História Divórcio - mini história - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Sou Luna
Personagens Personagens Originais
Tags Ruggarol
Visualizações 91
Palavras 354
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - Capitulo 1


O papel em suas mãos indicava que tudo estava acabando, finalmente acabaria com suas noites sem dormi,  acabaria com suas preocupações, acabaria com suas dores de cabeça, acabaria com as discussões, acabaria com seu casamento. E porque não conseguia simplesmente assinar? Era apenas uma assinatura, apenas escreve seu nome, nada mudaria. Afinal Ruggero não parava em casa, quantas vezes fora dormi preocupada com a demora dele e ele chegava apenas no outro dia, perdeu a conta de contas noites passou sozinha, das viagem que ele não a levava mais, de quantas festas deixou de ir sem ele. Mesmo assim o amava, nada disso foi suficiente para acaba com o amor que sentia.

Tamborilava a canena na mesa enquanto tentava se concentra na leitura. Era muitas palavras, muitas clausulas, eram muitas letras miúdas, mas nada era maior que as lembranças que insistiam em assombra sua mente, e com essas lembrança estava difícil se concentra sentiu uma grossa lagrima cair sobre seu rosto mas logo limpou. Ruggero estava num canto da sala impaciente lendo a copia do divorcio, e por mais distraído que tivesse não o deixaria, mais uma vez, ver que chorava por ele.


- Então é assim? - levantou  a  assustando - Eu dou tudo o que você quer, roupas, joias, casa de luxo, uma empregada que faz tudo pra você e assim que você retribui? Quer tirar tudo o que eu tenho? Sempre o dinheiro - sussurrou - Você só pensa no dinheiro? Não vê que tem coisas mais importante.


- Pelo que esta escrito aqui você pensa igual a mim. - debochou agitando os papeis em mão.


- Senhor Pasquarelli peço por favor, que trate a senhorita Sevilla com mais respeito - disse o advogado.

- Senhora Pasquarelli - deu enfase - Ela ainda é casada comigo - apontou para si. - E eu falo como eu quiser com a minha mulher.


- Michael, pode nos deixar a sós por favor - sabendo que aquilo seria difícil.


- Tem certeza? - perguntou com gentileza, gentileza essa que deixou Pasquarelli muito irritado.


- Por favor - apenas assentiu 


Michael e Lionel, advogado de Ruggero, saíram da sala deixando apenas os dois.


Notas Finais


Postarei mais 4 capítulos se der.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...