História Contos de fadas de Giancarllo Oliveira - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Contos De Fadas
Visualizações 8
Palavras 605
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Fantasia, Romance e Novela

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Releitura do conto de Charles Perrault

Capítulo 4 - Cinderela


Era uma vez na Arábia antiga um sultão tinha acabado de ficar viuvo, ele tinha uma filha chamada Ariadne, até que ele resolveu se casar de novo mas não com uma e sim com Três mulheres, elas eram irmãs, a mais velha se chamava Ester enquanto as outras Anastácia e Drizela, semanas depois o Sultão morre e Ester como era a esposa favorita das três foi  coroada a rainha enquanto Ariadne foi transformada de princesa a serva e como ficava sempre suja de cinzas as madrastas a chamavam de Cinderela.

A cada mil anos um fenômeno chamado lua negra acontece, que é quando um eclipse se funde com uma Aurora Boreal deixando a lua assim, tal fenômeno que faz com que uma noite dure o mesmo tempo que um mês tanto que para saber a hora e a data todos tinham que andar com o relógio , para comemorar o Sultão de um reino vizinho  decide dar um festival no palácio aonde teria baile e festas até a última noite da lua negra e todas as pessoas mais importantes do planeta foram convidadas.

As madrastas de Cinderela ficaram muito contentes com o convite enclusive a própria princesa mas a malvada Ester a proíbe  de ir e ainda a tranca no calabouço e as três vão ao festival, Cinderela ficou muito triste e chorou, até que limpando um baú ela encontra uma lâmpada e esfrega e dela sai uma genia, que diz a ela que tem direito a três desejos o primeiro desejo de Cinderela foi de ir ao baile e a genia transforma o tapete comum em voador, os trapos velhos em um lindo vestido que mudaria de cor toda a meia-noite e um par de sapatos de cristal e diz a Cinderela que por conta da lua negra a magia teria fim na última meia-noite , a genia retorna para a lâmpada de Cinderela e ela sobe em cima do tapete mágico e vai ao festival.

Chegando lá  durante o baile ela encanta todos ao seu redor, ela estava tão linda que nem suas madrastas a reconheceram, o Príncipe a convida para dançar e os dois dançaram todos os tipos de dança, durante o festival todo Cinderela e os Príncipe se conheceram melhor e se apaixonaram mas ela tinha vergonha de contar a ele verdade, quando chegou a última noite ela aproveitou como se fosse o último dia da sua vida, e dançou com o Príncipe até dar meia noite,  depois ela foge do palácio e tem uma ideia enquanto desce as escadas ela esfrega a lâmpada e deseja a genia que o sapato de cristal  não sirva em ninguém a não ser ela, o pedido foi atendido e Cinderela deixou o sapatinho na escadaria,  saiu voando e retorna para casa antes que suas madrastas chegassem enquanto o sapatinho foi encontrado e guardado com o Príncipe que assim  que amanhece pela primeira vez ele ordena que todas as moças da nobreza deveriam experimentar o sapatinho mágico mas ele não serviu por que ele se recusava a caber em  nenhuma mesmo nas mais qualificadas até que ele finalmente chega até o palácio da rainha Ester, Anastácia e Drizela são as primeiras a experimentar mas como já imaginado ele não serviu em nenhuma das duas até que chegou a vez de Cinderela e o sapato serviu direitinho, ela conta a verdade ao Príncipe que a aceita, e como seu último desejo ela pede a genia que de o castigo merecido para suas madrastas, é a genia transforma as três cobras para elas ficarem rastejando e engulir poeira e Cinderela e o Príncipe viveram felizes para sempre. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...