História Diabolic - YoonSeok - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Jhope, Sope, Suga, Yoonseok
Visualizações 895
Palavras 959
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Lemon, Mistério, Policial, Romance e Novela, Slash, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi
Avisos: Cross-dresser, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Necrofilia, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


LEMOOOOOOON

Capítulo 9 - A melhor dor que sentiu


Fanfic / Fanfiction Diabolic - YoonSeok - Capítulo 9 - A melhor dor que sentiu

Hoseok e Jimin decidiram ficar em um hotel. O senhor Min não queria falar com eles sobre ChaeRin e Hoseok apenas viu um espelho semelhante ao que ChaeRin se olhava e se penteava na fita. Jung e Park ficaram em quartos separados.

- Hoseok? – Ouviu a voz de Yoongi. O moreno logo apareceu em seu quarto. O que era esquisito era o fato de Yoongi sempre usar o mesmo vestido branco um pouco curto e aparecer apenas às noites.

- Yoongi… O que faz aqui? – O Jung perguntou sentando na cama. O ruivo usava apenas uma cueca vermelha e seus cabelos estavam um pouco bagunçados.

- Eu disse que voltaria todas as noites. Pensei que estivesse em Seul, aqui não é um bom lugar. – Yoongi disse encostado na parede. Sua mão mexia na borda no vestido, consequentemente o levantando um pouco, fazendo Hoseok apreciar suas coxas branquinhas.

- Por que acha isso? – Hoseok indagou, ainda com o olhar grudado nas pernas do menor.

- Não tenho boas lembranças daqui. Enfim… – Continuou, mudando de assunto logo. – Você parece um pouco cansado.

- É, eu preciso relaxar um pouco.

- Sabe como relaxar?

- Como você me relaxaria? – Ousou perguntar e por um momento sentiu alguém lhe chupar.

Não imaginava que poderia ser outra visão.

Hoseok estava cansado disso.

Cansado de viver ilusões.

Yoongi estava perto de sua intimidade, apenas de calcinha branca.

E Hoseok não iria esquecer aquilo e não tocar Yoongi.

Numa velocidade rápida, o Jung retirou a própria cueca e colocou a mão direita nos cabelos de Yoongi e forçou a cabeça do menor para baixo. Yoongi chupava Hoseok com um pouco de dificuldade e quase sem respirar. O pênis do ruivo era muito grande e lhe engasgava. Hoseok levantou a cabeça de Yoongi e o moreno pôde respirar um pouco. Um sorriso safado invadiu os lábios de Yoongi.

- É tão grande… Seu sabor é incrível. – Yoongi passou a língua pelos lábios e abocanhou o pênis de Hoseok novamente, mas por conta própria agora. Seu dentes se arrastavam pela intimidade algumas vezes e Hoseok se arrepiava. Yoongi lambeu e sugou a glande rosada e começou a chupar novamente o pênis todo, movendo a cabeça para cima e para baixo e o que não cabia era masturbado. Os gemidos de Hoseok eram baixos e arrastados e não demorou muito para que o ruivo movimentasse a cabeça de Yoongi pelos cabelos, ditando a forte velocidade que queria.

- Você é tão putinha, Yoon… – Hoseok gemeu. Yoongi queria sorrir, mas estava com a boca ocupada. Sentiu as veias do pênis do ruivo engrossarem e sabia que ele iria gozar logo.

Hoseok começou a foder a boquinha de Yoongi, que o olhava sem parar, com uma falsa inocência. Ejaculou na boca do menor, que engoliu tudo e começou a lamber a cabeça do pau do ruivo como se fosse um pirulito.

Hoseok pegou o Yoongi no colo e o levou ao banheiro que havia no quarto do hotel. Deixou o moreno em cima da mármore fria da pia e ligou o chuveiro para que a banheira enchesse. Voltou para perto de Yoongi e ficou entre as pernas dele. Beijou Yoongi afoito, tirando o vestido branco do mesmo e passando as mãos pelo corpo magro semi nu. Yoongi não esperava que Hoseok fosse lhe beijar, por que beijar demonstrava afeto e carinho. O Jung desceu até os mamilos, já durinhos por conta da excitação, e mordeu eles.

Yoongi colocou as mãos na mármore fria e o policial tratou de tirar a calcinha branca do moreno, observando cada traço daquele corpo pecaminoso. Pegou nas coxas branquinhas e colocou as pernas em seus ombros, já que Yoongi se apoiava na pia. Beijou cada cantinho daquelas perninhas e chegou onde queria. Envolveu o pênis rosado de Yoongi com a boca, o chupando levemente.

- Hoseok… Hmmm... – Yoongi gemeu baixo e manhoso. Hoseok ora chupava o pênis necessitado de Yoongi, ora chupava também o buraquinho apertado do moreno. Queria se afundar no garoto, queria que seu pau fosse apertado por aquela entradinha tão pulsante.

- Hobi-ah… – O rostinho angelical já estava vermelho e com suor escorrendo pela testa. Hoseok chupou três dedos e os enfiou em Yoongi, sem se preocupar com alguma coisa. O moreno mordeu o lábio fortemente e fechou os olhos. A dor era tamanha, mas poderia se considerar um pouco masoquista. Das dores que já sentiu em sua vida, aquela foi uma das melhores. E quando se deu conta, Hoseok já estava com a mão toda dentro de si, mas a tirou e levou Yoongi para a banheira cheia. O deitou deixando a cabeça dele apoiada na borda da banheira e sem esperar, penetrou Yoongi.

Fundo e forte.

Tanto que o garoto acabou por gritar, ao sentir sua próstata ser atingida. A água se mexia de acordo com a fricção dos corpos e movimentos destes, e apesar de não gostar de água, Yoongi se sentia ótimo.

Aquele prazer e desejo lhe dominavam.

O orgasmo estava chegando.

Hoseok marcava sua pele, dando mordidas e chupões.

Seus quadris doíam, seu anûs também.

Mas era bom.

Era gostoso.

- A-ah Hobi, mais rápido… – Hoseok ouviu e colocou toda a força restante que tinha nos quadris. Não demorou muito para que gozassem ao mesmo tempo. E depois de mais algumas estocadas fundas, o esperado orgasmo chegou arrebatador. Jung apoiou sua cabeça na curva do pescoço de Yoongi.

Ambos com respirações descontroladas e em êxtase.

Yoongi tinha suas bochechas vermelhas e filetes de suor escorrendo por seu rosto.

Hoseok estava da mesma forma.

Estava feliz até.

Aquilo não era uma ilusão.

Mas havia uma coisa diferente.

Seu coração batia forte. E não era só por causa do momento que tivera.

Sentia algo diferente.

Talvez fosse algo por Yoongi...

 

 


Notas Finais


Gostaram? Eu pensei que fosse ser maior :-/
O será que ele sente hein?
Comentem ♥♥♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...