História Entre luz e trevas - Capítulo 21


Escrita por: ~ e ~DezaPetamin

Postado
Categorias B1A4, Bangtan Boys (BTS), Big Bang, EXO, SHINee, TVXQ (DBSK) (Tohoshinki), VIXX
Personagens Baekhyun, Baro, Chanyeol, Chen, CNU, D.O, G-Dragon, Gongchan, Hero Jaejoong, Hongbin, Hyuk, J-hope, Jimin, Jin, Jinki Lee (Onew), Jonghyun Kim, Jungkook, Kai, Ken, KiBum "Key" Kim, Kris Wu, Lay, Leo, Lu Han, Max Changmin, Micky Yoochun, Minho Choi, N, Rap Monster, Ravi, Sehun, Suga, Suho, T.O.P, Taemin Lee, Taeyang, Tao, V, Xiumin
Tags Baektao, Baekyeol, Bts, Chanbaek, Chenlay, Exo, Hyukleo, Incesto, Jikook, Jiminho, Kaisoo, Kaisooleo, Keo, Kriskai, Kristao, Krisyeol, Leosoo, Namkook, Navi, Neo, Taekai, Taobaek, Threesome, Vixx, Xiuchen, Yaoi
Visualizações 86
Palavras 1.266
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishounen, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Harem, Hentai, Josei, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Policial, Romance e Novela, Shounen, Slash, Sobrenatural, Steampunk, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Visual Novel, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Gente, inexplicavelmente me deu uma inspiração tão boa que resolvi vir com tudo, se preparem que a intensidade do capítulo tá lá no topo, vai ser de doer, de chorar mesmo, se preparem e vamos pra fic!!!

Capítulo 21 - Uma apunhalada, uma dor


Fanfic / Fanfiction Entre luz e trevas - Capítulo 21 - Uma apunhalada, uma dor

-Que  porra  é  isso?- perguntou  Namjoon  sério  com  cara  de  quem  não  entendeu  nada-

-Porra  não, dobre  a  língua  ao  falar  da  sagrada  festa  dos  ciclos  do  ano- corrigiu  Jungkook  bem sério, seus  olhos  ficaram  com  um  coloração  púrpura-

Namjoon  se  assustou, pois  o  olhar  de  Jungkook  parecia  engolir  tudo  à  sua  volta.

 

-Ok, ok, foi  mal, perdoa  aí- pediu  o  ex- assaltante  tentando  se  conter-

-Assim  é  bem  melhor, vamos  logo, seu  banho  de  loja  não  pode  esperar- falou  Jungkook  sorridente-

“Incrível  como  ele  mudou  de  personalidade  tão  rápido, melhor  não  contrariá-lo”- pensou  Namjoon  analisando  o  mais  novo-

-Que  foi? Tá  me  achando  lindo, né? Imagino  que  sim, mas  é  melhor  irmos  logo, eu  não  quero  chegar  lá  no  Sabath  com  você  todo  esfarrapado  do  meu  lado- falou   Jungkook  divertido  notando  o  olhar  do  mais  velho-

Namjoon  forçou  um  sorriso  e  apenas  assentiu  com  a  cabeça  e  Jungkook  riu  divertido.

 

 

 

Na  clínica  psiquiátrica, Baekhyun  chorava, queria  ver  Chanyeol  a  todo  custo, ele  até  tentou  forçar  a  porta, mas  foi  em  vão, porém, logo  esta  se  abriu   e  assim  que  Baekhyun  percebeu, correu  até  a  mesma.

-Pode  parar, Baekhyun!- mandou  o  psiquiatra  Yoochun  bem  sério-

Baekhyun  o  olhou  com  cara  de  choro  e  ainda  tentou  sair.

-Eu  disse  pra  parar  agora!- mandou  Yoochun  bem  sério, ele  ainda  apontou  uma  seringa  para  o  paciente-

-NÃOOOOOO!!!!- gritou  Baekhyun  assustado, em  seguida, ele  caiu  de  joelhos-

-Não  sei  como  Jaejoong  tem  paciência  com  você, por  mim, você  ficava  preso  na  camisa  de  força  e  sedado  vinte  e  quatro  horas  por  dia- falou  Yoochun  sádico-

-Não, por  favor, camisa  de  força  não!- pediu  Baekhyun  chorando  de  joelhos  diante  do  homem-

-Suas  lágrimas  não  me  comovem- falou  Yoochun  bem  sério-

-Eu  só  quero  sair  daqui... Eu  quero  o  Channie!- balbuciou  Baekhyun  chorando  copiosamente  ainda  de  joelhos-

-Seu  débil  mental, sabe  quando  você  vai  ver  esse  tal  de  Channie? Nunca!- falou  Yoochun  sádico  fazendo  seu  olhar  se  encontrar  com  o  do  paciente-

-NÃÃÃÃOOOOO!!!!- gritou  Baekhyun  desesperado-

Baekhyun  se  levantou  e  em  um  ímpeto, avançou  sobre  o  psiquiatra  para  esmurrá-lo, era  como  se  seu  lado   de  demônio  estivesse  prevalescendo, pois  ele  voltou  a  adquirir  uma  força  descomunal. Yoochun  se  assustou, mas  tentava  deter  o  paciente, porém  sem  sucesso, pois  Baekhyun  o  esmurrava  com  toda  a  força.

Logo  a porta  se  abriu  e  passos  adentraram  o  lugar.

-Pode  parar  com  isso  agora, Baekhyun!- mandou  um  homem  alto, moreno, de  lábios  convidativos  e  corpo  atlético, porém  ele  usava  um  enorme  jaleco  branco  por  cima  de  um  conjunto  de  camisa  e  calças  pretas-

Ao  ver  o  homem, Baekhyun  arregalou  os  olhos  amedrontado, largou  Yoochun  e  se  ajoelhou.

-Jongin-sshi, ele  estava  incontrolável- argumentou  Yoochun  tentando  se  conter-

-E  eu  te  pago  pra  quê, seu  idiota? É  pra  saber  lidar  com  pacientes  como  ele!- rebateu  Jongin  sério (isso  mesmo, ele  é  Jongin, o  lado  humano  do  demônio  Kai)-

-Desculpe, senhor- pediu  Yoochun  cabisbaixo-

-E  cadê  Jaejoong?- perguntou  Jongin  bem  sério-

-Foi  comprar  novos  medicamentos  e  sabe  se lá  o  que  mais- respondeu  Yoochun-

-Estou  cercado  por  um  bando  de  incompetentes- retrucou  Jongin  sério-

-Kai-sshi, piedade!- pediu  Baekhyun  chorando-

-Kai?- perguntou  Yoochun  sem  entender-

-Ele  está  delirando, seu  imbecil. Sai  daqui, sai, vou  aplicar  a  medicação  nele- respondeu  Jongin  sério-

-Sozinho? Tem  certeza? Posso  chamar  alguns  homens  para  ajudá-lo- retrucou  Yoochun-

-Não  precisa, faça  logo  o  que  mandei!- rebateu  Jongin  sério-

Yoochun  assentiu, ainda  lançou  um  olhar  fuzilador  para  Baekhyun, saiu  e  fechou  a  porta.

Baekhyun  ainda  continuava  de  joelhos  e  olhando  para  o  homem.

-Seu  idiota, o  que  você  queria  fazer, hein?- perguntou  Jongin  sádico, ele  revelou  sua  forma  demoníaca-

-Desculpe- pediu  Baekhyun  amedrontado-

-Kyungsoo  foi  muito  benevolente  em  te  mandar  pra  cá, se  fosse  eu, o  teria  atirado  no  grande  vulcão  magma  do  Meikai- falou  Kai  bem  sádico-

-NÃOOOO, KAI-SSHI, NÃOOOOOO!!!- gritou  Baekhyun, que  se  levantou  e  segurou  as  mãos  do  seu  superior-

Kai  usou  sua  extrema  força  demoníaca  e  jogou  o  subalterno  no  chão, a  pressão  do  ar  fez  pequenos  cortes  no  rosto  de  Baekhyun, que  chorava.

-Lixo, isso  sim  que  você  é, já  estou   sabendo  o  que  você  fez, comemorar  seu  aniversário junto  com  um  humano, que  odiável, mas  te  agradeço, Baekhyun, pelo  menos  o  Kyungsoo  voltou  a  se  aproximar  mais de  mim  e  largou  um  pouco  o  degradante  do  Leo- desdenhou  Kai  bem  sádico-

-Kai-sshi, eu  quero  ver  o  Channie, eu  imploro!- pediu  Baekhyun  chorando-

-Está  bem, vou  permitir, pelo  menos  vê-lo  já  que  você  fez  uma  boa  ação  pra  mim- consentiu  Kai  sádico-

-Vai  mesmo?- perguntou  Baekhyun  abismado  enxugando  as  lágrimas-

Kai  não  respondeu, usou  seus  poderes  para  fazer  aparecer  uma  tela  e  nela  apareceu  a  imagem  de  Chanyeol. Baekhyun  sorriu, se  levantou  e  ficou  olhando.

Porém, ao  lado  de  Chanyeol, apareceu  um  homem  alto  chinês.

-Espera, eu  conheço  esse  homem, é  o  doutor  Yifan- falou  Baekhyun  aturdido  ao  ver  o  chinês-

Kai  deu  um  sorriso  sádico.

Na  imagem, Chanyeol  se  aproximava  de  Yifan, que  lhe  acariciava  o  rosto, então  os  dois  foram  aproximando  seus  rostos  e  logo  se  beijaram.

-NÃÃÃOOOOO!!!!!- gritou  Baekhyun, que  sentiu  como  se  tivesse  levado  uma  apunhalada  no  peito-

-Ele  se  esqueceu  de  você, Baekhyun  e  já  está  com  outro- mentiu  Kai  sádico  desfazendo  a  tela-

-Não! Não, Kai-sshi, poderia  ser  qualquer  um, mas  o  Channie  não, ele  jamais  iria  me  trocar  por  outro!- rebateu  Baekhyun  tentando  conter  as  lágrimas  que  insistiam  em  escorrer  pelo  seu  rosto-

-Seres  humanos  são  infiéis, Baekhyun  e  você  devia  saber  disso, eles  mentem, traem  e  matam  uns  aos  outros- argumentou  Kai  sádico-

 

-Não  diferente  de  nós  demônios, somos  criaturas  muito  piores- rebateu  Baekhyun  sério  ainda  tentando  enxugar  as  lágrimas-

-Talvez  queira  saber  do  humano  que  acabou  te  fazendo  cair  nesse  castigo, Baekhyun, como  hoje  estou  benevolente, posso  mostrá-lo- sugeriu  Kai  sádico-

-Faça  como  quiser, Kai-sshi- consentiu  Baekhyun  submisso-

Kai  deu  um  sorriso  sádico, fez  aparecer  novamente  a  tela  e nela  surgiu  a  imagem  de  Tao, o  que  ainda  fez  Baekhyun  sorrir, já  que  ele  lembrou  dos  bons  momentos  que  teve  ao  lado  do  ator, porém  logo  apareceu  Tao  na  cama  com  Suho, os  dois  trocavam  beijos  e  carícias  ardentes, isso  acabou  fazendo  Baekhyun  chorar  e  Kai  sorriu  de  canto.

-Chega, por  favor, Kai-sshi!- pediu  Baekhyun  se  sentindo  mais  bombardeado  do  que  nunca, ele  caiu  no  chão  em  seguida-

-Que  pena, Baekhyun, parece  que  todos  que  você  amava  te  esqueceram- desdenhou  Kai  sorridente-

-Chega!- balbuciou  Baekhyun, que  sentia  o  corpo  formigando  de  tanta  tristeza-

-E  ainda  tem  um  bônus  do  seu  Channie- desdenhou  Kai  manipulando  as  imagens-

Baekhyun  rolou  os  olhos  e  pôde  ver  na  tela  Chanyeol  transando  com  Jungkook, isso  deixou   o  pobre  demônio  mais  mortificado  do  que  já  estava.

-É, pelo  visto  seu  Channie  não  é  e  nunca  foi  o  que  você  esperava, Baekhyun, que  triste- desdenhou  Kai, que  ainda  manipulou  as  imagens-

As  novas  imagens  eram  de  Chanyeol  e  Tao  trocando  juras  de  amor  enquanto  se  embolavam  nos  lençóis. Baekhyun  deu  um  berro, as  paredes  se  abalaram, os  formigamentos  no  seu  corpo  se  transformaram  em  descargas  elétricas, até  que  ele  finalmente  desmaiou. Kai  deu  um  sorriso  vitorioso, voltou  à  forma  humana, saiu  do  lugar  e  trancou  a  porta.

 

 

Na  ONG, Sehun  cuidava  das  crianças  e  colocava  todos  em  fila  enquanto  brincava  com  elas. Luhan  o  observava  discretamente  achando  incrível  o  jeito  como  Sehun  sabia  lidar  com  as  crianças, porém  não  demorou  muito  para  Yoongi  aparecer.

As  crianças  assim  que  o  viram, pararam  de  brincar  e  correram  para  dentro  e  Sehun  ficou  encarando  ele.

-Ei, quem  é  você  e  o  que  faz  aqui?-  perguntou  Sehun  sério-

-Eu  é  que  pergunto, sou  Min  Yoongi  e  trabalho  aqui- respondeu  Yoongi  o  encarando  sério  também-


Notas Finais


aia, eu disse que o capítulo ia ser de chorar.
Ok ok, a parte do Namjoon foi leve, o drama veio por causa do Baekhyun, tadinho, dá pra sofrer junto com ele.
Quem diria que o Kai tivesse forma humana hein e ele é mau mesmo, fez de tudo pra deixar o Baekhyun arrasado. Será que ele criou todas essas imagens?
Esse embate do Sehun com o Yoongi vai ser intenso hein, ui, as telhas da ONG vão voar.
Espero que tenham gostado, até o próximo capítulo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...