História Danirida - As perdas mudam as pessoas - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias Carrossel
Personagens Adriano Ramos, Alícia Gusman, Bibi Smith, Carmen Carrilho, Cirilo Rivera, Daniel Zapata, Davi Rabinovich, Firmino Gonçalves, Jaime Palillo, Jorge Cavalieri, Kokimoto Mishima, Laura Gianolli, Marcelina Guerra, Margarida Garcia, Maria Joaquina Medsen, Mário Ayala, Paulo Guerra, Personagens Originais, Valéria Ferreira
Tags Daniel, Danirida, Margarida, Paulicia
Visualizações 20
Palavras 2.727
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Escolar, Esporte, Romance e Novela
Avisos: Suicídio, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 19 - Eu tentei reprimir ...


Fanfic / Fanfiction Danirida - As perdas mudam as pessoas - Capítulo 19 - Eu tentei reprimir ...

                          Daniel Povs :

 

Bom ontem quando  nos voltamos de viajem  a turma decidiu ir a um restaurante , mas preferi ir para casa descansar mesmo  , pois nos vamos ter aula no outro dia ou seja daqui a 10 minutos terei de ir para essa chatice de escola .

Cheguei na sala atrasado como sempre e fiquei quieto em meu canto mas mesmo assim presto atenção no movimento da sala . Principalmente  em  Abelardo que entrou na sala e foi falar com Margarida .

Abelardo - Mergarida me encontra na parte de trás da escola em 10 minutos eu vou te esperar lá - disse de frente para garota.

Margarida - Porque ? .

Abelardo - tenho de te entregar algo - disse isso e foi na mesa da Vitoria falar algo com ela que não ouvi , vi também que quando ele estava saindo deu uma olhada rapida para Jorge que retribuiu o olhar .

Esses dois estão armando algo é eu vou descobrir o que é .


                            Paulo povs  :


É dificiu acreditar o que aconteceu ontem entre eu e a Alicia , principalmente depois do beijo , e dificiu acreditar que eu amo ela e é ainda mais difícil acreditar que ela me ama é que agora estamos juntos mesmo em segredo .

   Flash Back on :


Eu é Alicia paramos nosso Beijo e continuamos bem próximos um do rosto do outro , ela é tão linda .

Paulo - É agora o que somos ? - perguntei dando um beijo em seu naris .

Alicia - Você eu não sei mas eu , sou sua namorada Guerra - me deu um selinho .

Paulo - Eu sou seu Namorado Gusman - rimos um do outro dando mais  um beijo - Vamos contar pro pessoal ? - perguntei me levantando e estendendo a mão para ela .

Alicia - Melhor não , depois nos contamos seu idiota .

Paulo - Marrenta - Quando ela ia segurar minha mão eu a tirei fazendo Alicia cair no chão - hahaha .

Alicia - Você me paga Paulo - falou correndo atraz de mim.

Flash Back of 


Bom olhando por esse lado parece que ela tem vergonha de mim .se é assim eu irei eu mesmo contar para todos .

Me levantei e fui para frente da turma .

Paulo - Queridos amiguinhos , venho aqui hoje para contar que eu estou em um relacionamento amoroso - todos começaram a prestar a atenção nele é Alicia abaixou a cabeça com vergonha do que viria pela frente - Alicia - a chamou fazendo todos olharem para ela - você poderia abaixara cabeça eu quero ver o Koki -deixou a menina surpresa e brava - Turma eu é Kokimoto estamos apaixonados um pelo outro e nos vamos manter esse relacionamento mesmo com alguns preconceitos não é mesmo Alicia - deu um sorriso para ela.

Kokimoto - O que ??? - se levantou fazendo os amigos rirem menos Alicia que também se levantou .

Alicia - Preconceito ? Eu ? Não seja bobo , eu nem com ciumes estou do meu ex namorado .

Paulo - Ex ? - não entendeu .

Alicia - Ex mesmo Paulo nos terminamos - Saiu da sala deixando Paulo e todos de boca aberta .

Jaime - Hahahhaahaha , vocês estavam namorando ? .

Valeria - Uau que surpresa , vocês ja terminaram .

Paulo - Droga Alicia , volta aqui - foi atrás dela .


            Narrador    povs :


Passou o tempo é Margarida  foi para traz da escola chegando lá viu  Vitória parada de braços cruzados para mim :

Vitória - Nossa Marga , achei que você fosse melhor que isso .

Margarida - Disso o que ? -serrou os olhos .

Vitória - Você sabe... melhor do que  fingir que tem um namorado enganando seus pais , seus amigos é principalmente Daniel que quando saber disso  nem na sua cara vai querer olhar ... - isso caiu como um balde de aágua fria na cabeça da garota , como ela sabia ? .

Margarida - Co-como você sabe ?.

Vitória - Um passarinho me contou hahaha .

Margarida - Por favor  Vitória não conta nada pra ninguém principalmente para o Daniel - Margarida começou a derramar  algumas lágrimas , enquanto Vitória  ria da prima .

Vitória - Se você foi capaz de esconder essa mentira por tanto tempo , será capaz também de mantela... , ou se não eu farei questão de contar para ele é para todos .

Margarida -Onde quer chegar ? .

Vitória - Você vai fazer tudo que eu mandar ,  é vai se afastar do Daniel , e por ultimo vai avisar seus pais que vai ter um jantar para você é o seu namorado na sua casa hoje .

Margarida - Está be-bem - ela abaixou a cabeça e Vitória fez questão de levantar a olhando nos olhos  .

Vitória - Bom enquanto você vai estar com seu namorado de mentira eu estarei com o Danielsinho hahaha - saiu de lá , deixando Margarida  chorando .


Depois que Vitória saiu , Abelardo chegou do lado dela .

Margarida - PORQUE VOCÊ CONTOU ? SEU IDIOTA AGORA EU ESTOU NAS MÃOS DELA - gritou com ele mas o mesmo apenas sorriu de canto .

Abelardo - Calma Margasinha , a culpa é sua por ter confiado e mim .

Margarida - Seu idiota - começou a  pater as mãos contra o peito dele .

Abelardo - Olha aqui garota , é bom que você não abra a boca para ninguém , é fale para sua Mãe que gosto de Lasanha - apertou as mãos dela a deixando assustada .

Xxx - Larga ela - o indivíduo deu um soco em Abelardo fazendo largar a garota é cair no chão .

Margarida - JORGE - o abraçou chorando .

Jorge - Nunca mais encoste nela entendeu .

Abelardo - S-sim - saiu correndo de lá .

Margarida - O-obrigada - o apertou mais .


                 Daniel povs :


Vi Margarida sair da sala , fui atrás dela mas quando eu estava a caminho , e Vitória veio ate mim :

Vitória - Oii  Dani , onde você vai ?.

Daniel - Vou atrás da Margarida .

Vitória - Se eu fosse você não iria , eu acabei de sair de lá .

Daniel - Porque ? - foi andando para traz da escola com vitória o seguindo , chegando lá se arrependeu de ir ... - Margarida estava nos braços de Jorge .

Vitória - Eu te  avisei - disse do meu lado .

Daniel - Vamos embora - sai na frente é deixei ela lá .

Vitória - Éi espera -segurou meu braço ficando na minha frente - Hoje vai ter um jantar na casa da minha tia , gostaria que você fosse , por favor ? .

Daniel - Tá bem eu vou por você .

Vitória - Obrigada gato - deu um selinho nele o deixando surpreso e saiu .

          Paulo povs : 


Sai atraz da Alicia e avistei ela na arquibancada vendo outros garotos jogando bola .

Paulo - Alicia nos precisamos conversar - sentei ao seu lado .

Alicia - Sobre ? - não olhou para mim .

Paulo - Você sabe , sobre você ter terminado tudo entre nos .

Alicia - Paulo você  iria falar para sala toda  eu tinha te pedido um tempo para nos falarmos .

Paulo - Você tem vergonha de mim não é ? -olhou nos olhos dela .

Alicia - Não é vergonha , é que isso é tudo muito novo para mim , eu precisava de um tempo para assimilar isso tudo .

Paulo - Me desculpe - abaixou a cabeça .

Alicia - Claro guerra , vamos... - levantou a mão para ele .

Paulo - para onde ? 

Alicia - Contar para todos do nosso recomeçou - Eu levantei na mesma hora .

Paulo - Claro - dei um selinho demorado nela .


                      Margarida povs :


Cheguei na sala abraçada com Jorge , todos estavam felizes e Paulo e Alicia estavam na frente da sala de mãos dadas , parece que eles voltaram , evitei ao máximo olhar para Daniel mas ele vaio na minha frente .

Daniel - Porque você está com esse playboy ? - Jorge me largou e ficou da frente para Daniel .

Jorge - Antes um playboy do que um futuro marginal - Daniel ia responder mas eu o cortei .

Margarida - Eu não te devo satisfações do que eu fasso é com quem eu ando , então sai daqui você ,ele fica - apontei para o Jorge , nossa como falar isso me doeu .

Daniel - M-mas... - o cortei de novo .

Margarida - Daniel - olhei para Vitória que ria de tudo e voltei a prestar atenção nele - Sai daqui por favor .

Ele foi embora da sala é eu apenas abaixei a cabeça sobre os braços ,  Daniel não fique bravo comigo , se  você soubesse seria pior ... 


                           Daniel povs :


 Depois do show de Margarida , eu  contra a minha voltade , fui com os meninos para casa abandonada : 


Jaime - É galera hoje conhecemos um novo casal na área , não é mesmo Paulo -ele riu - é também  vimos o  esporro que a Margarida deu no Daniel - todos me olharam , que saco .

Paulo - Essa doeu ate  em mim maninho .

Cirilo - Ainda bem que o Jorge tá com  ela pois ai a Majo fica só para mim - fez os meninos rirem menos eu .

Daniel - Tanto faz .

Mario - ALÁ , ele ta com ciúmes hahaha .

Daniel - Não viaja tio - joguei uma almofada nele .

Davi - O único que ta sozinho é você haha - bateu as mãos na minha costa .

Adriano - Eu também .

Daniel - Mas você gosta da Laura , eu tô  sozinho porque quero , não gosto de ninguém .

Kokimoto - So da Margarida né hahaha .

Daniel - Vem cá porque vocês de vez de me encher o saco ,  não vão atrás da suas namoradas que devem estar com outro cara  - fui embora de lá , tenho de me arrumar para ir na casa da Margarida .


Puz uma calça preta e uma jaqueta  é sai em direção de sua casa .   

Cheguei em frente a ela , é bati na porta 2 vezes ate  Vitória vir atender .

Vitória - Que bom que você veio - me deu um abraço me dando passagem para q entrasse em sua casa .

Daniel - Eu disse que vinha - sorri para ela é  a sua tia mãe da Margarida veio ate mim .

Mdm - Daniel que bom que você veio - me abraçou -Eu preferia você com a Marga - susurrou no meu ouvido.

Daniel - E-ee ... - eu não sabia o que responder para ela , agradeci a Deus por seu  marido chegar .

Pdm - O que esse moleque está fazendo aqui ? - eu tenho a leve impressão que ele não gosta de mim  - Vitória ele não é o seu namorado é ? .

Vitória - Não é não tio relaxa - ainda bem que ela não falou das duas vezes que ficamos .

Pdm- Olha aqui garoto , minha filha está  com o namorado dela ali na mesa , eu não quero ver você fazendo gracinhas para ela é nem para minha sobrinha .

Mdm - Para com isso amor , você está assustando ele .

Daniel - Fica tranquilo tio - vitória me puxou para a sala de jantar é eu tive duas reações  , primeira Margarida estava muito linda , segunda Abelardo está do seu  lado , que cara cuzido mano eu odeio esse cara - oi - ela me olhou com raiva  é ele apenas me mandou um sorriso .

Abelardo - Oi - apertou minha  mão olhando nos olhos .

Daniel - Oi ? - olhei para Margarida que me ignoro , que droga o que ela tem .

Vitória - Senta do meu lado - Puxou a cadeira para mim , é logo seus pais chegaram com a lasanha .

Pdm - Eai vocês são amigos ? - olhou para mim é para Abelardo que nos entre olhamos .

 Abelardo - Sim somos muitos amigos , eu é Danielsinho somos amigos inseparaveis  , não é mesmo - todos me olharam .

Daniel - É verdade nos somos iguais unha e carne .

Pdm- Que bom , você não implica com ele não é ? - olhou para mim, que saco mano porque ele me odeia .

Margarida - Não pai , para de encher eles de perguntas bobas pai .

Vitória - É tio você ta assustando o Daniel . - riu para mim .

Mdm - Abelardo , que bom que você veio aqui hoje , nos estavamos doidos para conhecer o namorado da minha filhinha .

Pdm - É mesmo garoto , gostei muito de você , você é o cara certo para minha  - O pai dela fez questão de me olhar quando disse isso .

Abelardo - Eu também estava doido para conhecer os pais dela não é amor - Margarida , deu um sorriso forçado para ele .

Eu lembro de quando rejeitei ela .

         Flash back  on 


Margarida me chamou para ir  tomar um sorvete disse que tinha algo importante  para me dizer .

Cheguei na sorveteria é ela já estava me esperando .

Daniel - Oi margarida - sentei no banco .

Margarida - Oi Daniel .

Daniel - Porque me chamou aqui ?.

Margarida - É que todas  minhas amigas do quarto ano tem um namorado é se eu chegar lá sem um eu iria passar vergonha .

Daniel - Mas nenhuma amiga nossa tem namorado so a Valeria .

Margarida - Daniel isso é coisa de menina .

Daniel - Mas Margaridas nos somos muitos jovens para namorar .

Margarida - Você ta me dando um fora - saiu de lá chorando .

Daniel - Margarida espera - fui atraz dela .

         

Flash back of 


Ela ta muito estranha , eu tento falar com ela é ela me ignora .

Vitória - Margarida o que acha  de mostrar nossas fotos para os meninos .

Margarida - Não presis... 

Abelardo - Eu adoraria ver .

Mdm - Vou lá pegar é já volto - correu para um comodo de sua casa é voltou com o álbum nas mãos .

Vitória - Dani olha essa imagem - na fotografia estavam ela é Margarida  do lado de um cavalo na sua cidade natal no interior .

Daniel - Vocês estão lindas - suspirei .

Pdm - olha o respeito garoto - olhei para ele é dicidir ir embora , não fazia sentido eu estar ali , era um jantar de comemoração do namoro de Abelardo é Margarida .

Daniel - Eu acho que já vou indo - olhei para Margarida que apenas ne olhou seco .

Vitória - Está cedo ainda - Decidi , eu so saio depois de falar com ela .

Mdm - Mergarida você vai lá em cima pegar aquele negócio - Margarida olhou para mãe sem intender .

Margarida -Pegar o que mãe ? .

Mdm - Anda Marga você sabe o que é - ela subiu as escadas brava e sua mãe olhou para mim - Daniel vai lá ajudar ela .

Daniel - Beleza - subi as escadas e fiquei preucurando o quarto dela , o achei no final do corredor . Bati na porta é ela abriu ficou me olhando seus olhos pareciam que estava chorando .

Daniel - O  que você tem ? - ela tentou fechar a porta mas eu empurrei a mesma e entrei no quarto .

Margarida - Sai daqui - tentou me empurrar para fora do quarto mas eu tranquei a porta - droga , saia daqui .

Daniel - Não , eu não vou sair ate você me explicar o que você está  acontecendo .

Margarida - Sai  por favor -começou a me bater chorando - porque você tem que se importar .

Daniel - Agora para mim ficou claro - segurei seus braços e me proximei dela - Margarida , eu estou me importando  porque eu demorei demais para perceber que eu fui um idiota , eu não percebi o que eu realmente sinto , eu tentei fugir desse sentimento , tentei enganar minha mente , mas mesmo assim não consegui reprimir ele , é hoje Margarida já pode ser tarde mas mesmo assim eu tenho que te falar , eu te  amo  com todas as minhas forças , todos os meus sentidos eu te amo - susurei a ultima parte .

ela ficou me olhando chocada  ate nossos labios se colarem aos poucos , eu larguei suas mãos que ela pos em minha nuca me puxando para mais perto , segurei sua cintura , nossas línguas estavam em uma batalha sem hora para acabar ...





Notas Finais


O proximo é o ultimo da temporada


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...