História Doctor crush vampire - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jungkook
Visualizações 36
Palavras 1.118
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Ficção, Luta, Mistério, Saga, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


espero que gostem beijos e uma ótima leitura a todos

Capítulo 7 - O homem de capuz


Fanfic / Fanfiction Doctor crush vampire - Capítulo 7 - O homem de capuz

(S/N) ON

- acordo num lugar completamente desconhecido, era um quarto escuro com cheiro muito forte de mofo e apenas uma janela que dava para ver a claridade do dia. – espera dia? Se eu sai de tarde do meu trabalho e está de dia quer dizer que eu dormir nesse lugar sujo e fedorento?- tento me levantar mais vejo que estou com as mãos amarradas e os pés também, ainda estou meio tonta, eu realmente quero saber o por que deu estar aqui e quem me trouxe aqui?

 

De repente escuto passos vindos de um corredor, eu não sabia onde se localizava a porta do quarto por conta da escuridão que dominava o quarto, logo vejo alguém abrindo a porta ele estava com uma faca na mão a única coisa que eu pensei naquele momento e eu vou morrer, mais por que? Por que alguém queria me matar? Será se e  Jina .... uhm acho que não.

 

- levante-se o chefe quer falar com você!- um homem misterioso falar com uma voz rouca e solta as algemas dos meus pés mais ainda continuo presa pelas mãos, eu não conseguia ver seu rosto.

 

- o que vão fazer comigo? Por que eu estou aqui? Me larga em quero sair!- falei em um tom meio alto

 

ele me puxa e me leva para uma sala onde tinha um homem de capuz que também não conseguia identificar o rosto....

 

- aqui está ela chefe!- o homem fala e se retira da sala e deixa nos assos dando total silencio há  sala até que o de capuz resolve falar...

 

- sente-se!- ele fala com um tom frio.... deu até arrepios

 

- o que você quer de mim?- pergunto

 

- de você?- ele rir- nada de você eu não quero nada!-o mesmo fala pondo suas mãos em cima da mesa.- eu só quero vingança de um dos seus pacientes, hum você lembra daquele garoto da cirurgia hoje de manha? você lembra na hora do acidente? Esse acidente não foi nada mais nada menos do que.......... proposital, um dos meus fez esse trabalhozinho pra mim, ele esta lá no hospital e vivo! Sabe por que? Por que você e uma imprestável so presta pra salvar vidas de quem e ruin!- ele mete o tapa na minha cara e sorrir.- foi por sua culpa, sua culpa- ele fala colocando o dedo na minha testa- a minha mãe......... você salvou a vida de quem a matou e a dela você não consegui salvar..... por que???? O homem grita e começa a chora com rancor, dava para perceber que seu choro era de raiva- mais isso não vai ficar assim, eles vão pagar por tudo que fizeram aos meus pais......- ele fala enxugando suas lagrimas

 

- retirem na daqui e coloque na sala junto com a outra!- ele fala virando de costas para mim

 

- mais o que ele quer de mim? Por que eu estou aqui? O que ele quer que eu faça?- pensei

 

O mesmo homem de antes me pega pelos pulsos que ainda estava amarrados e me leva por um corredor até chegarmos numa sela onde tinha uma menina, ele abre as algemas que estavam no meu pulso e me joga la dentro...

 

- ai isso arde! – falo passando as mãos nos pulsos...

 

- vai se acostumando colega por que aqui não tem mordomia não, só quando você vai pros quartos dos capangas do senhor jung...... ou para o próprio quarto dele.- fala uma menina um pouco franzina..

 

- acho que já deu pra perceber- sorriu para ela

 

- qual seu nome?- ela me pergunta se aproximando de mim

 

- meu nome e (S/N)!- falei

 

- prazer (S/N) sou a yully!- ela estende  a mão gentilmente, bom e melhor estar num lugar desse com uma pessoa legal do que ficar sozinha pensei...

 

- que faz aqui?- perguntei

 

- bom eu sou prostituta..... dos amiguinhos do senhor Jung.... olha eu sei que não e uma coisa boa mais eu sou isso não por que eu quero mais por que preciso, não tenho outro lugar para viver a não ser aqui, pelo menos aqui eu tenho comida roupa e uma cama, melhor do que ficar presa naquele quartinho que eu sei que você já esteve nele, e um dos quartinhos mais aterrorizantes que eu já estivo, há e tente não desobedecer as ordens do senhor Jung por que ele pode se irritar e te mandar para la de novo, eu sei por que já passei por isso!

 

- bem mais..... esse senhor Jung o que ele é?- pergunto

 

- bom não sei exatamente, mais o que me parece e que os pais dele morreu por causa de um homem, e ele disse que quer se vingar desse homem, eu sei disso por que ouvir por de trás da porta.... há e só pra ti avisa mais,..... geralmente as meninas que estão aqui são abusadas pelos capangas do senhor Jung então não os recuse por que será pior para você! E respondendo ele e um tipo de vampiro eu acho..... e seu nome e Jeon Jung-kook.

 

- eu já ouvir esse nome!...... não me lembro de onde mais já vi em algum lugar...- falei colocando a mão no queixo

 

- bom mais, então e você e o que?- ela me pergunta curiosa....

 

- bom eu sou.... medica!- falo

 

- ishiii então e você, menina desculpa a expressão  mais você esta fudida,... pelo Jungkook, eu ouvir ele falando que nunca teve coragem de tocar em uma mulher, mais na medica que não conseguiu salvar a vida dos seus pais ele faria ela sofrer pelo resto da vida....

 

- levantem as duas......- um homem abre a porta

 

- para onde vamos?- perguntei

 

- não dirija a palavra e nem olhe pros rostos deles se não você será castigada, apenas faça o que ele mandar!- yully

 

- ta bom- falo

 

Passamos por vários corredores até que chegamos numa porta grande cerca de uns 3 metros de altura, o homem abri, e a porta dava acesso para uma floresta que ficava ao fundo da casa, e ela era um pouco assustadora, e já houve até casos de morte sem explicão naquele lugar, logo percebo uma espécie de carroça com uma jaula atrás, sonho que nos duas ficaríamos ali dentro, mais a questão e..... para onde vamos?

 

- para onde estamos indo? sussurro para Yully

 

- eu não sei exatamente, mais me parece que vamos para uma cidade chamada Hoston, e uma cidade abandonada e dizem que e cheia de corpos espalhados ao caminho dela- Yully fala e se arrepia toda....

 

Entramos na jaula sem saber o que iria acontecer, so a entrada daquela floresta já me causava arrepios.... estava com medo.......

 


Notas Finais


o que será que vai acontecer deixe seu comentário


espero que vocês tenham gostado, vou tentar postar mais capítulos, e se você gostou não esquece de clicar em favoritos e seguir, um beijo e até o próximo capitulo amores......


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...