História Ela é Incrível - Capítulo 23


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Tags Sasusaku
Visualizações 35
Palavras 1.932
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Escolar, Famí­lia, Festa, Luta, Mistério, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Finalmente cá está o cápítulo 23!!!!!! peço desculpas pela demora, please!!!!! Eu tento trazer rápido, gente! eu tento, mas me desculpem.
E quero agradecer: ~23lena, ~Sabrinapexoto, ~Neivyuchiha, e a ~Lhady_Sky... Pelo os comentários no último capítulo, eu adorei cada um!!❤😘
Eee espero vocêes lá embaixo!!😘

Capítulo 23 - O preço da desconfiança


Fanfic / Fanfiction Ela é Incrível - Capítulo 23 - O preço da desconfiança

No capítulo anterior:

Levei alguns segundos para processar que fui descoberta, tentei formular palavras e não conseguia encontrar nenhuma que explicava o fato de que eu estava parada feito uma idiota praticamente dentro do quarto.

___________________________________________________________________________

— EU ME RECUSO A FAZER QUALQUER COISA COM ESSA GAROTA.— Gritava Sai para Ino, não demorei para perceber que 'Essa garota' era a Karin que fazia uma cara de insatisfeita a sua frente.

_______________________________________________________________________

— PAREM JÁ, ISSO É UMA ESCOLA E ESTÃO AGINDO COMO ANIMAIS.— Gritou a diretora com autoridade e claramente nervosa.— Pra sala agora!! serão punidos.

_______________________________________________________________________

— O que está acontecendo, Pai? Me diga!— Exigi e pude perceber ele tentar formular palavras.

_____________________________________________________________________

— QUANDO O PAI VEM AQUI FICA PAGANDO DE SANTINHA NÉ, PRINCESA!— Disse Sasuke

_____________________________________________________________________

o mural com o resultados dos parceiros. Meus fios caindo pelo meu rosto e visivelmente bagunçados não e impediram de ver meu nome estampado ao lado do de Sasuke Uchiha

 _____________________________________________________________________

Capitulo 23- O preço da desconfiança

HINATA

Aquele olhar que me lançava quando me pediu em namoro não era mais o mesmo, agora é apenas um olhar seco. O sorriso que me dava já tinha se desfeito. Aquele som de sua voz dizendo "Eu te amo, Hinata", era apenas berros.  Sua expressão feliz já tinha se transformado em raiva. Estava diante de Naruto escutando coisas que nunca pensaria um dia escutar de uma pessoa que gosto tanto, como pode desconfiar de mim? Eu adoro esse imbecil nunca seria capaz de trair ele. Por que dói tanto? Por sinto tanta dor no meu peito? é como se algo tivesse despedaçando. Eu olhava para seus olhos verdes e mal conseguia ouvir seus gritos apenas ficava olhando ele. Como as coisas chegaram a esse ponto? Me sinto sufocada, sinto ódio. Sequei as poucas lágrimas que caiam, mas de raiva. Nunca me senti tão injustiçado em toda minha vida.

 Vi Sakura, Sasuke e Rock lee entrarem praticamente correndo e assustados com o berros, Tenten que estava ao meu lado tentava se justificar por mim, mas sabia o que teria que fazer e me doia cada vez mais e apenas deixei as lágrimas cair dessa vez, foi um alivio no meio daquela confusão, e então Sakura veio para meu lado como se já soubesse o que estava acontecendo.

— Você surtou??— Perguntou Lee ao lado de Sasuke.— Por que ta falando assim com a Hinata?

— Porque essa aí anda me fazendo de trouxa!!— Falou em um grito olhando para mim.— Eu sou um babaca mesmo...

— Como assim "essa daí"? você ta falando da Hinata, Naruto. Ela não é qualquer pessoa.— Disse Sakura passando a mão pelo meu ombro como consolo. Por que nunca faço nada? por que não me defendo?

— É SIM. A PEGUEI FAZENDO MAIS LIGAÇÕES.— Falou Naruto passando a mão pelo os fios.— É claro que ela está me traindo, nem mesmo tenta dizer algo. 

— Chega, Naruto. Para agora com isso ou vai se arrepender depois.— Falou Sasuke puxando pelo braço do loiro que se solta bruscamente caminhando até a mim.

— Não vou me arrepnder. Foi bem melhor descobrir logo antes que o chifre ficasse maior.— Disse mantendo um olhar fixo em mim. Limpei meus olhos, suspirando fundo para tentar  me acalmar. Sabia que ia doer, mas ia ser melhor do que continuar dessa forma, não o reconheço.

— Chega, eu não quero mais.— Falei me dirigindo para saida, não quis sequer olhar sua expresão apenas queria me livrar daquela dor insurpotavél. Nunca mais vou derrubar uma lágrima por causa desse idiota.

— Agora vira as costas? não gosta de discutir relacionamentos? Então... Vamos lá, Hinata.— Falou com um tom debochado. Parei ainda olhando para frente e logo soltando mais um suspiro não sei como, mas isso me faz sentir mais aliviada.

— Que relacionamento, Naruto? Onde foi que nos perdemos?

— Eu? Essa garota haha. você me traiu, te garanto que esse "nós" não é justo. Você que ficou com outro.

— Acaba aqui, Naruto. Deu pra mim. Pensei que te conhecia, mas até as pessoas mais confiantes se surpreendem.— Falei e segui reto, estava prestes a sair da sala determinada a esquecer que um dia gostei de uma pessoa como ele. Como não pode confiar em mim? me acusou da última coisa que eu faria com ele, seria como traiar a mim mesma. 

— EI!! Não se faça de inocente agora. Não fale como se eu estivesse errado.— Falou com um tom de raiva, claramente estava nervoso. Parei novamente, mas dessa vez o encarando estava com tanta raiva, nunca pensei que sentiria isso em relação a ele, é horrivél.

— Quando perceber já vai ser tarde demais, Naruto. Você me perdeu a partir de agora.

SAKURA

Hinata estava decidida, dava para ver em seu olhar. Naruto parecia não conseguir formular palavras diante do tom rigido agora da ex, ele apenas parecia digerir a ideia do termino a sua expressão era de surpresa e ele não se preocupava em esconder. Observava aquilo ainda sem acreditar no que acontecia, o último casal que eu pensaria se romper agora estava acabado e eu mal conseguia entender o por quê, apenas escutavamos os gritos vindo da sala

{Alguns minutos atrás}

— Essa é minha decisão, espero que vocês respeite a minha escolha.— Disse me aproximando de Sasuke, sem desviar o olhar dele.— Parabéns, em pouco tempo estará livre de mim.

— Ah, sério? Espero que não esteja mentindo, seria ótimo não ter mais que olhar pra você.— Disse Sasuke formando um sorriso, logo deixando aquela expressão estranha de lado. É claro que ele não perderia a chance de me irritar.

— Pelo menos em alguma coisa pensamos igual, também acho o mesmo de você. — Sorri ironica me afastando.— Depois te mando uma mensagem marcando a hora que faremos o trabalho, está bom pra você?

— Sim. — Respondeu passando a mão no cabelo.

— Lee você pode ir comigo a diretoria? Preciso que confirme o que vem acontecendo nesses últimos 2 meses.

— Não, Sakura. Não vou colaboar com essa maluquice, se quer acabar com a brigas não é se afastando que vai conseguir.

— É sim, não percebe que não tem como eu e esse idiota parar de brigar? Ele ta é com raiva de  mim porque não fui que nem essas garotas e sai dando pra ele.— Disse e rapidamente senti o braço de Sasuke agarrar o meu e me colocar contra parede, soltei um som baixo por causa do impacto da minhas costas com a parede. Ergui o olhar para Sasuke pronta para me soltar, mas não esperava que seu rosto se tornaria tão sombrio a ponto de me fazer ficar sem reação nenhuma. E-Eu estou com... medo? Desviei o olhar me sentindo impotente o que me deixou estranha.

— Está dizendo que você me deu o fora?— Perguntou ele seguindo meu olhar com os próprios serrados. Demorei a dizer algo, mas mesmo hesitante disse tudo que queria dizer.

— Isso mesmo, des de então você vem infernizando minha vida!!! Tem noção de como é ruim pra mim? De como meu Pai reagiria se ouvisse você dizer aquelas coisas? Não tem porque você só faz o que quer e que se dane os outros. Seu infeliz. — Terminei respirando fundo sem desviar o olhar dele, estava com receio da sua reação, mas ele me olhava sem dizer nada e só consegui sentir sua mão largando meu braço aos poucos.

— ME TRAIU, HINATA. VOCÊ ME TRAIU. 

E foi nesse momento que não consegui ouvir o que Sasuke tinha a dizer se é que ele tinha algo a dizer era impossível entender o que se passava na cabeça dele e então apenas corremos, o primeiro foi Lee que nem mesmo esperou por nós e então estava prestes a ser a segunda, mas olhei para frente e pude ver Sasuke me encarar ainda próximo. Tentei me mover e dar um passo para trás mas voltei a sentir minhas costas contra a parede, foi então que Sasuke deu um sorriso um pouco macabro passando a mão pelos fios e logo formulando palavras que quando ditas foi como me pegar desprevinida, a essa altura nunca pensei escutar algo semelhante a isso vindo dele. 

— Talvez tenha razão, Sakura. Talvez eu esteja infeliz. E não pensei como seu Pai ia agir sobre o que eu disse,  mas não espere nada de mim além disso até acabarmos essa porcaria de trabalho.— Disse ele colocando as mãos no bolso da calça.—  Sei que me acha uma pessoa ruim e realmente sou! 

E foi assim que Sasuke foi o segundo a ir em direção aos gritos, apenas fiquei parada pensando em como ia supotar aquilo, queria poder dizer pra mim mesma que aquilo não me afetou, que não me importei com o que ele disse, mas ultimamanete me sinto tão exuasta com tudo isso como se o fardo fosse maior do que eu posso carregar.  Sinto tanta tanta vontade de desistir voltar e dizer a ela que foi uma estupidez tentar algo assim. É como se eu tivesse pagando o preço por acreditar que seria algo facíl talvez eu dei um passo maior do que podia dar, mas mesmo com isso tudo como se algo sempre fosse vim pra atrapalhar sinto como se fosse valer apena no final. Irei comprir minha promessa, mãe. Irei levar Itachi para você, agora vou até o final e não vai ser Sasuke e nem ninguém que vai atrapalhar é uma promessa. 

E então fui a terceira a entrar.  Ainda me sentia um pouco confusa, tudo estava acontecendo muito rápido.   Olhei para Naruto em seguida  levando meu olhar a Hinata que continuava firme na sua decisão, não espera uma atitude do ela parecia tão certa do que falava sua expressão era totalmente diferente do que é normalmente viamos, não era mais a Hinata fofa e sim Hinata que não ia aceitar aquela acusasão absurda e ia chorar depois e aquilo concerteza surpreendeu Naruto que a olhava assustado. Alguns segundos se passaram e os olhares entre os dois continuava cada vez mais intensos , e então podemos ouvir o som do telefone tocar alto o que quebrou aquele clima desconftravél. pude sentir alguém segurar forte minha mão e ao olhar para o lado fiquei surpresa ao ver que era Tenten, sua mão estava suada como seu rosto que também estava palido, ela abria e fechava os olhos devagar como se estivessem pesados.       

  — Não... Não pode deixar tudo onde está, não quero mais o salão, as bebidas o Dj. — Escutava Hinata dizer ao telefone enquanto eu olhava para Tenten assustada. — Vou cancelar a festa,  me ex namorado não vale esse esforço. 

— Festa?— Perguntou Sasuke.

— Gente!— Chamei por eles começando a ficar preocuada com Tenten. Toquei seu rosto e arregalei os olhos ao ver como ela estava gelada.

 — Enquanto seu amigo desconfiava que eu estava fazendo ligações pro me ex namorado que está na cidade, eu estava organizando uma festa pra ele de 18 anos! queria que fosse uma supresa especial pra ele, mas eu que acabei tendo uma!— Confessou Hinata então olhei para todos na sala surpresos principalmente Naruto que assumiu uma expressão estranha  e voltei meu olhar para Tenten.

— TENTEN!!!!—Desesperada gritei por ela. Tudo aconteceu em questão de pucos segundos, Tenten caiu assim que coloquei os olhos  nela de novo, era como se tudo estivesse lento. Tentei segurar, mas me desequilibrei e quando fui perceber já estava no chão junto com ela ainda a seguranado, me sentei rapidamente no chão ajeitando sua cabeça no meu colo. O que estava acontecendo? todos na sala vieram correndo em volta de nós também sem entender a situação.

— O QUE ACONTECEU COM ELA!!?— Perguntou Hinata.

— Tenten...Tenten, ACORDE!!— Exaltada falei balançando seu rosto.— RECUPERE O SENTIDO TENTEN!!!


Notas Finais


Eai?? gostaram?? Estou ansiosa para trazer o próximo capitulo pra vocês!!
e mais uma vez me desculpem pelo chá de cadeira, amores!!!😚
Até a próxima!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...