História Deus Solitário - Capítulo 1


Escrita por: ~

Visualizações 43
Palavras 830
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Luta, Magia, Romance e Novela, Shounen, Survival, Universo Alternativo, Violência, Visual Novel
Avisos: Linguagem Imprópria, Mutilação, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Essa é a primeira história que posto aqui.


Espero que gostem.

Capítulo 1 - Treinamento


     Um ano atrás.

     O começo do fim das eternas guerras com os demônios.

     Depois que fui para Krystal — uma bela cidade conhecida por seus excelentes ferreiros — acabei me encontrando com Katsuo.

     ''Ei, Yukio, quanto tempo!''

     ''Katsuo, está fazendo o que aqui?''

     ''Me ensine a usar uma espada!'' ele implorou.

     Pra dizer a verdade, eu não me do bem com as pessoas.

     Mas eu creio que seria capaz de ter uma amizade com ele.

     ''Mas você não usa um arco?''

     ''Sim, mas eu quero mais emoção.''

     Os olhos de Katsuo brilharam quando eu disse.

     ''Vamos lá treinar então!''

     ''Ahh... ha... uwahh!''

     A espada cortou apenas o ar.

     O inimigo desviou facilmente, surpreendente considerando que é uma máquina de treinamento. Eu parei de segurar os risos após ele não conseguir acerta uma máquina de treinamento.

     ''Hahaha, o posicionamento do corpo e o primeiro movimento é importante, Katsuo.''

     ''Argh... Espada não é o meu forte.''

     O deus que estava reclamando, um grande amigo — provavelmente o único — chamado Katsuo, olhou para mim falando melancolicamente.

     ''Mesmo você me ajudando, acho que nunca serei tão bom quanto sou no arco e flecha.''

     ''Você deve usar o que gosta.''

     ''É... Você provavelmente tem razão.''

     Katsuo respirou profundamente e posicionou sua espada para cima.

     ''Há!''

     Com um grito ele saltou do chão em um movimento totalmente diferente dos anteriores. Perfurando a máquina de treinamento.

     ''Isssoooo!''

     Katsuo fez uma pose de vitória e um grande sorriso surgiu em seu rosto.

     ''Continue treinando e logo estará pronto. Mas para as próximas batalhas é melhor você continuar no arco e flecha.''

     ''Sim.''

     Eu sabia como ele se sentia, mesmo que eu tenha uma vida inteira a mais de experiência que ele.

     Katsuo continuou usando a mesma habilidade de novo e de novo. Deixei ele praticando e resolvi ir andar por ai.

     Ao norte tinha uma floresta conhecida como Floresta Negra, é chamada assim porque o sol não consegue penetrar nela, ao sul um lago cristalino, a leste uma bela cidade chamada Florus, conhecida pelas flores e pelo seu ótimo comércio, e a oeste gigantescas montanhas cobertas por nuvens.

     Katsuo guardou sua espada e veio observar a área também.

     ''Não importa quantas vezes eu olhe esse reino, eu sempre fico impressionado com tudo aqui.''

     ''É raro um deus da caça usar espada.''

     ''Nunca vi um que usa.''

     ''Eu também não, então você será o primeiro!''

     ''Verdade!''

     Ding, ding. O sino tinha batido, era nosso Rei nos chamando para avisar algo, toda vez que esse sino batia nós éramos teleportado para a cidade em que ele se encontrava.

     Um portal azul surgiu em nossa frente e quando entramos, toda a área em minha visão desfocou-se progressivamente.

     Eu experimentei isso várias vezes, mas a sensação de ser teleportado é sempre estranha.

     Uma luz pulsava em torno de mim e então entrei na escuridão.

     Quando saí da escuridão, os arredores tornaram-se claros novamente. Mas, não era mais a mesma área.

     Era uma estrada pavimentada. Ruas medievais cercadas por casas e lâmpadas de rua e logo a frente o palácio do Rei.

     Olhei para Katsuo, que estava ao meu lado, esperando entusiasmadamente pelo aviso do Rei.

     O Rei então apareceu e gritou.

     ''Meus queridos filhos!''

     Todos olharam atentamente para o Rei.

     ''O que será que ele irá dizer?''

     Inúmeros sussurros como esse podiam ser ouvidos.

     ''Deuses e demônios vivem em guerra desde o início do mundo, mas eu estou cansado desses miseráveis! Nós iremos dar um fim as eternas guerras com os demônios!''

     Todos ficaram surpresos e gritaram em comemoração.

     ''Aeeehhhh!''

     Como um deus, eu o respeitava profundamente por ser um dos melhores reis que esse reino já teve.

     Mas anunciar isso foi uma decisão bem arriscada.

     O Rei então voltou para dentro do seu palácio. À noite todo o reino estava comemorando e bebendo. No dia seguinte me encontrei com Katsuo novamente.

     ''Katsuo, eu irei sair do reino, venha comigo.''

     ''O quê? Por que você vai sair?''

     ''Como um deus da guerra, eu tenho a obrigação de melhorar meu estilo de luta e não conseguirei isso ficando aqui.''

     ''Não. Eu não irei ir com você. Preciso resolver algumas coisas aqui ainda. Eu vou continuar treinando e fazer bom uso das técnicas que você me ensinou.''

     ''Bem, vamos nos separar aqui. Se alguma coisa acontecer me procure. Até a próxima, Katsuo.''

     Então eu dei as costas para o único amigo que eu tinha.

     Um mês depois.

     Acabei sendo obrigado a voltar ao reino dos deuses.

     O Rei criou um grupo de dez deuses, os dez melhores desse reino. O grupo foi nomeado de Dez Cavaleiros Sagrados.

     Eu faço parte desse grupo, sendo considerado como o mais forte.

     Em apenas um mês, incontáveis batalhas contra demônios foram travadas, em todas não perdemos um membro sequer. Mas parece não ter fim, só surge mais e mais demônios.

     Agora, um ano depois, vimos a ameaça dos demônios para os outros reinos diminuir. Mas parece está longe do fim.

     Essa é a atual situação da guerra entre deuses e demônios.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...