História É Normal "Brincar" Com Seu Filho? - Capítulo 1


Escrita por: ~ e ~iPobre

Postado
Categorias EXO
Personagens Lay, Suho
Tags Exo, Incesto, Layho, Lemon, Mt Lemon, Mtmt Lemon, Sulay
Visualizações 58
Palavras 529
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Famí­lia, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Slash, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


olá genteeee
então, quem tá falando é a jubs kakkakar eu já tinha postado essa fic antes com o lu, mas aí aconteceram umas coisas e agora stamos repostando nesse aqui

Capítulo 1 - Biscoito... Não, bolacha


Em uma noite de sábado — 27 de novembro de 2014 —, os membros da família Kim não haviam do que se alimentar... até que Hyerin, a dona da casa, lembrou-se do biscoito que haviam comprado há uma semana.

Mal sabia Hyerin que o biscoito poderia mudar o seu casamento e a vida de Kim Junmyeon, seu filho.

— Amor, cadê o biscoito?

— Que biscoito?

— Aquele que a gente comprou semana passada.

— Mas aquilo não é biscoito.

— É sim!

— "Biscoito" é uma vírgula! Essa porcaria é bolacha! — Seu tom de voz havia estapeado a cara de sua esposa.

— Querido, se não é biscoito eu não sei o que essa merda é.

— Chama-se bolacha, minha querida.

— Eu não acredito que você disse isso, Yixing! – a mulher gritava com o marido de forma estérica.

— Fiz o quê?

— Por que você disse que era bolacha, e não biscoito?

— Ah, pelo amor de deus, né? Nós compramos com o meu dinheiro. Se eu quiser chamar de Teresa Cristina Maria Giuseppa Gasparre Baltassarre Melchiore Gennara Rosalia Lucia Francesca d’Assisi Elisabetta Francesca di Padova Donata Bonosa Andrea d’Avelino Rita Liutgarda Geltruda Venancia Taddea Spiridione Rocca Matilde, eu vou!

— Ah é?

— É.

— Vou embora dessa porra, você que se vire com o Junmyeon. – saiu batendo o pé para o quarto do casal, onde Yixing julgava estar fazendo as malas.

— Quer saber? Pode ir embora, eu te odeio e já te traí mais de uma vez e com mais de uma garota! Vou ficar aqui com o Junmyeon. Espero que você morra atropelada!

Enquanto isso, Junmyeon ouvia toda a discussão pela fresta da porta e não sabia se ficava triste pela decisão precipitada da mãe ou se ria da briga por um motivo tão idiota.

Junmyeon, cansado de ouvir as discussões, ligou o foda-se para tudo e foi tomar banho.

Mas o que ele não sabia era que ele havia deixado seu desbloqueado e à deriva de qualquer "perigo" alheio – vulgo seu pai.

— Mas o quê? – Yixing disse para si mesmo enquanto vasculhavam a galeria do filho. Fez uma careta desgostosa quando abriu uma pasta chamada "nudes".

— Pai, é você que  aí?

Yixing fez silêncio.

— Pai? – Junmyeon saiu do banho com uma toalha enrolada na cintura. Yixing queria enfiar a cabeça em um buraco, mas não teve nenhuma reação e nem sequer soltou o celular do outro – Pai, mas o que você es... – agora dera um branco em sua cabeça.

— Nada, filho. Vá dormir, já está na hora.

E assim Junmyeon foi ao seu quarto, iria mandar mensagens aos amigos ao invés de dormir, como Yixing estava fazendo neste momento, no sofá, já que estava triste demais para dormir na cama, sentindo o cheiro de sua ex-esposa.

Eu: Tzuyu! Prostituta que engravidou e teve filhos! Fodeu!
Yoda: Calma aí. O que foi, merda?! Eu tava tendo meu momentinho com a Sana, você atrapalhou justamente a hora H!
Eu: Foi mal. É serião! Meu pai descobriu as fotos!
Yoda: Mudou nada na minha vida.
Eu: PORRA, TZUYU! Eu tô aqui fodido á quinquagésima potência e você está aí, e não dá uma porra pra mim!

 

Tzuyu foi embora da conversa depois de alguns minutos. Agora Junmyeon estava sem escapatória, seu pai descobrira as fotos e Junmyeon apanharia bastante.


 


Notas Finais


obg por lerem mais uma vez <333


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...