu namorado a fazer nada, ele sabe como Baekhyun teve que trabalhar essa semana, tudo isso para conseguir tirar uma semana de folga e ainda teria um pouco do salário descontado.

Baekhyun revira os olhos e logo olha para a privada, tendo a ideia perfeita para seu namorado se aliviar. Afinal das contas, não poderia deixar Park andando por ai duro.

Executando o ''plano'', o menor se esforça para ficar de quatro em cima da tampa da privada, todo empinado para Chanyeol, o último sitado engole seco.

 

— Vai logo amor. Você não quer se masturbar entre as minhas nádegas? Seria tão delicioso Channie, ter o seu pau entre elas. — Como de santo Baekhyun não tem nada, ele começa a provocar seu amado.

 

— A-ah Baek. — Aquela vista dos deuses que fez seu membro pulsar, aquelas palavras nada inocentes. Como o empresário poderia negar aquele pedido? Não tem como! 

Chanyeol separa as nádegas de seu namorado e aconchega seu pênis na vertical, igual ao ato anterior. Com muita vontade o maior não demora em movimentar o corpo de seu pênis, coisa que não é difícil, pois o mesmo já está todo liso por conta do pré-gozo.

 

— Channie, olha como a minha entradinha está necessitada de você. Acho que ela fica pensando em como você vai me foder quando chegarmos no hotel, forte, fundo e rápido, né? — Baekhyun para deixar a situação ainda mais gostosa, não demora em provocar seu namorado, novamente. 

 

— Ah bebê, ela vai ficar tão vermelhinha e doidinha. 

 

— Channie seu malvado! Você tem que ser delicado com o seu menininho! 

 

— Ahn Baek. 

 

— Goza para mim amor, pensa no seu membro se afundando dentro de mim, enquanto você aperta a minha bunda, bem forte. — Acelerando a masturbação e imaginando em todas as coisas que Baekhyun falou para provocá-lo, Chanyeol goza pensando: "A como esse menino irá sofrer hoje a noite".

 

— Passageiros do voo três, nove, cinco, primeira classe. Aeroporto de Nassau, Bahamas, por gentileza se dirigirem para a entrega da passagem e a apresentação do passaporte. 

Depois de escutar a chamada para o embarque o casal se assusta um pouco, mas rapidamente limpam-se e vestem-se. Saindo as pressas e pelo menos, aliviados, do banheiro. 

Quando chegam na área de entrega de passagens, as mesmas são entregues ao funcionário que estava as recebendo-as. Logo em seguida, apresentam cada um seu passaporte e se direcionam ao detector de metais, onde passam livremente.

Desprendidos para a decolagem, Chanyeol e Baekhyun, finalmente conseguem entrar no avião, onde se sentam na terceira fileira, com mais uma pessoa. Um menino coreano, muito fofo com fios de cabelo na cor loira.

 

— Olá! Meu nome é Minseok. — O rapaz se apresenta educadamente. 

 

— Olá meu nome é Chanyeol! — O empresário responde animado por ter mais alguém para conversar. Não que ele não goste de conversar com o seu pequeno Byun, Park simplesmente gosta de fazer novas amizades e aparentemente, Minseok é uma boa pessoa.

 

— Olá meu nome é Baekhyun e esse é MEU namorado, Chanyeol, que acabou de se apresentar. — O moreno da uma risadinha, daquelas mais falsas que nota de três reais, enfatizando o "meu". 

 

— Por acaso vocês iram ficar hospedados no hotel the reef atlantis também? — O loiro oxigenado, na visão de Byun, pergunta.

 

— Sim! 

 

— Wow! É a primeira vez que vocês iram para Nassau? 

 

— É, é a primeira vez sim. Sempre foi meu sonho e como estamos completando TRÊS ANOS de namoro, o Channie resolveu que seria um lugar muito bom para passar uma semana.

 

— Uma semana? Isso é muito legal! Também ficarei uma semana, se quiserem posso ser o guia turístico de vocês!

 

— Ah nã-

 

— Seria perfeito! 

 

— Hã? 

Chanyeol interrompe seu namorado, que o olha incrédulo. O empresário sabe exatamente o que está acontecendo, seu baixinho está se mordendo de ciúmes.

Acontece que o universitário não gostou nada desse tal de Minseok, para ele, o loiro oxigenado tem cara daquelas amigas falsianes. Que na sua frente só falta lamber o chão por onde você passa e pelas suas costas, te apunhalam. Sem contar os olhares nada inocentes que ele está direcionando para Chanyeol, que muito bobo não conseguiu perceber.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Essa será uma longa viagem para Baekhyun, ah e como será! 


Notas Finais


Espero que quem leu tenha gostado!

Minhas outras fanfics para quem se interessar ❤️

I Hate Loving You: https://spiritfanfics.com/historia/i-hate-loving-you-9164636

Minha Luz No Fim Do Túnel: https://spiritfanfics.com/historia/minha-luz-no-fim-do-tunel-10306763

Até o segundo capítulo ❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...