História Entre o Amor e a Música - Imagine Jimin - Capítulo 22


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Hoseok, Imagine Park Jimin, Jimin, Jin, Jungkook, Namjin, Namjoon, Romance, Taehyung, V-hope, Yoongi
Visualizações 177
Palavras 1.110
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Vai chover, eu atualizei a fic ainda nessa semana...tudo bom??

Gente, esse capítulo ta só no Yuuki, só pra ele ter uma participação um pouco maior, e pra vcs entenderem um pouco o porque dele ser tão protetor...

Espero que gostem, Boa leitura ❤

Capítulo 22 - Eu vou te proteger... Sempre


Fanfic / Fanfiction Entre o Amor e a Música - Imagine Jimin - Capítulo 22 - Eu vou te proteger... Sempre

Yuuki pov

- S/n…Você está aqui?

Olho por toda aquela sala escura, assim que entramos sinto o quão frio estava ali, alguém ligou o ar condicionado no máximo, o silêncio se faz presente, até que escuto um pequeno ruído, eu e Alex nos entre olhamos, segui o barulho que agora se tornava mais alto, acendi a luz e me deparei com a porta do banheiro, dele saía um som semelhante a choro. 

S/n!

- MANA!!! S/N ME RESPODE PELO AMOR DE DEUS!!!

- Yuu?...Coff coff... YUUKIIIII!!! ME TIRA DAQUI POR FAVOR!! 

Calma Yuuki, não se desespere, vamos pensar com calma. S/n esta na sala proibida, esta um frio do caralho aqui, minha irmã está trancada dentro do banheiro e…PUTA QUE PARIU CADÊ A MAÇANETA??? 

 - Yuuki o que vamos fazer?

- Eu estou pensando Alex, procura a maçaneta em algum lugar…ou algo para abrir essa merda.

Olhamos por todos os cantos, nada da maçaneta, estou tentando me concentrar mas o desespero da S/n me deixa cada vez mais nervoso, pensa Yuuki, pensa… Olhei para Alex que segurava um pedaço de Cabo de vassoura, sério ele quebrou a vassoura no meio, ainda bem que ninguém entra aqui.

- S/N FICA CALMA JÁ VAMOS TIRAR VOCE DAI!! Yuuki me ajuda aqui…

Tentamos abrir a porta com o Cabo de vassoura, mas o mesmo apenas se quebrou em mais partes, S/n parou de gritar, agora está um silêncio total, até que ouço algo batendo com força no chão. O que eu faço?

- t-ta….fri-iooo…

- Alex minha irmã está congelando ali dentro, ela vai ter uma hipotermia…

- E-eu vou chamar alguém! - assenti vendo o outro correr para fora da sala gritando por ajuda. Mas não posso ficar sentado esperando.

- S/n, fala comigo irmãzinha… aguenta mais um pouco por favor.

- Yuu… e - Eu….

Então outro estrondo seguido por um silêncio, nesse momento meu coração parou, sem pensar duas vezes comecei a me jogar contra a porta, eu tentava empurra-la com os ombros e alternava entre chutes e socos, eu prometi que cuidaria de você S/n, e é isso que vou fazer…

Flashback on

Eu era apenas um garoto quando meu pai me levou para passear pelo parque que acabara de abrir na cidade. 

- Yuuki meu filho, vá devagar, seu pai não tem mais 20 anos… 

- Aish papai, o senhor ainda está forte e bonitão. - ele riu bagunçando meus cabelos, já tínhamos andado em quase todos os brinquedos, meu pai me pediu para esperar enquanto ele me comprava um cachorro quente.

Fui me sentar num banco perto de algumas barracas, até que ouvi um barulho vindo de trás das mesmas, como sempre fui curioso, segui os ruídos, passei por uma, duas, três barracas, até encontrar uma rodinha de crianças mais ou menos do meu tamanho, me virei para ir embora, até que…

- Brad devolve isso é meu!! - uma garota pequena de cara redondinha pulava tentando pegar um punhado de tiquets na mão do mais velho.

O tal Brad era quase o dobro da menina, até mesmo maior que eu, era ruivo de sardas e um aparelho, ele e mais alguns meninos riam enquanto e pequena tentava alcançar sua mão estendida para o alto.

- O que foi nanica? Porque não pede para o seu pai vir pegar pra você? Ah espera… voce não tem pai!!

Agora eles gargalhavam, o que fez a menina parar de pular, cair de joelhos no chão e começar a chorar, aquilo me partiu o coração, tão pequena e frágil, olhar para ela me lembrava da Lucy, ah Lucy…

- Ei! - chamei o garoto - Por que não deixa ela em paz e se mete com alguém do seu tamanho? - ele se aproximou de mim, a diferença de altura era evidente…

- E esse alguém por acaso seria você? Tampinha… - então eu chutei sua canela, fazendo com que ele se curvasse de dor, ficando na minha altura.

- Agora estamos do mesmo tamanho… - peguei os tiquets de sua mão, e o empurrei no chão - Babaca…

- PEGUEM ELE!!

Fui até a garota, peguei sua mão e a puxei para corrermos, ela me seguiu toda atrapalhada, tropeçando nos própriospés, nos escondemos numa barraquinha de pipoca enquanto os garotos corriam a nossa procura.

- Eles já foram, vem, vamos até meu pai…assim podemos achar sua mãe.

Ela não disse nada, apenas assentiu, então fomos até onde meu pai havia me mandado esperar, de longe vi seu desespero, eu quis rir, mas aquilo seria o mesmo que pedir a morte.

- YUUKI MEU FILHO, ONDE VOCÊ ESTAVA??

- Desculpe pai, eu fui ajudar a… - olhei para a menor que se encolhia e apertava meu braço - afinal, qual seu nome?

- S/N!!!!

Uma mulher de cabelos longos e castanhos veio correndo até nós, pegou a garota, cujo o nome aparenta ser S/n, no colo enquanto secava as lágrimas da menor.

- Anna?

- Marcos?

Pelo que papai me explicou, eles eram amigos da faculdade, a mãe de S/n disse que eles deviam se ver mais para matar a saudade dos velhos tempos, meu pai concordou, e três meses depois aqui estamos, na pracinha perto de casa enquanto Anna e meu pai conversam na calçada de casa enquanto eu e S/n brincamos na rua.

- Yuuki…sobre aquele dia no parque…obrigada…

Fofa, pequena e frágil, por algum motivo ela me lembra muito a Lucy, quero fazer por ela o que eu nao pude fazer antes, a abracei forte, assustando-a no começo, mas logo fui retribuído.

- S/n, não se preocupe mais com aqueles valentões ou com qualquer outra coisa…eu não vou deixar ninguém te machucar…nunca…

- Você promete… Yuu?

- Eu prometo…

Flashback off

- S/n… coff coff…Eu vou te tirar daí…

Soco, chute, chute… esta cada vez mais frio... mas nao saio daqui sem ela... outro chute, dessa vez com mais força, só mais um pouco, vejo que algumas rachaduras resolveram aparecer na porta, continuei chutando, Alex até agora não apareceu, onde ele está?

Ninguém percebeu que minha irmã está morrendo congelada?? Com mais alguns chutes, a porta finalmente cedeu, partindo - se ao meio e me dando a visão do banheiro, S/n estava caída próxima a pia, por alguma razão havia um ar condicionado portátil amarrado numa prateleira alta, ele estava ligado ao máximo, deixando o ambiente mais gelado ainda.

S/n tremia, sua pele estava pálida e fria, tirei minha blusa de manga e coloquei na mesma, fiz o mesmo com o meu casaco, não ligo se vou ficar doente ao estar sem camisa, minha irmã é mais importante.

Peguei a menor no colo, tentando aquece - lá com meu corpo, e rapidamente sai daquela sala, vulgo polo Norte, o ar quente bateu rapidamente contra meu rosto, causando um pequeno choque térmico.

- Mana, estamos quase lá... Não se preocupe...



Eu não consegui proteger a Lucy...


Mas com você eu não vou falhar...


Eu vou  te proteger S/n... 




Notas Finais


Ai meu Deus... ok vamos lá

Quem é Lucy?

Então Yuuki e S/n se conheciam desde pequenos?

O que será da S/n?

Quem fez isso com ela? ( que pergunta besta né...)

Criem suas teorias, aquele que acertar pode escolher um prêmio:

1 - ter seu nome em um personagem da fic...alguém que ainda está por vir.

2 - ganha o direito de escrever um capítulo da fic.

3 - Líbero um espaço para a divulgação da sua fic, caso você escreva.

Gente, isso não é pq eu quero chamar a atenção, como eu disse gosto das ideias de vocês, e já vi muita gente criando teorias, só estou dando para vocês uma oportunidade...se ngm quiser por mim blz...

Enfim... Obrigada por lerem até aqui, espero que tenham gostado do capítulo e até até próxima!

Kiss 😙😙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...