História Diabolic - YoonSeok - Capítulo 30


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Jhope, Sope, Suga, Yoonseok
Visualizações 460
Palavras 709
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Lemon, Mistério, Policial, Romance e Novela, Slash, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi
Avisos: Cross-dresser, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Necrofilia, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Preparem os cus

Capítulo 30 - Contar


Fanfic / Fanfiction Diabolic - YoonSeok - Capítulo 30 - Contar

A senhora Jeon apareceu na porta da casa com o pequeno Jiwoo no colo. Jimin correu até os dois.

- O que aconteceu? – Jimin perguntou e a mulher com lágrimas nos olhos abraçou ainda mais Jiwoo.

- Acho melhor você ir até o quarto. – O Park foi receoso e abriu a porta do quarto, gritando com a cena.

- JUNGKOOK! – Jungkook virou a cabeça lentamente para Jimin, sendo acolhido pelo mesmo.

- Meu amor, o que aconteceu com você? – Perguntou choroso. Jungkook sentia dor por todo o seu corpo. A cama estava toda ensanguentada. Haviam cortes profundos no Jeon. Jimin o beijou, não se importanto com o filete de sangue que saía do lábio do mesmo.

- O que aconteceu? – Chanyeol apareceu com Hoseok, que tinha o mini Jeon nos braços. - Eu não sei. – Jimin respondeu e o som da ambulância foi escutada. Levaram Jungkook e a mãe dele foi junto.

- O appa vai ficar bem? – Woo perguntou.

- Sim, meu anjo. Ele vai ficar bem logo, logo. – Jimin se abaixou e abraçou o pequeno. – Hoseok, Chanyeol, podem me ajudar?

Os dois começaram a limpar as coisas que estavam sujas de sangue. Jiwoo teve a ideia de ele e Jimin dormirem na casa de Hoseok. Jimin não estava afim de olhar na cara de Yoongi mas não queria ficar só. Desconfiava que o próprio Min havia feito algo com Jeongguk.

                              [...]

O médico olhava aqueles exames. Se direcionou para fora da sala e encontrou a Sra. Jeon, aos prantos na sala de espera.

- Senhora Jeon, tenho uma boa notícia. – Disse ele.

- Oh, pode falar doutor. – Ela se levantou da cadeira e enxugou as lágrimas.

- Jungkook perdeu muito sangue mas não machucou nenhuma orgão importante. Ele precisa de uma doação de sangue, do tipo dele. A senhora é mãe e eu acho que poderia doar. – Explicou.

- Eu não tenho o mesmo sangue dele… Eu tenho quanto tempo para achar alguém com o mesmo sangue? – Ela perguntou ansiosa.

- Ele precisa do sangue até amanhã à tarde. Já pode ficar lá no quarto com ele, fizemos curativos e ele está um pouco melhor porém sem forças. – A mulher agradeceu ao médico antes de ir ao quarto onde o filho se encontrava. Jungkook estava tomando soro, estava pálido e fraco.

 

Quem faria uma coisas dessas com ele?

                              [...]

- Acho que devemos fazer biscoitos para o appa quando ele chegar, ele vai ficar muito feliz! – JiWoo disse sorrindo e mexendo a massa para cookies. Ele estava ajudando Jimin na cozinha de Hoseok, eles tentavam não fazer muita bagunça. – Omma! Esquecemos das gotinhas de chocolate!

Jimin riu e pegou o pote com gotas de chocolate.

- Pegue e coloque bastante. – O pequeno colocou a mãozinha no pote e encheu a massa de gotinhas.

- Vocês estão aqui… Olá JiWoo. – Yoongi disse e deu um beijinho na testa do pequeno, o que fez Jimin fechar a cara.

- Oi Jimin. Tudo bem? – Perguntou sorrindo cínico.

- Pior agora. – Sussurrou o Park.

- Poderia ficar pior de verdade… – Yoongi sussurrou de volta. Um clima estranho se instalou no ambiente.

Hoseok e Chanyeol apareceram e o ruivo abraçou Yoongi por trás, lhe dando um beijo.

- Acho que devemos fazer os círculos, omma. – Jiwoo disse e Jimin pegou a massa e abriu-a. Ele fez círculos com a boca de um copo e Woo colocou-os na forma. Os biscoitos foram para o forno e depois de limpar tudo, todos foram para a sala.

- Onde está Jungkook? – Yoongi perguntou.

- No Hospital. – Jimin respondeu rudemente.

- Por que está nervoso, Chanyeol? Está com medo de mim? – Yoongi fez outra pergunta, desta vez para Chanyeol. O mesmo estava lhe olhando curioso porém nervoso e suas mãos tremiam um pouco.

- N-não, e-eu estou bem. – Respondeu sorrindo forçado. Aliás não é todo dia que você vê alguém que já morreu no mesmo lugar que você está.

- Amor, você não tinha que me contar alguma coisa? – Jung perguntou.

- Eu acho que… – Yoongi se levantou. – Todos devem saber. Eu estou muito feliz com isso e tenho certeza que todos irão ficar também.

 

– Do que você ‘tá falando?

 

E antes de tirar seu casaco, Yoongi respondeu.























 

- Hoseok, eu estou esperando um bebê seu. 


Notas Finais


Alguém morreu?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...