História Entre caçador e raposa - Capítulo 27


Escrita por: ~

Postado
Categorias No.6
Personagens Shion
Tags no6 yaoi
Visualizações 36
Palavras 707
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Magia, Misticismo, Romance e Novela, Saga, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Visual Novel, Yaoi
Avisos: Álcool, Gravidez Masculina (MPreg), Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 27 - O final do inverno


Fanfic / Fanfiction Entre caçador e raposa - Capítulo 27 - O final do inverno

Finalmente a neve estava descongelado, Shion estava animado, depois de um longo tempo sem ver seus filhos, e agora iria se encontra com seus filhotes, mas além de felicidade havia uma certa preocupação, Shion não gostava nem de imaginar se seus filhos estaria mortos, mas Nezumi sempre o tranquilizava,  isso ajudou Shion a se sentir melhor. 

Shion sabia que poderia levar um mês ou dias para seus filhos chegar, porque seus filhos poderia está muito longe do território de seu pai, mas mesmo assim ele sempre deixava a cabana limpa e decorada, nada poderia o deixar mas feliz que o reencontro estava próximo, Nezumi tentava se aproveitar dessa alegria de Shion, Shion não queria fazer nada, enquanto Shi estivesse na cabana, Shion queria evitar perguntas inconveniente de seu filho, na última vez Shi havia lhe perguntado de onde vem os bebês. Nezumi achou engraçado a situação em que Shion se encontrava, mas ele não poderia fugir dessa pergunta para sempre.

Raposas

Em um riacho que se encontrava completamente descongelado, a pequena lebre tomava água enquanto enchia uma única garrafa, seus amigos estavam aproveitando as poucas oportunidade, enquanto se recuperava das feridas que se tornaria uma grande cicatriz, Zumi e Shimizuo havia prometido á Ryan e Kyu que os levaria para conhecer sua família.

-Ryan poderia me ajudar!

Shimizuo estava com uma carcaça pesada além de um saco cheio de ervas, Kyu estava logo atrás dele, Kyu estava carregando lenha, Ryan ajudou o rapaz a levar tudo que era preciso até a caverna, Zumi se sentia inútil por não ajudar seu irmão, por isso sempre estava bravo, Shimizuo e Kyu preparou os alimentos e ervas medicinais, logo após o jantar as duas raposas saíram, os únicos eu se encontrava na caverna era Zumi e Ryan, a lebre não sabia como começar uma conversa com seu companheiro, mas logo o rapaz se lembrou da promessa, ele poderia usar isso, para inicia uma conversa, mas Ryan estava com medo, ele tinha medo de fazer uma pergunta que estava lhe perturbando, principalmente se ele recebesse a confirmação da sua insegurança.

-Zumi...você acha que seus pais vão me aceitar...sabe eu sou alimento...para sua espécie...acho que ele não gostaria...

-meu pai talvez não goste de você no começo, agora a minha mamãe...ele é muito amável, ele vai lhe considera parte da família, e mesmo que eles não concordar com isso, eu serei sua família...vamos viver juntos!

Ryan começou á chorar, mas era lágrimas de alegria, Zumi se aproximou de Ryan e o abraçou, Ryan retribuí.

-obrigado!

Enquanto isso Shimizuo observava tudo no lado de fora, mas quando teve a certeza que seu irmão estava se apegando ao garoto ele e Kyu saíram dela, talvez se Shimizuo estivesse na mesma situação, iria fazer o mesmo que seu irmão, tudo que ele poderia fazer era apoia ele. Ryan estava logo atrás de seu amigo, ele percebeu a distração de Shimizuo, então ele se transformou em raposa e longo em seguia pulou encima de seu colega, Shimizuo caiu de cara no chão ele estava furiosos, Ryan saiu de cima do amigo, Shimizuo olhou para raposa, e percebeu que o animal estava lhe convidado para brincar de pega-pega, Shimizuo se tonou uma raposa também, ele queria pegar Ryan e lhe dar uma mordida, por ter lhe machucado, mas no percorrer da brincadeira sua raiva desapareceu, eles continuaram com a brincadeira até anoitecer, Shimizuo voltou a ser humano estava dormindo na grama húmida, enquanto Kyu estava caçando roedores. Porém Shimizuo sentiu um peso em sua cintura, Shimizuo abril os olhos, ele se deparou com seu amigo Kyu, ele olhava para o rosto de Shimizuo com curiosidade, Kyu aproximou seu rosto do Shimizuo, em um movimento rápido ele lambeu o lábio do garoto e saiu correndo, Shimizuo se levantou assustado, depósito sua mão em seu lábio, ele não entendia o que àquilo significava ele achava que era uma nova brincadeira ou uma provocação de seu amigo, mas ele se lembrou do beijo que seu pais davam as escondidas, ele perguntou para seu pai Nezumi o que isso significava, ele lhe disse que só um casal fazia aquilo, mas o que Kyu fez não foi um beijo, talvez ele devesse perguntar isso para seu pai quando voltar para casa.

 

Contínua.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...