História Como (não) ser lesada - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Red Velvet
Personagens Irene, Joy, Seulgi, Wendy, Yeri
Tags Boa Sorte, Eu To Loca, Joyri, Peek-a-boo, Red Velvet, Wenrene
Visualizações 91
Palavras 1.626
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Fluffy, Romance e Novela, Yuri
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


OI KKKKKKKKKKKK
Minha primeira comédia romântica ein, sei lá tava olhando pro teto e PA plotei

eu to bem ansiosa pra saber oq vcs vão achar kkkkkk rindo de nervoso
como sempre, indicação de musica distance (gfriend)

Boa leitura bolinhos S2

Capítulo 1 - Vamos "conversar" na minha casa;


Quando você tem, uma irmã mais velha babaca, um casal de amigas capetinhas e sua melhor amiga é sua crush secreta, não tem como ser mais fodida. E se você, caro leitor, não tem tudo isso seja bem vindo a minha vida fodida.

Eu estava emburrada, os meus pais tinham me arrastado pra uma festa idiota com parentes idiotas, e eu só estava lá dentro porque aquela idiota da Seulgi me chantageou dizendo que se eu não entrasse logo ela ligaria para Seungwan e iria contar para ela sobre a minha paixão doentia por ela.

Não que não fosse uma boa ideia ela ficar sabendo, mas se precisasse ficar sabendo que ela escutasse da minha boca.

E por falar em Seungwan, vocês devem estar se perguntando, quem diabos é essa garota? Permita-me corrigi-los, garota não, anjo.

Son Seungwan, ou Wendy, é a garota mais fodidamente linda que eu já conheci em toda minha vida. Nos conhecemos desde a segunda série, e aí vocês imaginam a quanto tempo eu sofro por esse anjo, vulgo melhor amiga.

Eu não sei bem quando comecei a me apaixonar por aquele ser celestial, eu só sei que quando isso começou a acontecer eu implorei mentalmente por meus pais não serem do tipo homofóbico porque, sinceramente, eu não tenho capacidade nem de andar sozinha no meu bairro sem me perder, imagina ser expulsa de casa e ter que me virar.

A verdade é que eu já era lesada, e quando comecei a me apaixonar por Son Seungwan eu fiquei mais ainda. A Seulgi já disse várias vezes que não sabe qual de nós é mais lesada. Eu por não contar logo a ela, ou Seungwan por não perceber o quão exposto está o meu amor por ela.

-Ei lesa! -Seulgi me chamou impaciente balançando os braços na frente do meu rosto me tirando dos meus lindos pensamentos voltados para o ser mais lindo.

-O que é?! -Disse disse dando um tapa em sua mão que apertava minhas bochechas.

-Awnt a minha irmãzinha fica tão fofa pensando no amor da vida dela. -Disse me deixando vermelha.

-MÃE! OLHA A SEULGI! -Eu disse chamando minha mãe que revirou os olhos, mas logo depois riu da nossa infantilidade.

-Desculpe Joohyun, mas eu concordo com sua irmã. -Foi a vez do meu pai brotar da puta que pariu e falar.

-Por que vocês insistem em me envergonhar quando se trata da Wendy? -Perguntei pegando uma azeitona da pizza que meus primos compraram e comendo desinteressada.

-Aish Joohyun, porque não conta logo a ela? -Minha mãe perguntou meio puta.

-Eu não sei como ela vai reagir, e se ela quiser se afastar de mim, e aí eu ficar sem namorada e sem melhor amiga? -Disse dramaticamente fazendo meu pai revirar os olhos e voltar para meus avós e suas conversas.

-A velha babaquice de não quero perder a amizade, vê se cresce Joohyun. -Foi a vez de Seulgi se retirar, graças a Deus, garota insuportável.

-Joohyun, eu sei que não quer perder a amizade, mas para de ser lesada, se ela for realmente sua melhor amiga não vai se afastar. -Minha mãe finalizou me deixando plantada e sozinha na cadeira.

Essa família só me fode, além de me atazanarem por eu gostar da Seungwan ficam me deixando mais pensativa que o normal, e me largam sozinha na primeira oportunidade.

Dessa vez quem me tirou dos meus pensamentos totalmente aleatórios foi o meu celular vibrando, porque eu não suporto aquela coisa no volume alto. Era Seungwan, já posso infartar agora?

As vezes parece que essa garota consegue ler a minha mente e sempre que eu to pensando ou falando nela ela me liga, ou me manda uma mensagem, que foi o caso.

Dona da minha vida e do meu cu: Baechu!

Lesada:

Oi meu bebê minha vidinha

Dona da minha vida e do meu cu:

Você sabe q é um amor me chamando assim né, as vezes eu tenho vontade de beijar tua cara todinha

Lesada:

Não beijou ainda porque bebê?

Dona da minha vida e do meu cu:

As vezes eu tenho medo de você, sabia? Enfim eu fiquei sabendo que uma tal de Joohyun ta numa festa ÓTIMA com os parentes, então pensei em chamar ela pra tomar um sorvete, mas só se a festa não estiver mais interessante.

Lesada:

Wendy Son eu definitivamente te amo!

Eu só lembro da minha mãe e da minha irmã dando risadinhas quando disse que iria sair porque Wendy tinha me chamado para ir tomar sorvete. É claro que elas iriam rir da lesa aqui.

Coloquei o capuz do moletom na minha cabeça oca, e fui andando com as mãos nos bolsos parecendo uma marginal. Dava pra perceber isso porque toda vez que passava do lado de uma pessoa ela escondia o celular.

Tudo bem que estava de noite, e uma garota toda encapuzada andando com cara de pouquíssimos amigos na rua era perigoso, mas eu sou tão amor que até minha cara de cu vira cara de cu doce de tão amor que eu sou.

Andei mais um pouco e não demorou até que eu visse aquela imagem que parecia aquelas miragens que aparecem nos filmes de deserto. Céus aquela garota era divinamente linda.

-Finalmente você chegou, já estava ficando preocupada. -Ela disse segurando minha mão e me puxando pra dentro da sorveteira, bem que você podia segurar ela assim toda hora né. -Yeri e Joy estão esperando.

-Yah aqueles dois diabinhos estão aqui? -Perguntei ainda sendo arrastada.

-Pare de drama Joohyun. -Disse rindo da minha cara de trouxa.

Não é como se eu não gostasse do casal demoníaco, é só que elas são piores que a minha mãe e a minha irmã juntas. Da última vez que viemos tomar sorvete Yeri me empurrou propositadamente com ajuda da escada humana Joy, como aquela garota pode ser tão alta? Enfim, eu derrubei o sorvete na blusa da Wendy e ainda por cima quase dei um beijo nela quando caí em cima dela.

-Olha se não é a desastrada do sorvete. -Joy disse dando uma lambida no sorvete de Yeri.

-Cala a boca Sooyoung! Foi tua namorada que me derrubou. -Disse protestando enquanto elas faziam um high five.

-Você quem tropessou no meu pé. -Foi a vez de Yeri me atazanar.

-Okay Okay agora chega! -Wendy disse e mostrei língua pra Yeri que fez a mesma coisa. -Quantos anos vocês tem?

-Cuida da tua namorada desastrada aí! -Joy disse rindo da minha cara vermelha, ai que vontade de ser um avestruz e enfiar a minha cara na porra da terra.

-Já disse pra parar! -Wendy disse dando um tapa na cabeça da maior.

Era incrível como Seungwan conseguia ser mais responsável até que minha irmã, sendo que ela nem era mais velha que eu. Aquela garota era o ser mais perfeito do mundo, sem dúvida alguma.

Ela não era um anjo só na aparência, mas a voz dela era tão linda quanto o comeback do EXID e do Gugudan juntos. Sem contar como o corpo dela era lindo, era tão lindo que as vezes eu não sabia se eu queria dar pra aquela garota, ou só fazer ela ser minha.

O que? Vocês acham mesmo que nunca tive nenhum sonho do tipo indecente com ela? Se acharam isso, parabéns vocês são muito mais iludidos do que eu.

-Ei! -Pisquei algumas vezes até perceber que tava me afogando no meio das indecências que eu pensava. -O teu sorvete ta derretendo, NA MINHA BLUSA NOVA!

Quando eu fui perceber a merda que tava fazendo já era tarde, foi impossível me segurar pra não rir da cara da Yerim toda irritada e com a blusa toda cheia de sorvete.

-Seungwan controla sua namorada! -Joy disse pegando guardanapos pra limpar a namorada.

-É, ela tava te encarando tanto que nem viu o sorvete derreter. -Yeri disse se levantando ao perceber que aquilo não iria sair só com guardanapos.

Seungwan não conseguia ficar um segundo sem rir da cara da mais nova entre a gente, aish aquela risada tão gostosinha. As vezes eu me perguntava se essas garota já matou alguém, porque esse deveria ser seu único defeito, e se deixasse era linda até matando uma pessoa.

Talvez, só talvez a Yerim estivesse certa, eu fiquei encarando tanto aquele rosto redondinho e sorridente dela que nem percebi quando o meu sorvete começou a derreter. Mas em minha defesa vou apenas dizer que foi vingança.

Parei meus pensamentos ao ver Seungwan me olhando com a sobrancelha arqueadas. Parecia tentar ler a minha mente, Deus que tenha piedade de mim porque se Wendy soubesse o que eu penso piedade seria a última palavra existente no seu dicionário.

-No que tanto você pensa Joohyun? -Finalmente me tirou totalmente dos meus devaneios, hoje definitivamente não é meu dia pra ficar pensando.

-O que? -Me fiz de inocente, mas só me fiz mesmo.

-Você não é tão lesada a esse ponto. -Me disse e eu engoli em seco, ela nunca usava aquele tom.

-N-Não é nada Wannie. -E o troféu de lesada do ano vai para...

-Okay, nem eu sou lesada ao ponto de acreditar na tua mentira. -Ela disse olhando nos meus olhos mais intensamente, me deixando corada.

-W-Wannie eu... -Fui interrompida quando a dupla de seres vindo do centro da terra me deram um tapa na cabeça e me obrigaram a pedir desculpas para Yeri.

-Continuamos na minha casa. -Wendy disse me fazendo arregalar os olhos e corar imediatamente.

-Mas o que? A gente sai por uns minutinhos e vocês já estão indo "conversar" na casa da Seungwan. -Joy diz rindo juntamente com a Yeri.

-T-Tudo bem Wannie. -Foi a única coisa que eu consegui dizer ao ver como ela me olhava séria, mas o que infernos aconteceu com meu anjinho brincalhão e sorridente de dois minutos atrás?

Eu realmente queria saber o que estava se passando na cabeça de Seungwan, queria saber se "conversar" na casa dela era uma coisa boa ou ruim. E eu tenho certeza que você, amiguinho leitor, é tão mente poluída quanto eu pra saber de que conversa eu estou falando.


Notas Finais


Peek-a-Boo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...