História Cruzando Os Dedos - Capítulo 66


Escrita por: ~

Postado
Categorias Luan Santana
Personagens Luan Santana, Personagens Originais
Visualizações 45
Palavras 336
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 66 - Não encosta nela.


O dia passou rápido, agora estou eu no meu carro e Gabriel me seguindo com o dele. Paramos em frente a casa da minha mãe e logo entramos.

Júlia: Maaaae, Dryyyy -gritei e vi Thiago sair da cozinha- Oi Thiago -o cumprimentei- esse é o Gabriel meu amigo -eles se cumprimentaram-

Thiago: Vamos, elas estão na cozinha preparando o resto do jantar -eu assenti e puxei Gabriel-

Júlia: Chegueeei -falei entrando na cozinha-

Lívia: Quem é viva sempre aparece -riu- Cade meu genro? -falou procurando Luan- E quem é esse?

Júlia: Luan ta na casa dos pais dele, disse que iria jantar lá. E esse é meu amigo Gabriel -sorri e eles se cumprimentaram- Jantar ta pronto? To com fome -falei-

Adrielly: Quando não ta? -riu- vamos sentar e comer -disse-

O jantar estava indo super bem, Gabriel se enturmou com a minha família o que me deixou muito feliz.

Estávamos conversando sobre adolescência e contando nossos podres quando a campainha tocou.

Thiago: Eu atendo -sorriu e foi atender- Calma cara, não precisa disso -ouvimos ele falar de la da sala-

Luan entrou na cozinha igual furacão.

Luan: Que lindo Júlia, trazendo seu amante pra jantar na casa da sua mãe enquanto o otário estava la com a esperança de você aparecer -gritou perto de mim-

Júlia: Você abaixa o seu tom de voz pra falar comigo -mandei- eu avisei que viria jantar aqui e você disse que ficaria nos seus pais. Se eu chamei o Gabriel foi porque queria que ele conhecesse sim minha família porque elas são especiais pra mim. E porque está falando que é otario Luan? A única otaria dessa história sou eu que não te larguei ainda -falei e vi ele vir pra cima de mim-

Gabriel: Não encostaa nela -entrou na minha frente e Luan socou sua cara- Eu não gosto de briga mas você está merecendo -deu um soco no rosto de Luan fazendo o mesmo cambalear-

Adrielly: Thiago ajuda a separar -disse puxando Gabriel e Thiago segurou Luan-



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...