História Demogeddon - Stranger Things - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Stranger Things
Personagens Chefe Jim Hopper, Dr. Martin Brenner, Dustin Henderson, Eleven (Onze), Jonathan Byers, Joyce Byers, Lucas Sinclair, Mike Wheeler, Nancy Wheeler, Steve Harrington, Will Byers
Tags Armageddon, Demogorgon, Mike X Eleven, Mileven, Stranger Things 2
Visualizações 169
Palavras 729
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Ficção, Ficção Científica, Fluffy, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Policial, Romance e Novela, Sci-Fi, Shoujo (Romântico), Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sadomasoquismo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Quero que deem um pulinho nas notas finais para ver uma fanfic nova que criei hoje, também é universo Stranger Things! Corram lá e deem uma olhadinha <3

Capítulo 7 - Viva á destruição


-Er.... Acho que vocês deveriam ver isso!-Assim, olhei e sussurrei um '' tá de sacanagem, não é? ''.

 

------------------------------------------------------------------------------------------

-Eu estou ficando com raiva disso, cara.-Eu alarguei a gravata.

O mundo invertido tinha invadido esse mundo, parecia que ele também fugia do apagamento total, eles tinham que achar uma saída logo, quando correram para fora, avistaram lá fora, muitos outros monstros, olhei de esguelho para El, ela estava com medo, me olhava esperando que eu fizesse algo.

-Vamos sair daqui... Mas, temos que tentar algo antes... El...-Eu me aproximei, e peguei suas mãos.-Você já abriu o portal uma vez, será que... consegue fazer de novo? creio que será mais fácil agora que tudo está em colapso e se rompendo aos poucos... Desculpe ter que te pedir isso, mas só tente, se não conseguir, tudo bem, damos um jeito.

-Mike...-Ela me olhou no fundo dos olhos.- Eu me senti tão sozinha e com medo quando fiz aquilo, eu não tinha controle dos meus poderes... Eu não sei como fazer de novo...-Ela se sentiu culpada, abaixando a cabeça,.

-Ei, ei, calma.-Segurei seu queixo, erguendo sua cabeça, fitando-a.

-Se ela estava com medo e conseguiu fazer aquilo, temos que fazer ela ter emoções fortes assim de novo!-Lucas deu a ideia.

-Você concorda, Eleven?-Perguntei segurando suas mãos.- Vou estar com você de qualquer jeito, mesmo que sinta medo, por favor?

-Tudo bem, vamos sair daqui!-Ela pareceu determinada.-Me dê uma pedaço de pano.-Ela ordenou, logo rasguei minha camisa e dei para ela.-Ela pegou e amarrou nos olhos, lembrando do que Kali, sua '' irmã '' lhe dissera, para se concentrar no seu passado, no que a fazia se sentir mal, com dor ou triste.

Logo se viu naquele ambiente escuro, com o chão molhado, e começou a ver tudo oque lhe causara dor, até que viu algo estranho, estranho não, familiar, muito, muito familiar. Era Papa, ou seja, Brenner, e ele não parecia só mais uma lembrança, El estava com raiva, e ele percebeu isso e sorriu.

-Como você evoluiu, minha filha....-Ele disse com a voz mansa, se aproximando.-Sua telecinese está conseguindo aparecer nas ondas de rádio!

-Você....Você está vivo....?!-Eleven sentia seu sangue ferver.

-Oh, muito bem vivo!-Ele riu levemente.

Eleven soltou um grito alto, arrancando a venda dos olhos, seu nariz sangrava muito, e arfava sem ar.

-Eleven! Eleven!?-Olhei-a por um minuto.-V-você conseguiu! Você conseguiu!!-Eu a abraço fortemente todos os outros vem e fazem o mesmo, ela sorria, feliz.

Olhamos todos para o portal, e vimos o caos que a Hawkins real estava.

-Essa não....-O Devorador de Mentes estava vísivelmente no céu, acompanhado de sua tempestade vermelha.

-Como...-Will se arrepiou todo.

-Não importa ainda, vamos achar Joyce, Hopper, Nancy e Jonathan!-Steve disse sério.

Demodogs corriam pessoas ruas atacando muitas pessoas, resolvemos ir pela floresta, já que na última vez que Joyce conseguira falar conosco, estava lá. No meio do caminho, paramos quando três demodogs quase tombaram com nós.

-Puta merda!-Dustin se assustou.

-SAIAM!-El gritou, e fez os demodogs voarem para longe com um simples balançar de mão.

-Nossa, El....-Todos a olharam, ela limpou o nariz e ignorou o olhar de todos, pegando na minha mão e indo.

Quando finalmente chegamos lá, batemos na porta e tentamos abrir, mas estava trancada, quando finalmente, se abriu, Joyce literalmente pulou em cima de todos nós, nos abraçando.

-Oh, meu Deus! Eu estava tão, tão preocupada....-Ela começou a chorar.-E... Mike...-Ela me olhou com pesar e senti um aperto no coração.

-Oque... oque houve? Cadê Nancy? Holly e meus pais?-Eu comecei a me desesperar.

-Nancy está lá em cima, mas.... Holy e....-Ela me abraçou quando viu minhas lágrimas começar a rolarem intensamente.-Me desculpe querido....

Eu só conseguia sentir raiva, eu me afastei de Joyce e corri para os fundos.

-Mike..!-Joyce ia atrás mas Hopper a segurou, e sussurrou '' deixe-o ''.

Mas ninguém pode impedir Eleven de correr até ele, e quando tentaram levaram um empurrão telecinésico.

-Mike...-Ela me abraçou por trás, e eu só consegui chorar mais.-Eu estou aqui, Mike....-Eu só conseguia apertar sua mão

Eu me virei e abracei-a direito, senti minhas pernas penderem e logo estavamos agachados/ajoelhados no chão. O seu abraço era acolhedor, e me acalmava.

-Eu te amo, eu te amo, eu te amo, nunca me abandone, nunca!-Eu disse entre soluços e lágrimas.

-Eu prometo...Acalme-se....-Ela me apertava, e logo perdi todas minhas forças e só consegui esconder meu rosto em seu ombro.

...

 

 

 

 

 


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...