História Dangerous Love - Imagine, Jeon Jungkook. - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink
Personagens Jennie, J-hope, Jimin, Jin, Jisoo, Jungkook, Lisa, Personagens Originais, Rap Monster, Rosé, Suga, V
Visualizações 147
Palavras 536
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Fluffy, Luta, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Leia aqui, e leia as notas finais.

Bom pra começar queria pedir minhas sinceras desculpas pela demora.
Estou numa semana bem apertada por conta das provas. Mas, como estarei de férias semana que vem, possa ser que eu resolva marcar um dia e um horário para as postagens das minhas fanfics.

Tive um pequeno bloqueio por conta do stress da escola, mas aqui estou eu com mais um capítulo.

Beijos, e leiam.

Espero que gostem.

Capítulo 14 - Ciúmes; capítulo quatorze.


Fanfic / Fanfiction Dangerous Love - Imagine, Jeon Jungkook. - Capítulo 14 - Ciúmes; capítulo quatorze.

A tarde toda foi eles tentando conversar e eu entrando no meio. Cheguei a deitar minha cabeça no colo de Jungkook e minhas pernas no colo de Jennie.

Eu sou muito atentada.

A campainha toca e eu me levanto batendo o pé nas coxas de Jennie ouvindo-a gemer de dor.

Abro a porta e dou de cara com Jimin, o mesmo sorri pra mim e tenta me abraçar, mas como Jungkook estava do meu lado (apareceu do nada aqui, que louco), ele acabou empurrando Jimin que deu um sorriso sem graça.

ㅡ Vocês estão juntos agora? - perguntou Jimin.

ㅡ Sim.

ㅡ Não.

Acabei respondendo “Não”, mas Jungkook respondeu “Sim”, tudo ao mesmo tempo.

Olhei para a cara do moreno e fiquei com uma cara de interrogação e ele só deu de ombros.

ㅡ Vocês são confusos. - falou Jimin coçando a nuca.

Dei uma risada sem graça e Jungkook só saiu de perto e foi ficar com Jennie. Que bom, que fique com ela!

ㅡ Jimin-ah, vamos comer brigadeiro? - pergunto.

ㅡ O que é isso?

ㅡ Um doce.

Formos para a cozinha, Jimin sentou em um banco que tinha, e eu comecei a fazer o doce.

Enquanto fazia, sentia olhares em mim. Virei-me de repente e vi Jimin me encarando, mas ao perceber que eu o encarava de volta, corou e virou para o lado.

Deixei o brigadeiro na geladeira para endurecer e fui conversar com Jimin.

ㅡ Como está Jimin? - perguntei.

ㅡ Mal.

ㅡ Por quê?

ㅡ Minha… Mãe - suspirou e continuou -  morreu de câncer.

Ele começou a chorar ali mesmo, na minha frente. Corri até ele é lhe dei um abraço caloroso.

Onde tive coragem para fazer isso? Não sei. Nunca tive amor de mãe e nem de pai, mas com Jungkook estou aprendendo amar.

Isso é estranho. Muito estranho.

Eu não sabia o que fazer muito bem, mas continuei ali com Jimin em meus braços.

Sai do abraço e peguei o brigadeiro; peguei duas colheres e fui para a sala com Jimin.

Como sofá era grande, sentei no começo dele e deixei Jimin deitar a cabeça no meu colo. Jungkook e Jennie estavam no final do sofá, Kook me olhava curioso.

Enchia a colher de brigadeiro e dava pro Jimin, que comia choramingando.

ㅡ E eu não recebo não? - perguntou Jungkook.

ㅡ Pede pra Jennie.

Ele pediu Jennie para ir embora e a mesma foi. Graças a Deus.

Jungkook foi até meu lado e eu dei espaço para sentar no começo do sofá.

Peguei a colher que eu estava usando e dei pra ele.

ㅡ Quero na boca. - falou manhoso.

Peguei e dei na brigadeiro na boca de Jungkook.

Kook deitou a cabeça no meu ombro e deu um pequeno beijo no meu pescoço, mas por causa daquele pequeno beijo eu me arrepiei toda.

Jungkook o que você está fazendo comigo?

ㅡ Noona… - Jimin iria falar algo, mas foi interrompido por Jungkook.

ㅡ Não a chama de noona, só eu posso chamá-la assim.

Tirei a cabeça Jungkook do meu ombro e tirei a cabeça de Jimin do meu colo.

ㅡ Vocês estão muito folgados, vão ficar sem brigadeiro.

Levei a vasilha para a geladeira, e guardei o brigadeiro.

Comecei a lavar os pratos, e senti alguém me abraçar. Era Jungkook.

Terminei de lavar os pratos e sair do abraço de Jungkook sem olhar na cara dele.

Irei colocar meu plano em ação. Pelo menos uma parte dele.


Notas Finais


Por que (S/N) fica fofa e depois fica curta e grossa? Será que aos poucos ela muda?
O que acham que ela vai fazer?

sigam meus perfil
ㅣ @jeon_jkookie_

Chamem por mensagem, sejam meus amiguinhos.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...