História Daddy? Pjm+Jjk - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Jikook, Namjin, Taegi
Visualizações 35
Palavras 1.346
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


DESCULPA A DEMORA EU SOU UM MERDA MERMAO.

Tô trabalhando agora, daí fica corrido ;-;

Capítulo 8 - No No No


Ninguém conseguia esconder a cara da espanto ao ouvir aquela voz doce de luke proferir um pedido para que colocasse em um filme basicamente pornográfico.

-Não pode ser outro,Luke? -Perguntou Jimin de forma doce tentando contorna a situação, e Luke balançou sua cabeça de forma negativamente ,negando a pergunta.

-Eu quero esse -Choramingou o menino e o olhar de Jimin seguiu até Jungkook lhe encarando desesperado.

    Park sabia que cederia se Luke chorasse, porém Jeon não, Jungkook era severo e possivelmente brigaria com o filho ou tentaria chegar a um acordo com o mesmo.

-Luke -Chamou Jeon com um tom de voz grave, e apenas pelo tom de voz de Jungkook, Luke sentia que possivelmente ele teria problemas caso não obedecesse o pai. - Obedeça seu pai Jimin e coloque outro.

   Luke apenas suspirou vencido e começou a procurar por outro filme, enquanto ambos os mais velhos tentavam a todo o custo não demonstrar timidez por conta do "Pai Jimin".

     Luke escolheu por Crepúsculo, pois havia vampiros, O que animou Jimin aliás  ele amaria criticar o filme. Sim, Jimin tinha uma imensa mania de criticar todos os filmes que assistia, enquanto Jungkook se emocionava até com partes insignificantes. Como por exemplo, quando a bela tenta um diálogo com Edward, mas ele sai rapidamente da sala.

   Jungkook chorou nesta parte dizendo que Edward era cruel, e Jimin lhe abraçou dizendo que tudo ficaria bem, e o casal principal ficaria junto. Porém Luke não parecia contente, pois só reclamava por conta da falta de sangue que havia no filme.

-Tá, chega temos que ir dormir, amanhã faremos sua matrícula. E compraremos roupas , matérias, e etc -Disse Jungkook pegando Luke no colo que curvou os lábios em um bico mas concordou abraçando o pai e apoiando sua cabeça na curvatura do pescoço do moreno.

-Já vou -Disse Jimin confirmando se as portas estavam fechadas,  e desligou as luzes indo de encontro ao resto da família, enquanto sua gata lhe seguia passando pelo meio de suas pernas.

  Ao chegar no quarto pode visualizar a cena de Jungkook abraçado com Luke,um sorriso surgiu nos lábios de Jimin que se apoiou no batente da porta observando os traços de ambos meninos, que pareciam tão calmos.

-Vai deitar comigo ou ficar só observando, Park? -Perguntou Jungkook com a voz mais grossa, Jimin segurou um grito grave na garganta por conta do susto. Caminhou até ambos os garotos e se jogou no outro lado da cama deixando Luke no meio. E na ponta da cama havia a gata.

   Ao amanhecer o cheiro de café adentrou a narinas de Jeon que se levantou com muitos esforços. Percebeu que só havia a gata na cama (que tratou de expulsa-la) , E seguiu em direção a cozinha , onde na sala Luke via desenho e Jimin colocava café em sua xícara e falava no telefone.

-Não, Você não pode matar alguém, oras, por que você será preso. É óbvio que alguém vai descobrir. Yoongi,para de planejar o assassinato do meu irmão. Não, você não pode contratar outra pessoa pra matar ele. Yoongi, sem mortes okay? -Discutia Jimin no telefone e sorrio a Jeon assim que o mesmo entrou no local. -Tenho que desligar ,Yoon. Te amo, não mate ninguém. -E logo o celular foi desligado e Jimin deu sua atenção a Jungkook.

-Seu namorado é estranho -Proferiu Jeon com um tom incomodado e Jimin gargalhou diante sua fala.

-Deuses, Yoongi nunca seria meu namorado , viveríamos a base de vibrador -Respondeu o mesmo, e Jungkook apoiou sua mão sobre o próprio peitoral em uma pose dramática.

-Não diga sobre coisas sexuais, Jimin. Eu sou virgem puritano -Ditou Jungkook com falsa inocência fazendo Jimin rir .

-Você é um virgem que tem dois filhos

-Dois? Quem eu engravidei agora , mano? -Perguntou Jungkook já em desespero, e Jimin respirou fundo apoiando a xícara sobre a mesa e encarando o outro garoto de forma intensa.

-Eu estou grávido,Jungkook -Disse seriamente porém havia o tom de brincadeira.

-Iremos ter um bebê? -Perguntou Jungkook entrando na brincadeira. -Mas eu pensava que eu que era o passivo

-Deus me defenderay, nunca que estou seria ativo, este desgosto não dou pra minha família. -Disse Jimin fazendo uma pose afeminada como brincadeira. -Mas nada contra os ativos,tenho até amigos que são, trato eles como pessoas normais -Disse Jimin do mesmo modo quando um hetero homofóbico argumentava em sua própria defesa, o que fez Jungkook rir.

-Venenoso

-Sempre -Riu o menor e logo Luke adentrou o local.

-Pai, um moço chamado Yoongi ligou -Disse Luke entregando o telefone a jimin que o pegou.

-E o que ele disse? -Perguntou Jimin e Luke deu de ombros antes de prosseguir.

-Quando você trará Satanás para minha casa? Tenho que me preparar psicologicamente, devo fazer um pentagrama? Não quero sujar meu chão, se ele começar a me irritar eu taco sal nele -Disse Luke tentando imitar Yoongi, e Jimin gargalhou junto a Jungkook.

   Yoongi e Taehyung cuidariam de Luke enquanto Jimin e Jungkook estivesse fora. Taehyung estava animado com a chegada de Luke, enquanto Yoongi estava se preparando e assistindo todo o supernatural apenas para "combater" o demônio. (No caso, o Luke).

-Vai lá pegar seu casaco, Lu -Ordenou Jungkook e o menino obedeceu correndo em direção ao quarto. -Tem certeza que quer deixar nosso filho na mão de um garoto que o trata como um demônio?

-Quero

-Você é estranho.

(...)

O caminho todo foi uma discussão no carro para deixar ou não Luke com Yoongi. Jungkook insistia dizendo que era melhor levar Luke junto a ele, Porém Jimin rebatia argumentando que Luke ficaria pedindo coisas e não os deixaria escolher as roupas.

-Tchau bebê, obedeça O Titio Yoongi tá? -Disse jimin se ajoelhando a frente de Luke se despedindo, enquanto atrás Jungkook choramingava de modo dramático.

-Caras, vocês vão ver o pirralho daqui a pouco, sem drama por favor -Gritou Yoongi de dentro da casa e Jimin se despediu de Taehyung após uma breve conversa, e finalmente deixou Luke nos cuidados dos dois meninos.

-Devolve meu filho -Disse Jungkook resmungando e Jimin revirou os olhos diante seu drama.

-Entra logo no carro, jeon .

(...)

Ambos os garotos cantarolavam no carro enquanto a chuva caia e ia em encontro ao vidro. O carro parou no trânsito e Jungkook batucava seus dedos no volante enquanto Jimin encarava a paisagem pela janela.

    Havia um cão passando devagar pela estrada, ele parecia está perdido e assustado e aquilo apertou o coração de Jimin, Porém tudo piorou assim que uma moto atingiu o cão lhe lançando para longe fazendo Park soltar um grito grave e nem ao menos pensar e já descer do carro correndo em direção ao animal que estava do outro lado da pista movimentada. Jungkook gritava por Jimin tentando o parar, mas o garoto apenas lhe ignorava.

    Jungkook encostou o carro e foi em direção ao menor que já se encontrava ajoelhado analisando os ferimentos do pobre animal.

-Jimin precisamos ir

-Eu não vou deixar ele assim! -Disse Jimin firmemente e Jungkook suspirou pesado.

-Alguém vai ajudar ele, o deixe aí - Respondeu ríspido e os olhos de Jimin se voltaram a Jungkook. Onde estava a compaixão naquele garoto?

-Sim, Nós vamos ajudar ele -Ditou de forma grosseira e retirou seu casaco o colocando por cima do animal e o pequeno no colo com muitos esforços, e caminhou até o carro onde Jungkook reclamou o caminho inteiro em direção a o veterinário, que ele não gostava do cheiro de cachorro molhado.

   Jimin ficou sentado esperando por notícias do cão enquanto Jungkook dava em cima da recepcionista.

-Jimin? -Chamou uma voz grossa e Jimin se levantou caminhando em direção ao mesmo.

-Como ele está Hyung? -Perguntou de forma preocupada e Namjoon sorrio .

-Ele está melhor, iremos cuidar dele. Fez bem em traze-lo imediatamente para cá, você salvou uma vida, Jimin. -Namjoon ditou de maneira calma fazendo Jimin relaxar mentalmente, porém o olhar do mais alto correu pelo local parando em jungkook e ergueu a sobrancelha encarando Jimin. -Estão juntos?

-Não, mas ele amaria que estivéssemos -Disse o moreno ,assustando Park com sua chegada repentina.

-Você é estúpido -Resmungou Jimin e Jungkook deu de ombros lançando um piscar para o menor.

-Sei que adora.

-Estúpido

-anão

-Idiota

-Bonito

-o que?

-O que o que?

-Oi?

-Oi, vem sempre aqui?

-Jeon Jungkook!!!

-Jeon Jimin!!!

-Deus me livre.


Notas Finais


Eu não revisei, espero que tenham gostado, bjs Do Bunny


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...