História Ele é meu vizinho - Capítulo 24


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Jaxon Bieber, Jazmyn Bieber, Justin Bieber
Visualizações 85
Palavras 3.963
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá bebês da Mih

Voltei essa semana e a próxima será capítulos todos os dias


Boa leitura

Capítulo 24 - Obrigado por esquecer meu aniversário Daddy


Fanfic / Fanfiction Ele é meu vizinho - Capítulo 24 - Obrigado por esquecer meu aniversário Daddy


Pv John Garcia

Ela é minha filha não posso desejar ela, não posso!!!

Melissa é linda igual a mãe esbanja sexualidade, simpatia, sempre sorrindo, esses olhos esmeraldas de Sarah, eu preciso conquistar um elo com ela perdi 17 anos da vida dela e não perder mais nenhum.

Entendo que logo ela vai querer morar sozinha mais eu preciso dela comigo, ja perdi Sarah e não irei perder Melissa.


Pv Justin Bieber


Essa vizinha nova é bonita desde que vi ela na varanda de madrugada com Megan tenho interesse de saber mais dela.

Nos encontramos duas vezes em boates e ela é realmente bonita, entendo os seguranças dela sempre estar brigando por ela.

As notícias sairam e finalmente sei o nome dela

Melissa Garcia.

-Uau ela é brasileira -  falei atraindo o olhar de Za. -Aquela morena da boate.

-Hii irmão ja apaixonou na garota.

-Sabe que não me apaixono fácil. - falei e voltamos jogar videos game

Logo ouvi um barulho da casa do vizinho e fui ver e era ela perfeitamente linda num biquíni branco gritando Gol.

-Caralho é ela ali? -Za apontou

-Sim a de biquini branco. - falei cruzando os braços 

-Gostosa em JB. - Za falou todos animado e revirei os olhos 

Logo todos estou na piscina  com maior zona, varias garrafas e copos nas mesas ao redor da piscina,  casais se pegando e 

Entrei e logo fomos nos arrumar pra sair, saindo no portão vi ela e suas amigas indo embora, entrei no carro de Za e logo saimos.


Pv Melissa Garcia


Acordei com a cabeça doendo muito e meu celular gritava jogado na poltrona ao lado da porta desci da cama ficando de quatro e engatinhando até a poltrona e minha porta abriu.

Ue preguiça matinal quem nunca desceu da cama engatinhando por preguiça kkk

-Ow que bela visão pra ter logo cedo. -Falou Estela -Bom dia menina. -acenei colocando meu celular no viva voz e...

-FELIZ ANIVERSÁRIO SUA DELICIOSA -Aly gritou e me joguei na cama. -Porra porque to vendo o teto Melissa acorda meu.

-Aly to de ressaca e já sabia que iria gritar.-falei e ela sorriu

-Vejo que você curtiu bem seu niver sem mim e eu aqui chorando por você sua vaca desnaturada. - choramingou

-Alyssa menos, só estava fazendo uma baguncinha na piscina com os gatos dos meus Seguranças.

-Nossa como ela está importante tem segurança agora, devo marcar horário pra falar com você majestade.

-VAI SE FUDER BRENDA PORRA -gritei assustando Estela que apontou pro relógio e estou atrasada corri pro banheiro e continuei conversando com Aly e logo me arrumei fazendo uma Make, Vestido estilo camiseta Kings, tênis adidas e mochila com meus livros e cadernos do Brasil.

Desci entrando na cozinha e vendo todos sentandos tranquilamente.

-Que horas começa minhas aulas?

- 07:30 as 12:30, quarta e sexta até as 15:30 por ter aulas práticas. -John falou e concordei.

Tomei meu café e percebi o clima tenso entre Tyler e Carly e sorri por isso. 

-Bom to indo -falei saindo da cozinha.

-Espera eu te levo estamos indo pro mesmo lugar. -Tyler falou. -Xau Mom, Meg e John.

Entramos no carro e logo estavamos passando pelos portões da universidade Tyler estava me olhando enquanto iamos atrás dos meus dos horários e sala.

-Vocês brigaram?- perguntei puxando assunto.

-Sim ela ficou com ciumes de você dizendo que você é o tipo de mulher que eu gosto, e que vou acabar traindo ela com você.

-Fala pra ela que pra isso acontecer só depende de você pois eu estou livre e desimpedida. - falei piscando pra ele.

-Ok ja entendi o recado.

Peguei minhas aulas e fui pra sala, estava sentada mexendo no celular e logo a sala foi enchendo.

-Mentira que você vai estudar comigo. -Brooke falou tirando minha atenção do celular e sorri.

- Nossa mundo pequeno garota. - falei e vi o professor entrar.

Meu primeiro dia na faculdade foi tranquilo.

Assim que estava saindo vi Carly e Tyler e eles estava discutindo de novo.

-Oi casal - falei e ela me fuzilou com o olhar.

-Melissa tenho que ir trabalhar, você pode ir de táxi ou espera eu pedir pra um dos seguranças te buscar -Tyler falou sorrindo gentil.

-Tyler fica tranquilo eu me viro, bom trabalho - pisquei pra ele e sai rebolando.

Andei ate o restaurante mais próximo e almocei sozinha.

Procurei o número de John e quis mexer com ele mais um pouco.

No segundo toque ele atendeu


-Mel? Esta tudo bem? -Sua voz grave atendeu e sorri.

-Preciso de um carro pra vim me buscar estou no restaurante ao lado da faculdade, quero fazer umas comprinhas, mas é chato ficar andando de taxi com um monte de sacolas. -falei com a voz mais manhosa que consegui.

-Você pode vim aqui no meu escritório, tem vários seguranças aqui é mais perto da sua faculdade.

-Me passa o endereço to indo pegar um táxi. - falei e desliguei.

20 minutos eu estava saindo do táxi e entrando naqueles enorme prédio.

-Posso lhe ajudar? - a recepcionista sorriu

-Pode avisar ao John que cheguei. - falei mexendo no celular vendo minhas redes sociais.

-Ele está aguardando, peguei o elevador último andar - disse me entregando um cartão passei pela catraca e entrei no elevador.

20 andares e parou em quase todos e ninguém entrava por me ver.

Parou no 18° andar e ninguém mais que Usher entra.

Peguei meu celular e tirei uma foto dele e mandei pra Aly

"Olha com quem estou dividindo o elevador"

Elevador abriu e saimos ele foi pra uns sofás e eu parei na recepção e logo John apareceu

-Me acompanhe por favor. - falou colocando a mão na minha costa e logo entramos numa sala enorme - Senta ai - falou indo sentar na poltrona dele me encostei na mesa a lado da poltrona e sorri fraco vendo ele tenso. 

-O que houve John? Aconteceu alguma coisa? - falei tentando não gargalhar na cara dele 

-Aconteceu. Quero falar sobre o ocorrido de ontem.

-Os seguranças na piscina? - arqueei as sobrancelhas

-Não, sobre você dizer que tem desejos obscuros e dizer que sou um puta gostoso. -me fiz de desentendida lógico

-Ai meu Deus, eu falei isso? - fingi estar envergonhada colocando a mao

-Sim você falou e ainda me jogou contra parede sussurando no meu ouvido e arranhando meu peito e o pior de tudo você gemeu me chamando de Daddy, falou que eu não poderia negar que meu amiguinho estava te querendo. Melissa você passou dos limites - falou passando a mão pelos fios pretos num ato de nervosismo

-Nossa a culpa é da bebida. - falei fingindo vergonha -Me desculpa de verdade.

-Tudo bem imaginei que tivesse sido a bebida mesmo.

-Posso ir agora preciso curtir meu dia. - falei ficando na frente dele sentando na mesa e abrindo as pernas e ele olhou minha intimidade e mordeu os lábios fechando os olhos -Obrigado por esquecer meu aniversário Daddy. - sussurrei e desci da mesa indo até a porta e parei olhando pra ele -E lamento saber que deseja sua filha sexualmente, manda o segurança esperar na porta to descendo.- sai batendo a porta do escritório com maior força.


Não acredito que ele chegou a esse nível que cair nas minhas provocações e ficar excitado mordendo os lábios que babaca.

Eu sei fui errada, mais eu vim pra causar nessa porra...


- Oi Senhorita Melissa pra onde deseja ir? - o segurança falou abrindo a porta do carro.

-Pro shopping mais perto. - ele assentiu dando partida no carro.

Mexendo nas minhas redes socias vi as últimas notificações do Twitter

"Justin Bieber Followes You"

E ele postou

" Feliz aniversário Liz, finalmente descobri seu nome. ;)"

"Obrigado Justin \O/"

-Chegamos Senhorita. -Segurança falou e concordei pegando minha carteira e meu celular saindo do carro.

Andei pelo Shopping e fiz uns comprinhas e fui atrás de um studio de tatuagens.

Tatuei "Eternos Sarah e Den" e algumas notas musicais atrás da orelha descendo pro pescoço.

Ja anoitecia e liguei pra Brooke.

-Fala garota - Brooke atendeu

-Quero ir encher a cara vamos comigo? Leva roupa pra você dormir em casa e amanhã vamos pra faculdade topa?

-Claro, fala pro Steven te levar no bar onde nos conhecemos.

- Que horas?

-Bom agora é 18 hrs podemos nos encontrar as 21horas?

-Nos vemos lá

-Vamos fazer esses 20 anos valer a pena leva algum boy pois vou pegar o Steven de novo. -falou e revirei os olhos.

-Ate logo Brooke.


Cheguei em casa e Meg veio me abraçar com um presente na mão.

-Parabéns Mel, eu vi que você não tinha e comprei pra você.

-Obrigado Meg não precisava. -falei abrindo o presente e vendo uma bolsa linda da Loius Vitton.-Eu amei.

-Eu sabia que iria amar, você se machucou? - falou passando a mão por cima dos curativos das tatuagens.

-Não são tatuagens novas quer ver? - ela concordou e tirei mostrando pra ela.

-Uau são lindas quem é Sarah e Den? - perguntou inocente

-Minha mãe e meu pai. -ela me olhou confusa.

-Mas o seu pai não é o Papai John?

-Ele foi o homem que me criou, me educou e me ensinou viver com a ausência do John.

-E cadê eles?

-Eles morreram num acidente de carro. -ela me abraçou.

-Eu sinto muito, eu não sabia.

-Eu também sinto muito pequena. -pausei -Me ajuda escolher uma roupa? Vou sair com uma amiga pra comemorar meu aniversário. -ela concordou e subindo.

Eu estava cheio de sacolas e esbarrei em alguém.

-Caralho uma casa tão grande e ainda da pra esbarrar nas pessoas. - falei pegando as sacolas e vendo que era John na minha frente.

-Me desculpa pelo ocorrido no escritório eu não sei o que me deu.

-Eu sei -Ele arqueou as sobrancelhas -Você está com falta de sexo e por isso até sua própria filha consegue te excitar, se sua mulherzinha imprestável não ta dando conta porque continua casado?

-Melissa é complicado. - falou me ajudando com as sacolas. 

-Arruma uma amante então Daddy, você é novo e bonito pode arrumar outra mulher fácil, estou indo pra um barzinho com os amigos quer ir? - falei e seria a primeira conversa sem brigas e gritaria de nos dois. -Se arruma em uma hora sairemos. -falei indo pro meu quarto e escutei ele dizer "Você não tem jeito mesmo" sorri com isso.

-Nossa você demorou ja olhei algumas roupas que comprou deixa eu ver essas. - falou tomando as sacolas da minha mão -Vai tomar banho logo.

Sorri com isso e fui pro banheiro e logo ouvi um grito agudo.

-Que isso menina? - perguntei do banheiro

-JUSTIN BIEBER ESTÁ TE SEGUINDO TWITTER. -gritou e gargalhei -Ele acabou de te mandar um DM pedindo seu número.

-Não respondi Meg eu respondo depois. -falei começando tomar banho.

Meu banho foi relaxante e logo sai vendo três opções de roupas e sapatos.

-Megan você tem que parar com essa mania de ficar mexendo no meu celular - Falei colocando uma langerie e ouvi vozes altas e alguém batendo a porta e a minha abrindo brutamente.

-MELISSA VOCÊ PASSOU DOS LIMITES -Cintia gritou e sai do closet cruzando os braços e encostando no batente da porta -VOCÊ PASSOU DOS LIMITES.

-Fala baixo não sou surda, e para de gritar porra. - falei e fui até minha cama e pegando um cropped(foto capa) e colocando -Posso saber qual limite eu passei?

-Você chamou meu marido pra ir num barzinho com você e seus amiguinhos adolescentes. -Gargalhei e isso deixou ela puta. -VOCÊ TA QUERENDO ACABAR COM MEU CASAMENTO? FAZ QUATRO DIAS QUE VOCÊ CHEGOU E JA VIROU NOSSAS VIDAS DE CABEÇA PRA BAIXO.

-ERRADO! EU ESTOU COLOCANDO ÂNIMO NESSA VIDA SEM GRAÇA DE VOCÊS, SUA FILHA GOSTA MAIS DE MIM EM QUATRO DIA DO QUE DE VOCÊ EM 8 ANOS. JOHN ME ACEITOU MELHOR DO QUE VOCÊ ESPERAVA E SEU FILHO? QUE NÃO TIRA OS OLHOS DE MIM. - pausei colocando minha mini saia(foto capa) -ISSO TE AFETA PORQUE VOCÊ DEIXOU DE SER O CENTRO DAS ATENCÕES E FAZER ELES DE CACHORRINHOS.

-Você vai pagar muito caro por estar me enfrentando garota.

-Sai do meu quarto agora cansei de ouvir seus latidos inúteis. - abri a porta pra ela passar e ela saiu e bati a porta. -AAAAA INFERNO ATÉ QUANDO VOU AGUENTAR ESSA MERDA. - gritei jogando o abajur na parede e vi a cara de assustada de Megan. -Desculpa pequena.

Me sentei na penteadeira e ela continuou mexendo no meu celular e sussurrava algo.

-O que tanto faz ai Meg?

-Estou falando com o seus amigos. - deu de ombros -Justin mandou outro DM te chamando pra boate.

-Fala que vou pro barzinho com uma amiga.

Terminei de me arrumar e coloquei as coisas na bolsa que Meg me deu.

-Vou dormir aqui. -Meg falou se jogando na minha cama e concordei -Pode mesmo?

-Claro quando eu chegar com minha amiga eu te levo pro seu quarto. - dei um bjo nela - Só não bagunça minhas coisas bye bye.

Desci indo atrás de Steven e Tyler estava na cozinha somente de Calça Moleton com uns papéis e caneta.

-Depois que for abusado sua namorada vai querer me processar. - falei atraindo o olhar dele pra mim e abri a geladeira pegando vodka e suco de laranja.

-Nossa digo o mesmo. -falou e sorri.

-Tem um probleminha ai. -Ele arqueou as sobrancelhas -Eu não tenho namorado. - pisquei e ele sorriu torto. -Bons estudos Tyler.

Deixei um beijo na nuca dele fazendo ele arrepiar.

Cheguei no jardim e vi Steven conversando com George.

-Stev me leva no barzinho onde conheceu a Brooke ela está me esperando la. - falei e ele concordou -Troca de roupa você vai ficar la conosco. 

Entrei e John estava descendo as escadas calça jeans, blusa social azul marinho com as mangas dobradas até o cotovelo, sapatenis, Rolex no braço direito e cabelo num topete bagunçado.

-Uau que gato -falei e ele sorriu.

-Essa sua roupa ta muito curta mais você está linda, me lembra muito Sarah quando a conheci. -falou e percebi um brilho em seus olhos.

-Você a amava? - perguntei

-Sim eu a amava muito. -pausou pegando as chaves do carro na mesinha -Podemos ir? 

-JOHN GABRIEL GARCIA NÃO ACREDITO QUE VOCÊ VAI MESMO -gritou a louca descendo as escadas.

-Estou indo comemorar o aniversário da minha filha. - falou se alterando. 

-Todo arrumado assim? -endagou com ciumes.  

-Se ele vai sair comigo tem que estar gato ne querida. - falei e ela bufou

-Eu vou junto. -falou e neguei.

-Aniversário é meu e você não está convidada querida. Vamos? - entrelacei nossos braços o puxando pra fora. -Vamos esperar o Steven ele que sabe onde fica o barzinho.


20 minutos depois...


-Desculpa a demora mais eu... -pausou vendo John. -O senhor também vai? - assenti e ele engoliu em seco.

-Relaxa Steven não vou nenhum monstro, não seremos chefe e segurança hoje. -John falou e Steven concordou

-Bora queridos. - falei entrando no carro. 

John e Steven foramna frente e eu no banco de trás,  vi uns 3 carros de segurança nos seguindo. 

Brooke ja me ligava e eu avisei que estávamos chegando.

Assim que chegamos o bar estava cheio e muito ficaram olhando por causa dos exagerados seguranças de John.

-Gente sai de cima, ninguém vai agarrar o John fiquem la fora. -falei e John concordou com todos saindo.

-Amiga como você está gata -Brooke falou me abraçando -Olha é bem simples mais é de coração. - me entregou uma bolsinha e abri vendo um colar com duas menininhas

-Amei Brooke.

-Finalmente chegou garota -Dawn sentou e secou o John -Nossa quem é o gato?

-Dawn esse é meu Pai, John essas são Brooke e Dawn.

-Ai meu Deus que vergonha me perdoa Senhor John -Dawn falou corando  e John sorriu.

-Podem me chamar de John meninas. Prazer conhecê las. -falou dando um beijo no rosto de cada uma.

-Por hoje ele está solteiro meninas. - falei e Steven engasgou com a cerveja. -Que foi Steven? O que acontecem em Vegas fica em Vegas - pisquei pro John e ele sorriu negando. 

Nos sentamos e pedimos uma rodada de tequila e depois alguns drinks.

John estava se divertindo e chamei ele pra dançar.

-Eu não sei dançar Melissa. - falou meio tenso

-Vamos lá só balançar no ritmo da música, vem Dawn me ajuda aqui.

Somos da pista de dança do bar e começamos dançar com John no meio de nos duas.

-Isso ai John -Puxei Dawn pra frente dele e deixei os dois dançarem sozinhos e voltei pra mesa ja passava da meia noite e postei uma foto que tinhamos tirado assim que chegamos.

"Feliz Aniversário pra mim 2.0 é uma vez só. Curtindo com novos amigos e com o Daddy" -essa foi a legenda.

-Mel o que deu no John? Ele está sem aliança e saiu sem Cintia. -Steven perguntou.

-Ela não está satisfazendo ele como deveria, ai sugeri dele sair pra curtir a noite e encontrar alguém pra tirar a tensão sexual. - dei de ombros e vi uma aglomeração na porta do bar e aquele cabelos loiros.

-O que o Justin Bieber ta fazendo aqui? -Brooke falou.

-Boa pergunta. -Steven falou fazendo uma careta e me olhou dei de ombros.

Ele caminhou entre as pessoas dançando e veio até nossa mesa.

-Oi pessoal, nossa finalmente te achei fui em todos barzinhos de Los Angeles. - falou me dando um Beijo em nos duas e apertando a mão do Steven. -Feliz aniversário Liz.

-Obrigado Drew. - falei e ele sorriu.

-Ninguém me chama pelo segundo nome.

-Estou sabendo tenho duas Beliebers próximas então sei tudo sobre você. - ele sorriu. - Pode pedir pra eles ficarem la fora com os seguranças do John é chato eles em cima da gente.

-Podem ficar lá fora pessoal. - Justin disse e os seguranças sairam. -Então o que temos de bom pra fazer aqui?

-Temos bebidas, comidas, pista de dança e karaoke -Brooke falou animada. -Sou a Brooke e esse é Steven.

-Prazer conhecê-los.

-Menina seu pai dança muito e tem uma pegada espetacular -Dawn falou sentando na mesa -Ai meu Deus Justin Bieber. - colocou a mão na boca.

-Oi - sorriu dando um beijo no rosto dela. -Seu pai esta aqui? - perguntou e concordei.

-Cadê o John? - perguntei

-Ele foi ao banheiro e ja volta. - bebeu seu drink - Ele realmente é solteiro? To muito afim de beijar ele porque ele me deixou molhada só com aquelas mãos na minha cintura. - Dawn e Steven caiu na gargalhada.

-Sim, ele está solteiro pra você só por que é minha amiga. - falei todos caiu na gargalhada e John sentou ao lado dela..

-Qual o assunto? Bieber chegou faz tempo?

-Não cheguei agora pouco, como vai? - comprimentou ele.

-Vou muito bem. - falou olhando da Dawn. -Ninguém aqui é de menor né? - perguntou.

-Não somos todos Adultos. -Steven falou sorrindo -Brooke vamos dançar.

Eles sairam e John sussurrou algo no ouvido de Dawn e levantou.

-Mel to indo dar uma volta com sua amiga, quando quiser ir embora deixarei um carro pra você e Steven. -falou no meu ouvido me me entregando um bolinho de dinheiro.

-Olha sei que não somos melhores amigos, mais faça sem se arrepender ok? - falei e ele concordou.

-John acho melhor sair pelos fundos, esta cheio de paparazzi la fora. -Justin falou e John bufou.

-Juizo crianças. - falou e gargalhei.

-Usem camisinha -falei e ele piscou pra mim e chamou um dos seguranças que estava próximo e foi pros fundos com Dawn na sua frente e vi eles de mãos entrelaçadas

-Você está fazendo seu pai trair seu madrasta com uma das suas amigas? -concordei - UAU

-Justin ele não está tendo mais uma vida sexual ativa em casa, ele ficou excitado ao me ver de biquini e de vestido curtos. - falei e Justin ficou de boca aberta -Pois é olha o nível que chegamos. Prefiro ele traindo com minhas amigas do que termos um incesto na família e doida como eu sou não negaria pois meu pai é um gato.

-Nossa você realmente é uma doida, vamos dançar.

Ficamos ali até o barzinho chegar as 03:30hrs.

Brooke e Steven foram juntos e fui com Justin.

Chegamos no condomínio

-Steven larga ela, ela vai dormir comigo. - pausei voltando pro portão do Justin - Obrigado por comparecer na minha comemoração Drew.

-Por nada Liz, não quer ficar aqui? - falou coçando a nuca num ato sem graça

-Tenho faculdade em 2 horas Drew, quem sabe outro dia. - pisquei pra ele e voltei pro meu portão vendo Steven e Brooke quase se comendo.

-Que tal um menage casal? - falei e Steven sorriu safado.

-Não acredito que você quer comer minha amiga Steven. -Brooke falou me puxando.

-Quem resiste a duas Gostosas assim? A culpa não é minha porra. - se defendeu e gargalhei

-Steven vai tomar um banho gelado enquanto eu pego sua mina - falei e entrei em casa.

Subimos pro quarto e vi Meg dormindo parecendo um anjinho

-Shh... ela ta dormindo vou chamar o irmão dela pra pegar ela. - falei e Brooke concordou -Se quiser tomar banho é ali e se quiser uma roupa mais confortável é ali. - apontei as portas e foi atrás de Tyler.

Bati na porta e entrei vendo ele somente de cueca box e vários livros e papéis jogados ao seu lado.

-Tyler - sussurrei- Tyler acorda - balancei ele. -Tyler acorda preciso da sua ajuda. - falei no seu ouvido e ele resmungou se virando na cama.

Fui até a porta e acendi a luz.

-Tyler porra acorda. - pulei em cima dele e ele virou assustado - Nossa você é difícil de acordar em.

-O que se ta fazendo aqui?

-Preciso da sua ajuda.

-Essas horas?

-Eu cheguei e Meg ta dormindo na minha cama e não aguento pegar ela

-Deixa ela lá - falou puxando o lençol

-Por favor Ty me ajuda tenho visita e preciso de espaço na cama.

-Que tipo de visita?

-Uma amiga.

Ele sentou na cama e logo levantou e sorri malicioso, ele me seguiu até meu quarto e Brooke estava somente de toalha com a bunda pra cima na cama.

-Caralho Brooke vai molhar a cama meu. - joguei ela no chão e ela caiu na gargalhada.

-Uau quem é o gostosão? - falou vendo Tyler entrar no quarto.

-Irmão do anjinho aqui. - apontei pra Meg. -Você não é filho do John é? Posso estar cometendo Incesto desejando meu irmão.

 -Não John é meu padrasto, ele conheceu Mom quando eu tinha 5 anos. -Tyler falou e concordei. -Bom dia meninas - ele deu um sorriso safado e saiu com Meg.

-Uau ele é muito lindo Amiga.

-Eu sei e a namorada dele ta morrendo de ciúmes de mim com ele, vamos dormir um pouco jaja temos que acordar.

Tirei a roupa e me joguei na cama logo apagando.


[....]


Acordei com o claridade invadindo o quarto e vi Dawn entrando na ponta do pé, Brooke estava de conchinha comigo então tinha espaço na cama, logo senti a cama mexendo e voltei dormir.

She played the fiddle in an Irish band

But she fell in love with an English man

Kissed her on the neck and then I took her by the hand

Said, "baby, I just want to dance"

Meu despertador tocou e desliguei, depois de 5x desligando levantei.

-Bom dia meninas - falei com aquela típica voz rouca de ressaca.

-Bom dia - falaram juntas.

-E esses roxos no pescoço Dawn? - perguntei e ela ficou vermelha. -Me conta tudo.

Estela entrou e ficou nos olhando.

-Bom dia meninas, Mel eu enchi a banheira se caso queira usar. - concordei -Qual de vocês é a Brooke?

-Sou eu porque? - falou se encolhendo embaixo dos seus lençóis.

-Queria saber quem é minha futura nora. - falou e saiu rindo.

-Nora? Ela é mãe do Steven? -Concordei.

-Quem vai ficar com a banheira? - perguntei e Brooke saiu correndo e entrou e eu e Dawn fomos pra bucha que era dubla tinha dois chuveiros enormes.

-Conta logo Dawn -Brooke falou e começamos tomar banho. 


Notas Finais


Ate logo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...