História É assim que se faz 《Jikook》 - Capítulo 1


Escrita por: ~ e ~Hatatakywe2

Visualizações 594
Palavras 3.110
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Festa, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Visual Novel, Yaoi
Avisos: Cross-dresser, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


HOJE EU TO PRO CRIME , PUTARIA ME CONSUMINDO!

CANSEI! To cansada dos meus lemons romanticos vim fazer uma pwp digna, fiquem agora com uma historia mais impura que a bunda do coisa ruim. Eu to nervosa já

Ta tarde e ngm vai ler aff

Para quem está lendo

Desculpe qualquer erro e boa leitura ^^

Capítulo 1 - Capítulo Único-Hmmm que delicia!


Sabe quando o ar está abafado? Quando qualquer vidro do recinto está embaçado ? Maciço, quente como o rabo do capeta, inferno é pouco. Pois é, o interior de Jungkook queimava mais que um incêndio daqueles que corroem prédios enormes e queimam até deteriorar cada molécula do lugar. O quarto de casal do hotel onde se hospedavam para curtir a viagem no Japão ,apenas os dois, sem os companheiros de grupo. Os dois vocalistas do tão famoso grupo: Bangtan Boys , estavam curtindo em solo Japonês uma viagem de casal, ambos -naquele momento-realizando um desejo guardado de duas semanas, duas semanas inteiras que não se comiam gostoso, duas semanas inteiras que Jimin rebolava contra seu corpo para provocar , dias que Jungkook ansiava em arrebentar aquele buraquinho imaculado do Loiro.

 

 Seu pau doia e latejava com a visão de Jimin rebolando masculo e sensual a sua frente, as vestes dos dois especiais para aquela noite, ambos de camisa social branca abotoada e justas, estas que estavam enfiadas nas calças apertadas - nada incomum a não ser o buraco proposital na frente expondo os pênis duros feito pedra e nas nádegas dando espaço suficiente para Jungkook se afundar no rabo guloso do Park e também havia este buraco em suas calças para talvez quem sabe seu ânus ser arrebentado pelo membro do seu namorado baixo e gostoso.

 

Ah...ele amaria se entregar daquela forma para o loiro desde que o mesmo sufocasse seu membro grandioso com quicadas em seu colo do jeitinho que Jimin sempre fazia , fundo e gostoso, ah... se tivesse isso e mais ele com certeza ia arregaçar as pernas para ser fudido pelo outro , sentindo-o bem rápido e preciso em seu rabo pouco judiado.

 

 

E lá estava Park Jimin, segurando sua gravata enquanto seu quadril bonito rebolava para lá e para cá vendo Jeon se levantar e começar a dançar também, o moreno timido se soltava entre quatro paredes , ele o faz subir nas paredes. Os dois rebolavam a metros um do outro, olhares ferventes conectados, Jungkook rebolava com o peitoral e bunda ondulando seu corpo , as mãos desciam ao próprio membro exposto o massageando, mordendo seus finos lábios sem deixar de fitar seu Bebê loiro rebolar aquela bunda gulosa para si.

 

 

O loiro sempre fazia movimentos masculos mas agora tacou o foda-se, pois rebolava feito uma menininha, uma puta doidinha para dar-coisa que ele não é-  virou-se de costas para seu moreno, abriu as bandas dando visão de sua entrada piscando , fazendo o mais alto grunir feito um cachorro louco pela cadela no cio. Rebolou , a bunda bonita jogando para cima e para baixo, as mãos pequenas no joelho dando impulso, desceu até o chão, quicando nos calcanhares nus de sapatos mas cobertos pela meia rosa transparente coisinha que Jungkook não sabia por hora, era uma surpresa deliciosa. 

 

 

 

-"Rebola, isso rebola gostoso "-Jungkook se tocava com a visão do namorado parecendo as dançarinas do Jay Park no chão.

 

 

Park ficou de quatro no chão a coluna curvava para a bunda gulosa requebrar ao som da música que os enlouquecia. Quando olhou por cima dos ombros viu o moreno sibilar as palavras:

 

-"Minha vez"-e assim o manhoso coelhinho moreno se abaixou até a cama, ficando de quatro nesta, empinando seu traseiro, abriu a calça para o loiro ver seu cuzinho quase que virgem.

 

 

Quase pois no começo do relacionamento, em 2013 quando eram apenas amigos se descobrindo, Jimin o comia com frequência, ele sempre era o passivo da relação afinal era jovem e timido, se deixava dominar com facilidade , com o tempo o rabo do baixinho o abrigava tão gostoso seu pau que ele não conseguia parar de dominar seu neném dengoso, digamos a verdade: Jimin tem uma bunda enorme e Jungkook um pau gigantesco, parece tudo certinho , não acham? Feito do universo , mores'.

 

 

Mas agora ele abria sua bundinha pequena e redondinha para o gatinho loiro que engatinhou meio tonto para a poltrona do quarto, se sentou ali para admirar com nostalgia o rabo que ele comia antes, mas como um bom passivo ele ia disputar, queria ser comido pelo roliço membro de Jungkook naquela noite, mas quem sabe não o daria um agradinho?

 

-"Kook-ah vem aqui ,vem"-Ele abriu as pernas segurando seu pênis pelos dedinhos gordinhos.

 

 

Que cena maravilhosa, seu namorado arregaçado para si, ah...jamais negaria! Ao chegar ao menos teve tempo de reagir pois rápido e ardiloso o loiro se se ajoelhou no chão a sua frente , o fazendo parar , seu pau grande foi segurando pelas mãozinhas do seu bebê, este que massageava gemendo baixinho apenas para o provocar.

 

-"Me engole , bebê, me engole, vai!"-O moreno pediu agarrando os cabelos ouro do outro.

 

 

O mais velho logo lambeu toda a extensão da carne pulsante em seus dedos, a glande inchada ali ele passou a lingua quente bem no meio da fenda melecada, o gostinho do pré-gozo em sua boca, as veias grossas no pau do namorado acima que gemia arrastado, apesar de Jungkook ser o ativo a maioria das vezes ele sempre gemia todo fininho , parecia uma vadiazinha dengosa mas quem fodia era ele. O loiro sugou a cabecinha, fazendo o famoso "Plot" sair , novamente engoliu mas dessa vez toda a quantidade que cabia em sua pequena boca carnuda, chupou com vontade, gemia apenas para causar vibrações no pau alheio, a pele do mesmo subia e descia conforme o loiro fazia tal movimento, a glande batia em sua garganta, ele acariciava as bolas a vista com a mão livre haja que a outra ele se ajudava com os sobes e desce na base do pau enorme do moreno.

-"Ah boquinha abençoada,porra"-J.K pendia a cabeça para trás, urrou como um lobo ao que o namorado parou de lhe chupar.-"Por que parou ?"-Perguntou ainda nublado pelo prazer que lhe conteu naquele instante.

 

-"Me lambuza com seus dedos , amor! Vai agora!"-O loiro mandou apontando para o lubrificante ao seu lado, se ajoelhou na cama ao que se distanciou do moreno, ali empinou o traseiro esperando ser obedecido, passivo sim! Mas quem manda é ele, bebê.

 

 

Jungkook pegou o liquido viscoso transparente , e melecou sua mão toda, os quatro dedos..

 

 

-"Você manda e eu obedeço"-O mais novo respondeu, ajeitou-se de joelhos na cama.

 

O primeiro dedo atravessou pela fresta da calça social, o loiro só se curvou mais , suspirando alto, que coisa maravilhosa aquele dedo fino e longo em seu interior se movendo para fora e para dentro de si, sabe o que é melhor que isso? Exatamente, dois dedos longos e finos que era o que lhe invadia agora, hmmm aquilo era bom, muito bom sentir os dedos lhe fodendo com ardilosidade.

 

 

-"Mais-m-ais-s"- entre suspiros o mais velho pediu recebendo um riso soprado do outro.

 

-"Assim? Hm?"-o moreno lhe alargava com o terceiro dedo-"Forte assim? Mais amor? Mais?"-o quarto dedo foi entrodusido.

 

 

Era mentira se não dissesse que Park arqueou as costas com a onda de prazer que o socou, quase uma mão toda o fodendo haja que o seu parceiro enfiava os dedos até a base destes, gemia fininho mordendo o lençol branco da cama bagunçada.

 

 

 

Seus fios cor do sol puxados para cima consequentimente seu corpo se ergueu junto, suas costas grudaram no peito do mais novo que ainda o fodia com a mão, meio avulso o loiro agarrou as nádegas do mais alto que arfou com o seu ato, que delicia. Os dentes do coelhinho morderam o lóbulo do mais velho, antes de suga-lo.

 

 

-"Ah quero te comer bem gostoso"-O moreno disse ao deixar de socar seus dedos no interior alheio.

 

-"Vai então, pode ir"-E assim o interior de Jimin sentiu a glande de Jungkook.

 

 

Gemeram em unissoro ao que a ponta do membro de Jeon entrou e saiu do cuzinho , provocando ele entrou e saiu de novo fazendo Park engasgar e jogar seu corpo mais para trás.

 

-"Vai fundo , vai fundo"-ele mandou mas o moreno continuava a entrar e sair apenas com a ponta do pau.

 

-"Como? Assim?"-e com tudo , com força Jeon estocou a entrada piscante do Park que berrou feito uma vadia que ele não era.

 

 

-"Hmm assim, bem assim"-o loiro se jogou para frente ficando de quatro empinado para o parceiro que lhe socava forte.

 

 

Jungkook segurava firme a cintura do namorado, estocando com força demasiada , os quadris se chocavam de forma dolorida mas o aperto nas nádegas redondas e enormes do mais velho foram mais. O coelhinho acelerou, ia e vinha com ardilosidade, gemiam enlouquecidamente , com uma mão Jimin ainda de costas , agarrou a gravata de Jungkook e o puxou para perto. A mão esquerda do moreno agarraram o pênis enrrigecido do Loiro masturbando no mesmo ritmo que o estocava.

 

 

-"A-n eu v-vo-ou AH!"-o mais baixo gritou ardido se desfazendo na mão do mais alto , sua entrada contraia junto as bandas de sua bunda deixando quase que impossivel para o mais novo não gozar, jatos fortes e certeiros no interior do outro, céus que sensação maravilhosa ambos sentiam.

 

 

Os corpos cairam no coxão mas não deu dois segundos após o moreno sair do interior alheio e seu namorado se levantou molinho.

 

-"Kookie-ah, me escute, eu vou ao banheiro e enquanto isso você vai tirar toda essa roupinha ai, menos a gravata"-Falou tudo meio rápido devido a respiração descontrolada, mas seu dedo indicador apontando para o outro deixavam claro sua ordem-"Anda, pelado quando eu voltar"-e assim saiu rebolando até a suite.

 

As roupas coladas de suor foram arrancadas do corpo , com cuidado afinal J.K amou aquela porra, iriam usar mais vezes com certeza. Pelado, nu com a mão no bolço , Jungkook se jogou nos travesseiros confortáveis, suas mãos repousaram atrás de sua cabeça , as pernas abertas de modo desleixado. Ah, Jimin vai aprontar e ele vai amar isso. 

 

 

-"Kookie-Ah, to bonita?"-Apenas a perna torneada do loiro foi vista , uma linda meia rosa fininha 3/4 junto a cinta liga rosa.

 

-"Puta merda"- o moreno sibilou ao ver tal imagem.

 

 

A cena do seu namorado gostoso saindo do banheiro, vestindo apenas meias rosas e cinta liga, nas mãozinhas um chicote de couro e um pênis de borracha ambos rosa claro, caralho aquilo era a visão do Olimpo de cima , por que porra, Jimin sorrindo sapequinha virando de costas dando a visão do brinquedinho anal rosa escuro em seu cuzinho já judiado porém ainda apertado.

 

 

-"Oppa, a baby gosta desse brinquedinho aqui"-com um olhar de falsa inocência ele balançou o chicote em sua destra, logo levando o pau de borracha na boca dando uma engolida-"E esse é um presente para o Daddy, quer oppa?"- beijou o pau cor de rosa.

 

-"Caralho..."-Jungkook engatinhou até sair da cama e ir ao seu baby manhoso.

 

 

Pegou ele com apenas um braço sem dificuldade alguma e o jogou menos bruto na cama, o outro sorriu malicioso ao que o chicote era retirado de sua mão e o pinto rosa jogado no canto, por enquanto.

 

 

-"Vira de bundinha para cima , vira baby?"- Jeon arrastou o objeto frio na lateral do corpo que ele ama.

 

 

Foi atendido e aquela bunda gigante e redonda tão branquinha , coitado ficaria roxo , a sorte deles era que as bundas-infelizmente-não eram vistas nuas pelas ARMYs , sorte a deles , pesar para elas.

 

 

Um vergão bem vermelho foi desenhado quando o moreno bateu com tudo o chicote na nádega do loiro que gritou manhoso, mais uma junto a um tapa na coxa grossa esquerda do mais velho, outra chicotada , mais outra; a quinta, a sexta ; a decima-quarta, o loiro arrebitava em prazer misturado a dor e ardencia que sentia.

 

-"An kookie AH"-o dildo rosa foi retirado de seu ânus e sem avisos o moreno enfiou a cara entre suas bandas.

J.K sabia o agradar como ninguém ao lamber sua entradinha, a lingua morna moldava suas pregas o fazendo arfar deleitoso, o mais alto afundou a cara ali, enfiando seu musculo molhado no interior do loiro que gemeu gostoso, simulava ao entrar e deslizar ali no buraquinho do namorado que amava beijo grego,ah o moreno ama ter sua cara enfiada nas nádegas carnudas do loiro mas teve que parar e com agilidade o virou de barriga para cima. O loiro suspirou.

 

Seus pés sobrepostos nos ombros largos do outro e ah...ele foi invadido novamente pelo membro alheio, novamente ele gritou quase fazendo sua garganta sangrar, sem nem esperar o Jeon o estocava rápido e certeiro em seu ponto doce.

 

-"A-ah...g-osta-a ass-im am-o-or? Forte"-o moreno chocou com tudo os quadris-"Fundo"-Desacelerou-"Devagarinho"-Hmm Jimin estava no céu.

 

-"Oh Jeon, vai assim, devagarinho"-sentia cada centimetro do mais novo se arrastar em suas paredes internas, Seu interior engolia o namorado de forma enlouquecedora, ele não via a hora de gozar pela segunda vez e do jeitinho que o moreno lhe estocava logo chegariam ao climex novamente.

 

-" Hmm e para que esse brinquedinho em amor? "-o moreno ia e vinha bem devagarinho , só sentindo o interior do outro o esmagar por completo.-''Quer me comer quer? Hm? Quer enfiar esse pau no meu rabo?"-o moreno falou contra o ouvido do outro que gemeu alto concordando diversas vezes com a cabeça.

 

-"Quero, deixa em? Hm?"-o loiro arranhava a costa do moreno com suas unhas finas e curtinhas, naquela posição seria mais facil foder o Jeon com seu brinquedinho.

 

 

-"Me fode enquanto te fodo , baby, vai!"-o Jeon gemeu manhoso arrastado para atissar o mais velho.

 

O de dedinhos pequenos pegou o brinquedo e o chupou,lambia encharcando de saliva , o olhar nas orbes negras do coelhinho que estava hipnotizado com a cena. Logo seu interior sentiu a ponta do brinquedo adulto, e ele estremeceu, ele se afundou ainda mais no interior alheio quando o pau de borracha era introdosido em sua entrada pedinte.

 

 

-"AHN"-Ele gemeu manhoso , isso fez o membro do baixinho fisgar.

 

 

Ele socava da mesma maneira que era socado, estocava fundo vendo seu amado gritar dengoso tanto quanto ele, ambos gritavam como putinhas , com uma mão o Jeon apertava a cintura do Park e a outro o masturbava devagar total contrário do ritmo acelerado das estocadas.

 

-"Ah Jimin, eu quero você"-Pediu o mais novo saindo de dentro do mais velho. 

 

Se deitou de bruços sem se empinar muito , a cara afundada no travesseiro o qual ele mordeu assim que o pênis de borracha saiu e o membro macio do namorado o invadiu devagarzinho como eles gostavam.

 

 

-"Jimin"-Chamou.

 

-"Jungkook"-Gemeu.

 

 

Estocadas com precisão , ah Jimin se entorpecia com o quentinho do amado o enlaçando em pecado, ele não aguentou e acelerou gradativamente. Quanto mais manhoso Jeongguk gemia mais ele acertava o ponto doce dele, mais rápido ele ia, mais certeiro e profundo, fazendo as costas do moreno contorcerem. Sem se conter ele desferiu um tapa na bundinha redondinha do mais alto , gritou ardido.

 

 

-"Ma-ais oppa"-Jungkook pediu entre dentes, chupando o ar com força.

 

-"Ann Jeonggukie"-Mesmo por cima, mesmo fodendo o rabo do namorado ele gemia como um passivo que era.

 

 

Tapas de todas as forças e ambas das bandas gluteas vermelhas, comia com vontade o parceiro e daquele jeito não aguentou, gozou forte, os jatos cheios de gozo caiando dentro do moreno, quente e forte veio o ápice.

 

Ao sair o loiro já pediu, sabia que o outro ainda estava duro feito rocha, e ele ainda não chegou ao orgasmo.

 

-"Eu quero sentar em você, sentar nesse seu pau gostoso"-o loiro falou entre suspiros rebolando contra a bunda do outro.

 

O mais alto sorriu ladino ao se deitar na cama de barriga para cima só esperando o amado colocar as grossas coxas em volta de seu tronco, de costas para si, a visão da bunda maravilhosa virada para ele enquanto seu membro era enfiado em uma quicada só na entrada alargada do loiro que gemeu tão alto e gostoso.

 

 

-"Rebola vai, quica gostoso, baby!"-desferiu um tapa nas coxas alheias.

 

 

Quicou , rebolou indo até a metade e voltando a base, o calor tão forte os queimando como a porra do capeta. 

 

 

-"Je-eo-on, me come forte vai"-Pediu entre dentes o loiro.

 

 

E assim o moreno o virou de frente a ele, ainda conectados, as mãozinha se apoiaram no ombro do mais alto, subia e descia sentindo as veias grossas dentro de si vibrarem.

O moreno também se movia, ambos sentiam a vista nublada e pecaminosa, caralho aquela sensação estava os fazendo contorcer os dedinhos dos pés, girar as cabeças e berrar feito loucos, a cama rangia a cada novo movimento sem piedade querendo quebrar a madeira.

 

-"De ladinho "-O Jeon o tombou de lado o fazendo ficar de costas para ele, já estocando de uma vez.

 

 

E naquela amada posição, abraçou o corpo do outro o colando a si com todos os centimentros possiveis. A velocidade que ele se movia, ele arregaçava o ponto doce do menor, ele bagunçou-se é possivel- ainda mais os lençois da cama, aquela velocidade e força pareciam até impossiveis. 

 

 

 

Park queria gemer , Jeon queria gemer mas já estavam roucos de tanto gritar , duas , cinco seis estocadas e Jimin teve o famoso orgasmo seco ao sentir a porra de Jeon o preencher, o liquido quente e denso o entopiu de forma pecaminosa.

 

 

 

J.K saiu do Park vendo seu gozo escorrer na coxa do outro e a sua própria suja da porra alheia. Respirações super cansadas, peitos subindo e descendo sem um tempo para se acalmar, aquilo sim era uma transa. Porra ,que transa.

 

 

-"Eu te amo muito , Minnie"-Beijou o ombro do citado o vendo se virar.

 

-"Eu te amo muito, amor"-E beijou pela primeira vez o amado naquela noite, não que fossem vadias sem proximidade, apenas não haviam lembrado de encostarem os lábios.

 

 

Aquele ato gostoso foi feito com vontade, as linguas se enroscando, as salivas se misturando, o gostinho um do outro, o amor e carinho infinitos que sentiam um pelo outro , ah...se amam tanto! Juntos á anos, escondidos da midia, apenas se amando , logico eles mostravam aos fãs as vezes sem querer que não eram apenas amigos, que o carinho não era apenas fanservice, uma zuera de amiguinhos, os olhos não mentem e os deles são verdadeiros até demais. 

 

 

 

E as fãs são espertas demais, mas não iram parar de namorar, se amar , até o céu cair. Aquela viagem prometia, e por consideração iram postar os momentos fofinhos no Twitter para as ARMYs enlouquecerem e fazerem teorias e tirarem conclusões bem verdadeiras, mas aquelas noites quentes no Japão ah... seriam apenas deles!

 

Artistas são humanos e podem sim se amar, assim como Jimin ama Jungkook. E também podem transar e porra, que transa!


Notas Finais


Rindo de nervosa
Kkkkkkkkkkkkk

Ta curta essa merda que ódio kkkk

Leia mais de minhas historias , muitas Jikook ^^

Lê lá vai? Tem 8 Jikookas esperando vc!
Tem lemon, tem Fluffy, tem fic short, tem sem putaria tbem, tem de tudo , vc vai amar, espero te encontrar por aqui ^^
↓↓↓↓↓↓↓↓↓↓↓↓↓↓↓↓↓↓↓↓

https://spiritfanfics.com/perfil/hatatakywe

↑↑↑↑↑↑↑↑↑↑↑↑↑↑↑↑↑↑↑↑


HOJE EU TO PRO CRIME


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...