História Contos Uchihas (SasuSaku) - Capítulo 25


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Boruto Uzumaki, Chomaru Akimichi, Chouji Akimichi, Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Kaguya Ootsutsuki, Kakashi Hatake, Konohamaru, Naruto Uzumaki, Orochimaru, Sai, Sakura Haruno, Sarada Uchiha, Sasuke Uchiha, Shikadai Nara, Shikaku Nara, Temari
Tags Boruto, Naruhina, Naruto, Saiino, Sakura, Sarada, Sasuke, Sasusaku, Shikatema
Visualizações 223
Palavras 1.107
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 25 - Anos depois


Fanfic / Fanfiction Contos Uchihas (SasuSaku) - Capítulo 25 - Anos depois

Sasuke Uchiha

Foi difícil para eu entender que havia perdido novamente mais um Itachi, talvez esse nome era amaldiçoado afinal, muito embora, aquela senhora de uma das dimensões me disse que alguém chamado Itachi salvaria a todos, mas de qualquer forma, não seria nem meu irmão e muito menos meu filho, que nunca encontrei, talvez Sakura estivesse certa e eu enlouquecido descontei nela.

Sarada havia crescido e se tornado uma linda menina, fazia anos que não tinha notícias suas, foi difícil quando ela foi até mim e eu não a reconheci desde de logo, mas minha filha era ótima. Após isso ainda continuei em minha missão até encontrar Momoshiki e Kinshiki Õtsutsuki que tentou destruir novamente o mundo, mas uma vez demonstrando que a Kaguya não estava sozinha.

Com isso ganhei também um discípulo Boruto, filho de meu melhor amigo Naruto Uzumaki, voltando assim novamente a vila.

Após todas as batalhas que enfrentamos finalmente conseguiria conversar com Sakura de forma calma, pediria desculpas por duvidar de suas palavras e de sua capacidade de suspeitar que Orochimaru houvesse roubado nosso filho Itachi. Descobri também que minha casa foi destruída e Sakura junto com Sarada estavam morando em um apartamento improvisado até a nova casa Uchiha ser reconstruída.

Ao entrar no apartamento descubro que Sakura está na cozinha preparando o jantar para nós três.

– Sakura precisamos conversar – puxo uma cadeira e me sento olhando para ela.

– Sim Anata.

– Peço desculpas por ter duvidado que Itachi estava morto, mas preciso conversar justamente sobre isto – vejo os seus olhos se enxerem de lagrimas e ela se senta em uma cadeira de frente para mim – eu encontrei em uma das dimensões uma senhora, não era humana de fato, mas ela me alertou de que existiria um guerreiro de nome Itachi que salvará o mundo shinobi e será um Uchiha. O que quero dizer é que precisamos de um filho.

– Você acha mesmo que isso é verdade?

Fez que sim com a cabeça, ela chorou, chorou tanto que partiu meu coração, fazia anos que não havia, mas ainda a amava muito e até mesmo quando eu não sabia que a amava vê-la chorar destruía a parte boa que ainda existia em mim. Levou alguns minutos até ela se acalmar e me responder.

– Sasuke, eu não posso ter mais filhos, não sou mais fértil.

Meu mundo desabou.

Sarada Uchiha

Eu estava mais uma vez em cima de um precipício que havia perto de Konoha, gostava de ir lá pensar, de fato era diferente ter meu pai mais perto de mim, morando na vila novamente isso me deixa feliz, minha mãe que sempre estava solitária agora tem novamente motivos para rir.

O que me traz aqui hoje não eram esses motivos, mas sim outros. Durante a batalha de Konoha eu me senti tão fraca, cai de joelhos deixando que o Boruto, o seu pai e o meu pai me protegessem e eu que sempre me achei melhor que Boruto, tive medo, sou uma moleca medrosa, essas palavras correm em minhas veias e deixam meu sangue gelado.

Olhei em minha mão uma ferida que ainda estava lá, peguei uma kunai de minha bolsa e finquei em meu ferimento.

– A partir daqui, eu juro, nunca mais terei medo, não vou desistir, não vou voltar atrás, porque esse é o meu jeito ninja.

Messes depois

Minna

Finalmente a idade me alcançou, não sou mais criança e eu vou atrás do meu caminho, cumprir o que meu pai queria e principalmente terminar sua missão, Konoha é meu destino então vou toma-lo para mim.

A noite cheguei em Konoha, sabia que era uma mulher muito bonita, meus cabelos negros e olhos ônix entregavam de que eu era filha, ao passar pelas portas de Konoha me dirigi ao Distrito Uchiha para assumir meu lugar, vi apenas uma das casas iluminada, notei que a construção era mais nova diferente das demais, seus moradores muito provavelmente haviam se mudado a pouco tempo.

Escolhi uma das casas mais afastadas e estabeleci como minha moradia. Lembrava ainda do homem mais lindo que já vi depois de meu pai e como salvei sua vida sem que ninguém em Konoha descobrisse. Sasuke Uchiha era o último de sua linhagem, juntamente comigo, portanto, pertencia a mim assim como eu pertencia a ele. Porém depois de alguns anos descobri que ele era casado e possuía uma filha chamada Sarada, a princesa do sharingan.

Contudo, isso não traz nenhuma importância real para mim, tenho que perpetuar a linhagem com Uchihas puros, preciso de Sasuke para isso.

Uma semana mais tarde

Sakura Uchiha

Depois que lhe contei de minha condição Sasuke nunca mais foi o mesmo, ele tem mentindo, voltado a ser distante e frio, acho que ele não compreendeu o que aconteceu conosco, talvez o tempo que passou longe o tenha tornado vingativo novamente.

Meses se passaram desde sua volta e eu o vejo cada vez mais infeliz e preocupado, parece realmente acreditar que Itachi seria a salvação, Sasuke sempre foi inconstante, porém, todos os Uchihas são então não me preocupei tanto.

Ou melhor não me preocupei até a chegada de uma mulher que tomou uma das casas do distrito.

Sasuke Uchiha

Alguém tomou uma das casas do distrito Uchiha, como minha propriedade resolvi averiguar, foi quando a vi, usava um quimono branco, tinha a pele muito branca os cabelos muito negros; se encontrava de costa para mim, foi quando o vento bateu e seus longos cabelos se afastaram do quimono que minha mente teve um salto, em seu quimono branco estava estampado o símbolo dos Uchihas.

– Quem é você?

Ela virou e ficou diferente para mim, era muito bonita e possuía duas ônix muito semelhantes à de alguém, ela não sorriu, na verdade pareceu neutra, com uma feição até mesmo dura.

– Uchiha Minna – respondeu de forma como se aquela afirmação fosse óbvia e não precisasse de complemento – deve ser Uchiha Sasuke, vou morar aqui agora.

Ela falou como um comunicado e não como se fosse um pedido, era insolente, como poderia vim ao meu distrito roubar uma de minhas casas e agir como se fosse legitima.

– Até onde eu lembro, não existe outros Uchihas vivos.

– Você está certo, meu pai me escondeu durante anos para impedir que me matassem antes de estar tudo acabado, ele sabia que haveria mais, antes do final da guerra shinobi, por isso me criou, agora voltei para cumprir o meu destino.

– Posso saber quem é o seu pai? – mantive-me calmo como uma conversa entre os Uchihas.

–  Bem você o conhece na verdade, seu nome era Itachi Uchiha, acredito que ele era o seu irmão, mas você matou a única pessoa que realmente me amava.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...