História Crazy (Interativa - Creepypasta) - Capítulo 18


Escrita por: ~

Visualizações 25
Palavras 1.070
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Droubble, Ecchi, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Hentai, Misticismo, Musical (Songfic), Romance e Novela, Slash, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Canibalismo, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Músicas usadas neste capítulo: Wolf In Sheep's Clothing (feat. William Beckett) por Set It Off, New Rules por Dua Lipa e Wherever You Are por One Ok Rock.

(misturei tudo :3)


Boa leitura.

Capítulo 18 - Chapter IX


Fanfic / Fanfiction Crazy (Interativa - Creepypasta) - Capítulo 18 - Chapter IX

 

[Hahaha, isso é sobre você
Cuidado, cuidado, seja cético
Com os sorrisos, os sorrisos banhados a ouro
Engano tão natural
Mas um lobo em pele de cordeiro é mais do que um aviso.]

 

Luna e Masky chegaram no escritório, Slenderman estava sentado vendo alguns papeis, ele logo percebeu os dois presentes ali e largou os papeis na mesma onde se encontrava sentado.

— Desculpe por ter feito você acordar Luna mas tenho uma missão á você e Masky, portanto, a missão terá que ser cumprida urgentemente. — Disse por fim Slender, os dois assentiram atentos a cabeça. 

— Podem voltar aos seus quartos e se preparem. — Falou, apenas assentiram com a cabeça e saíram do escritório, Luna aproveitou e deu uma olhada rápida em Masky e desviu rapidamente o olhar, voltando sua atenção ao caminho que tomavam para cada um voltar ao seus quartos.

A mesma chegou em seu quarto, respirou fundo e começou a arrumar o necessário para a tal missão dada.

 

[Estou te dizendo
Eu sussurro baixinho
Esta noite, esta noite
Você é o meu anjo.]

 

Enquanto Alyssa e Julia continuavam a caminhar no meio da noite em direção à Mansão, Alyssa era muito confusa com sentimentos, principalmente com o sentimento amor, nunca pensou em se apaixonar por Ticci Toby. A voz de sua amiga ao lado fez a interromper os seus pensamentos oportunos:

— Ei, Aly, você está pensando sobre ele não é? — Perguntou, surpresa Alyssa abaixou sua cabeça e respondeu:

— Sim mas, como você sabe? — Perguntara, Julia apenas deu um sorriso de canto e respondeu:

— Porque eu sei. — Respondeu mostrando os dentes.

Continuaram seu caminho sem dar uma palavra sequer.

 

[(Um, um, um)

 

Falando enquanto durmo à noite
Ficando louca
(Fora de mim, fora de mim)
Escrevi e li em voz alta
Esperando que me salvasse
(Por tantas vezes, por tantas vezes)
Meu amor, ele me faz sentir como ninguém
Como ninguém
Mas meu amor, ele não me ama, então eu digo a mim mesma
Eu digo a mim mesma.]

 

Milla não conseguia dormir, e sempre quando tentava a imagem de Ben aparecia, argh! Por que eu tive que me apaixonar por ele? Pensou, eram exatamente 3:00 horas no ponto e não havia conseguido pegar no sono sem se revirar em sua cama. O que diabos estava acontecendo com ela? Era o Ben. Todo o motivo disso era sobre ele.

Inspirou várias vezes, uma estranha imagem apareceu em sua tela de seu computador, curiosa, porém, apreensiva chegou mais perto, deve ser ele. Sabia e tinha consciência disto. Uma mão saiu de dentro e a puxou bruscamente dentro do seu próprio computador.

 

[Baa baa, ovelha negra, tem alguma alma?
Não, senhor, a propósito, o que diabos é moral?
Jack seja rigoroso, Jack seja rápido
Jill é uma putinha e seus álibis estão se transformando em truques.]

 

Em outras palavras Sak tinha o mesmo problema, o que caralhos estava acontecendo consigo mesma? Não saberemos, ainda. 3:00 horas e nada de pegar no sono. Murmurou:

— Merda... — Murmurou, passou a mão em seus cabelos, enquanto tentava de várias formas possíveis achar novamente o oxigênio perdido. Sentou-se sob sua cama, leves batidas na porta puderam ser ouvidas, pensou:

“ — Quem será agora o ser? ” — Pensou indo em direção da porta, abriu e deu-se de cara com Hoodie, sua expressão falava que não havia conseguido dormir.

— Também não conseguiu dormir? — Perguntou Hoodie, ele sabia que tinha algo errado, alguma coisa não os deixava dormir. A mesma negou com a cabeça.

Sem dizer mais uma palavra ele a pegou pelo pulso e praticamente levou-a até o seu quarto.

 

[Eu te amo


Vamos nos tornar um só
Esta noite, esta noite
Eu apenas digo

Onde você estiver, farei sempre com que sorria
Onde você estiver, estarei sempre ao teu lado
O que quer que você diga, estará sempre no meu pensamento
Te prometo a eternidade neste momento.]

 

A mesma coisa com os outros, Kemylly teve que dormir com Jeff, Layla com Jack, Sak com Hoodie, um verdadeiro caos transformou-se ali, o causador ou causadora disso tudo? Não sabemos.

Macumbaria? Plano do inimigo de Slender, Zalgo? Talvez.

Que chato pensar que Julia e Alyssa eram as únicas acordadas, ah e Luna teve que ir com Masky em uma ''tal'' missão, bem suspeito, não acham? Vocês logo irão saber o que realmente está acontecendo na Mansão e com todos ali.

 

[Um, não atenda o telefone


Você sabe que ele só está ligando
Porque está bêbado e sozinho
Dois, não o deixe entrar
Você precisa expulsá-lo novamente
Três, não seja amiga dele
Você sabe que acordará na cama dele pela manhã
E se você estiver debaixo dele
Você não vai superá-lo

Eu tenho novas regras, eu as conto
Eu tenho novas regras, eu as conto
Eu tenho que dizê-las a mim mesma
Eu tenho novas regras, eu as conto
Eu tenho que dizê-las a mim mesma.]

 

[Eu não preciso de motivo


Eu só quero que você esteja, baby
Bem, sempre bem
Dia após dia

Ainda temos um longo caminho à nossa frente
Aconteça o que acontecer, sempre
Até a morte, fique comigo
Nós seguiremos em frente.]

 

[Então, você poderia


Me diga como você está dormindo fácil
Como você só está pensando em si mesmo
Me mostre como você justifica
Contando todas as suas mentiras como uma segunda natureza
Ouça, marque minhas palavras, um dia
Você vai pagar, você vai pagar
O carma vira recolher a sua divida

Com cautela, você persegue sua presa
Com mentalidade criminosa
Você afundar seus dentes nas pessoas que você depende
Infectando todos, você está muito o problema
Fee-fi-fo-fum, é melhor correr e se esconder
Sinto o cheiro do sangue de um covarde mesquinho
Jack seja letal, Jack seja liso
Jill vai deixar você morrer sozinho em uma vala imunda.]

 

 

[Eu tento seguir em frente, mas ele continua me fazendo ter recaídas
(Não há lugar pra fugir) de jeito nenhum
(Não há lugar pra fugir) não
Agora que estou encarando o fato, eu finalmente vejo o padrão
(Eu nunca aprendo, nunca aprendo)
Mas meu amor, ele não me ama, então eu digo a mim mesma
Eu digo a mim mesma
Eu digo, eu digo, eu digo

Um, não atenda o telefone
Você sabe que ele só está ligando
Porque está bêbado e sozinho
Dois, não o deixe entrar
Você precisa expulsá-lo novamente
Três, não seja amiga dele
Você sabe que acordará na cama dele pela manhã
E se você estiver debaixo dele
Você não vai superá-lo.]

 


Notas Finais


obrigadx por ler até o final sz ~

bjs ~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...