História Diabolic - YoonSeok - Capítulo 55


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Jhope, Sope, Suga, Yoonseok
Visualizações 152
Palavras 500
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Lemon, Mistério, Policial, Romance e Novela, Slash, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi
Avisos: Cross-dresser, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Necrofilia, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 55 - Quer assistir também?


- Mãe? – A garota chamou ao chegar a sua casa, logo jogando sua mochila no chão. Deduziu que a mãe não estara em casa, muito menos seu pai, que deveria estar na Igreja agora. Foi para a cozinha comer alguma coisa, qualquer coisa. Sua empregada não estava lá e isso era tão estranho. Não gostava daquela enorme casa sem ninguém, se tornava sombria.

Mas parecia cada vez mais sombria agora.

Os olhos da garota vagaram até uma coisa que lhe chamou muita atenção.

Era uma fita em cima da mesa da cozinha.

“Me assista”

E sua curiosidade foi tão grande, que foi assisti-la.

 

 

 

Eram vídeos estranhos, macabros e nojentos, mas ela não conseguia não olhar. Era algo que mexia em sua mente e ficava completamente entregue a olhar para aquela televisão.

 

 

Até que

O telefone de sua casa tocou.

Não tinha mais ninguém em casa, a não ser ela.

Ela atendeu.

E uma voz disse apenas

 

“Sete dias”

 

[...]

Claro que, Yoongi se esquecera de dizer a Hoseok que já havia pegado as crianças na escola, o que resultou em um Hoseok preocupado e já aos prantos, pensando que seus filhos haviam sido sequestrados.

Mas nada que abraços e beijinhos não consertassem.

- Aigoo, temos que falar com a diretora sobre essa garota. – Hoseok falou ainda abraçado com Yoongi em cima de si, naquele sofá.

- Já está tudo sobre meu controle. Ela não vai mais fazer mal aos nossos pequenos. Mas se fizer, vai ser apenas por sete dias, começando por agora. – O ruivo arregalou os olhos ao ouvir aquilo.

- Sério isso? Com uma criança? – O mais velho sentou no sofá com o marido em seu colo.

- Você prefere que nossos filhos sejam exorcizados por ela e pela família de merda dela? – Yoongi perguntou.

- Não, claro que não, mas... É uma criança, Yoongi. Retire isso dela, a faça esquecer que viu a fita.

- Não tem como desfazer nada. Você sabe que ela merece, só que quer bancar o bonzinho. – Yoongi se retirou do colo de Hoseok e foi terminar o almoço. Não que ele soubesse realmente cozinhar, mas fazer objetos se moverem era perfeito para isso, assim não sujaria suas lindas mãos.

Logo os ingredientes daquele Kimchi foram “voando” até a panela, era realmente muito fácil. Bastava ler aquela receita que havia encontrado e estava tudo sobre seu controle. O ruim era se concentrar em duas coisas ao mesmo tempo, uma era cozinhar e outra era aquela garota sem sal.

Estava com tanto ódio dela, ela mexeu com seus filhotes. Não iria deixar seus filhos sofrendo bullying em uma escola, não mesmo. Não é porque não frequentou uma escola quando criança que seria burro. Era inteligente até demais. 

[...]

 

 

- Suzy? Filha?

- Estou no quarto, mamãe. Vem aqui!

- O que foi?

- Eu assisti uma fita, e uma voz disse no telefone... Sete dias.

- Como assim, sete dias?

 

 

 

 

 

 

 

- Eu não sei. Apenas assisti a aquela fita. Você quer assistir também, mamãe?

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...