História E Agora Mockingjay? - Capítulo 90


Escrita por: ~

Postado
Categorias Jogos Vorazes (The Hunger Games)
Personagens Alma Coin, Annie Cresta, Beetee Latier, Coriolanus Snow, Delly Cartwright, Effie Trinket, Finnick Odair, Gale Hawthorne, Haymitch Abernathy, Johanna Mason, Katniss Everdeen, Paylor, Peeta Mellark, Plutarch Heavensbee, Primrose Everdeen
Tags A Esperança, Em Chamas, Jogos Vorazes, Katniss, Peeta
Visualizações 32
Palavras 1.171
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 90 - Capítulo 90


"Me achei na sua porta

Igual a todo aquele tempo

Nao tenho certeza de como chequei aqui

Todos os caminhos levam-me aqui"

"Eu imagino que voce esteja em casa

No seu quarto,completamente sozinho

Voce abre seus olhos perto de mim

E tudo parece melhorar"

"Bem diante dos seus olhos

Eu estou quebrando rapidamente

Sem razoes

So voce e eu"

"Esta é a ultima vez que estou te perguntando isso

Ponha meu nome no topo da sua lista

Esta é a ultima vez que estou te perguntando o porque

Voce quebra meu coracao em um piscar de olhos"

"Voce se encontra na minha porta

Igual a todo aquele tempo

Voce usa sua melhor desculpa

Mas eu estava la para assistir voce sair"

"Quando bem dia te dos seus olhos

Eu estiver me machucando,corra rapido

Sem nenhum lugar para se esconder

So voce e eu"

-Taylor Swift, The Last Time

POV KATNISS 

Noto a diferença que 1 dia consegue fazer.

Nada como algumas poucas horas para tudo que esta a sua volta desmoronar.

Pode ser algo pequeno, mas fala bem alto.

Depois do que presenciei naquela maldita televisão, por pouco não tive uma das piores crises, era real de mais para negar.

Tomei os remédios permitidos agora e Hope dormindo facilitou ainda mais, sei que minha filha sente falta do pai, mas no momento quanto mais longe ele estiver melhor!

Flexiono os joelhos passando meus braços, me abraço como se pudesse de alguma maneira evitar que meu corpo se espalhe em inúmeros pedaços por ai.

Se alguém encostasse em mim eu desmontaria, e arrisco dizer que não teria volta.

O toque do telefone me assusta causando arrepios, não atendo pois imagino quem possa ser.

É muito mais simples ignorar do que enfrentar.

O choro de Hope me alerta, subo me esforçando ao máximo nas escadas.

"Sua filha precisa de você!"

Minha mente me alerta.

Da porta ja consigo ouvir suas mãos batendo na grade, segura com força apoaindo pra poder manter seu corpinho sentado.

Ela lembra nitidamente Prim quando era apenas um bebê, minha irmã fazia exatamente assim quando queria atenção.

-Mamãe chegou, passarinho...Não chore, estou aqui pra você!

Seu choro diminui ao longo do tempo, assim como o telefone não para de tocar. Resolvo atender, tendo a plena consciência de que coisa boa não vai acontecer.

Sento no sofá com Hope em meus braços, ela dobra suas pernas gorduchas em cima das minhas e senta tentando pegar minhas mãos.

Atendo o aparelho irritante e ouço um suspiro de alívio do outro lado.

-Katniss? Você esta ai?- a voz de Peeta faz brotar inúmeras sensações, umas indescritíveis, outras bem conhecidas por mim.

Raiva, dor, mágoa, tristeza, decepção, traição...

Desligo antes que caia em uma crise de choro forte, confesso que estou fraca. Não tenho coragem para falar com ele.

O telefone toca mais uma vez me fazendo ficar ainda mais nervosa, atendo ja ouvindo a voz dele.

-Kat? Fala comigo...

Hope olha pra mim e bate suas mãos na minha tentando pegar o telefone, reconheceu a voz do pai.

-Papaaaaaaa!- grita sorrindo, isso tem o poder de desmorar todas as minhas estruturas que ainda estavam de pé.

-Hope? É você, filha? Consegue me ouvir?- pergunta, ela puxa a manga da minha blusa com força.

-Não,  Hope! Pare com isso, agora!- digo firme, ela  assusta e faz um bico mostrando que vai chorar.

-Não, querida...eu não...- logo seu choro se faz presente.

-O que você fez ,Katniss? Me deixa falar com ela!

-Você não vai falar com a minha filha!

-Nossa filha! Por favor, Kat...

-Para de pertubar, Mellark! Volte para suas festas!- digo desligando, não consigo expelir uma lágrima sequer.

-Papaaaa!-ela grita indignada, suspiro dando vários beijos em sua bochecha, mas ate Hope não esta em seus melhores dias, pois bate as mãos em meu rosto o afastando.

-Não quer meu carinho?

-Papaaaa!- a espertinha mostra bem o que quer, mas infelizmente não poderei dar.

-A mamãe esta aqui, passarinho! -digo indo ate o banheiro, preciso dar um banho e lavar seus cabelos.

-Eu sei que você quer seu pai, Hope, mas nem sempre temos o que queremos!

Ela castiga meu dia chorando como se não houvesse amanhã, se tivéssemos visinhos estranhos, estariam pensando que estou matando minha própria filha!

-Chega, Hope! Pra que todo esse escandalo?- olho bem pro seu rosto e os azuis me capturam, como posso não lembrar de Peeta se sua cópia esta na minha frente?

-Esta difícil, sei que você não tem culpa disso, é so um bebê mas... Ele conseguiu me quebrar.

Ver aquelas mulheres o agarrando, beijando, dançando e se aproveitando de meu marido, foi horrível.

Mas o que realmente foi a gota d'agua é o fato dele não fazer nada, Peeta nem ao menos deu ao respeito a merda da aliança que esta em seu dedo!

Visto um macacão nela e meias com anti derrapantes, penteio e seco seus cabelos macios.

-Você precisa comer alguma fruta.

Amasso umas amoras, apesar de ser contra elas, Hope parece ter gostado bastante da fruta. Aproveito e misturo com alguns morangos.

-Vai brincar depois de comer tudo.- deixo bem claro, a sento na cadeira deixando o prato no apoio na frente.

Acabo com toda a minha paciência enquanto tento dar pra ela, troco por mamão e nada dela comer.

-Hope, não estou de brincadeira! Não vou jogar isso fora. Você abre essa boca e come tudo.

Respiro fundo repassando em minha mente que ela so tem 8 meses, quase 9, mas mesmo assim é so um bebê e não tenho o direito de exigir muito.

Relevo mas quando ela bate a mão derrubando o prato no chão, acabo explodindo de vez.

-Qual o seu problema, afinal? Por que não fica quieta e me ajuda a aturar tudo isso?- digo num tom bem próximo a um grito, ela chora com medo e assustada.

Agora sou um monstro pra minha filha.

O que mais de ruim irá me acontecer?

-Mas que droga!- digo sentindo meu choro acumulado dar as caras, recolho o prato e jogo dentro da pia.

-Olha o que você fez! Sabe o quanto isso é feio? Claro que não, pois você não passa fome!- grito mas arrependo quando noto seus olhos assustados.

O que estou fazendo com a minha filha?

Apoio meu corpo na parede, estou carregando um fardo muito grande.

Estou maltratando minha filha!

-Passarinho...- um fio de voz é o que sai, ela continua com o choro alto e sentido.

-Me perdoa...

Corro e aperto seu corpo contra o meu, estou descontrolada, isso não pode acontecer.

Vergonha.

-Perdoa a mamãe, passarinho,  fui muito má... me perdoa, filha...- minhas lagrimas se misturam as dela.

-Estou com tanta raiva de seu pai que acabei descontando em você, desculpa bebê...

Respiro fundo subindo as escadas, sento em minha cama encostada na cabeceira. Dou meu seio e Hope começa a sugar o leite, aos poucos seus olhos vão fechando.

Odeio admitir isso agora, mas a falta de Peeta esta afetando o sono de nos duas.

Sei que não vou deixar isso passar, minha decisão ainda não esta tomada.

Mas qualquer coisa que eu fizer irei afeta-la, e a mim tambem, isso é óbvio!

O que fazer?

O Mellark me machucou, não é fácil ver o homem que te jurou mil coisas e na primeira oportunidade, acaba com todas as suas expectativas.

A verdade desceu pelo cano, eu não estava preparada para aguentar isso. Não agora que acabamos de perder nosso filho, não quando ainda estou fragilizada e sensível pra ter uma nova crise...


Notas Finais


Hey galera.
Esse é o penultimo capitulo da 1* temporada.
Espero que estejam gostando 💚💚
Mellarkisses


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...