História Corrompendo meu doce irmãozinho - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Piece
Tags Acelu, Acexluffy
Visualizações 78
Palavras 1.009
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Mais um...

Capítulo 6 - Coisas diferentes


Fanfic / Fanfiction Corrompendo meu doce irmãozinho - Capítulo 6 - Coisas diferentes

Ace levantou. Foi ao banheiro e fez sua higiene matinal. Olhou no relógio e arregalou os olhos, esta atrasado novamente. Fez tudo rápido e correu pro quarto de Luffy, escancarou a porta.

 

-ACORDE...! LUFFY!?

 

Não esta no quarto, Ace estranhou, isso não é de acontecer.

 

...

 

-Me larga vovô!

 

-Somente se voce me explicar que porra foi essa que assisti!!!

 

-Do que esta falando?

 

-Das câmeras de segurança que pus no seu quarto!

 

-HAAAAH? Pos câmeras no meu quarto?

 

-Sim e não entendo ate agora que caralhos foi isso que vi.

 

-Esta falando do que fiz com o Ace?

 

-SIM! O QUE VOCES FIZERAM? NEM ASSISTI AQUILO APARTIR DO BEIJO!

 

-Fizemos amor, o que mais?

 

-Não podem fazer aquele tipo de coisa!

 

-PODEMOS!

 

-Isso que dá deixar vocês sozinhos! Voce vai vir morar comigo!

 

-Só quer me levar para o mar pra me tornar um marinheiro. Nem ferrando! Não quero ser marinheiro!

 

-Então o que?

 

-Pirata. Um pirata que é dançarino. Já tenho minha tripulação.

 

-Ate Ace desistiu disso. Pense em algo melhor que dançar ou pirata. Venha comigo.

 

-Não quero!

 

Garp dá um cascudo na cabeça de Luffy onde aparece um galo enorme.

 

-Venha logo!

 

Ace se poe na frente de Luffy. –Ele já falou não. Deixe-o em paz.

 

-Ace. Que porra voce estava fazendo com o Luffy? Vocês enlouqueceram?

 

-Nos amamos. Aquilo foi algo normal de se fazer com quem ama.

 

-Que tipo de amor é esse? Parem com isso.

 

-O que? Vai nos odiar por isso? Se for o caso vai embora e não volta.

 

-Não os odeio...Sabo já sabe disso? Aceitou?

 

Ace desvia os olhos. –Ainda não.

 

-Sabe o que vai acontecer quando ele descobri né? Parem o quanto antes.

 

-Não posso. Não posso parar o amor que sinto por ele. Pode acreditar eu já tentei.

 

-Tente de novo!

 

Luffy. –Vovô, nos dá uma chance de continuar com isso, se não der certo paramos. Por favor.

 

Garp respira fundo, tem anos de experiência e reconhece quando alguém esta falando sério sobre amar. –Tudo bem, mas prometam-me que da próxima vez não seja nos quartos.

 

Ace. –Se não for nos quartos vai ser onde?

 

-EU VOU DESINSTALAR AQUELAS MALDITAS CAMERAS!

 

Saiu dando passos pesados.

 

Ace. –Luffy...

 

-Que?

 

-Escola!

 

Os dois correm, esse tempo todo estavam no quintal. Luffy fez sua higiene. Se arrumou rápido, os dois foram embora. E na sala de aula.

 

Sanji. –Não quero mais...

 

Zoro. –Nem eu.

 

Luffy fala com as meninas. –Que houve com eles?

 

Nami. –É uma DR por conta da Purin da sala ao lado.

 

Robin. –Ela agarrou o Sanji na frente de todos nessa manha e Sanji retribuiu o beijo.

 

Nami. –Você deve saber que o Sanji é na verdade bi.

 

Luffy. -Mas ele namora o Zoro.

 

-Sim, mas testa tentar beija-lo que ele não rejeita.

 

-Eles vão terminar?

 

As duas. –Esperamos que não.

 

-Mas os dois só viviam brigando, por isso nem sabia que namoravam.

 

Nami. –Por traz do ódio tem amor.

 

-ENTÃO O ACE AMA O LAW? E EU O MARCO?

 

Robin. –Que? Não, esse é o ódio de ciúmes, completamente diferente.

 

-ATA!

 

Robin e Nami. –Que bobinho desligado.

 

As aulas acabaram, luffy correu pra casa pra se encontrar com Ace. E do mesmo jeito Ace esta correndo. Acabam se trombando.

 

Ambos. –Ace/Luffy!?

 

Luffy. –Me apressei pra chegar.

 

-Eu também.

 

Ace enrosca os dedos aos de Luffy, vão andando calmamente pra casa. As pessoas que não os conhece pensam ser um casal e ate ficam gritando uns ‘’kyaaaa’’ de vez em quando. Adentraram a casa que esta com as luzes apagadas. Luffy joga a mochila longe, Ace faz o mesmo. Se agarraram, Ace deslizou as mãos ate chegar na bunda de Luffy e apertar com força além de dar um tapa e deixar marcas.

 

Ace. -Me pergunto se o velhote tirou as câmeras.

 

-Quem se importa. É só desligar as luzes.

 

-Quer enxergar voce.

 

Luffy da um pulo pra traz.

 

-Que houve Luffy?

 

-As meninas me deram um presente, mas ainda não abri. Disseram se algo que voce vai gostar que eu use.

 

-Abre logo, fiquei curioso!

 

Autora-off

 

 

 

 

Ace-on

 

Ele abriu o embrulho e o que saiu foi meias 3/8. MEIAS 3/8! Luffy fez cara de ‘’que caralhos é isso?’’.

 

-Experimenta.

 

-Que? Isso da em mim?

 

-Logico!

 

-Pra que usar meias longas assim?

 

-Vai já saber. Vista-as.

 

-Ok.

 

Ele as vestiu. Ele ficou muito lindo, porque EU não tive essa ideia? E...pera...

 

-Porque raios voce tirou sua calça e cueca, mas deixou a blusa?

 

-Não sei. Me deu vontade...acho.

 

-Você é indeciso...libra?

 

-Não gosto de horoscopo.

 

-Nem eu.

 

-Ué?

 

-Perguntei por perguntar. Libra tem fama de indeciso(N/A: EU! Mas cá entre nós que eu não consigo escolher as coisas, posso ficar com as duas? Não! Mas entre coisas boas, entre ruim eu fico com as duas também kkkk, não me façam escolher as coisas! No caso em BTS amo todos, mas né tenho que escolher um e esse um é minha paixão o Açúcar do meu coração, Min Yoongi eu amo voce! Espera a historia esta tomando outro rumo. Cof cof, voltando, falo demais...gomen).

 

Sentei-me bem no meio da cama pra ele me seguir e foi o que ele fez. Tirei a blusa dele somente de um lado deixando o trabalho pela metade. Peguei os pes dele e o mesmo me olhou confuso. A maioria sabe que vivo sem camisa né? Pois é. Desabotoei e abri o zíper da minha calça jeans revelando meu membro já preparado. Luffy esta com uma mão apoiada no meu ombro e a outra nas costas apoiada ao coxão pra lhe dar apoio pra ficar sentado e não cair pra traz. Direcionei os pes dele com as mãos ate meu pênis e comecei os movimentos, ele olhou-me vermelho, ao olhar a confusão e a vermelhidões no rosto dele eu gozei(na capa). Os pes dele nem se movimentaram direito e eu gozei*desce uma gota da cabeça*. Luffy sorriu após eu gozar e começou a mexer os pes.

 

-Luffy...eu já...

 

Com um sorriso inocente que contraria o que ele fala. –Goza de novo ué...

 


Notas Finais


Espero que tenha gostado...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...