História E apenas Meu - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Boku no Hero Academia (My Hero Academia)
Personagens Aizawa Shouta, Bakugo Katsuki, Lida Tenya, Midoriya Izuku, Present Mic, Todoroki Shouto, Uraraka Ochako, Yagi "All Might" Toshinori
Tags Romance, Tomudeku, Tomura X Izuku, Tomuxdeku
Visualizações 94
Palavras 1.439
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Lemon, Luta, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


VOLTEIIIIIIIIII CARVALHO I E PRA FICAR

DESCULPA OS ERROS E A DEMORA.

Capítulo 14 - Planos


Fanfic / Fanfiction E apenas Meu - Capítulo 14 - Planos

• Narradora'on







All Magth levou Bakugou e Todoroki para a sala de reuniões do diretor, Nedzu que era uma caso raro de animal que sofreu mutação por conta da peculiaridade e chamou os outros heróis que estavam disponíveis.

Nedzu - Espere Yagi - Kun, não chame os outros heróis. Pediu o diretor que estava vestido elegantemente.

All Magth - Porque? vamos precisar de toda a ajuda possível para o que vamos propor. Disse o loiro esquelético.

Nedzu - Vamos manter isso em segredo por enquanto já que são poucasa pessoas que sabem. O loiro apenas concordou.- por favor se sentem.

Os dois jovens se sentaram cada um em um lado do símbolo da paz, o ser que e o diretor que geralmente e tão fofo estava exalando uma terrível pressão.

All Magth - Como você já deve estar sabendo, foi confirmado que Midoriya e realmente um vilão. Nedzu levou lentamente a xícara de chá até a boca tomando seu líquido lentamente.

Nedzu - Você acha que ele se tornou um vilão por livre e espontânea vontade?. Os olhos negros do diretor pareciam pensativos.

Todoroki - Eu não creio que ele foi por vontade própria... Ele sempre sonhou em ser um herói ele não desistiria assim. Disse o bicolor convicto.

Nedzu - Eu também acho isso apesar de nunca ter interagido com ele sempre o observei de longe. Nedzu dirigiu seu olhar ao meio - quente, meio - frio.

Bakugou - Nos queremos trazer o Deku devolta e temos um plano, chega de conversar vai ajudar ou não rato idiota. O loiro mais novo já estava impaciente com lentidão dessa conversa.

Nedzu - Por mais que eu queria ajudar eu não devia. Os dois jovens o olharam confuso.

Todoroki - Do que você está falando. O bicolor não estava entendendo.

Nedzu - Se você não sabe ou não entendeu, mesmo depois de deixar o curso de heróis Midoriya poderia ir para outra mas ele simplesmente saiu da academia. Bakugou não estava gostando do rumo das palavras do diretor.

Bakugou - Então você está praticamente dizendo que a academia não vai se responsabilizar pelo Izuku. Perguntou indignado.

Nedzu - Exatamente a academia não tem responsabilidade nenhuma para com esse jovem.... mas. Todoroki olhou esperançoso para o diretor.

Todoroki - Mas... O que!. Perguntou impaciente.

Nedzu - Mas eu vou ajudar afinal seria extremamente perigoso caso um vilão com a mesmo peculiaridade de All Magth ficasse soltou por aí. Falou sorrindo de leve e levando o chá até seus lábios. - bem podem me dizer o seu plano?.

Bakugou - Já estava na hora. Disse o loiro.

All Magth - Nedzu - San estávamos pensando em infiltrar o jovem Bakugou na liga de vilões. Os olhos negros o olharam com certo espanto.

Nedzu - Isso não seria perigoso? para um garoto tão jovem como ele?. Disse o diretor preocupado.

All Magth - Não acho isso confio na capacidade de espionagem do jovem Bakugou e bem ele tem cara de garoto malvado. Falou sem se importar com a expressão raivosa e envergonhada do loiro menor. - creio que ele consiga.

Nedzu - O que você acha disso Bakugou - Kun? acha que pode?. O loiro o olhou determinado.

Bakugou - E claro que posso meu disfarce será o número um!. Disse com um olhar decidido.

Nedzu - Certo vamos começar os preparativos você tem que saber que vilões são capazes de absolutamente tudo....... até atrocidades. O diretor olhou para o bicolor. - Todoroki - Kun você também treinará com Bakugou isso será de grande ajuda para você.

Os quatro engajaram em uma longa conversa durante horas e horas até tarde da noite e finalizarem o que fariam seria um mês e meio de preparamento para a missão.


- NA LIGA DE VILÕES -




Um Izuku com um corpo completamente marcado e exausto estava jogado na cama de qualquer jeito mas confortável o pobre esverdeado mal conseguia se mexer, um Tomura pra lá de alegre saiu do banheiro apesar do ar melancólica ele parecia iluminado e radiante ostentando um grande e belo sorriso que apenas Izuku era privilegiada de ver apenas ele.

Shigaraki se aproximou do menor e beijou gentilmente a testo do mesmo e o pegou nos braços o levando para o banheiro e gentilmente o colocou na banheira e começando a lavar delicadamente cada parte do corpo do menor vendo as marcas nítidas que decoravam sua pele, as observou com gosto passando levemente as mãos por cima delas deixando o menor na banheira voltou para o quarto e trocou a roupa de cama as colocando no cesto de roupa suja voltou para o banheiro e finalizou o banho trazendo um sonolento e cansado Midoriya para a cama quando o deitou o menor o mesmo ja estava dormindo.

Cobriu o menor e se vestiu adequadamente com sua típica "mão" no rosto e saiu pra fora do quarto andando lentamente pelos longos corredores cheios de portas da nova sede e indo para a sala de janta, chegando lá viu todos os moradores da casa presente comendo pizza.

Muscular - Vocês são o que?, tão mais pra coelhos do que pra humanos. Falou com um ar malicioso.

Kuroguiri - Sinceramente, Shigaraki Tomura deu pra ouvir no prédio todo. Falou a névoa levando um pedaço de pizza a boca.

Dabi - Avisa quando não for deixar o Midoriya sair do quarto, sem ele o Kuroguiri queima a comida. Falou o de olhos azuis lembrando da gororoba que Kuroguiri tinha feito tinha um rosto medonho na comida até o Moonfish ficou com medo.

Himiko - Ne Tomura - Kun quando o Midoriya - Kun vai sair do quarto?. Perguntou a loira com uma expressão alegre e um olhar psicótico nos olhos amarelados.

Tomura - Não sei ele tá acabado. Falou pegando um pedaço de pizza e comendo. - ele esta bem cansado.

Kenji - Também né ele estava gritando seu nome deve esta rouco. Falou lembrando da voz carregada de prazer do esverdeado ecoar pelo prédio gritando o nome do acinzentado azulado.

Tomura - Izuku pode gritar apenas o meu nome ele me pertence. Falou levando outro pedaço de pizza a boca.

Shuuichi - Esse dai e louco ciumento que tá sempre marcando território. Falou o ser que parecia uma largatixa limpando sua espada de espadas.

Atsuhiro - Não os dois são loucos ciumentos, e dois coelhos no cio. Falou o mascarado com cartola movendo uma moeda entre os dedos.

Tomura - Certo chega de falar da vida dos outros seus enxeridos, quando vamos fazer o ataque ao acampamento. Perguntou seriamente.

Kuroguiri - Parece que a viajem pra lá será daqui a dois messes até lá vamos recrutar pessoas para a nossa a academia. Falou a névoa pensativa. - e o One disse que você vai estudar também.

Tomura - OQUE!! mas eu já terminei o ensino médio. Falou o de olhos escarlates.

Kuroguiri - Mas você fará faculdade ue, tanto você quanto Dabi e Jin vão começar a vida universitária. Falou a névoa chamando a atenção do moreno e do bipolar. - apesar de sermos vilões temos que nos especializar em algo até lá decidam que curso iram fazer. Falou a névoa se retirando junto dos outros.

Tomura - Faculdade ein. Falou pensativo inda para a biblioteca sendo seguido por um Dabi e um Jin que também ficaram interessados.


Já no quarto um Midoriya revigorado mas ainda um pouco dolorido se levanta se espreguiçando e ve um par de roupas dobradas encima do criado mudo, ele as ignora e vai direto ao guardá roupa e percebe que o quarto já estava arrumado e decorado, abriu o móvel e pegou um de seus shorts na cor de um marrom lodo claro e vestil depois pegou uma das blusas de seu futuro esposo e vestil vendo com a mesma ficava como um vestido em seu corpo, pegou os cabelos e fez um coque neles no topo da cabeça e saiu do quarto com seus costumeiros pés descalços.

Mesmo quem olhasse de longe veria inúmeras marcas em suas pernas e parte exposta do pescoço ele andava calmamente indo em direção a biblioteca no caminho pegou umas fatias de pizza e as comeu, chegando lá viu Tomura,Dabi e Jin de cara nos livros, os achando muito concentrados resolveu não atrapalhar e foi pra área de ciências naturais, passou por biologia e química e foi pra parte mais afastada da enorme biblioteca e focou em alguns estudos para terminar de vez a toxina que estava fazendo.

O tempo estava acabando e a gerra se aproximando ele não escolheria lado algum quando a batalha final começasse ele apenas ficaria junto de Tomura.



Notas Finais


Tá curto né mas fazer o que sempre foi curto.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...