História Embark on this ship of illusion - Capítulo 7


Escrita por: ~ e ~Diana_Jackson

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7, Michael Jackson
Visualizações 7
Palavras 819
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Romance e Novela, Suspense, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 7 - Se você me amava, por que me traiu?


Blue não ouviu Michael, Jimin tinha pegado ela de surpresa, mas o ela não odiou o beijo e continuou. Michael parecia uma criança mimada que perdia seu brinquedo e queria ele de volta, mas parecia que esse brinquedo sabia brincar.

-Alguém pode me explicar o que tá acontecendo? -Michael indagou.

-Já chega querendo sentar na janela? -Jungkook tomou sua última caixa de toddynho. -Entra na fila que nós tava esperando esse cu doce aqui acabar primeiro.

-Se você não for cego, ta rolando um beijo aqui. -Suga revirou os olhos

-Blue? -Michael ignorou o comentário.

-Porra! -Se separou do Jimin e ele ficou quieto. -Pode nem beijar em paz. -Blue cruzou os braços. -Virou a inimiga da Ludmila pra me vigiar 24 horas por dia?

-Acho que alguém perdeu o Bv aqui. – V puxa Jimin para o lado dele. -E agora tá apaixonado.

-Cala a boca, cara! -Jimin bateu no braço de V. – Só foi um beijo entre amigos.

-Então me beija também? -V faz biquinho.

-Olha se eu quiser ver merda acontecendo, eu cago na privada. -Disse Suga enquanto comia os salgadinhos do Jin.

-Até perdi a fome! -Jin bateu na cabeça do Suga - Vai na lanchonete comigo comprar outro lanche.

-Ai, filho da puta! -Colocou a mão da cabeça. – Tenho cara de merendeira?

-Não, mas tem cara de quem vai pagar meu lanche. -Jin puxou Suga para a casa do dele conhecida como: lanchonete.

-Vou procurar a Moon! - J-hope saiu de fininho.

-Vou ver se acho alguém pra pegar por aí. -V tentou disfarçar os ciúmes indo ao lado contrário do J-hope.

-Não importa pra onde eu vou, só quero sair daqui. -Jungkook foi passear pela escola.

-E eu vou atrás do J-hope. -Jimin correu atrás dele. -ME ESPERA, QUE EU NÃO TO ACOSTUMADO COM EXERCÍCIO FISICO PORRA!

-Vou ver ser o carro do Daryl ta bem, preciso quebrar alguma coisa no meio. -Namjoon tinha voltado pra Terra e ainda assim, estava indo pro caminho errado.

-Podemos conversar, Blue? -Michael respirou fundo.

-Mesmo se eu estivesse com assunto, eu não iria querer falar com você. -Blue jogou seus cabelos na cara de Michael e deu de costas.

Daquele momento em diante, Blue gostou do que fez e sua paixão por Michael estava frio assim como sua vingança e as coisas só iriam esquentar dali pra frente.

(...)

-CARA ELA TÁ TAO NA SUA! - J-hope berrou.

-Se nem minha vergonha na cara tá na minha, imagina a Blue. -Jimin colocou as mãos no rosto.

-Pra começar nem vergonha você tem e segundamente: TU PERDEU O BV PRIMEIRO QUE EU!

-Espera! -Pararam no meio do caminho – Tu nunca beijou a Moon?

-Eu não to beijando nem meu travesseiro.

-Para de ser galinha e vira galo.

-Jimin tu não tem dó.

-Quem tem dó é violão, Park Jimin não! Você vai me pagar por me fazer andar tanto.

-Namoral,não tenho dinheiro nem pra comprar superbonder pra colocar a sola do sapato. Como que eu vou pagar, caralho?

-Jogando verdade ou consequência.

(...)

Jimin: Gente me encontrem depois da escola.

Blue: Pra quê?

Jin: vai ter comida?

V: Se encontrar a onde?

J-hope: Se acontecer alguma tragédia, foi culpa de vocês.

Suga: Puta que pariu, tão aprontando o que?

Jimin: Blue, podemos nos encontrar na sua casa?

Blue: Podem, mas se sujarem ela, esfrego as línguas de vocês como pano de chão.

Moon: Por mim tudo bem!

Jungkook: Me chama que eu vou.

Namjoon: Vou até anotar o número da ambulância ou da polícia, vai que vocês têm ataque de raiva.

Jimin: Tchau, bando de vagabundos!

Jin: Levem muita comida.

Suga: Tomem no orifício de vocês.

(...)

-Ok, vamos por ordem nessa bagaça! -Jimin ficou no meio da roda. -Namjoon me dá sua garrafa, porque além de burro, você ta fedendo que nem meu banheiro.

-Verdade ou consequência? Vocês tão de sacanagem.

-Cala boca, Suga. Que eu quero é discórdia. -Jimin riu irônico. Se sentou no seu lugar fechando a roda. -Quem começa?

-Eu! -J-hope levantou a mão.

-Vai dar merda.... -Blue cantarolou.

A garrafa girou girou e girou e todo mudo tava com o cu na mão. Até que a garrafa parou em V.

-Jesus! Eu não quero correr agora!

-Anda logo, idiota!

-Verdade ou consequência?

-Verdade.

-É verdade que você gosta da Moon?

-Não. -Olhou com raiva para J-hope.

-PRÓXIMO! -Jimin gritou. -Acho que eu e tomara que essa pessoa escolha consequência.

Girando, girando e girando.

-Moon... MOON! -Gritou fazendo ela tirar o fone de ouvido.

-Que foi desgraça?

-Verdade ou consequência?

-Consequência.

-Te desafio a beijar o V. -Fez um olhar malicioso.

-QUE?! -Fazendo J-hope e Moon gritarem juntos.

-Andem logo, pragas.

Quando a Moon ia se aproximando do V, ele puxa para o beijo primeiro, aprofundando ainda mais.

-Cara, será que o J-hope passa pela porta? -Jin pergunta.

-Por que? -Jungkook diz confuso

-Por causa do tanto de chifres.

É, aquela noite seria bem longa...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...