História Dear L Lawliet - Capítulo 37


Escrita por: ~

Postado
Categorias Death Note
Personagens Kanzo Mogi, L Lawliet, Light Yagami, Matt, Mihael "Mello" Keehl, Misa Amane, Nate "Near" River, Personagens Originais, Rem, Ryuuku, Sachiko Yagami, Sayu Yagami, Shuichi Aizawa, Soichiro Yagami, Touta Matsuda, Watari
Tags Catxl, Death Note
Visualizações 111
Palavras 750
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Que droga não?
Meus pais,no dia do meu aniversário,brigando dizendo que a vida deles é um filme de terror.
Apenas olhei bem e respondi que então,a minha era um filme de drama,onde o personagem principal se suicida no fim.Que bom que ninguém se importa.
Aah,eu não achei foto boa pra Fátima ainda Horror Candy

Capítulo 37 - 31-Notícia Inesperada


Fanfic / Fanfiction Dear L Lawliet - Capítulo 37 - 31-Notícia Inesperada

POV L

-Hikari!Hikari!!-a balanço mas logo paro.

O que eu faço...O que eu faço!?

Se eu deixar eles aqui sozinhos,pode ser arriscado.Não confio em Fátima.

Mas se eu não leva-la ao médico,pode acontecer algo ruim...

-Ela morreu?-Fátima pergunta.

-Não diga algo assim.-a pego no colo.Vou ter de leva-la...

-Aizawa,fique aqui por favor observando Light e os outros.Eu tenho que ir.-pego a chave do caminhão de crepe.

A gata de Cat acorda e vem até mim grudando em minha perna.

-Solta bichinho!-digo pra gata.-Solta!

Coloco Cat no banco de passageiro e começo a dirigir.

-Alguém ajuda!Ela desmaiou!-digo ao chegarmos no hospital.

Uma enfermeira a coloca em uma maca e a leva para uma sala.Vou atrás.

-É da família?-a enfermeira pergunta.

-Não mas...

-Então não pode entrar.

E a porta se fechou.

Um bom tempo se passou,e eu já estava começando a me preocupar.

-Você quem a trouxe?-o médico pergunta.

-Sim.-respondo levando meu olhar ao seu.

-É namorado dela?-nego com a cabeça.-A ama?-assinto,e ele sorri.-Ela está bem.Pode ve-la agora.

Entro dentro da sala.

-Ela apenas desmaiou por ficar muito tempo sem dormir e comer.Fora isso,tudo ótimo.-ele olha a prancheta e volta seu olhar a mim pensativo.

-O que?-pergunto e ele olha para a enfeirmeira sussurrando algo em seu ouvido.Ouço a responder "Vamos deixar isso a critério dela."

-Vamos deixa-los a sós.-o médico diz saindo com a enfermeira.

Sento-me em uma poltrona ao lado de sua cama abraçando minhas pernas.

"E se ela morrer, e eu nunca ter contado que a amo...Eu irei perder mais uma pessoa que amo...Eu sou um imbecil!Um imbecil!" Uma lágrima cai molhando meu joelho.

Um tempo depois,ela acorda.

POV CAT

L estava ao meu lado.Olho em volta sem entender.

-O que faço aqui?-pergunto.

-Você desmaiou.-L responde e logo faz uma expressão de raiva.-Por que não disse que não conseguia sobreviver apenas com bolo?Eu comprava alimento pra você!Matsuda e Fátima saiam para almoçar,Aizawa também.Por que você não!?-olho para o teto e suspiro.

-Eu fiquei com medo de você brigar por ter que pagar...Eu não tenho mais dinheiro...-digo.-Não briga comigo por favor...

-Cat,eu nunca brigaria com você por pedir comida.Além do mais,o dinheiro que eu tenho,é todo do Watari,então se quisermos gastar,não é meu mesmo.-dou risada dele.

Uma enfermeira entra na sala,segurando um prato de comida.

-Coma,vocês estão precisando.-ela diz.Vocês?

-Então tá né...-digo.

O médico entra novamente na sala com os papeis em mãos.

-Posso ter um tempinho com ela?-ele pede,e L sai da sala deixando-nos a sós.A enfermeira se vai também.

-Tem algo importante que você precisa saber...-ele lê algumas coisas.

-E o que seria?-pergunto comendo.-Nossa que delicia...

-Bom...Você está grávida de trigêmeos.-engasgo com a comida.

-Eu o que!?!?

POV L

Depois que o médico saiu da sala,entrei novamente na mesma.Cat encontrava-se de olhos fechados,como quem estivesse dormindo.

POV CAT

Eu não estava dormindo,estava apenas de olhos fechados pensando no que devia fazer.

Seguro minhas lágrimas.

Eu não sei o que devo fazer...

Tenho medo de que se contar para L,ele me abandone.É sempre assim...

Eu conto ou não conto...Eu...acho melhor deixar ele descobrir sozinho...

-Cat,você está bem?-ele pergunta.

Assinto sem abrir os olhos.

-Eu quero dormir...-digo baixo e L suspira.

-Tudo bem...

POV L

Ela dormiu.Eu estava precisando dormir também,apoiei minha cabeça em meus joelhos e logo peguei no sono.

Ao acordar,o médico estava me olhando e Cat também.Já estava vestida,pronta para ir embora.

Levanto-me da cadeira.

-Ela já pode ir embora?-pergunto e ele assenti.

-Ela apenas desmaiou por sono e fome.Quando chegar em casa,deve dormir e comer mais.Ou podem surgir complicações para eles.-novamente esse médico usando palavras no plural e masculino.O que está acontecendo?

-Tudo bem doutor.-Cat diz.-Obrigada por tudo.-ela sorri.

Queria entender como uma mulher quase morre e continua sorrindo.Tenho inveja disso na Cat.(Ryuzaki_:Não é que ela sorri sempre,é você que não vê as lágrimas dela.)

-Obrigado por cuidar dela Doutor...-ele me corta quando Cat sai da  sala.

-Agora quem tem que cuidar dela é você.Ela está em uma situação onde precisa de um homem para ajuda-la.Se você pudesse ficar com ela,seria melhor.-assinto.

Saio da sala e Cat me esperava sentada em uma cadeira olhando para o chão.

Voltamos para dentro do caminhão de crepe.

-Você tem certeza que está bem?-pergunto e ela me olha sorrindo.

-E-estou...-ela tenta manter o sorriso,mas suas sobrancelhas franzem e ela começa a chorar com as mãos no rosto.

-O que...o que foi?-pergunto lhe dando um abraço.

 

Recado da Ryuzaki_:

Pessoal que ta me dando parabéns atrasado...

Não é atrasado!Meu aniversário é hojeeee kkkkkkkk to rindo muito de vcs aqui kkkkkk

 

 

 


Notas Finais


Ah,gente que tava me dando parabéns ontem,obrigada meus amores!
Eu agradeço muito,sei que a intenção de vocês é sincera,diferente da de muitos.
No ano passado minha vó nem me ligou pra dar parabéns.
Ontem dia 9,meu irmãozinho de 7 anos ficou acordado até 00:00 só pra ser o primeiro a me dar parabéns,mas deu meio ruim kkkkkkkkk


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...