História Cometa Halley - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Wanna One
Personagens Daehwi, Jinyoung
Tags Bae Jinyoung, Jinhwi, Lee Daehwi, Wanna One
Visualizações 24
Palavras 773
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fluffy, Yaoi
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oii gente.
Escrevi essa oneshot ontem e era pra ser romântica skkskk.
Eu sinceramente não sei se gostei pq n ficou do jeito q eu tinha imaginado poreeeem fazia tempo que não postava oneshot e resolvi posta-la

Capítulo 1 - Único ( como você )


Eu nunca fui de acreditar em amor a primeira vista, almas gêmeas ou toda essa baboseira de filmes românticos. Sempre fui cético em relação ao amor, nunca me pareceu certo me apaixonar no primeiro encontro, gritei aos 4 ventos que pra me conquistar a pessoa teria que ralar mas aí você apareceu….

Você apareceu em um domingo de manhã na padaria ao lado do meu prédio, com um sorriso que céus! Fez meu coração parar por alguns segundos, me certifiquei de não deixar transparecer meu nervosismo enquanto você me atendia.

Na segunda, fui no mesmo horário, só que dessa vez fui mais arrumado, apenas para que você me atendesse e desse mais um daqueles seus magníficos sorrisos.

Na terça, criei coragem de dizer um “ oi, bom dia” e recebi um “ bom dia !” Muito empolgante da sua parte, naquele mesmo dia, consegui descobrir que na verdade você era filho do padeiro e tinha acabado de chegar de L.a, onde sua mãe morava - não me pergunte como descobri isso, tive que falar com a velhinha do duzentos e um- desde esse dia eu pensava em mil formas de puxar assunto com você.

Na quarta, descobri seu nome ao ouvir seu pai chamar “ Lee daehwi, venha aqui agora “ nunca esqueci dessa frase dele, porque foi a partir desse momento que o menino do sorriso lindo havia finalmente um nome, que já não saia da minha cabeça.

Na quinta, você parecia nervoso ao me atender, até pensei que algo havia acontecido, errou até mesmo ao me entregar o troco, resolvi deixar a vergonha de lado e perguntar o que tinha acontecido:

- Aconteceu alguma coisa ?.

Você relutou em responder, mas antes de eu desistir e sair, você disse:

- Seria estranho se eu te convidasse pra sair ?.

Me assustei com aquele convite inesperado.

- Seria mais estranho se eu aceitasse?

Você riu com minha resposta.

- Então isso é um sim ?.

- Sim.

Eu disse mais o nervoso que o habitual.

- Podemos nos encontrar aqui na frente da padaria, amanhã às 19:00 p.m, tudo bem pra você ?

- Sim, tudo ótimo.

E nada mais foi dito.

Na sexta, não fui a padaria de manhã, eu estava nervoso demais com a ideia de sair com um quase estranho - eu não imaginava que você se tornaria alguém essencial pra minha vida - o tempo parecia passar da forma mais lenta possível, eu não via a hora de consegui lhe ver fora daquele uniforme da padaria, para conseguir apreciar sua beleza real.

Logo já era 18:30 p.m e eu já estava pronto em frente a porta do meu apartamento, esperando o ponteiro do relógio finalmente chegarem naquele sete que parecia bem distante.

Há exatas 19:00 p.m eu estava em frente a padaria, esperando você. Quando finalmente apareceu eu suspeitei que a porta do paraíso havia sido aberta e um anjo, vulgo Lee daehwi tinha saído de lá, você estava radiante e meu coração não parava quieto. Na hora que foi me cumprimentar percebi que estava tão nervoso quanto eu já que sua mão estava tremendo.

Perguntei onde iríamos mas você me disse que era surpresa e que achava que eu iria gostar, no caminho ao lugar misterioso, aproveitamos para nós conhecer melhor, descobri que você tinha 20 anos e veio pra Coreia cursar Artes plásticas, e eu com meus 22 anos recém completados, cursando psicologia.

Notei que tínhamos chegado quando você parou e pediu para que eu sentasse ao seu lado na grama. Avaliei o local e estávamos em uma praça que havia vários telescópios, você pareceu entender minha confusão e disse :

- Hoje é a passagem do cometa Halley, a última vez que ele passou pela terra foi em 1986 e hoje 8 de novembro de 2061 ele está finalmente passando novamente.

Você disse e riu ao perceber minha cara de espanto, você justificou que sua mãe trabalhava com astronomia e por isso você sabia daquilo tudo, não duvidei por um segundo da sua inteligência e mesmo naquele “primeiro encontro” assistindo a passagem daquele cometa, você me provou o quanto era especial e raro e depois daquele encontro veio muitos outros e cada vez te via eu me apaixonava mais e hoje 5 anos depois venho por meio desse discurso lhe dizer.

- O cometa Halley presenciou o momento que tive certeza do meu amor por você e mesmo que ele demore para passar por aqui novamente, novas gerações vão sentir o nosso amor gravado nele e espero que muitos casais apaixonados ainda possam se beijar no exato momento que ele iluminar o céu da terra.


Notas Finais


Perdoem qualquer erro ! Eu Betei porém foi pelo celular então sempre fica erros por causa do corretor :(( .

Falem comigo no Twitter { @kimcamis }


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...