História Desejo Proibido - Capítulo 8


Escrita por: ~ e ~evelincunha0405

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags 50 Tons De Cinza, Delena
Visualizações 14
Palavras 766
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense
Avisos: Adultério, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Se preparem, por que vem hot 🔥🔥🔥
Boa leitura 🌸

Capítulo 8 - Capítulo 8


Din

Eu amei ter encontrado a Mel nessa praia, óbvio que não queria ve-lá triste, mas gostei dela não está mais noiva daquele babaca, não sou bonzinho fazer o que né verdade? Assim que a vi meu coração bateu mais forte estranho, porque nesses 24 anos de vida nunca senti isto, não sei se ela sente o mesmo provavelmente não. Ela ama o Steven, "O empresário mais novo e mais sucedido de Los Angeles", que raiva, e não é inveja pois temos a mesma idade e crescemos juntos, é porque ele me enganou e me traiu, ele não merece a Mel. Só não posso contar pra ela, não agora ela nunca acreditaria.

- Já posso me virar? - pergunto 

- Pode sim - eu ao me virar me depara com ela vestindo uma langerie rosa claro perfeito. Quase a como com olhos, preciso me controlar 

- Para de me olhar desse jeito - ela diz ficando corada 

- Tudo bem. Vamos? 

- Eu primeiro!!! - ela diz e sai correndo, eu a alcanço e chegando no mar me jogo segurando sua cintura, fazendo nós dois cair

- Você me assustou - ela diz quando chegamos a subraços em minhaie

- Quando mergulha de uma vez é melhor, acaba com o frio - digo rindo 

- Aham sei, fique sabendo que ainda estou com frio 

- Eu te esquento - a luxo pra perto fazendo nossos narizes se tocar. Ela fecha os olhos, e quando os abre posso ver o quanto escuro estão

- Tá mais quente - pergunto 

- Pra falar a verdade bastante - ela responde com tanta proximidade que não resisto e beijo, e ela dá permissão para minha lingua

- Se antes eu estava quente agora estou em chamas

- eu rio - Acho que temos que parar com isso se quisermos ser amigos

- E se não quisermos 

- O que você quer dizer com isso? - pergunto confuso 

- Que não quero ser só amiga - ela diz e avança em mim, eu a seguro e ela envolve seus braços em minha cintura. Vou nos encaminhando sem interromper o beijo para fora do mar. A deito na areia e começo a beijar seu pescoço deixando um chupão, vou descendo o beijo lentamente enquanto Mel solta gemido baixos. Continuo descendo os beijos até que chego em sua calcinha e planto um beijo ali, Mel continua gemendo e diz:

- Din, por favor!

Não demora para que eu arranque sua calcinha e comece a masturbar-lá lentamente focando em seu clitóris. Paro de masturbar-lá e volto em seus seios e chupo com tanta força que acho que ficará até marca. Percebo que Melanie está quase chegando e falo: 

- Quer que eu te faça gozar assim? - Mel não consegue conter seus gemidos agora altos e implora 

- Din! Por favor não

- O que você quer Melanie? - pergunto e continuo chupando seus peitos 

- Eu quero você Din, eu quero você por inteiro - ela diz ofegante 

- Não hoje Mel, não nessa praia, mas vou fazer você gozar como nunca gozou na vida! 

Mel

Só de ouvir aquelas palavras, quase chego ao ápice. Din para de chupar meus seios e vai descendo beijos quentes até chegar em minha boceta. Ele dá uma lambida em meu clitóris de leve e me faz enlouquecer, luxo sua cabeça para que ele me chupe com mais força ele sorri, o sorriso mais malicioso e mais atraente que já ri e começa a chupar meu clitóris com força fazendo com que incline meu corpo rebolo meu quadril enquanto ele não para de me chupar, logo após ele põe o polegar no meu clitóris intumescido antes de mergulhar sua língua novamente. Quando sinto que vou gozar tendo deslizar de sua lingua implacável, mas ele me segura pressionando minha coxa. Até que não consigo aguentar e gozo descontroladamente, cravando meus dedos na areia. Quando meu corpo para de tremer e se acalma. Din deixa um beijo nas minhas coxas e beija levemente mais lábios.

- Parece qua não podemos ser só amigos né? - ele pergunta deitando ao meu lado 

- Não podemos mesmo - digo sorrindo

- Vamos indo então? 

- Claro só deixa eu vestir minha roupa - digo me levantando 

- Tá

- Pode virar de costas agora

- Por que?

- Por que não quero que me veja nua

- Melanie acabei de te chupar - ele fala

- Não interessa - digo irritada

- Tá bom ué, como quiser

- Acho bom - digo vestindo minhas roupas

- Posso virar agora?

- Pode 

- Você é louca sabia? 

- E você gosta dessa louca

- E como gosto - ele responde e depois me dá um beijo


Notas Finais


Espero que gostem!
Comentários??
To the next 💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...