História Doutor Pesadelo - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Hinata Hyuuga, Kakashi Hatake, Naruto Uzumaki, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Tags Canibalismo, Esquizofrenia, Homicidios, Loucura, Masoquismo, Medo, Mistério, Mortes, Narusakusasu?, Narusasu, Naruto, Pacto, Pesadelos, Poesia, Romance, Sasusaku, Suicídios, Terror, Yaoi, Yuri
Visualizações 22
Palavras 493
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Esporte, Fantasia, Ficção, Luta, Magia, Mistério, Poesias, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Visual Novel, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Essa história foi baseada no filme A hora do pesadelo e no dorama Professor de pesadelos.
Vou avisando que esse capítulo não é algo incrível como vocês podem estar imaginando. Talvez seja confuso, mas o que nesse mundo não é? Huh?
Essa é uma história de terror e horror, claro que tem alguns romances mas eles não são o ponto principal desta fanfic.
De coração espero que gostem.
Boa leitura e kissus de chocolate com morango.

Capítulo 1 - Introdução.


Fanfic / Fanfiction Doutor Pesadelo - Capítulo 1 - Introdução.


Doutor Pesadelo.

Capítulo 1: Introdução.

Line_Hwang.


 O medo é algo que todos nós temos, certo? Mas nem todos esses medos podem ser reais.

 Um pesadelo é algo criado por nosso subconsciente, algo que é tão real que nos faz ficar com medo até de levantar da cama no meio da noite para lavar o rosto. Mas sou diferente de outras pessoas, eu acredito que pesadelos possam se tornar reais, principalmente porque a minha vida já foi um grande pesadelo, só que um pesadelo bem real.

 Sempre vivi vendo coisas, ouvindo vozes em minha cabeça, rindo sozinha de coisas bizarras, ficando tonta do nada e imaginando a morte beijando meus lábios para avisar que aquela era a minha hora de andar de mãos dadas com ela para um mundo escuro e sombrio.

 Kakashi era um bom psicólogo aos olhos dos outros alunos, mas eu sempre fui muito desconfiada. Ele me pareceu sorridente demais, e eu não acreditava que ele queria nos ajudar. Pra mim ele queria mesmo era saber dos nossos segredos. 


— Sakura, estamos indo dormir agora e... 

— É bom saber que vocês já conseguem dormir, Sasuke — o interrompi parando de escrever naquela folha de caderno. 

— É bom poder dormir de novo — falou rindo e então sentou-se ao meu lado. — Só que...Eu não quero dormir. 

— Você passou dias dizendo que queria dormir em paz. 

— Sim, mas essa é a primeira vez que eu tenho a chance de passar a noite acordado com uma garota legal. 

Sasuke se levantou com as mãos nos bolsos e saiu andando em passos lentos que pareciam até ensaiados.

 Eu ri voltando a escrever. Bom, essa é a história de como um psicólogo bonitão e misterioso pode entrar na sua vida e acabar fazendo com que seus problemas tenham uma solução, mas depois fazer essa solução virar um problema muito pior para você. Espero que prestem bastante atenção no que vão ficar sabendo daqui para frente, não é algo bonito, muito menos deslumbrante. 

Não somos adolescentes com problemas normais, alguns aqui tem esquizofrenia, tendências psicopatas e medo do que o escuro esconde. Não pensem que essa história vai acabar tão bem quanto parece, o verdadeiro pesadelo só desaparece quando você resolve enfrentá-lo. 

Me levantei arrancando aquela folha do caderno e corri até Sasuke, sorri ficando ao lado dele e olhei para frente, vendo aquela árvore linda de cerejeira se transformar em um monstro horripilante, os galhos viraram braços e o vento soprava forte. Deixei a folha ser levada por aquela brisa e sorri de lado. 

— S-Sakura, isso devia ter acabado! 

Era uma alucinação? Talvez! Eu era louca? Sim...Posso até ser louca, mas tenho certeza que vocês estão curiosos para saber como essa história acaba, estou certa? Só espero que tenham estômago forte e que não tenham medo de contos de terror... Ah! Não se esqueçam de dormirem com a luz apagada, isso se conseguirem dormir. 


Alguns pesadelos estão no mundo real, meus anjinhos.   


Notas Finais


Então é isso meus amores.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...