História Consequências de uma noite (Imagine Suga e Jimin) - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jin, Personagens Originais, Suga
Tags Bangtan Boys, Bts, Drama, Imagine, Jimin, Jin, Min Yoongi, Park Jimin, Romance, Suga, Você
Visualizações 140
Palavras 2.075
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá armyguinhos, como vão? Trouxe mais um capítulo pra vocês, espero que gostem, e se não tiver saído legal na opinião de vocês, me desculpem, mas eu escrevo tudo de acordo com os meus próprios sentimentos. Fiz com amor ♡
Um beijo no kokoro ♡

Capítulo 10 - Sem saída


"Acho que a vida gosta de fazer isso com a gente de vez em quando. Te joga num mergulho em alto mar e, quando parece que não vai suportar, ela te trás pra terra firme de novo" 

Simplesmente Acontece 



Sai do banheiro um tempo depois que Jimin saiu me deixando sem entender nada. Ao chegar na sala encontrei ele deitado no sofá com a televisão ligada e os olhos fixados na mesma, mas tenho certeza que com os pensamentos fora do planeta Terra.


- Eu já vou, e desculpa pela bagunça - falei mas o mesmo pareceu não ouvir - Jimin - chamei mas ele continuava do mesmo jeito - Ei porra ! - gritei 


- An? Que? Que foi? - falou atordoado 


- Já vou 


- Porque? 


- Porque já tá tarde e eu tenho que trabalhar 


- Ah, deixa eu te acompanhar - ele disse me olhando com uma cara estranha. Ele me levou até a porta e do outro lado da rua vi minha mãe se despedindo da senhora Park. Sai da casa de Jimin e fui direto pra minha, não dei tempo pra que a mãe do Jimin perguntasse o que estávamos fazendo esse tempo todo, apenas entrei em casa e subi pro meu quarto tirando todas aquelas roupas e logo em seguida entrando pro banheiro e tomando um banho. Ao sair do banheiro olhei a hora no celular e eu ainda tinha um tempo de sobra antes de ir pro restaurante, era domingo mas eu tinha que trabalhar, vesti logo a roupa de ir e liguei pra Yoongi pra perguntar se o mesmo viria me buscar hoje.



                          CHAT ON 



- Amor? Vem me buscar hoje? - perguntei


- Não sei, tô um pouco ocupado, mas me espera fora de casa que vou dar um jeito de ir. Te ligo já. 


- Ok 



                          CHAT OFF 




Esperei que ele encerrasse a chamada e desci em busca de minha mãe.


- Mãe? - gritei 


- Oi filha - escutei a voz da mesma vindo da cozinha, fui até onde ela estava e a encontrei junto do sr. Kwan fazendo um bolo.


- Olá querida. - Sr. Kwan me cumprimentou educadamente como sempre, um cavalheiro, e eu retribuiu da mesma forma.


- Mãe hoje eu vou mais cedo pro restaurante.


- Ok, cuidado - ela disse e depositou um beijo em minha testa.

Sai de casa pra esperar meu namorado e mirei involuntariamente a casa de Jimin, vendo uma cena um tanto divertida, Jimin dando um fora na Sun Hee.


                         JIMIN ON



Com pouco tempo que a futura mamãe saiu de minha casa, subi e tomei um banho rápido pra tentar acalmar os neurônios, mas isso só funcionaria se eu não tivesse mais raiva ao sair do banheiro, encontrei Sun Hee nua e toda  arreganhada em cima de minha cama, o que fez meu sangue ferver.


- Eu vou te dar três míseros segundos pra você vestir sua roupa, e ir embora daqui. - falei de olhos fechados, porque se eu abrisse os mesmos, eu seria capaz de jogar ela pela janela do jeito que ela tava.


- Jimin, satisfaça os desejos de sua namorada. Ah Jimin, estou com saudade de você dentro de mim me fazendo gemer igual uma vadiazinha. - ela falou manhosa 


- Sun Hee vá embora por favor. - falei abrindo o olho e encontrado a mesma do mesmo jeito. - Ok, se não vai por bem, vai por mal. - depois de falar isso, vesti minha calça moletom que estava jogada no chão, logo em seguida tirando Sun Hee de cima de minha cama e a empurrando pra fora do quarto


- Calma Jimin, me deixa vestir minha roupa. - falou irritada.


- Veste logo e some daqui - a mesma vestiu suas roupas resmungando o tempo todo. Quando ela terminou eu a levei até a porta nos empurrões mesmo. - Vê se me esquece Sun Hee, faz favor de não voltar mais aqui.


- Por favor Jimin - falou manhosa - satisfaça meus desejos - disse passando a mãos por meu abdômen 


- Já disse que não - tirei a mão dela do lugar tocado com brutalidade - Agora some daqui !


- Vou fazer você se arrepender Jimin. - disse e em seguida saiu indo em direção a um carro estacionado um pouco distante de minha casa. Quando tirei minha atenção da mesma, vi um sersinho minúsculo do outro lado da rua dando risada da situação, apenas balancei a cabeça em negativo dando risada e indo até a mesma.


- É feio rir das desgraças dos outros sabia?


- Ok, mas foi engraçado, "Vou fazer você se arrepender Jimin" - disse com uma voz fina me fazendo dar risada.


- Vai sair?


- Vou trabalhar, só tô esperando Yoongi vir me buscar. - ela disse e assim que fechou a boca, o mesmo apareceu.


- E aí cara - o cumprimentei e ele fez o mesmo 


- Tchau Jimin - ela se despediu entrando no carro 


- Tchau. - a acompanhei com os olhos e voltei pra casa.


                 JIMIN OFF 


- Você demorou - falei 


- O tempo suficiente pra Jimin ir dar em cima de você, é, demorei mesmo 


- Idiotice Yoongi, eu tava era rindo do fora que ele deu na Sun Hee 


- Fora? Fala aí 


- Na hora que eu sai pra te esperar ela tava insistindo nele e ele evitando, aí ela falou "Vou fazer você se arrepender Jimin" e saiu - falei rindo


- Nossa gente, que blefe - ele disse dando um meio riso 


- Né - falei me curvando pra dar um beijo no mesmo quando ele parou o carro no sinal 


- Você tava ocupado com o que?


- Tava resolvendo umas coisas lá no trabalho.


- Ah sim, você vem me buscar? 


- Se eu conseguir me livrar igual agora, eu venho, mas se eu não vinher pede pro Jimin.


- Não tenho número dele 


- Pega aqui meu celular e anota no seu - fiz o que ele pediu e antes de sair dei um beijo no mesmo.


- Tchau - falei 


- Tchau amor.


Entrei no restaurante e vesti o vestido cotidiano e logo em seguida fui pra bancada fazer as reservas. Pouco tempo depois os clientes começaram a chegar e a comida começou a ser feita, depois de tanto tempo em pé eu pude me sentar e relaxar minha pernas cansadas, o cheiro peculiar das comidas começou a pairar no ar fresco do restaurante, o que fez meu estômago embrulhar bastante só por causa daquele cheiro, e pra piorar a situação, passou uma senhora por mim com um perfume doce e enjoento igual a mel, quase me fazendo vomitar.


- Ei, você tá bem? Tá um pouco pálida - o sr. Kim que era gerente do restaurante veio até mim.


- Não sei, tô um pouco enjoada. - falei 


- Pra evitar de acontecer alguma coisa com você no seu horário de trabalho, vá para casa e só volte amanhã se estiver melhor, não quero funcionários doentes aqui. Se cuide e me ligue se não for voltar.


- Não precisa sr. Kim 


- Precisava sim, agora vá. - ordenou e eu apenas fui me trocar, sai do restaurante um tanto aliviada por conta do ar fresco, peguei meu celular da bolsa e liguei pra Jimin.



                            CHAT ON 



- Alô? - escutei o mesmo bocejar do outro lado da linha 


- Jimin? Tá ocupado? 


- Ah é você, não porque? 


- Você podia vir me buscar?


- Tá onde?


- No restaurante, o Yoongi não pode sair do trabalho agora 


- Ok. Chego aí em 5 minutos.


                          CHAT OFF 



Encerrei a chamada e me escorei na parede do restaurante à espera de Jimin e torcendo pra que esses cinco minutos não demorassem a passar. Passou algum tempo, e como previsto, ele não demorou.


- Ainda bem que você veio 


- Tudo pela minha amiga - falou me entregando o capacete e logo em seguida subi na moto cruzando os braços.


- Aconselho você segurar em mim - disse e eu não hesitei, sabia que ele amava adrenalina e na hora de pilotar não seria diferente. O ronco da moto ecoou nos meus ouvidos e Jimin deu partida saindo do local onde estávamos em pura velocidade.

Não tardou pra que chegássemos em minha casa, desci da moto e me despedi de Jimin, entrei em casa e encontrei minha mãe deitada no sofá com o sr. Kwan, não falei com eles e passei direto pra cozinha fazendo uma bela refeição. Sai da cozinha indo direto pro meu quarto e deitando na cama, peguei meu celular pra mandar mensagem pra Yoongi falando que já tinha chegado, mas não deu tempo de fazer o pretendido, uma coisa ruim subiu pela garganta e graças a Deus eu consegui chegar no banheiro a tempo de colocar minha comida pra fora, fechei a tampa da vaso e sentei no chão gelado, estaria eu doente? Ou... não, claro que não, grávida não. Em todas as circunstâncias, é melhor ir ao hospital, e com certeza Yoongi estaria dormindo, só me resta falar com Jimin, minha mãe não pode saber que eu tô doente. Escovei os dentes e desci.


- Vai sair? - perguntou minha mãe

 

- Vou na casa do Jimin, talvez eu demore então não espere por mim. - Sai de casa indo direto pra dele, toquei a campainha e o pai dele não demorou a aparecer na porta.


- Olá querida - falou 


- Olá senhor Park, o Jimin tá em casa?


- Tá no quarto, pode subir. - subi direto pro quarto dele e encontrei o mesmo abraçado no travesseiro assistindo TV junto com Cheshire que dormia tranquilamente no canto da cama, ambos não tinham me visto ainda. Adentrei o quarto e tirei toda atenção dele.


- Saudades da Sun Hee é?


- Tá doida? Susto, demônio só sabe me assustar - disse jogando o travesseiro em mim - e não, não tô com saudade da Sun Hee, o que é? 


- Me leva no hospital? 


- Tá doente?


- Provavelmente. Venho sentido muito enjôo desde ontem, acabei de vomitar, tô muito cansada.


- Tô tentando entender porque você ainda estuda medicina.


- Porque? 


- O que você tem não é doença, nem precisa ser médico ou estudar pra saber disso, você não vai à hospital nenhum. Fica aqui, eu volto já 


- Tá bom - falei confusa, ele vestiu uma camisa e saiu do quarto, peguei Cheshire no colo e comecei a alisar o pelo do bichinho, mudei de canal e tava passando um filme de comédia romântica pelo qual me interessei e comecei a assistir na espera de Jimin. Passaram - se alguns minutos e o mesmo voltou com uma sacola.


- Toma - disse me entregando a mesma 


- Que isso? - falei tirando a caixa de dentro da sacola - Mas Jimin, eu não tô grávida.


- Você tem dúvida? Já que você só acredita vendo tive que comprar, agora vai lá.

Entrei no banheiro e abri a caixinha tirando o teste de dentro, fiz o procedimento que pedia e esperei o resultado, peguei o teste novamente e o olhei, e de novo, PARA DE BRINCAR COM MINHA CARA UNIVERSO, não podia ser, porque eu em? Burra, idiota, burra de novo, mas como? A gente transou  ontem e os sintomas já vinheram hoje, impossível, mas se bem que, na minha primeira vez ele, ah meu Deus, como a pessoa é lesada a esse ponto? Eu não tomei remédio e nem ele usou camisinha, merda. Sai do banheiro e Jimin estava parado em frente a porta esperando pela verdade, apenas balancei a cabeça em afirmação.


- Eu já sabia, mas pelo amor de Deus,  como em? Você, você, eu achei que você fosse mais cuidadosa.


- Eu sei Jimin, eu sei - falei chorando - e agora como eu faço? E minha faculdade? Meu emprego?


- Tá preocupada com isso? Pelo amor de Deus menina, se toca, pensa logo em como contar pro Yoongi.


- Ah meu Deus - sentei na cama passando as mãos nos cabelos  - Eu não tinha pensado nisso, será que, será que ele vai querer? 


- Você tem que contar.


- Não, enlouqueceu? 


- Então não vai contar? E como vai fazer? Vai tirar? Vai matar uma vida que não tem culpa de seus erros? - não respondi - Essa é sua saída? 


- É, e não vai ser você quem vai me impedir.


- Tem certeza? Eu já guardei muito segredo seu, e guardaria quantos fosse preciso, mas isso não, da sua barriga essa criança não vai sair, pense bem antes de qualquer coisa, porque se você não contar, conto eu.



Notas Finais


E então? Que será que ela vai fazer agora em? Jimin, você não acha que tá muito ousado não em menino? Kk
Espero que tenham gostado ♡♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...