História Different, more in love! - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Sou Luna
Personagens Ámbar Benson, Simón
Tags Michael, Michaelronda, Michaentina, Ronda, Ronderistas, Valentinazenere, Valuzenere, Zenere, Zeneristas
Visualizações 32
Palavras 968
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Crossover, Escolar, Fantasia, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Espero que gostem !
Boa leitura.

Capítulo 6 - Barreiras


Fanfic / Fanfiction Different, more in love! - Capítulo 6 - Barreiras

Michael - por que você sempre quer saber o por que de tudo em? Que mania chata.

Valentina- não foge da minha pergunta .

Michael- eu não tô.....( Pra minha sorte uma zuada no jardim, interrompe nossa conversa)

Valentina - o que foi isso?

Michael- fica aí, eu vou olhar.( Vou até a varanda da Valentina, e vejo que é a Karol)- Ah é você, sobe

Karol- não posso!

Michael- por que?

Karol- eu só vim pra te avisar que o pai da Valentina pediu para que você ficasse com ela essa noite. A gente ta rastreado pra ver se não tem mais dele por aí.

Michael- eu?

Karol- sinto muito, mais vai ter que ficar com a miss antipatia hoje. (Falo rindo)

Michael- eu seria mais útil na floresta.

Karol- não é isso que eles acham.

Valentina- quem tá aí Michael?

Michael on.

Ruggero aparece do lado da Karol, olho meio confusa , e a Valentina aparece do meu lado quase caindo.

Michael- ei você devia ficar na cama.

Valentina- Rugge, O que faz aqui ? E com a vampira?

Ruggero- não tô de acordo com isso, mais é pro seu bem. Cuida dela

Michael - pode deixar.

Karol- vem vamos mauricinho, temos que ir. Boa sorte aí, a gente volta assim que der, e vocês estão seguros aqui, os bruxos colocaram proteção na casa.

Michael- tá

Valentina- o que tá acontecendo Rugge?

Ruggero- só descansa princesa.

Michael on.

Vejo a Karol e o Ruggero desaparecerem floresta a dentro

Não gosto muito da ideia de ficar aqui nessa casa preso , e não poder ajudar os outros , mais eu confio nos meus pais eles sabem o que estão fazendo. Pego a Valentina e boto ela na cama

Valentina- me fala o que tá acontecendo, por favor

Michael- só descansa, amanhã você vai saber de tudo melhor, eu prometo.

Valentina - tá bom.

Michael on.

Ela acaba dormindo , eu me sento ao seu lado,a observando dormir, fico atento a qualquer barulho ao redor da casa. O que essa garota tem de tão especial? Além da beleza? Desço pra cozinha pra pegar algo pra comer, quando escuto a Valentina gritar, subo correndo pro quarto dela, não vejo nada de diferente, ela parece está tendo um pesadelo.

Valentina- não... não.... não deixa minha mãe em paz....fica longe dela....não matem ela por favor... não.... mãeeeee....

Michael - Valentina acorda ( vejo que algumas coisas começam a flutuar no quarto, e algumas marcas aparecem no braço dela , vejo que lágrimas correm de seus olhos....preciso acorda-la ) -ei acordar....

Valentina on.

Acordo muito assustada e suada, abraço o Michael sem perceber, ele me abraça de volta, acaricia meu cabelo e tenta me acalmar.

Michael- ei calma, foi só um pesadelo , tá tudo bem.

Valentina- eu vi, eu vi ela sendo morta.

Michael- não era real. (Ela parece bem assustada como se aquilo realmente tivesse acontecido)-tenta dormir de novo, você precisa descansar.

Valentina- não me deixa sozinha

Michael - não vou. (Ela se deita , eu deito do lado dela, ela acaba dormindo segurando minha mão...eu não consegui dormir fiquei a noite toda com receio de que invadissem a casa....

Valentina on.

Pela amanhã acordo e vejo o Michael deitado ao meu lado, fico meio confusa, mais me lembro o que aconteceu a noite passada, percebo que estou segurando a mão dele, rapidamente tiro minha mão da dele.

Valentina- meu pai não voltou? (Digo me sentando e ele senta ao meu lado)

Michael- não

Valentina- então, você vai me explicar o que tá acontecendo?

Michael- não

Valentina - você disse que ia falar

Michael- vou, mais quando seu pai e outros voltarem.

Valentina- mentiroso ( me levanto pegando a farda do colégio e indo em direção do banheiro)

Michael- eu disse que você ia saber hoje, mais não disse que horas. Pra onde você acha que vai?

Valentina- me arrumar pra o colégio

Michael- a gente não vai pro colégio hoje .

Valentina- eu já faltei ontem, não vou faltar hoje de novo.

Michael- sinto lhe informar mais você vai.

Valentina- você não manda em mim.

Michael- verdade, mais não podemos sair da casa.

Valentina- por que? Eu vou sair .

Michael- vem cá

Valentina- que? (Ele me puxa até a varanda do meu quarto, pega um dos meus sapatos e lança super forte, bate em cima do portão e cai no chão.)

Michael- tem uma barreira mágica ali , ninguém entra e nem saí, só quem fez pode tirar, ao menos que você saiba um feitiço pra isso , o que eu duvido, vamos ficar presos aqui até seu pai voltar.

Valentina- posso achar um na biblioteca, eu sou bem poderosa.

Michael- se você diz...

Valentina- eu não acredito que você jogou meu sapato lá fora .

Michael- sério?

Valentina- me deve um novo.( Digo voltando pro quarto e entrando no banheiro)

Michael on.

Volto pro quarto da Valentina, por sorte a Karol deixou uma mochila com roupas pra mim, só assim não passo o dia com a mesma roupa de ontem. Quando tô mexendo na minha mochila a Valentina sai do quarto enrolada na toalha com os cabelos molhados, não consigo desviar o olhar dela.

Valentina on.

Quando terminei de tomar banho, percebi que esqueci de pegar uma roupa pra vestir, volto pro quarto enrolada na toalha pra buscar uma roupa, o Michael mexia na mochila dele, quando posou seus olhos sobre mim, confesso que isso me deixou meio abalada.

Valentina- eu...eu...eu esqueci de pegar minhas roupas.(olho pra ele, que parece meio perdido)

Michael- sim as...as...as...as roupas. (Fico meio sem graça, ela me olha por um tempo, mais finalmente ela quebra o silêncio)

Valentina- você pode tomar banho, aí se quiser, te dou toalhas secas.

Michael - claro

Valentina on.

Me troco e volto pro quarto secando os cabelos, quando olho pro lado, Michael já tá no banheiro, mais ele esqueci a porta meio aberta, ele tira a camisa, e vejo seu abdômen definido pelo reflexo do espelho, ele é bem atraente. Ele olha no espelho e acho que ele me ver, ele abre a porta só de calça, me perco olhando seu abdômen,ele me olha e ri.



Notas Finais


Obrigada por lerem!
Espero que tenham gostado!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...