História Crônicas de um eu lírico (Palavras de uma Poetisa) - Capítulo 47


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Cronicas, Lírico, Poemas, Poesias
Visualizações 3
Palavras 124
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Lírica, Poesias, Romance e Novela

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Boa Declamação!

Capítulo 47 - Capítulo 47 - Poema-Poesia: Chuva de verão - Conspiração


 

Chuva de verão

O calor aquece meu corpo.
A chuva esfria meu coração.
O frio congela meus pés.
O vento arrepia meus braços.
Os pingos caem em meu rosto.
O sol brilha em meus olhos.
Lembrando o começo da chuva de verão.

 

 

Conspiração

Vivendo com o medo, 
minha paranoia cresce a cada segundo, 
me sinto em um conflito interno.
 
Mente confusa. 
Olhos assustados. 
Corpo mole. 
Pensamentos fora do lugar.
 
Onde está minha sanidade? 
Onde está minha esperança? 
Onde está minha coragem?

Procurando conforto onde na há. 
Cercada pela incerteza. 
Minha segurança foi levada.

Sentada em um chão frio, 
olhando meu reflexo. 
Olhos borrados veem minhas forças se desfazendo.

Prometo ser uma boa garota! 
Sem questionamentos. 
Sem pressão. 
Sem intimidação.

Quero viver sem essa conspiração.

 






Notas Finais


Gostou de qual?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...